Castelo articula apoio de vereadores de São Luís para disputar Senado

Castelo reuniu vereadores e lideranças tucanas no Gran São Luís Hotel

Castelo reuniu vereadores e lideranças tucanas no Gran São Luís Hotel

O ex-prefeito de São Luís, João Castelo, está seguindo a orientação do presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, e está tentando se viabilizar como candidato a senador pelo partido tucano. Neste sábado (31), ele deu uma demonstração de força e reuniu, mesmo fora do poder, 12 vereadores que lhe manifestaram apoio.

Entre os vereadores presentes Isaías Pereirinha (PSL), José Joaquim (PSDB), Chaguinhas (PRP), Barbosa Lages (PDT), Sergio Frota (PSDB), Manoel Rego (PTdoB), Marlon Garcia (PTdoB), Ricardo Diniz (PHS), Nato (PRP) e Alencar Gomes (PDT).

Os vereadores Gutemberg Araújo (PSDB), Josué Pinheiro (PSDC) e Chico Carvalho (PSL) justificaram suas ausências, mas pediram para anunciar apoio ao ex-prefeito.

O evento foi organizado pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, Isaías Pereirinha (PSL), que mobilizou o restante dos vereadores.

Com informações do Blog de Diego Emir.

Remi Ribeiro diz que PMDB aguarda resposta de Lupi sobre aliança com PDT no Estado

Remi Ribeiro disse que convite foi feito, diretamente, ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi

Remi Ribeiro disse que convite foi feito, diretamente, ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi

Presidente do PMDB afirma que pedetistas locais é que ainda dificultam a aliança no Maranhão

O presidente estadual do PMDB, ex-deputado Remi Ribeiro, disse, durante evento de inauguração das novas instalações da Secretaria de Saúde do Estado, nesta sexta-feira (30), que o partido vem mantendo contato direto com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, visando a uma aliança partidária para a disputa do governo do Estado, em chapa que deverá ser encabeçada pelo senador Edison Lobão Filho.

Segundo Remi Ribeiro, o convite para a aliança foi feito diretamente a Carlos Lupi que ficou de discutir a questão com os pedetistas para depois dar uma resposta. Na mesa de negociações, o PDT teria direito à vaga de vice-governador na chapa de Lobão Filho, já que isso não seria mais possível, em tese, no grupo do pré-candidato ao governo pelo PCdoB, Flávio Dino, que fechou questão com o PSDB.

PDT local emperra aliança 

Remi Ribeiro disse que a questão local é que ainda emperra a aliança com o PDT. Segundo ele, pedetistas do Estado dificultam as conversas, mas quem dirá a última palavra será a direção nacional do partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele lembrou que, em nível nacional, o PMDB e o PDT fazem parte da base de apoio do governo petista de Dilma Rousseff e que não seria incoerente uma parceria no Maranhão.

Sobre alianças, Remi Ribeiro disse ainda que o PMDB está aberto a qualquer outro partido que queira somar. “Quando se quer ganhar uma eleição tem que haver alianças. Estamos de braços abertos para receber qualquer partido”, disse.

Senado: questão fechada 

Quanto à questão do Senado, Remi Ribeiro disse que o partido já “bateu o martelo” em torno do nome da candidatura do deputado federal Gastão Vieira e que o assunto já foi, devidamente, tratado e resolvido com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Mello, que também pleiteava o posto.

Sobre o PT, Remi Ribeiro disse que o partido ficará mesmo com a indicação da suplência de Gastão Vieira. Portanto, a vaga de candidato a vice-governador na chapa de Lobão Filho  fica aberta para as alianças. O primeiro da linha agora é o PDT. Se não houver acordo, o PMDB negociará o posto com outra sigla.

Ao lado de Sarney, Ricardo Murad inaugura novas instalações da SES

Ex-presidente do Senado destaca gestão de secretário e elogia reengenharia na Saúde do Maranhão

Durante inauguração, Sarney destacou trabalho de Ricardo Murad à frente da SES

Durante inauguração, Sarney destacou trabalho de Ricardo Murad à frente da SES

Ao lado do senador José Sarney, o secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, inaugurou, nesta sexta-feira (30),  as novas instalações da Secretaria de Saúde do Estado (SES). Entre as novidades, um moderno sistema de videomonitoramento e interligação por fibra ótica de todas as unidades da rede estadual.

Durante discurso no evento, o ex-presidente do Senado não poupou elogios à gestão que faz Ricardo Murad à frente da Saúde do Estado. Disse que o secretário tem um trabalho que merece destaque pelas conquistas já alcançadas e visualizadas na eficiência dos hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (Upas) do Estado.

