São João em São Luís recebeu turistas de todas as regiões do Brasil e teve aprovação de 97%

Além de visitar São Luís, 52% dos turistas estiveram também em outra cidade. E 81% fazem planos para voltar ao Maranhão e conhecer outros municípios.

O São João de Todos deste ano em São Luís recebeu turistas de todas as regiões do Brasil, que foram quase unânimes em aprovar a festa, de acordo com levantamento do Observatório do Turismo do Maranhão, da Universidade Federal Maranhão (UFMA), em parceria com a Prefeitura de São Luís, Governo do Estado e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA).

A maior parte – 55% – dos turistas veio do Sudeste. O Nordeste foi responsável por outros 15,37%. O Centro-Oeste, por 5,93%. O Norte, por 4,31%. E o Sul, por 3,24%. Os estrangeiros somaram uma fatia de 4,31%. E 5,12% são de outras cidades do Maranhão.

Perguntados sobre como foi a experiência de fazer turismo em São Luís, 97% responderam excelente, muito bom ou bom. Ruim e regular somaram 3%.

Os dados revelam que a festa maranhense vem atraindo um público diversificada e ainda tem muito potencial para crescer.

Segundo o estudo, 42% dos turistas gastaram mais de R$ 200 por dia. E 58% deles têm ensino superior completo. Em média, os turistas ficaram de um a cinco dias em São Luís durante o São João.

Do total de turistas, 66% ficaram em hotel, pousada ou albergue. E 19% em casa de parentes. De acordo com o estudo, 77% usaram o avião como principal meio de transporte.

Além de visitar São Luís, 52% dos turistas estiveram também em outra cidade. E 81% fazem planos para voltar ao Maranhão e conhecer outros municípios.

Faltam exatos 65 dias para o primeiro turno das eleições 2018

65 dias para o primeiro turno das Eleições 2018

Apoiadores e simpatizantes do governador Flávio Dino (PCdoB) entraram na contagem regressiva para o primeiro turno das eleições 2018 que será realizado no dia 07 de outubro.

Defendendo projeto importantes como o Escola Digna, Mais IDH, Força Estadual de Saúde e Mais Asfalto, os apoiadores prometem movimentar as redes sociais neste 03 de agosto.

65 dias para o primeiro turno das Eleições 2018

Com o apoio do PCdoB, PRB, PDT, PPS, PT, DEM, PR, PP, PTB, PSB, PROS, PTC, PPL, Avante, Patriotas e Solidariedade, Flávio Dino é apontado como um dos favoritos, pontuando sempre com mais de 60% das intenções de voto em todas as pesquisas registradas até o momento no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

65 dias para o primeiro turno das Eleições 2018

Julho tem menor índice de homicídios desde 2005

No comparativo dos sete primeiros meses deste ano, em relação ao ano passado, a redução foi de 40%, nos casos de CVLIs

O mês de julho, geralmente muito movimentado em razão da programação das férias, registrou queda expressiva nos índices de criminalidade na Região Metropolitana de São Luís. Foram 14 homicídios em julho deste ano, uma redução de 53% nos registros, se comparado ao mesmo período do ano passado, quando houve 30 casos. O número de homicídios é o menor já registrado no mês desde 2005 e o mês ficou 15 dias sem qualquer registro de homicídios.

Os homicídios integram o conjunto de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), incluindo o latrocínio (roubo seguido de morte) e a lesão corporal com morte. Este grupo de crimes também apresentou diminuição em julho. Foram 15 ocorrências este ano – 56% menos registros, em comparação ao período anterior, que apontou 34 casos. Os CVLIs são o indicativo utilizados para medir o nível de criminalidade no país, adotado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A estatística, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), reflete as medidas de impacto com operações intensificadas, investimentos no setor e valorização dos policiais, destaca o secretário de Estado de Segurança Públicas, Jefferson Portela. “A retração da violência é constante e se consolida em mais segurança para a sociedade. Por se tratar de um mês de grande movimentação, os resultados são de grande relevância e mostram os esforços da gestão”, reforça.

No comparativo dos sete primeiros meses deste ano, em relação ao ano passado, a redução foi de 40%, nos casos de CVLIs. De janeiro a julho de 2017, os registros somam 363 ocorrências deste conjunto de crimes; este ano, no mesmo período, o número de casos caiu para 217. Considerando apenas os homicídios dolosos, a diminuição se iguala – 40%.

Menos mortes violentas na Região Metropolitana

As estatísticas apontam, ainda, redução gradativa dos casos de latrocínio e lesão corporal com morte. Neste grupo, as ocorrências diminuíram 75% no mês de julho. “Temos mantido uma linha de diminuição gradativa destes casos, fruto de um trabalho articulado e integrado entre os setores da Segurança Pública”, pontuou o titular da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Lúcio Reis. A SHPP, implantada em 2015, possui setores, efetivo e tecnologia especializada para investigação desses casos.

Mais investimentos

A aquisição da Delegacia Móvel para apurar estes casos, investimento em laboratórios com tecnologia de ponta, aumento do efetivo e promoção de medidas para valorização do policial complementam as estratégias da gestão para êxito das operações. Somado a estes, a implantação da Delegacia de Homicídios, que atua 24 horas apurando os casos no local.