Assembleia concede Medalha “Manuel Beckman” ao presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro Silva

Raimundo Carreiro nasceu na cidade de Benedito Leite (MA), no dia 6 de setembro de 1948

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão realizou, na manhã desta sexta-feira (30), no Plenário Nagib Haickel, sessão solene para entrega da Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman” ao presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Raimundo Carreiro Silva. A comenda foi concedida por meio do Decreto Legislativo 339/2007, oriundo do Projeto de Decreto Legislativo 005/2007, de autoria do deputado Max Barros (PMB), sendo aprovada por unanimidade pelo Legislativo estadual.

No início da sessão, presidida pelo presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), o Hino Nacional foi interpretado pela cantora Tássia Campos. Em seguida, o autor da comenda, Max Barros, fez os cumprimentos às autoridades, entre elas, o deputado federal e senador eleito Wewerton Rocha; o deputado federal Pedro Fernandes; o corregedor do Ministério Público Eduardo Jorge; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Edmar Cutrim; o presidente da Famem Cleomar Tema; o procurador Geral de Justiça Luís Gonzaga Coelho; o deputado eleito Márcio Honaisser; o vereador e deputado eleito Pedro Lucas, familiares e demais convidados.

Max Barros acentuou que a homenagem era justa por se tratar, principalmente, de um maranhense que se destacou a nível nacional. “O ministro tem uma história de vida pessoal muito bonita. Então, eu acho que é justo que a Assembleia faça essa homenagem ao Carreiro porque, ao mesmo tempo em que ele está sendo homenageado, também deve servir de referência para a juventude, pois, é por meio do estudo, do trabalho e da ética que se conquista as coisas. Ele é um exemplo de vida também para a juventude. Eu fico muito feliz de ser o autor e compartilho com todos os amigos aqui da Assembleia que aprovaram essa indicação”, disse o deputado Max Barros.

Max Barros acentuou que a homenagem era justa por se tratar, principalmente, de um maranhense que se destacou a nível nacional

O presidente Othelino Neto enfatizou que o homenageado tem vasta carreira de serviços prestados ao Maranhão e ao Brasil, estando, agora, concluindo sua gestão como presidente do TCU. “Essa iniciativa do deputado Max Barros, que foi aprovada por unanimidade na Assembleia, é uma forma de fazer justiça e de reconhecer as contribuições importantes que ele tem dado ao Brasil”, disse Othelino Neto, destacando a importância da Medalha “Manuel Beckman”, maior honraria da Casa.

Agradecimento

“É realmente uma honra extraordinária para qualquer brasileiro, qualquer maranhense, ainda mais da minha origem, receber essa homenagem. O deputado Max Barros teve essa generosidade de apresentar essa proposta para os deputados e eles aprovaram por unanimidade. Hoje, eu estou aqui para agradecer tanto a Assembleia Legislativa do Maranhão como o deputado Max Barros”, agradeceu o ministro que, em seguida, fez um retrospecto de sua história enquanto homem público, agradecendo, também, às autoridades e demais convidados.

Justa homenagem

O procurador geral de Justiça, Luís Gonzaga Martins Coelho, disse que estava feliz em prestigiar o ministro e parabenizou a Assembleia pela justa homenagem. “A história dele é de um vencedor e motivo de orgulho para todos nós, maranhenses. Portanto, está de parabéns a Assembleia por esta justa homenagem que presta a esse grande homem público”.

O presidente da Famem, Cleomar Tema, também enalteceu o reconhecimento ao ministro Raimundo Carreiro. “É importante o reconhecimento desse maranhense tão ilustre e, agora, presidente do Tribunal de Contas da União. A gente fica orgulhoso de ver um maranhense se destacando, uma personalidade simples e que tanto merece essa medalha. Eu quero parabenizar os deputados que votaram essa comenda, que é importante tanto para o homenageado, quanto para todos nós, maranhenses”.

Biografia

Raimundo Carreiro nasceu na cidade de Benedito Leite (MA), no dia 6 de setembro de 1948, filho de Salustiano Carreiro Varão e de Maria Pinheiro da Silva. Fez o curso primário no Grupo Escolar Monsenhor Barros, em São Raimundo das Mangabeiras, e estudou no Ginásio Balsense, em Balsas, até mudar-se para Brasília, onde concluiu o ensino fundamental, no Ginásio Noturno do Setor Leste. Matriculou-se no Colégio da Caseb e concluiu o ensino médio no Colégio Elefante Branco.

Graduou-se na Faculdade de Direito do Centro de Ensino Unificado de Brasília (Ceub), em 1981; foi vice-presidente do Conselho Consultivo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel); funcionário público do Senado Federal até sua aposentadoria como analista legislativo, em 2007, quando ocupava o cargo de secretário-geral da Mesa do Senado, desde 1995, nomeado por José Sarney. Também foi vereador, entre 1990 e 1992, de São Raimundo das Mangabeiras.

Contas atrasadas de água podem ser pagas sem juros e com desconto no Maranhão

Para aderir, o cliente deverá comparecer a qualquer uma das unidades de negócios da Caema na capital e no interior, além dos postos de atendimento do Viva e Procon

O governador Flávio Dino editou Medida Provisória que autoriza descontos no pagamento de contas de água atrasadas em todo o Maranhão. Vale tanto para moradores quanto para empresas. A ideia é ajudar os contribuintes a regularizar a situação e entrar em 2019 sem pendências.

A Medida Provisória institui o Programa Especial de Regularização de Débitos junto à Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão. Ou, simplesmente, Programa Fique em Dia com a Caema.

São diversas faixas de descontos:

Para quem pagar à vista: desconto de 100% nos juros e na multa e desconto de 30% no valor principal da dívida (o valor que está na conta).

Para quem parcelar em 3 vezes: desconto de 100% nos juros e na multa e desconto de 20% no valor principal da dívida (o valor que está na conta).

Para quem parcelar em 6 vezes: desconto de 100% nos juros e na multa e desconto de 10% no valor principal da dívida (o valor que está na conta).

No caso do parcelamento, o valor de cada parcela não pode ser menor do que R$ 100.

Podem entrar no programa todas as contas vencidas até o dia 27 de novembro deste ano. Os consumidores podem aderir ao Fique em Dia com a Caema até 31 de janeiro de 2019.

Para aderir, o cliente deverá comparecer a qualquer uma das unidades de negócios da Caema na capital e no interior, além dos postos de atendimento do Viva e Procon.

Na capital, as unidades ficam no Centro, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Cohatrac e Vinhais, além de unidades de atendimento nos Vivas/Procon.

No interior, a adesão ao Programa pode ser feita em uma das nove gerências regionais, localizadas em Imperatriz, Itapecuru, São João dos Patos, Pedreiras, Coroatá, Pinheiro, Presidente Dutra, Chapadinha e Santa Inês, além de escritórios de atendimento nas cidades que contam com sistemas de operação.

Veja aqui endereços e telefones de atendimento

De acordo com o diretor Comercial da Caema, Carlos Alberto Martins, a importância deste tipo de negociação está atrelada a vantagens ao consumidor e propicia melhorias na relação comercial diária com os clientes: “Estas ações são importantes para que se possa manter em dia as intervenções, a boa convivência e relação de confiança amigável entre a Companhia e aqueles que recebem o serviço prestado”.

Além da conta de água atrasada, também podem ser pagos com desconto o IPVA e o ITCD.

Haddad diz que Brasil pode crescer com governo Bolsonaro

Fernando Haddad fez um diagnóstico de que a gestão de Bolsonaro poderá ter bons resultados econômicos.

Terra

O candidato derrotado do PT para presidente, Fernando Haddad, ressaltou que “o fracasso” da administração do presidente eleito Jair Bolsonaro não é “o pressuposto” da sua avaliação sobre as perspectivas econômicas do País com o próximo governo. Ao contrário, ele fez um diagnóstico de que a gestão de Bolsonaro poderá ter bons resultados econômicos.

“Temos que nos prevenir: ele vai adotar o neoliberalismo radical”, disse, referindo-se a Bolsonaro. “Em primeiro lugar gera um fluxo de caixa muito importante e dá fôlego, com a venda de ativos estatais, o que ocorreu com o primeiro mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com venda de estatais, o que bancou a sobrevalorização do câmbio por quatro anos”, apontou. “Vamos ter crescimento em 4 anos porque estamos há 4 anos sem crescer e isso vai dar um respiro para o governo.”

Na avaliação de Haddad, o novo governo também adotará uma agenda próxima a grupos religiosos conservadores. “A pauta do fundamentalismo alimenta o espírito e não o estômago, mas isto também está no jogo político.” Ele destacou que o presidente pode ressaltar que vai “intervir na escola pública e que seu filho não tem risco de ser gay.” Para o ex-candidato a presidente, é preciso adotar cuidado para avaliar o futuro da administração Bolsonaro. ” Não pode ver como dado o fracasso, que pode ocorrer, mas não é pressuposto da nossa avaliação.”

Haddad não fez criticas a Bolsonaro, com exceção de ter avaliado como indevido o fato de que o presidente eleito “bateu continência” para John Bolton, assessor de Segurança Nacional do governo do presidente americano Donald Trump em visita na manhã da quinta-feira, 29, em sua residência no Rio de Janeiro. Ele também apontou como “estranho” o fato do magistrado Sergio Moro ter aceitado um cargo de primeiro escalão na futura administração.

“Não é comum uma pessoa deixar de ser juiz para ser ministro do atual governo”, disse. Haddad diz que as ações de Moro interferiram no resultado das eleições presidenciais pois, para ele, se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — condenado e preso na Operação Lava Jato — tivesse condições, ele estaria eleito e seria o sucessor do presidente Michel Temer.

De acordo com Haddad, além de propor a reforma política, o governo do ex-presidente Lula no segundo mandato deveria ter sugerido a realização da reforma tributária. “É quando há alto capital político que mudanças importantes precisam ser sugeridas, mesmo que isso implique em derrota em eleições”, destacou.

O ex-prefeito, por outro lado, não mencionou, no evento promovido em Nova York pelo “The People’s Forum”, em nenhum momento a necessidade de ajustes fiscais caso fosse eleito como presidente, nem mencionou a importância da realização da reforma da Previdência Social para o País. “Na campanha presidencial defendi reformas em dois setores importantes: o bancário e o referente aos meios de comunicação”, destacou. “Há a cartelização do sistema bancário, o que também acontece com os meios de comunicação. São dois oligopólios que precisam ser revistos, senão não tem democracia.”

IPVA atrasado com até 100% de desconto nos juros pode ser pago pela internet

O Governo do Maranhão colocou no ar o site Descontão de Natal (https://www.ma.gov.br/descontaodenatal/) para ajudar os contribuintes a pagar o IPVA e o ITCD atrasados, com até 100% de desconto nas multas e nos juros.

O governador Flávio Dino autorizou os descontos nos dois impostos para quem se inscrever até o dia 28 de dezembro. O site Descontão de Natal explica o passo a passo de como fazer o pagamento.

O IPVA e o ITCD referente a 2018 e anos anteriores terão desconto de 100% das multas e juros para pagamento à vista. Os contribuintes também poderão fazer o parcelamento dos débitos, com 60% de desconto.

Parcelas

No caso do IPVA, os proprietários poderão parcelar a dívida em até 12 vezes, desde que a parcela mínima não seja inferior a R$ 30 para motocicletas e similares e de R$ 100 para os demais veículos automotores.

Para o ITCD, as parcelas também são em até 12 vezes, sendo a parcela mínima no valor de R$ 200. Depois de o parcelamento ser feito, com o pagamento da primeira parcela, o sistema tira o contribuinte da lista de devedores.

Quem optar pelo parcelamento e não fizer o pagamento de duas parcelas ou do saldo devedor após 60 dias do vencimento da última parcela será automaticamente excluído do benefício. No site, o contribuinte também pode quitar o ICMS atrasado.

“A Constituição Federal de 1988 corrigiu erros históricos no Brasil”, destaca Othelino Neto em Congresso

O deputado, que é jornalista e economista, abordou a temática de maneira descontraída, a partir de uma análise histórica sobre o Poder Legislativo desde o Império até os dias atuais

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi o último a palestrar no segundo dia de programação do Congresso “30 Anos de Constituição Federal: Desafios e Perspectivas”, que será encerrado nesta sexta-feira (30), no Auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa. O parlamentar discorreu sobre o tema “O Poder Legislativo e o Estado Democrático de Direito”. A mesa foi coordenada pelo vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, desembargador Lourival Serejo.

O deputado, que é jornalista e economista, abordou a temática de maneira descontraída, a partir de uma análise histórica sobre o Poder Legislativo desde o Império até os dias atuais. Entre outras coisas, ele lembrou que o Congresso Nacional chegou a ser fechado por 15 vezes, sendo 12 no Brasil imperial. Recordou que o órgão constitucional também foi alvo de interrupções e que, ao longo da história, alguns parlamentares tiveram seus mandatos cassados, inclusive no Maranhão, devido à prática do comunismo no período da Ditadura Militar.

Othelino destacou o papel essencial da Constituição Federal de 1988, fruto de muitas discussões e trabalho. “A Constituição Federal de 1988 corrigiu erros históricos e estabeleceu parâmetros essenciais para o Brasil. A partir dela, foram assegurados direitos constituídos a duras penas”, disse.

Conjuntura social e política

O parlamentar também analisou a conjuntura social e política brasileira e lamentou o fato de a política, na atualidade, ser alvo de um processo de negação, em que o “público” é visto como algo “sujo”. “O que é um erro grave, pois não existe salvação fora da política. É preciso prestar mais atenção na política e, ao mesmo tempo, não podemos aceitar a revogação de direitos em desrespeito à Constituição”, alertou.

Enfatizando o protagonismo do Poder Legislativo dentro do Estado Democrático de Direito, o presidente lembrou que se trata do Poder que mais recebe pressão da sociedade e destacou o seu caráter plural, no que diz respeito, por exemplo, a sua composição. Ele citou como exemplo o caso da Assembleia Legislativa do Maranhão, composta de 42 deputados com profissões e ideias diferentes.

E mais: “É fundamental termos a certeza de que precisamos defender a nossa Constituição. Jamais podemos aceitar que a saída seja feri-la. Viemos de muito longe, daí a importância de respeitar a nossa Carta Magna”, frisou.

Antes de encerrar a palestra, o deputado fez deferência à Escola Superior da Magistratura, pela realização do evento, com apoio da Casa do Povo e da Associação dos Magistrados do Maranhão. “Parceria que serve de exemplo para reafirmamos o respeito mútuo que existe entre os poderes constituídos, neste caso, o Judiciário e o Legislativo”, finalizou, citando a frase emblemática de Alfred Emanuel Smith: “Todos os males da democracia se podem curar com mais democracia”.

Procon/MA notifica distribuidoras para que reduzam preço dos combustíveis

Presidente do Procon, Karen Barros, participa de ação com equipe de fiscalização a postos e distribuidoras

O Procon/MA notificou novamente, nesta semana, as distribuidoras para que reduzam o valor do combustível de acordo com a nova tabela de preços da Petrobrás. Entre os meses de outubro e novembro, a Refinaria divulgou uma redução em 32,262%. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) também notificou todas as distribuidoras para que justifiquem o valor repassado aos fornecedores, que se queixam de continuar pagando caro pelo combustível.

Embora tenha constatado uma redução no preço dos combustíveis em todo o Estado (em média R$ 0,20), contudo, o Procon/MA declarou não ser ainda o suficiente, pois até o momento, de acordo com os dados recebidos dos postos e distribuidoras pelo Instituto, foi repassado para o consumidor final apenas a média de 4,47%. Por isso, a presidente do órgão, Karen Barros, afirma que as fiscalizações não irão cessar.

“O Procon/MA busca garantir a prática de um valor justo e proporcional aos consumidores. As reduções, embora consideradas positivas, ainda não são o suficiente, haja vista o valor da redução final passada ao consumidor ser muito inferior ao que foi determinado pela Petrobrás. Sendo assim, vamos continuar com as operações nos postos de maneira ostensiva, para assegurar ao consumidor, no momento da compra de combustível, que o valor praticado seja proporcional e sem aumento abusivo de tributação”, finaliza.

Entenda o caso

No dia 23 de outubro deste ano, logo após a determinação da Petrobrás em reduzir o valor do combustível, o Procon/MA notificou postos e distribuidoras para que comprovassem que estão reajustando os preços conforme redução divulgada pela Refinaria. A ação faz parte da Operação Batismo.