Sarney assistiu à primeira exibição do  videomonitoramento da SES e aprovou a novidade. Segundo Ricardo Murad, o serviço foi implantado para organizar o acesso dos pacientes aos serviços, agilizar processos, melhorar a qualidade do atendimento prestado e aperfeiçoar mecanismos de gestão da área de saúde. 

O prédio sede da Secretaria de Estado da Saúde foi totalmente reestruturado de forma a garantir aos servidores e à população um ambiente moderno de trabalho e de atendimento com setores interligados, informatizados e interativos. Foram concluídos o subsolo e o primeiro andar do edifício.

No térreo, que ainda está em obra, foi instalada a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Hospitalar), que está em implantação e fará a gestão de todas as unidades da rede estadual de saúde. A SES ganhou ainda o projeto de interligação dos sites, batizado de “Cinturão Digital”.

Telemedicina

O projeto implantado pela SES também vai auxiliar médicos em atendimento aos pacientes que procuram as unidades de saúde estaduais. Caso necessite, durante a consulta médica o especialista poderá conversar, em tempo real, com outros colegas de profissão e assim dar o diagnóstico correto, utilizando o conceito de “segunda opinião clínica”, já utilizado em hospitais de referência como o Sírio Libanês, em São Paulo.

O sistema permite ainda o cadastramento prévio de todos os exames realizados, laudos padronizados, consultas de resultados on line, agenda diária dos exames marcados com indicação dos dados do paciente e do médico solicitante; agendamento dinâmico possibilitando a marcação por médicos ou salas; localização rápida dos horários de atendimento disponíveis por médico, especialidades, locais, dias e horários, agilizando os processos de consultas e exames.

Gardeninha nega interesse por suplência de Castelo

Deputada tucana disse que João Castelo mantém a pré-candidatura ao Senado

Deputada tucana disse que João Castelo mantém a pré-candidatura ao Senado

A deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB) negou, na sessão desta quinta-feira (29), que esteja articulando ou tenha interesse na suplência de senador, caso o ex-prefeito de São Luís, João Castelo, seja mesmo confirmado como candidato ao Senado Federal. “Não é verdade que eu esteja querendo ser suplente. É mentira”, frisou a tucana.

Segundo Gardênia, o suplente de senador de Castelo, se ele for confirmado realmente em convenção partidária, sairá dos partidos aliados ou mesmo do próprio PSDB. Segundo ela, setores da Imprensa  apenas divulgaram um boato, uma mentira para criar intriga no meio político.

A deputada tucana reiterou a pré-candidatura de Castelo ao Senado Federal e confirmou que o ex-prefeito esteve mesmo reunido, na última terça-feira (27), em Brasília, com o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves. Segundo ela, o presidenciável teria sinalizado apoio ao também ex-governador.

Castelo não recua 

Castelo, segundo Gardênia,  mantém também contato direto com a direção estadual do partido tucano. Outras reuniões vão acontecer e o ex-prefeito está disposto a brigar mesmo pela candidatura ao Senado. Diz que não recua em prol da candidatura do vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, que está no mesmo grupo de apoio ao pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino.

Gardenia disse ainda, na tribuna, que João Castelo não está exigindo a desistência de qualquer outro candidato para se manter na disputa, mas entende que tem o direito de concorrer ao Senado pelo seu partido de forma democrática. Segundo a deputada, essa candidatura independe de coligação por ser majoritária e cada partido se comporta da forma que lhe for conveniente.

Roberto Rocha lança livro em São Luís

roberto rocha

Roberto Rocha recebeu Flávio Dino, durante lançamento de livro

O vice-prefeito de São Luís e pré-candidato a senador pelo PSB, Roberto Rocha, lançou, na manhã desta quinta-feira (29), o  livro “Olhar pra frente: uma visão de futuro”, no Grand São Luís Hotel.

O livro é uma reunião de artigos sobre a realidade política na época de Roberto Rocha que foram publicados no Jornal Pequeno.

O evento contou com a presença do pré-candidato ao governo do Maranhão pelo PCdoB, Flávio Dino.

Passagens de ônibus não sofrerão reajuste em São Luís

Blog John Cutrim

Mesa de negociações discute fim da greve dos rodoviários em São Luís

Mesa de negociações discute fim da greve dos rodoviários em São Luís

O prefeito de São Luís,  Edivaldo Holanda Júnior, mantém uma postura firme em não permitir que a população de São Luís seja penalizada com aumento de passagens. O chefe do executivo garante que não vai ceder à pressão de setores que defendem um reajuste exorbitante na tarifa, prejudicial aos usuários.

Antes de qualquer discussão, é necessário primeiro salientar que o serviço de transporte público, em São Luís, oferecido pelos empresários é de péssima qualidade. Não há conforto, segurança, cumprimento de horários, um desrespeito diários aos cidadãos, não justificando dessa forma proposta aventada de cobrança de R$ 2,70 na passagem.

