Após repercussão de áudio polêmico, vice-prefeito é investigado pela polícia

O caso continua sendo investigado.

Um áudio comprometedor do ex vice-prefeito de São Mateus, Rogério Sousa Garcês Garcia, preso na Operação ‘Combate à Corrupção’, da Polícia Militar, repercutiu nacionalmente em toda a imprensa.

No áudio, Rogério disse que estava se virando para solucionar um suposto ‘problema’ que tem ligação com o crime de contrabando. Ele declarou ainda estar trabalhando junto a dois deputados e um secretário para afastar quem estava atrapalhando.

Após o vazamento do áudio, o ex vice-prefeito foi chamado para depor na Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), localizada no bairro São Francisco, mesmo local e dia onde o delegado Tiago Bardal, suspeito de estar envolvido no crime, foi chamado para depor.

O caso continua sendo investigado. Além de Rogério, nessa operação foram identificados e presos os policiais Luciano Fábio Farias Rangel, major da Polícia Militar do Maranhão (PMMA); Fernando Paiva Moraes Junior, soldado da PMMA, e Joaquim Pereira de Carvalho Filho, 2º sargento da PM.

Segundo as investigações, a intenção do grupo era desviar de R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões em uísque e cigarros. O recurso seria utilizado para financiar outras atividades criminosas, como a compra de armas, drogas e a corrupção de policiais.

Uma ideia sobre “Após repercussão de áudio polêmico, vice-prefeito é investigado pela polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *