Candidatira de Zé Reinaldo desfalcada…

A nomeação do ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Dias Macedo é classificada como uma perda para a pré-candidatura de José Reinaldo

A reconciliação do grupo Macedo com o governador Flávio Dino (PCdoB) altera o cenário da disputa pelo Senado no Maranhão. A nomeação do ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Dias Macedo, para a Secretaria de Estado do Trabalho, é classificada como uma perda para a pré-candidatura de José Reinaldo (PSDB).

Hernando é filho do empresário e fazendeiro, Dedé Macedo, e irmão do deputado estadual, Fábio Macedo (PDT).

Ainda no final de 2017, o deputado federal José Reinaldo já articulava com o grupo da família Macedo a indicação do primeiro candidato a suplente de sua chapa.

De olho no apoio político, José Reinaldo tinha na família Macedo a segurança que sua candidatura precisava.

Agora, rompido com o grupo do governador Flávio Dino (PCdoB),  José Reinaldo terá que buscar outros nomes para agregar em sua chapa.

A posse de Hernando Macedo aconteceu na manhã desta segunda-feira (21).

Setor de turismo espera grande movimentação no São João do Maranhão

O trabalho de divulgação feito em outros Estados tem sido importante para apresentar São Luís e suas atrações a todo o país. Foto: Governo do Maranhão

Agências e instituições ligadas ao setor de turismo estão otimistas com relação à movimentação de turistas no período junino neste ano em São Luís. A expectativa é que os arraiais do São João de Todos em São Luís e Imperatriz atraiam grande número de visitantes. As festas são organizadas pelo Governo do Maranhão.

O trabalho de divulgação feito em outros Estados tem sido importante para apresentar São Luís e suas atrações a todo o país. Além de anúncios em diversos veículos de comunicação, a festa também tem sido apresentada em feiras e congressos de turismo.

“A gente tem visto que a Secretaria de Estado da Cultura, junto com o município, tem trabalhado visitando feiras e eventos para divulgação. E a expectativa é colher os frutos desse trabalho feito fora do Estado e aqui dentro também”, diz Paulo Coelho, presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (Sehama).

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Maranhão (ABIH-MA), João Antônio Barros Filho, fala da importância dos investimentos em outras áreas que afetam diretamente a atratividade do Maranhão: “A população e os turistas estão aprovando a segurança e isso tem nos ajudado muito. O projeto de balneabilidade nas praias também é muito importante. Nós acreditamos muito na gestão do governador Flávio Dino e esperamos que o governo dê continuidade e fortaleça as ações”.

Neste ano, a novidade é que Imperatriz vai ter uma semana inteira de programação do São João de Todos, entre os dias 23 e 30 de junho. O objetivo é expandir a manifestação cultural que movimenta o Estado e incentiva a cultura e o turismo no Maranhão. É a primeira vez que a festa acontece fora da capital.

Para atrair turistas, o Governo do Maranhão tem feito um trabalho intenso de divulgação do São João 2018. Estão circulando anúncios, por exemplo, em veículos de comunicação como os sites da Folha de S. Paulo e do Estado de S. Paulo, a revista Carta Capital e o portal do Le Monde Diplomatique, da França.

Imigrantes são resgatados no litoral do Maranhão

27 imigrantes foram resgatados na Baia de São José, litoral maranhense

Uma embarcação, com 27 imigrantes de vários países do continente africano e mais 2 brasileiros, foi resgatada na Baia de São José, litoral maranhense, na noite deste sábado (19).

Equipes da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA) resgataram a embarcação que se encontrava com avarias em sua estrutura e a levaram para o Cais de São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

As primeiras informações, dão conta de que a embarcação não havia crianças ou mulheres entre os viajantes. Todos os imigrantes receberam atendimento médico e alguns foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Araçagi.

Quando o barco chegou ao cais de São José de Ribamar, equipes médicas do Corpo de Bombeiros, além de equipes da Polícia Federal e Militar já estavam aguardando os imigrantes.

Todos os imigrantes foram cadastrados e ficarão alojados até que as medidas cabíveis sejam tomadas pelas autoridades brasileiras.