Comentário de Flávio Dino sobre partida entre Brasil e Costa Rica é destaque na Veja

Chamado de “O governador comentarista”, Flávio Dino deu sua contribuição e sugeriu mudanças na escalação para o confronto com a Sérvia

O governador Flávio Dino foi destaque no site da Veja, desta sexta-feira (22). O comentário sobre a partida do Brasil contra a Costa Rica, pelo Grupo E, da Copa do Mundo da Rússia, foi republicado no conteúdo online da revista. Ele analisou a partida e sugeriu como o time deveria vir para o próximo jogo contra a Sérvia.

Chamado de “O governador comentarista”, Flávio Dino deu sua contribuição e sugeriu mudanças na escalação para o confronto com a Sérvia.

“Para o próximo jogo, acho que William e Gabriel Jesus deveriam dar lugar para Douglas Costa e Firmino. Estes dão mais dinâmica ao jogo e diminuem a sobrecarga de Neymar. E Douglas Costa “desentorta” o time, ao dar mais força também ao lado direito do ataque”, escreveu Flávio Dino.

Os internautas também curtiram os comentários de Flávio Dino sobre a partida. “Além de ser um ótimo governador, és um grande conhecedor de futebol”, comentou o internauta Sandro Torres.

Tudo pronto para mais uma edição do Arraiá do Povo neste sábado

A programação terá início com a apresentação do Boi de Presidente Juscelino, seguido da Quadrilharte de Alcântara, Show de Gargamel, Boi Upaon-Açu, Boi Pirilampo e Boi da Maioba. O encerramento será com show da cantora Josy Porto

Tudo pronto para mais uma noite de festa junina no Arraiá do Povo, neste sábado (23), a partir das 19h, no estacionamento da Assembleia Legislativa, ao lado do Complexo de Comunicação. Sucesso nas noites de 14, 15 e 16 de junho, o espaço será reaberto a pedido do grande público que deu nota dez para os itens relativos à estrutura, segurança, acessibilidade, conforto e diversidade de atrações. A iniciativa é da Casa, por meio do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), com apoio do Governo do Estado.

O anúncio de que a programação teria continuidade foi feito pelo presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), na noite de sábado (16). “Foram muitos pedidos para que fizéssemos mais uma noite, pois recebemos inúmeros elogios, tanto no que diz respeito à programação, quanto em relação à estrutura e a outros itens, os quais foram fundamentais para o sucesso da proposta. Por isso, todos estão convidados para mais essa noite especial de festança no Arraiá do Povo”, disse Othelino Neto.

A presidente do Gedema, Ana Paula Lobato, destacou os pedidos e comentários positivos a respeito do arraial, razão que motivou o presidente Othelino Neto a estender a programação. “Não poderíamos deixar de atender a esse pedido especial do grande público. É uma forma de agradecê-los e homenageá-los. Sem dúvida, o Arraiá do Povo é um sucesso e, com certeza, deixará saudades. Convidamos toda a população para prestigiar a última noite, neste sábado, quando apreciaremos, mais uma vez, a beleza da nossa cultura”, declarou Ana Paula Lobato.

O subdiretor de Manutenção de Serviços da Assembleia Legislativa, Geraldo Oliveira, garantiu que o mesmo projeto estrutural será mantido. “Vamos contar, novamente, com estrutura incluindo banheiros químicos, tenda para atendimento médico preventivo, playground para crianças, barracas para comercialização de comida típica, um grande palco, mesas e cadeiras espalhadas pelo espaço, rampa de acessibilidade para pessoas com deficiência, entre outros detalhes, ou seja, toda a infraestrutura utilizada nas primeiras três noites. E gostaríamos de convidar toda a população para prestigiar a programação”, convidou Geraldo Oliveira.

Segundo o diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings, assim como nas primeiras três noites, toda a movimentação no arraial será transmitida, ao vivo, pela TV Assembleia, rádio web  e cobertura em tempo real com apoio de um estúdio montado ao lado do palco onde se apresentarão os grupos folclóricos e artistas.

“Nossos profissionais estarão a postos para que possamos transmitir, ao vivo, novamente, essa linda festa da cultura maranhense pelo canal digital aberto 51.2  e 17 na TVN, e para todo o mundo, por meio das redes sociais, em nossas páginas no Facebook, Instagram, Twitter e pelo site al.ma.leg.br/tv”, anunciou.

A programação terá início com a apresentação do Boi de Presidente Juscelino, seguido da Quadrilharte de Alcântara, Show de Gargamel, Boi Upaon-Açu, Boi Pirilampo e Boi da Maioba. O encerramento será com show da cantora Josy Porto.

Confira a programação:

19h – Boi de Presidente Juscelino

20h – Quadrilharte de Alcântara

21h – Show de Gargamel

22h – Boi Upaon-Açu

23h – Boi Pirilampo

24h – Boi da Maioba

01h – Show de Josy Porto

Secretário destaca redução do número de homicídios no Maranhão durante entrevistas à rádio e TV Assembleia

No bate-papo com o jornalista Juraci Filho, no “Sala de Entrevista”, Jefferson Portela falou sobre vários assuntos e, entre outras coisas, destacou os avanços da pasta, afirmando que o número de homicídios, por exemplo, foi reduzido significativamente

O secretário de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, foi o convidado desta sexta-feira (22) do “Sala de Entrevista”, quadro exibido no telejornal Portal da Assembleia, na TV Assembleia. Antes, ele também concedeu entrevista para a Rádio Assembleia online, no programa “A Voz do Parlamento”, apresentado pela jornalista Josélia Fonseca.

No bate-papo com o jornalista Juraci Filho, no “Sala de Entrevista”, Jefferson Portela falou sobre vários assuntos e, entre outras coisas, destacou os avanços da pasta, afirmando que o número de homicídios, por exemplo, foi reduzido significativamente. “De 2009 a 2014, o Maranhão teve uma elevação de homicídios da ordem  de 308%. É um número grave, que nós conseguimos reverter. Foi um salto muito grande num período não prolongado. Agora, estamos numa escala de três anos com a seta criminal apontando para baixo em relação ao crime contra a vida”, revelou o secretário.

Portela fez uma observação sobre o aumento do efetivo policial no Maranhão, que passou para 12 mil, e salientou a criação da Superintendência Estadual de Homicídios. Ele falou ainda sobre o esforço no combate a explosões e arrombamentos de agências bancárias. “Em 2014, havia 48 casos e reduzimos para 13, ou seja, uma diferença de 73%. Isto se deve ao conjunto de atividades policiais. A inteligência deve sempre anteceder a parte operacional. Hoje, temos um sistema integrado com o Nordeste e com o Brasil em relação aos crimes mais violentos, como tráfico e roubo a bancos”, frisou.

Ainda sobre explosões e arrombamentos a bancos, o secretário lembrou que seis ou sete casos eram registrados em apenas uma semana no Maranhão. Realidade esta que não existe mais. “Nós tivemos a menor redução do Brasil nessa modalidade de crime e houve uma conjugação de fatores. Nós criamos unidades apropriadas para esse tipo de combate, tanto na Polícia Militar quanto na Polícia Civil. Desenvolvemos operações mensais. Há um período em que deslocamos um contingente integrado da capital para o interior. São policiais civis e militares envolvidos na mesma ação e na mesma área. Isso implica em ótimos resultados”, destacou, citando ainda o Departamento de Roubo a Bancos, ligado à CEIC e que já efetuou a prisão de mais de 280 assaltantes de bancos no Maranhão, todos encaminhados à Penitenciária de Pedrinhas.

Pacto Integrador de Segurança

Em um dos momentos da entrevista, Jefferson Portela mencionou a criação do chamado Pacto Integrador de Segurança Pública, que é a aliança entre os estados para combater crimes transnacionais e interestaduais, como é o caso do tráfico de drogas, para compensar, segundo ele, a omissão da União no que se refere a esse aspecto. “Hoje, a polícia maranhense, pelo convênio que assinamos, pode sair daqui até Goiás, por exemplo, e prender criminosos ou desenvolver ações integradas com a polícia de lá, sem essa demarcação de divisas, que era um impedimento legal. Hoje, o pacto integrador agrega 24 estados e isso possibilitou uma intervenção operacional muito forte”, disse.

