Ministros apresentam ações a serem implantadas no início do governo

Os ministros apresentaram, de forma sucinta, um panorama sobre cada área e as ações que irão implementar a partir de agora. Foto: Alan Santos

Agência Brasil

Na segunda reunião ministerial desde que tomou posse, na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro ouviu hoje (8) cada um dos auxiliares sobre os planos para os primeiros meses de governo. Os ministros apresentaram, de forma sucinta, um panorama sobre cada área e as ações que irão implementar a partir de agora.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, disse que o primeiro escalão não tratou sobre detalhes da reforma da Previdência, mas informou que o texto continua em estudo. A tendência, segundo ele, é que o governo escolha as melhores formas de fazer com que a mudança legislativa ocorra.

“Continua aquela teoria de que as idades têm que ser viáveis para ter possibilidade de [o texto] ser aprovado”, disse.

O encontro durou cerca de três horas e foi realizado na Sala de Reuniões do 3º andar do Palácio do Planalto. De acordo com o general, o grupo deu continuidade ao trabalho feito há cinco dias, no primeiro encontro ministerial.

Willem Dafoe elogia Lençóis Maranhenses durante premiação do Globo de Ouro: “fantástico!”

Dafoe concorreu na 76ª edição da premiação na categoria Melhor Ator de Drama, por sua interpretação no filme “No Portal da Eternidade”

Ao passar pelo tapete vermelho da cerimônia de entrega do Globo de Ouro 2019, realizado no último domingo (6), em Los Angeles (EUA), o ator norte-americano Willem Dafoe, que passou o Natal em São Luís, não poupou elogios aos Lençóis Maranhenses. “Fantástico!”, disse Dafoe ao canal pago TNT Brasil.

Dafoe concorreu na 76ª edição da premiação na categoria Melhor Ator de Drama, por sua interpretação no filme “No Portal da Eternidade”, onde dá vida ao atormentado pintor expressionista Vincent Van Gogh.

Willem Dafoe veio ao Maranhão na companhia da esposa, a diretora italiana Giada Colagrande. O ator esteve em terras maranhenses em busca de locações para seu novo projeto no Brasil, o longa-metragem “Tropico”, que deve produzir e protagonizar.

Com direção de Colagrande, “Tropico” será um noir ambientado nos Lençóis Maranhenses. O início das filmagens está previsto para abril deste ano e o projeto deve misturar suspense e romance para tratar de identidade e sincretismo religioso.

“Queria que a trama se passasse num lugar com histórico colonial e exótico para os padrões americanos e europeus. Cogitei o Pelourinho, na Bahia, mas quando vi imagens dos Lençóis Maranhenses fiquei impactada”, disse a esposa de Willem Dafoe ao jornal O Globo. (Com informações do jornal O Globo)

Elogio de Aluísio Mendes a Flávio Dino repercute

Presidente do Podemos no Maranhão, Aluísio Mendes é ex-secretário de Segurança Pública no governo de Roseana Sarney e ex-segurança de José Sarney

O deputado federal Aluísio Mendes (Podemos) esteve no fim de semana, na cidade de Tuntum, participando de várias inaugurações. Em uma entrevista que falava sobre o dia festivo na cidade, o deputado teceu vários elogios ao governador Flávio Dino (PCdoB).

“É uma grande alegria vir a Tuntum e ver mais essa obra realizada. Está de parabéns o governador Flávio Dino, o governador Carlos Brandão aqui presente, o prefeito Tema e, principalmente, a população de Tuntum que recebe essa belíssima obra aqui hoje”, afirmou o parlamentar.

Presidente do Podemos no Maranhão, Aluísio Mendes é ex-secretário de Segurança Pública no governo de Roseana Sarney e ex-segurança de José Sarney. O deputado passou os últimos anos criticando o governo do estado, mas, ao que tudo indica, acabou reconhecendo o bom trabalho do governador Flávio Dino no Maranhão.

Na disputa pela Câmara, Maia ganha apoio de PR e PSDB

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se encontrou com o governador de São Paulo, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Estadão

Em campanha pela reeleição à presidência da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-SP) ampliou o apoio dos partidos à sua candidatura, com a adesão do PR e do PSDB. No mesmo dia, um de seus adversários na disputa, o emedebista Fábio Ramalho (MG), se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e ofereceu votar “de graça”, sem “toma lá, dá cá”, a reforma da Previdência.

O PR deve oficializar o apoio a Maia nesta terça-feira, em um anúncio a ser feito pelo líder da legenda na Casa, o deputado José Rocha (PR-BA). O partido elegeu 33 deputados na eleição do ano passado, a sexta maior bancada. Em troca do apoio, Rocha negociou a continuidade do deputado Fernando Giacobo (PR-PR) na primeira- secretaria da Câmara.

“O Rodrigo é o que tem a maior viabilidade e isso garante a ele a reeleição”, disse Rocha ao Estadão/Broadcast. Já a confirmação do apoio do PSDB foi feita pelo atual líder da legenda na Casa, o deputado Nilson Leitão (MT). “Maia conduziu de forma equilibrada esse momento complicado no Brasil pós-impeachment”, afirmou Leitão. A sinalização do partido a Maia já havia sido feito na semana passada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Até então, cinco legendas haviam declarado apoio à recondução do democrata ao cargo. Com PSL – partido de Bolsonaro que elegeu a segunda maior bancada, com 52 deputados –, PRB, PSD e PPS, além do DEM, Maia teria a possibilidade de 153 votos dos 513 deputados. As bancadas do PR e do PSDB fazem o número subir para 215.

Depois de viajar para São Paulo, Goiás e Maranhão, Maia se reúne nesta terça-feira, 8, com os parlamentares eleitos pelo Piauí. A reunião será no escritório do governador Wellington Dias (PT), em Teresina.

Também em busca de apoio, um dos principais adversários do democrata à presidência da Câmara, o atual vice-presidente Fábio Ramalho fez nesta segunda-feira, 7, uma visita de cortesia a Bolsonaro, em audiência no Palácio do Planalto. “Eu vim dizer ao presidente que votarei pelas reformas de graça, sem toma lá, dá cá”, afirmou o emedebista sobre as principais medidas econômicas que devem ser analisadas pelo Congresso, como a reforma da Previdência.

A declaração foi uma indireta à negociação de posições estratégicas na Câmara para o PSL em troca do apoio a Maia. A chefia da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi uma delas, assim como a Comissão de Finanças e Tributação e também uma vaga na Mesa Diretora.

Mesmo com esta sinalização oficial do PSL ao concorrente, Ramalho afirma ter votos no partido de Bolsonaro.

Conhecido por oferecer almoços no Congresso, Ramalho levou ao Planalto uma bolsa e uma sacola para presentear o presidente com queijo, linguiça, sorvete de queijo, manteiga de garrafa, azeite e pé de moleque. Segundo ele, Bolsonaro abriu e degustou os quitutes.

Assis Filho caminha para ser o próximo presidente do MDB maranhense

Assis Filho é favorito na disputa, pois muitos integrantes do MDB enxergam que o partido no Maranhão precisa de uma renovação após a derrota amarga de 2018

Ex-secretário nacional de Juventude do governo Michel Temer, Assis Filho (MDB) caminha para ser escolhido o próximo presidente do MDB do Maranhão. Assis é militante do partido e entrou no MDB ainda adolescente.

Com o fim do mandato do senador João Alberto, Assis irá disputar à presidência com o deputado federal Hildo Rocha, que conta com a simpatia da família Sarney. Já Assis conta com o apoio do atual presidente, do deputado federal João Marcelo e o deputado estadual Roberto Costa.

A ex-governadora Roseana Sarney ainda ensaiou uma candidatura para disputar à presidência do partido, mas desistiu após críticas de alguns integrantes do partido.

Assis Filho é favorito na disputa, pois muitos integrantes do MDB enxergam que o partido no Maranhão precisa de uma renovação após a derrota amarga de 2018.