Da tribuna, deputados destacam sucesso do ‘Arraiá do Povo”

Deputados Zé Inácio e Fábio Braga destacaram a organização e sucesso do Arraiá do Povo. Trabalho da Comunicação da Assembleia também mereceu destaque

Os deputados estaduais Zé Inácio (PT) e Fábio Braga (SD) destacaram, na sessão desta segunda-feira (18), o sucesso do ‘Arraiá do Povo’ que, durante três noites, celebrou os festejos juninos com uma programação diversificada, no estacionamento do Poder Legislativo, ao lado do Complexo de Comunicação. A pedidos do público, haverá mais um dia da festança no próximo sábado (23), conforme anunciou o presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdo).

Zé Inácio parabenizou o presidente da Assembleia Legislativa em razão do brilhantismo do ‘Arraiá do Povo’. “O arraial organizado por esta Casa, com total apoio de V. Ex.ª, foi uma das atrações principais do São João no fim de semana em São Luís. Os melhores grupos de bumba meu boi, quadrilhas, cacuriá, entre outros, participaram do evento. Aproveito a oportunidade para parabenizar os organizadores, na pessoa de Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão”, disse.

O petista também destacou o trabalho desempenhado pelos profissionais da comunicação da Assembleia. “Não poderia deixar de fazer referência ao trabalho do Complexo de Comunicação da Assembleia, que fez transmissão ao vivo e utilizou muito bem as redes sociais para divulgar o evento. Todos os profissionais estão de parabéns pela brilhante cobertura”, completou.

Fábio Braga, por sua vez, afirmou que ficou impressionado com as manifestações de alegria dos funcionários da Assembleia e de seus familiares. E, também, dos parlamentares. “O que se viu aqui foi uma festa brilhante, com a presença de diversas manifestações folclóricas, que se apresentaram nesta Casa, nas três noites. O Grupo de Esposas de Deputados, por meio da presidente Ana Paula Lobato, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, estão de parabéns pelo êxito do evento. Destaco a empolgação dos funcionários, que se fizeram presentes e se divertiram no ‘Arraiá do Povo’”, salientou Fábio Braga.

Animado com o sucesso do evento, o deputado Othelino Neto anunciou que, no próximo sábado (23), o arraial terá mais uma noite de festa. “Uma bela festa e foi muito bom ver os nossos servidores e servidoras com seus familiares, amigos e os visitantes divertindo-se, com segurança e muita alegria, nas três noites da festança”, comemorou Othelino.

Iniciativa consagrada

Crianças, jovens, adultos e idosos aproveitaram cada momento no arraial e a boa notícia é que a festa continuará no próximo sábado, a partir das 18h30. A programação, no entanto, ainda será divulgada. A iniciativa, pela organização e sucesso de público, garantiu a entrada do arraial na lista dos melhores da cidade.

Os veículos que compõem o Complexo de Comunicação da Assembleia já estão se programando para repetir a cobertura jornalística, também bastante elogiada nas três noites. Um batalhão de profissionais foi mobilizado para que telespectadores e internautas pudessem acompanhar toda a movimentação.

No arraial, estão montadas quatro barracas para a venda de comida típica, com mesas e cadeiras, além de playground para a criançada e um grande palco, para as apresentações dos grupos folclóricos maranhenses. A estrutura engloba ainda amplo estacionamento, banheiros químicos, rampa de acesso na entrada e área reservada para pessoas com deficiência em frente ao palco, tudo dentro das normas de legislação.

Geraldo Alckmin no centro da confusão do PSDB maranhense

Se já não bastasse ter de viabilizar sua campanha, o pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, ainda terá de gerenciar uma crise no partido no Maranhão. Foto: Karlos Geromy

A Revista Época noticiou, nesta segunda-feira (18), a briga interna que vive o PSDB no Maranhão, tendo o senador Roberto Rocha de um lado e o deputado federal José Reinaldo na outra ponta.

“Se já não bastasse ter de viabilizar sua campanha, o pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, ainda terá de gerenciar uma crise no partido no Maranhão. O senador Roberto Rocha, candidato ao governo do estado, e o deputado federal José Reinaldo, candidato ao Senado, estão se bicando. Reinaldo estimula a candidatura do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) ao governo estadual, o que irrita Rocha”, escreveu a colunista Murilo Ramos.

A matéria destaca outra disputa que envolve a escolha do segundo nome da chapa tucana para o Senado Federal. “Quem acompanha tudo com atenção é o ex-presidente da Câmara Waldir Maranhão, recém-filiado ao PSDB e interessado em disputar uma vaga no Senado. O ex-reitor torce para que Reinaldo fique fora do páreo”.

Em meio à crise e disputa interna, Roberto Rocha faz pouco caso de Zé Reinaldo e já está se movimentando e realizando reuniões em cidades do interior e tem carregado Waldir Maranhão em suas andanças.

A aproximação de Rocha e Waldir mostra a manobra de Rocha em tirar José Reinaldo da disputa para o Senado.

Já José Reinaldo tenta levar o PSDB para apoiar a pré-candidatura do deputado estadual, Eduardo Braide (PMN), o que também irrita outra figura do PSDB, o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. A briga interna vai tomando proporções cada vez maiores, o que deixa o PSDB com um destino incerto no Maranhão

Assembleia Legislativa premia vencedores do 41º Festival Guarnicê de Cinema em três categorias

Diretora adjunta de Comunicação, Jornalista Sílvia Tereza, entregou a premiação em nome da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Maranhão entregou premiação aos vencedores do 41º Festival Guarnicê de Cinema, durante a cerimônia de encerramento do evento, realizada no último sábado (16), no Cine Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís. A diretora adjunta de Comunicação da Alema, jornalista Sílvia Tereza, representou o Parlamento Estadual.

O Festival Guanicê de Cinema aconteceu entre os dias 9 e 16 de junho, coordenado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC/PROEXCE), com apoio da Assembleia Legislativa, que premiou os melhores nas categorias documentário, vídeo e filme em curta-metragem.

O “Prêmio Cinematográfico Assembleia Legislativa do Maranhão”, subdividido em “Prêmio Erasmo Dias”, “Prêmio Mauro Bezerra” e “Prêmio Bernardo Almeida”, foi entregue para Taciano Dourado Brito, vencedor das categorias melhor curta (“Prêmio Erasmo Dias”) e melhor documentário (“Prêmio Mauro Bezerra”), pelo filme “Marina”, e para Daniel Drummond, vencedor da categoria melhor curta de ficção (“Prêmio Bernardo Almeida”), por “A Capataz”. Cada um dos prêmios corresponde a dez salários mínimos. Daniel Drummond não compareceu ao evento e nem enviou representante, mas receberá em outra oportunidade.

Taciano Dourado Brito, vencedor de duas categorias, recebeu as premiações das mãos da diretora adjunta de Comunicação da Assembleia Legislativa, Silvia Tereza. “A Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Othelino Neto, apoia o Festival Guarnicê de Cinema por considerá-lo de suma importância para o Brasil. E não somente por apresentar um panorama da produção audiovisual brasileira, com a participação de cineastas e produtores de alta qualidade, mas, sobretudo, por também destacar o trabalho produzido no Maranhão nessa área e revelar muitos talentos, além, claro, de auxiliar na circulação de obras de cineastas de todo o Brasil”, disse.

Além das premiações, foram homenageadas a cineasta Anna Muylaert, a produtora Ariadine Mazzetti, a realizadora Edna Fujii e Maria Raimunda, que frequenta o festival desde as primeiras edições, ainda como Mostra Super 8 de Cinema.

Pré-campanha! Roseana Sarney faz nova investida em três municípios

Roseana sentiu na pele novamente as mudanças do novo cenário político e o desprestígio

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (MDB), ensaiou o retorno de sua caravana por cidades do interior do estado, mas presenciou novamente reuniões caseiras com poucas pessoas. Ela percorreu os municípios de Mirinzal, Central do Maranhão e Pinheiro, na Baixada Maranhense, e viu como seu grupo político está desprestigiado na classe política e na própria população, diferente de outrora.

A primeira cidade visitada foi Mirinzal, onde a ex-governadora falou para um grupo pequeno de pessoas. Ela foi recebida pelo ex-prefeito Amaury Santos Almeida, derrotado nas eleições de 2016.

Em Central do Maranhão, o público não compareceu e a reunião foi transformada em uma conversa informal com algumas lideranças. Nem fotos oficiais foram tiradas para não registrar o fiasco que foi a passagem de Roseana pela cidade.