Segundo os dados informados pela equipe de fiscalização do Procon/MA, entre outubro e novembro, a redução média foi de R$ 0,197 no valor da gasolina em todo o Maranhão. Já na capital, essa média chegou a R$ 0,211, com variação máxima chegando a R$ 0,30 em um posto da capital (confira a tabela de preços da semana no site do Procon/MA).

Outra cidade que foi constatada a redução de valor foi Codó. O preço que antes era de até R$ 4,97, agora pode ser encontrado com o valor de R$ 0,32 centavos mais barato. As reduções são devido às intensas ações das equipes de fiscalização do órgão.

Prefeito Edivaldo insere novos ônibus e eleva para 76% frota urbana renovada e para 32%a climatizada

Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante

Com cem por cento da nova frota de ônibus adaptada para garantir acessibilidade de pessoas com deficiência e tendo o maior número de veículos com ar-condicionado, em uma comparação proporcional com outras capitais do Norte e Nordeste, São Luís ganhou um novo impulso no setor do transporte urbano com a inserção de mais 10 ônibus com ar-condicionado. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior acompanhou a inclusão dos novos veículos na manhã dessa quinta-feira (29), na Praça Maria Aragão. Os ônibus vão atender às linhas dos bairros Santa Rosa, Turu e Calhau. Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante. Deste total, 272 veículos são climatizados, o que significa que mais de 32% dos novos veículos inseridos no sistema são refrigerados. Somente neste segundo semestre do ano foram incluídos 42 veículos novos no sistema.

O prefeito Edivaldo destacou os avanços conquistados no setor do transporte na capital e apontou a modernização e a renovação da frota de ônibus como um compromisso de gestão firmado com a população e que vem sendo executado com planejamento e seriedade, visando à melhoria do sistema e ao bem-estar dos usuários.

“Gosto sempre de lembrar como encontramos o setor antes para analisarmos os avanços conquistados por nossa gestão na área. A licitação do transporte foi um marco fundamental para que promovêssemos todas as intervenções que executamos no transporte urbano da nossa cidade. Ao longo de quase seis anos de gestão, afirmamos, com total segurança, que o setor vive uma nova realidade, com ônibus novos circulando com ar-condicionado e outras relevantes ferramentas de controle operacional que fazem do nosso sistema de transporte um dos melhores e mais modernos do Norte e Nordeste”, disse o gestor. “Assim, honramos o compromisso assumido com a população no sentido de proporcionarmos aos cidadãos um sistema público de transporte de melhor qualidade”, completou o prefeito Edivaldo, que no ato esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda; do vice-prefeito Julio Pinheiro, do secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, entre outras autoridades.

Melhorias

Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante

Segundo Canindé Barros, São Luís tem, hoje, uma frota com 635 novos ônibus incorporados ao sistema. O secretário pontuou ainda que a melhoria no setor também conseguiu reduzir de 10 anos para 4,5 anos a idade média dos ônibus que trafegam atualmente na cidade. Antes da implementação do projeto de melhoria e modernização do transporte urbano, o sistema chegou a ter veículos com até 20 anos circulando pela cidade.

“Por determinação do prefeito, seguimos com nosso projeto de reestruturação do sistema de transporte urbano, o mais amplo já executado na capital. Os 10 ônibus inseridos hoje ao sistema são os últimos de um lote de 30 veículos da Viação Primor, que vão garantir mais qualidade a população que utiliza as rotas atendidas por esses veículos. Os avanços são significativos, não apenas com a substituição dos veículos mais antigos e disponibilizando à população ônibus mais modernos, climatizados e seguros, como também a implementação de diversas outras ações e intervenções para proporcionarmos ao usuário um transporte com muito mais qualidade e segurança em seus trajetos”, afirmou Canindé Barros.

A renovação da frota de ônibus da capital é parte do programa de reestruturação do Sistema de Transporte Público de São Luís, que contempla ainda Central de Controle Operacional do Trânsito (CCO), que possibilita o acompanhamento direto e em tempo real de todo o sistema de trânsito e transporte da cidade, além de outras medidas como a adoção do sistema de fiscalização por biometria facial, evitando assim as fraudes que prejudicavam o sistema; a bilhetagem eletrônica com recarga embarcada; o bilhete único; o cartão criança e instalação de GPS em 100% da frota.

