Shopping Rio Anil emite nota de esclarecimento sobre roubo de automóvel em estacionamento

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Sobre o episódio ocorrido no Rio Anil shopping, informamos que acionamos as autoridades policiais para a resolução do caso e está à disposição para auxiliar no que for necessário para as investigações.

O empreendimento lamenta o ocorrido e esclarece ainda que prestou todo apoio à cliente.

 

Adesão à lista de espera do Sisu pode ser feita até 10 de fevereiro

Os candidatos que não foram selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2017 ou que foram aprovados para a segunda opção de curso podem integrar a lista de espera do programa. O período para manifestar o interesse em participar da lista está aberto e se estenderá até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 10 de fevereiro. O resultado da chamada regular foi divulgado na segunda-feira (30).

A adesão à lista de espera está restrita à primeira opção de curso do candidato. Os que foram selecionados para a segunda alternativa poderão concorrer ao curso prioritário mesmo que tenham efetuado matrícula. Para participar da lista de espera, o candidato deve acessar a página do Sisu na internet (http://sisu.mec.gov.br) e manifestar o interesse.

As listas de espera estarão disponíveis às instituições no dia 15 de fevereiro. Se houver vagas, a convocação será feita diretamente pela universidade, e não mais pelo Ministério da Educação.

Neste semestre, 131 universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais ofertaram 237.840 vagas no Sisu. O programa teve 2.498.261 candidatos inscritos e o total de inscrições chegou a 4.880.047, uma vez que cada estudante pôde fazer duas opções de curso.

Prouni

Outra opção para quem não conseguiu uma vaga no Sisu é se inscrever para uma das 214.110 bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições começaram nesta terça (31) e vão até esta sexta-feira (3), pelo site http://siteprouni.mec.gov.br.

O programa distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e leva em conta a situação socioeconômica da família do candidato. Somente poderá participar da disputa o candidato que tenha feito o Enem 2016, que tenha cursado o ensino médio completo na rede pública ou na privada como bolsista. Só terão direito à bolsa integral os candidatos com renda familiar bruta mensal de até um 1,5 salário mínimo; e à bolsa parcial, aqueles com renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos.

Do total de bolsas ofertadas, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade.

Carro é roubado em estacionamento de shopping de São Luís

O shopping deve se responsabilizar pelo ato criminal.

Na noite desta segunda-feira (30), um homem, ainda não identificado, invadiu a parte coberta do estacionamento do Rio Anil Shopping, localizado na Avenida São Luís Rei de França, em São Luís, onde levou o veículo de uma cliente que se preparava para sair do local.

De acordo com informações de populares que presenciaram a cena, o assaltante, que estava armado com uma faca, ainda tentou sequestrar a proprietária do automóvel,
identificada como Joelma Costa Nogueira, que acabou escapando.

O roubo aconteceu por volta das 21 horas e o carro roubado foi um Siena Prata, de placa PSC-7963. A vítima já procurou a polícia para registrar o Boletim de Ocorrência (BO) e o Shopping deve ser responsabilizado pelo ato criminal, já que o estacionamento não tinha seguranças no momento do assalto, segundo informado por parentes de Joelma em grupos de whatsapp.

Com novas regras, juros de cartões de crédito podem cair pela metade do preço

Com a nova regra que limita a utilização do rotativo do cartão de crédito, a economia do consumidor poderá chegar a quase 50% em 12 meses. Essa é a diferença que o cliente deixará de pagar ao migrar dos juros mais caros do crédito rotativo para as taxas mais baixas do crédito parcelado.

A partir de abril, conforme decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN), as administradoras de cartão de crédito não poderão mais financiar o saldo devedor dos clientes pelo crédito rotativo por mais de um mês. De acordo com o levantamento mais recente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), os juros médios do crédito rotativo, cobrado de quem não paga a totalidade da fatura do cartão de crédito, chegavam a 15,33% ao mês no fim de dezembro. Para o crédito parcelado, a taxa média estava em 8% ao mês.

A diferença é maior quanto mais longo o tempo dos financiamentos. Uma dívida de R$ 1 mil na fatura do cartão sobe para R$ 1.534 no crédito rotativo ao fim de três meses. Com a nova regra, pela qual a taxa mais alta, de 15,33% ao mês, incide nos primeiros 30 dias e a taxa de 8% ao mês incide nos dois meses restantes, a dívida aumenta para R$ 1.345,20, diferença de 12,3%.

Ao final de 12 meses, a disparidade é ainda maior. Uma dívida de R$ 1 mil na fatura chegará a R$ 5.537,42 ao fim do período no sistema atual, financiada por meio do crédito rotativo. Pela nova regra, a mesma dívida seria corrigida para R$ 2.689,07, diferença de 51,4%. O cálculo leva em conta as taxas médias de juros cobradas no fim de dezembro. A economia efetiva pode variar porque os bancos personalizam as taxas para cada consumidor no rotativo e no crédito parcelado. Os juros finais podem variar em função do histórico e da capacidade de pagamento do cliente.

Inadimplência
Ao anunciar as novas regras, o diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damaso, explicou que as altas taxas de juros no crédito rotativo estão relacionadas à elevada inadimplência nessa modalidade. Segundo a autoridade monetária, a inadimplência no rotativo do cartão de crédito estava em 37% para as pessoas físicas e em 59% para as empresas no fim de dezembro.

Transparência e Controladoria-Geral de São Luís estabelecem parceria no setor de controle interno

O Secretário de Estado de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, recebeu visita do controlador-geral do município de São Luís, Jackson dos Santos Castro.