Já em Pinheiro, cidade natal de seu pai, o ex-presidente José Sarney, a decepção foi ainda maior. Mesmo com a presença do deputado federal Victor Mendes e de seu pai Filuca Mendes, ex-prefeito de Pinheiro, Roseana reuniu poucas pessoas para o lançamento de sua pré-candidatura. Na maior cidade da Baixada Maranhense, ela não reuniu uma multidão, como era de se esperar e teve que se contentar com a presença de um pouco mais de 50 pessoas no auditório da igreja católica Nossa Senhora da Conceição.

Roseana sentiu na pele novamente as mudanças do novo cenário político e o desprestígio. O resultado das reuniões nas três cidades da Baixada pode adiar o anúncio de novas cidades para onde a “Caravana da Guerreira” pretende passar, ou quem sabe, o anúncio da desistência de Roseana na disputa pelo Governo do Maranhão.

As mesmas práticas de outrora…

José Sarney já é conhecido pelas indicações de diretores de órgãos ligados ao Ministério de Minas e Energia, como a Eletrobras

O ex-presidente José Sarney (MDB) virou notícia na coluna Radar da Revista Veja.

De acordo com a coluna, mesmo longe da máquina pública desde 2015, José Sarney mantém as mesmas práticas da ativa.

“O ex-presidente não tem a menor cerimônia em pedir cargos no governo para abrigar os apadrinhados”, escreveu o jornalista Maurício Lima.

José Sarney já é conhecido pelas indicações de diretores de órgãos ligados ao Ministério de Minas e Energia, como a Eletrobras. Após a derrota de seu grupo político no Maranhão, Sarney foi o responsável pela indicação de vários aliados para ministérios do governo Michel Temer.

MEC divulga resultado do Sisu nesta segunda-feira

Os estudantes selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 22 e 28 de junho

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (18) o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. O resultado será divulgado na página do programa na internet.

Os estudantes selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 22 e 28 de junho. Aqueles que não foram selecionados poderão participar da lista de espera. O prazo para que isso seja feito é de 22 a 27 de junho. A convocação dos candidatos em lista de espera será de 3 de julho a 21 de agosto.

Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

Polícia Federal divulga edital de concurso público com 500 vagas

Serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira

Polícia Federal divulgou edital de concurso público para o total de 500 vagas de nível superior. Os salários são de R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e de R$ 22.672,48 para perito criminal e delegado.

Serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira.

As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18/ de 19 de junho a 2 de julho. As taxas são de R$ 180 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 250 para perito e delegado.

Os candidatos a escrivão, agente e papiloscopista devem ter curso superior em nível de graduação em qualquer área. Para delegado é exigido diploma de bacharel em direito, e comprovação de 3 anos de atividade jurídica ou policial.

Para perito os candidatos devem ter curso de graduação de nível superior em ciências contábeis ou em ciências econômicas; engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia de telecomunicações ou em engenharia de redes de comunicação; análise de sistemas, ciências da computação, engenharia da computação, engenharia de redes de comunicação ou em informática; engenharia agronômica; geologia; engenharia química, química industrial ou em química; engenharia civil; engenharia florestal; medicina; e farmácia.

A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional. A segunda etapa do concurso público consistirá de Curso de Formação Profissional, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, e será realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da administração, em qualquer unidade da Federação.

A prova objetiva, a prova discursiva, o exame de aptidão física, a prova prática de digitação, a avaliação médica, a avaliação psicológica, a avaliação de títulos, o procedimento de heteroidentificação dos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas em todas as capitais e no Distrito Federal.

Na data provável de 9 de agosto de 2018, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18, edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Com árbitro de vídeo omisso, Brasil não passa do empate com a Suíça

O time nacional abriu o placar com um belo gol de Philippe Coutinho no primeiro tempo e reclamou da omissão do árbitro de vídeo no segundo, gol Zuber

Bastante badalado sob o comando de Tite, o Brasil não passou de um empate por 1 a 1 com a Suíça em sua estreia na Copa do Mundo da Rússia, neste domingo, na Arena Rostov. O time nacional abriu o placar com um belo gol de Philippe Coutinho no primeiro tempo e reclamou da omissão do árbitro de vídeo no segundo – no gol Zuber, que empurrou Miranda antes de cabecear para a rede, e em um suposto pênalti sofrido por Gabriel Jesus.