O secretário abordou ainda a criação do Ministério da Segurança Pública, que, na opinião dele, ajudará, e muito, porque especializa a gestão pública. “O Ministério da Justiça cuidava, prioritariamente, da questão prisional e são duas coisas completamente distintas. A ação da segurança e do policiamento é uma coisa e o aprisionamento é algo completamente diferente. O Ministério da Justiça priorizava toda a aplicação de recursos, que é algo muito caro para o sistema prisional. Agora, não. Nós teremos um Ministério próprio, com uma verba própria para aplicar na segurança pública”, analisou.

No sufoco, Brasil passa pela Costa Rica

Símbolo da partida: ao fim do jogo, Neymar se ajoelhou e caiu no choro
Foto: DW / Deutsche Welle

Novamente diante de uma retranca, a seleção brasileira mostra dificuldades para furar bloqueio e só consegue sua primeira vitória no Mundial nos acréscimos. Em vários momentos, o time se mostrou sem alternativas de jogo. Com um primeiro tempo sonolento e um segundo tempo nervoso e com pouca estruturação, o Brasil arrancou uma vitória por 2 a 0 contra a Costa Rica, nesta sexta-feira (22/06), em São Petersburgo.

Os gols foram marcados por Philippe Coutinho, aos 46, e Neymar, aos 51 minutos do segundo tempo. Com a vitória, a seleção brasileira soma quatro pontos no Grupo E, encerrando uma sequência de três jogos sem vitórias em Mundiais.

Ao contrário da estreia contra a Suíça, o primeiro tempo da Seleção foi apático e até certo ponto preocupante, por não encontrar meios de furar a disciplinada defesa costarriquenha. O Brasil foi novamente inoperante contra uma retranca, além de ter demonstrado uma cautela excessiva, certamente justificada pelo preocupante cenário em caso de derrota. Com mais posse de bola, a Seleção até dominou o meio-campo, mas não encontrou espaços para executar passes mais incisivos.

A vitória brasileira veio na base da insistência, mas mostrou pouca criatividade ou meios para furar o ferrolho costarriquenho. Peça-chave no esquema de Tite, Paulinho teve pouca participação na criação e deixou de ser um elemento surpresa nas investidas ofensivas. Substituído no segundo tempo, pode perder a vaga contra a Sérvia. Gabriel Jesus, além disso, ainda não mostrou a que veio.

Embora precisasse da vitória, a Costa Rica se posicionou extremamente retraída, com uma linha de cinco defensores e quatro no meio-campo. A seleção brasileira teve dificuldades em penetrar a defesa costarriquenha, mas manteve a calma na troca de passes. Mas a melhor oportunidade foi dos Ticos, com uma finalização de Celso Borges rente ao poste de Alisson, após bela triangulação nas costas de Marcelo.

Quando tudo caminhava para o primeiro empate sem gols da Copa do Mundo de 2018, Coutinho surgiu como salvador da pátria e fuzilou Navas, após belo pivô de Gabriel Jesus, aos 46 minutos. Ainda deu tempo de Neymar completar, aos 51 minutos, a assistência de Douglas Costa. Após o apito final, Neymar caiu no choro.

Com o resultado, a Costa Rica está eliminada da Copa de 2018 e não terá como repetir a façanha de 2014, quando chegou às quartas de final. O Brasil encerra sua participação na fase de grupos contra a Sérvia, em 27 de junho, em Moscou.

OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões

O novo recurso foi motivado pelo reajuste no valor da taxa, feito recentemente pelas companhias Azul e Gol

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou hoje (22) um novo recurso, com pedido de decisão liminar (provisória), a fim de interromper a taxa extra de cobrança de bagagens pelas companhias aéreas.

Para o presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, “desde que a taxa foi colocada em prática, o consumidor tem sido lesado”.

O novo recurso foi motivado pelo reajuste no valor da taxa, feito recentemente pelas companhias Azul e Gol. Desde que a autorização para a cobrança foi anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a OAB tem atuado para revogar a medida, que considera “lesiva” aos consumidores.

A medida chegou a ser suspensa pela Justiça Federal em março do ano passado, mas a decisão liminar foi derrubada no mês seguinte. A OAB quer que uma nova liminar seja concedida enquanto não é julgado o mérito final da ação.

A bagagem despachada começou a ser efetivamente cobrada em 1o de junho de 2017. A primeira companhia a cobrar foi a Azul, no valor mínimo de R$ 30,00 por mala, preço que agora é de R$ 60,00.