Sabendo dessa possibilidade, a população já mandou recado aos empresários de que caso isso venha acontecer, irá às ruas protestar.

No intuito de dar fim aos transtornos gerados pela greve, a gestão municipal tem tido participação ativa em intermediar, junto aos sindicatos patronal e de trabalhadores, uma solução para a greve.

Conversações estão avançando para entendimento em por fim à paralisação de motoristas e cobradores de ônibus, garantindo a normalidade do transporte para a população.

Paralelo a isso, a Prefeitura de São Luís adotará medidas imediatas para garantir o equilíbrio do sistema de transportes.

Reunião no TRT

Durante a audiência de conciliação do dissídio coletivo de greve dos rodoviários no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a Prefeitura reforçou proposta para recuperação do sistema de transporte público de São Luís. Entre as medidas da reestruturação estão a suspensão da domingueira, o combate sistemático do transporte clandestino e a instalação da biometria facial.

Unidas, as três medidas representam um impacto total de mais de R$ 1,7 milhão no orçamento para os empresários do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET). A este valor seria ainda acrescentada a economia com o combustível, a partir da redução da alíquota do ICMS de 17% para 7%, apresentada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), durante audiências entre rodoviários e SET no Ministério Público do Trabalho (MPT).

Empresários são responsáveis pela greve dos rodoviários em São Luís, diz deputado

Othelino Neto: “O que está acontecendo em São Luís beira à chantagem”

Othelino Neto: “O que está acontecendo em São Luís beira à chantagem”

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) disse, na sessão desta quinta-feira (29), que a responsabilidade pela greve dos rodoviários em São Luís é exclusivamente dos donos de empresas de ônibus que continuam forçando a barra para que o movimento continue, visando ao aumento das passagens.  O parlamentar rebateu críticas do governista Roberto Costa (PMDB) em relação à Prefeitura da capital.

Othelino Neto citou declaração do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, José Luiz de Oliveira Medeiros, na qual ele diz que, apesar de o SET (Sindicato das Empresas de Transportes)  não ter feito sequer uma contraproposta, a entidade da categoria já apresentou uma segunda proposta, fazendo concessões.

“O que está acontecendo em São Luís beira à chantagem e é bom se frisar que a população está atenta. O prefeito Edivaldo Holanda Jr não admite essa pressão de aumentar as passagens para R$ 2,70”, afirmou.

Othelino Neto reiterou, na tribuna, que o prefeito Edivaldo Holanda Jr já disse que não aceita o aumento das passagens e nem o financiamento que os empresários querem.  O parlamentar ressaltou que o gestor municipal  já apresentou sugestões de soluções concretas.

“Agora não dá para aceitar o aumento da passagem ou financiar os empresários de ônibus de São Luís. Imaginem só ter que pagar quatro milhões de reais para os empresários de ônibus. Isso seria uma proposta indecente à sociedade para financiar o transporte público, que é um empreendimento privado. Acho que o Sindicato das Empresas de Ônibus devia ter vergonha de propor isso”, disse o deputado.

SES faz campanha pela amamentação…

 Oficina para mulheres conscientiza para a amamentação

Oficina para mulheres conscientiza para a amamentação

O apoio à mulher trabalhadora para manter a amamentação está sendo discutido na oficina realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), até esta sexta-feira (30), no auditório da Fundação Sousândrade. O evento teve início  quinta (29) e reúne representantes do Ministério da Saúde (MS) e profissionais de saúde de 10 municípios maranhenses, considerados pólos industriais de grandes empresas.

A chefe do Departamento de Atenção a Saúde da Criança e Adolescente da SES, Fernanda Carneiro disse que o objetivo é capacitar profissionais sensibilizados com o tema “Mulher Trabalhadora que Amamenta” a lidar com empregadores no seu papel de chefia – sejam públicos, privados ou de empresa mista – informando-os da importância da manutenção da amamentação e do leite materno para o(a) filho(a) da trabalhadora.  

Importância da amamentação

A amamentação fortalece o vinculo entre mãe e filho, além de implicar em menores custos financeiros para a família. A criança que recebe leite materno adoece menos, fica mais protegida contra diarréia, infecção respiratória e otites, e tem menos risco de desenvolver, ao longo de sua vida, alergias, hipertensão, diabetes e obesidade.

A amamentação também tem efeito positivo na inteligência da criança, além de favorecer o desenvolvimento da cavidade bucal, resultando em dentes mais bonitos e menos problemas de fala, respiração e mastigação. A mulher que amamenta fica mais protegida contra câncer de mama e de ovário e diabetes.