Seja como for, o Brasil e a Suíça somaram 1 ponto no grupo E do Mundial e estão atrás da Sérvia, que, mais cedo, em Samara, estreou com vitória por 1 a 0 sobre a Costa Rica. Na sexta-feira, as quatro seleções voltarão a entrar em ação. Enquanto os brasileiros buscarão a reabilitação contra os costa-riquenhos em São Petersburgo, suíços e sérvios irão se enfrentar em Kaliningrado.

Os semblantes sérios e tensos dos jogadores da Seleção Brasileira, entrando em campo por uma Copa do Mundo pela primeira vez após o vexame de quatro anos atrás, contrastava com a animação dos seus compatriotas nas arquibancadas da Arena Rostov. Entre o público, nem mesmo a interrupção prematura e já protocolar do Hino Nacional cessou a cantoria.

Quando a bola rolou, o Brasil ainda não tinha entrado no clima dos seus torcedores. Os olhos marejados de Tite observaram a Suíça, famosa por sua histórica proposta de jogo defensiva, passar mais tempo com a bola nos pés nos primeiros minutos de partida. Com direito a uma conclusão de Dzemaili, livre no meio da área, para fora.

Com o seu novo penteado – um topete loiro, caprichosamente penteado –, Neymar tentou se encarregar de começar a chamar a atenção não apenas pelo visual. O astro da Seleção Brasileira foi quem recuou para carregar a bola do campo defensivo para o ataque, por vezes até com individualismo, e recebeu um puxão de camisa e um sorriso irônico de Dzemaili como resposta.

O Brasil não se intimidou. Aos 10 minutos, o time de Tite criou a sua primeira grande oportunidade de gol. Neymar foi acionado por Coutinho do lado esquerdo da área e fez o cruzamento. Schar se atrapalhou com a bola, e Paulinho, que começava a aparecer bem ofensivamente, finalizou sem precisão. O goleiro Sommer defendeu com a ponta dos dedos, mas a arbitragem assinalou tiro de meta.

Aos 19 minutos, por mais que se esticasse, Sommer não alcançaria a bola. Philippe Coutinho dominou fora da área depois de a defesa suíça cortar um cruzamento de Marcelo e fez a sua jogada característica – carregou da ponta esquerda para dentro e bateu cruzado. Acertou o ângulo, marcando um golaço, o primeiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

A vantagem no marcador empolgou os brasileiros na Arena Rostov. “O campeão voltou!” era o grito que ecoava no estádio, audível nas transmissões televisas mundo afora. Igualmente à vontade na partida, a Seleção Brasileira diminuiu o ritmo nos minutos finais do primeiro tempo, possibilitando que a Suíça ficasse mais tempo com a bola nos pés.

Pelo grupo do Brasil, Sérvia vence Costa Rica

Jogo do Grupo E da Copa do Mundo 2018, Costa Rica contra Sérvia, em Samara. Foto: Sérvia/Michael Dalder/Reuters

A Sérvia venceu a Costa Rica por 1 a 0 pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Apesar da derrota, o goleiro da Costa Rica, Navas, que joga no Real Madrid, foi o destaque do time da América Central e um dos nomes do jogo. Do lado sérvio, o atacante Mitrovic e o autor do gol, Kolarov, foram os destaques. Com a vitória, a Sérvia lidera o Grupo E com três pontos.

No mesmo grupo, o Brasil enfrenta a Suíça às 15h. A Costa Rica é a lanterna do grupo, com nenhum ponto e uma derrota.

Nos primeiros 15 minutos os dois times buscaram o ataque, e o jogo era corrido. Após esse período a Sérvia conseguiu se impor mais, deixando a opção de contra-ataque pra Costa Rica. No fim do primeiro tempo, Serguej recebeu de costas para o gol, dentro da área e livre, emendou uma bicicleta, para a defesa de Navas. Mas a arbitragem marcou incorretamente o impedimento na jogada.

Aos 4 minutos do segundo tempo, Mitrovic tabelou no ataque e recebeu na frente de Navas. Tocou no canto direito, mas o goleiro fez uma grande defesa. Foi a melhor chance do jogo até então.

Aos 10 minutos, veio o gol único do jogo. Mitrovic puxou contra-ataque e sofreu falta quando tentava se aproximar da grande área. Ainda que não fosse tão próximo da área, Kolarov bateu direto e marcou um golaço. Cobrou falta com perfeição e finalmente venceu Navas. A bola passou no único espaço possível entre as mãos do goleiro e a trave.