O encontro teve como objetivo estabelecer parcerias institucionais entre a Controladoria-Geral do Município (CGM) e a Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC). A ouvidora-geral de São Luís, Elaine Jinkings Rodrigues, também participou.

Além de reforçar a parceria institucional já existente entre a CGM e a STC quanto aos serviços de ouvidoria, os secretários municipal e estadual estreitaram a atuação conjunta dos órgãos de controle com mútua cooperação.

Foram oferecidos à CGM dois sistemas já utilizados pelo Estado e desenvolvidos pela equipe própria da STC, que é o Contratta e o Suprema. Pelo Contratta, o Estado faz o controle das contratações e compras públicas; já o Suprema permite o cadastramento e acompanhamento das Tomadas de Contas Especial, desde a instauração até o encaminhamento dos processos ao Tribunal de Contas do Estado, agilizando o ressarcimento ao erário em caso de danos aos cofres públicos.

Para o controlador-geral do município de São Luís, Jackson dos Santos Castro, a parceria tem como objetivo principal o combate à corrupção a partir da ampliação do controle interno.

SEDUC promove Encontro de políticas educacionais com secretários municipais de educação

A exposição para os gestores municipais foi feita pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Centenas de gestores municipais de educação participaram do ‘Encontro de Políticas Educacionais com Secretários Municipais de Educação’, promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em São Luís. Durante o encontro,  gestores da Seduc, prefeitos e secretários de Educação dos municípios alinharam metas educacionais e fortaleceram o regime de colaboração entre a rede estadual e as municipais, focando na qualidade do ensino e da aprendizagem.

Temas como transporte escolar, calendário escolar, termo de cooperação com os municípios, regularização de fluxo escolar, Bolsa Família, alfabetização, estrutura das redes municipais de educação, convênios, assessoria técnico-pedagógica com formação dos professores, além dos Planos Nacional de Educação (PNE) e Estadual de Educação (PEE) foram abordados durante o encontro que contou com o atendimento individual aos gestores municipais presentes.

Se para os prefeitos a participação no evento se soma ao conjunto de medidas importantes para cada cidade, para os secretários municipais de Educação o evento foi importante para detalhar as ações. A exposição para os gestores municipais foi feita pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

 

Acusado por lavagem de dinheiro, Eike Batista é preso no Rio de Janeiro

O empresário é suspeito dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Nesta segunda-feira (30), o empresário Eike Batista foi preso por agentes da Polícia Federal logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. O empresário é suspeito dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Eike não tem nível superior, então não poderia ser levado para o mesmo presídio em que está o ex-governador Sérgio Cabral. Segundo dados de dezembro do ano passado, o presídio está superlotado. A unidade, que tem capacidade para 968 presos, atualmente tem 2.129 presos.

Eike teve a prisão preventiva decretada depois que dois doleiros disseram que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. A prisão do empresário foi decretada pelo Juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal, na operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

O avião que trouxe Eike de volta ao Brasil pousou no Galeão por volta das 9 horas da manhã desta segunda. O empresário chegou ao Instituto Médico Legal (IML) por volta da 10h30min para ser submetido ao exame de corpo de delito.

Ministra homologa delações da Odebrecht

A semana no Judiciário começa com a confirmação por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a presidente da Corte, Cármen Lúcia, homologou as delações premiadas dos 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato. Ao homologar as delações, a ministra não retirou o sigilo do processo e o conteúdo dos depoimentos ainda não pode ser tornado público.

A decisão de Cármen põe fim a uma série de especulações sobre a velocidade da continuidade da tramitação da Lava Jato, geradas com a morte do ministro Teori Zavascki, no último dia 19, em um acidente aéreo em Paraty (RJ). A presidente do Supremo homologou as delações uma semana após autorizar a equipe de juízes auxiliares de Teori a continuar as audiências necessárias para a confirmação de cada um dos 77 acordos.

Cármen esteve no final de semana trabalhando no STF em contato com o juiz Márcio Schiefler, braço direito de Teori na condução da Lava Jato na Corte. Para que o conteúdo das delações seja tornado público, é preciso um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).

Prorrogado prazo para pagamento do IPVA com desconto

A Secretaria da Fazenda (Sefaz), por meio da Portaria 048/17, adiou para 24 de fevereiro o prazo para pagamento com 10% de desconto, em conta única, do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA).

O calendário de pagamento da 1ª, 2ª e 3ª cotas não sofreu alterações e os contribuintes podem realizar o pagamento de acordo com o final da placa dos veículos.

PAGAMENTO NO BB

Em um acordo do governo do Estado do Maranhão com o Banco do Brasil, ficou garantido aos proprietários de veículos a realização do pagamento do IPVA, DPVAT e taxas do Detran, relativo ao licenciamento do veículo do ano de 2017, diretamente nos caixas de agências e postos do BB, até a data final no calendário divulgado pela Sefaz e Detran.

A partir do site do Detran, no ícone ‘Licenciamento 2017’, o contribuinte pode emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) com o valor do IPVA e demais despesas do licenciamento, como taxa do Detran, seguro DPVAT e eventuais multas de trânsito, que podem ser pagas nos estabelecimentos correspondentes do Banco do Brasil.

RECEBIMENTO DO CRLV
Após o pagamento do imposto, da taxa e do seguro DPVAT, o contribuinte receberá em seu endereço, em até dez dias úteis, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

O CRLV devolvido pelos Correios estará disponível no Viva Cidadão da Beira Mar, quando se tratar de municípios da jurisdição de São Luís. Nos demais, o documento ficará disponível nas respectivas Ciretrans.