Todas essas ações juntas confluem para proporcionar maior qualidade de vida à população e, também, aos trabalhadores do sistema de transporte. Motorista de ônibus há mais de 20 anos, José Ribamar Carvalho relata que as melhorias foram cruciais para garantir um ambiente melhor de trabalho para a categoria. “O sistema melhorou em todos os aspectos. Eu, que vivo nesse ofício há mais de duas décadas, senti bem a transformação do setor”, disse ele.

Com promessa de alinhamento, primeiro-ministro de Israel virá à posse de Bolsonaro

A relação com Israel é um forte símbolo da mudança na política externa pretendida pelo novo governo

Estadão

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, informou na manhã desta quinta-feira, 29, que virá ao Brasil para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, segundo informam fontes diplomáticas. É a primeira presença de peso a confirmar presença na cerimônia.

A relação com Israel é um forte símbolo da mudança na política externa pretendida pelo novo governo. Há décadas, o Brasil mantém uma posição de equilíbrio no conflito entre aquele país e a Palestina. Ela se reflete em diversos compromissos aprovados pela Organização das Nações Unidas (ONU) com apoio brasileiro.

No entanto, o governo de Jair Bolsonaropromete abandonar essa posição e alinhar-se a Israel. A importância desse fato será reconhecida com a vinda do dirigente máximo do país ao Brasil.

Uma demonstração concreta desse novo alinhamento será a mudança da embaixada de Tel-Aviv para Jerusalém,prometida durante a campanha eleitoral e reafirmada nos últimos dias pelo deputado Eduardo Bolsonaro, filho do futuro presidente, em contatos que manteve nos Estados Unidos. Com a mudança, o Brasil estará admitindo a cidade como capital de Israel, passando por cima da posição reivindicada pela Palestina e o reconhecimento dos dois Estados deliberado pela ONU.

Nos bastidores, Bolsonaro tem sido alertado por seus interlocutores, principalmente os da área militar, que a mudança da embaixada poderá levantar reações do lado palestino e elevar o risco à segurança no Brasil. Ele também foi avisado sobre os potenciais prejuízos econômicos da medida. Os países árabes, que apoiam a Palestina, são um mercado que importa US$ 13 bilhões ao ano do Brasil. As exportações são principalmente de açúcar e proteína animal.

Nos EUA, Eduardo Bolsonaro comentou que a reação dos países muçulmanos poderiam ser contornadas de outra maneira. Por exemplo, com a adoção de posições mais duras contra o Irã, inimigo do grupo.

“Não creio que medidas no campo político poderiam servir de compensação”, disse o presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, Rubens Hannun. “A preocupação no campo comercial continuaria.” Ele, que acabou de retornar de uma série de contatos nos países árabes, se relatou que a repercussão das promessas de Bolsonaro e seu entorno é grande. “Há sinais mais fortes de reflexo na relação comercial”, afirmou.

Eduardo afirmou também que a reação do Egito, que cancelou de última hora uma visita do chanceler Aloysio Nunes, não prejudicou os contatos empresariais. Mas, segundo Hannun, todos os eventos empresariais que estavam atrelados à visita, como uma reunião do Conselho Empresarial Brasil-Egito e um encontro de câmaras de comércio dos dois países foram cancelados.

Flávio Dino anuncia pagamento do décimo terceiro para o dia 12 de dezembro

O governador também já havia antecipado o pagamento do funcionalismo público referente ao mês de novembro que estava previsto para o dia 2 de novembro, mas foi antecipado para o dia 27 de novembro.

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou, por meio de suas redes sociais, que o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores públicos do Maranhão será realizado dia 12 de dezembro.

“Pagamos a metade do 13º salário dos servidores do Governo do Maranhão em junho. A previsão de pagamento da outra metade é dia 12 de dezembro”, escreveu Flávio.

O governador também já havia antecipado o pagamento do funcionalismo público referente ao mês de novembro que estava previsto para o dia 2 de novembro, mas foi antecipado para o dia 27 de novembro.

Nas últimas semanas foi divulgado que o governo estaria com dificuldades para efetuar os pagamentos do funcionalismo público, informação prontamente negada pelo governo. Com mais esse anúncio, Flávio Dino mostra que o Estado continua honrando com seus compromissos e que vive uma situação tranquila, diferente de vários estados que não têm previsão para efetuarem seus pagamentos.