Após intervenção no PSDB, Carlos Brandão reencontra Geraldo Alckmin

 

Na foto do reencontro, Brandão aparece sorridente

O vice-governador Carlos Brandão (PRB) encontrou-se com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), em Brasília, quatro meses após a intervenção da Executiva Nacional tucana que levou o comando da legenda no Maranhão para as mãos do senador Roberto Rocha.

O encontro aconteceu no Palácio do Planalto, em uma reunião proposta pelo presidente Michel Temer (MDB) para debater a segurança pública.

Carlos Brandão aparece  ao lado de outros governadores e com a presença do governador paulista, Geraldo Alckmin, que teve participação ativa na intervenção. A descontração pode ser reflexo do bom momento do vice-governador, recém filiado ao PRB, e com grandes chances de disputar o cargo de vice novamente na chapa do governador Flávio Dino.

Debandada no ninho tucano

Como se sabe, após a entrada do senador Roberto Rocha no PSDB, os dois deputados estaduais tucanos, Neto Evangelista e Sérgio Frota, já anunciaram a saída do partido, além do suplente de senador Pinto Itamaraty e do suplente de deputado estadual, Marcos Caldas.

As articulações também mostram a saída de, no mínimo, 20 prefeitos do PSDB, juntamente com o vice-governador. A abertura da janela partidária está sendo aguardada para que o número seja confirmado.

O sorriso do ex-presidente estadual do PSDB, Carlos Brandão, é o sinal claro do esvaziamento da sigla após a entrada de Roberto Rocha e o sinal vermelho para a Executiva Nacional tucana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *