Bolsonaro sofre duas baixas em menos de uma semana

O PRP afirmou, por meio de sua assessoria, que o general Augusto Heleno será candidato ao Senado pelo Distrito Federal

O Partido Republicano Progressista (PRP), ao qual é filiado o general da reserva Augusto Heleno, recusou nesta quarta-feira indicar o nome do militar para ser vice de Jair Bolsonaro (PSL) em candidatura à Presidência da República. Ontem, Bolsonaro indicou que anunciaria Augusto Heleno como vice, mas não houve acordo. O PRP afirmou, por meio de sua assessoria, que o general será candidato ao Senado pelo Distrito Federal.

Leia mais: Bolsonaro defende policiais envolvidos no massacre em Eldorado dos Carajás

Coligado ao governador petista da Bahia, Rui Costa, o nanico PRP não quis ceder. Agora, o PSL procura novas alternativas. Uma delas é a advogada Janaína Paschoal, filiada ao mesmo partido de Bolsonaro. A legenda procura fechar o nome do vice até o dia 22 de julho, quando está prevista a convenção para lançar a candidatura de Bolsonaro.

Essa é a segunda baixa do PSL em menos de uma semana. Depois da recusa do senador Magno Malta (PR), as conversas com o PR foram encerradas. A legenda não aceitou as exigências do chefe do PR, Valdemar Costa Neto, que pediu que a aliança se estendesse para a eleição proporcional no Rio de Janeiro e em São Paulo. A intenção de Costa Neto era que, coligado ao partido de Bolsonaro, o PR aumentasse sua bancada, elegendo um número maior de parlamentares.

 

Leia mais: Desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%

Leia mais: Jair Bolsonaro vem ao Maranhão e mostra despreparo

2 ideias sobre “Bolsonaro sofre duas baixas em menos de uma semana

  1. Pingback: Bolsonaro causa nova polêmica ao fazer criança simular uso de arma de fogo - Blog da Sílvia TerezaBlog da Sílvia Tereza

  2. Bolsonaro é lixo igual aos demais. Critica as Urnas fraudaveis, mas não fala sobre as alianças, que são os maior e pior golpe contra a Nação! Pois na eleição passada, devido as alianças dos 513 deputados, 487 comunistas e corruptos se reelegeram através do voto de legenda, e assim vai continuar sendo enquanto houver estas alianças. E neste caso que mudanças teremos para melhor? As alianças são um esquema imundo injusto e enganoso para todos os corruptos comunistas e assassinos continuarem impunes, mantendo as mordomias que tem a custa do sangue e suor dos trabalhadores! E para que votar se sabemos que os partidos que se fingem de direita, são aliados da esquerda, e distribuem os votos os cargos e a mordomias entre eles, e estão criando e aprovando leis injustas de conluio para somente eles se beneficiarem, corroer as entranhas da Nação, cometer crime de lesa pátria, crime contra a economia popular, e continuar impunes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *