Flávio Dino autoriza concurso para a Saúde…

Concurso está previsto para mil vagas

O governo Flávio Dino (PCdoB) anunciou concurso público para a área da Saúde. Mil novos postos de trabalho serão criados no Maranhão. O edital será publicado no segundo semestre deste ano, entre setembro e outubro, e o concurso será realizado em 2018. Há mais de 20 anos o Governo do Estado não realiza concurso público para área da saúde.

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) assumirá a organização do concurso, por meio de licitação para contratação de empresa especializada em certames para garantir a lisura de todo o processo.

Em nota, SES diz que contrato com instituto foi firmado desde a gestão passada

Secretário Lula Almeida

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu nota, na noite desta sexta-feira (02), sobre nova etapa da operação Sermão aos Peixes, deflagrada pela Polícia Federal, e que envolve o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac), que presta serviços ao Estado. Segundo o órgão, o contrato foi firmado na gestão anterior do ex-secretario Ricardo Murad.

A seguir, a nota:

Nota da SES

Sobre a 4ª fase da operação Sermão aos Peixes, deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (2), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece quê:

1. O contrato com o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac) foi firmado na gestão anterior;

2. Até o momento, a Secretaria não tinha nenhuma informação sobre qualquer irregularidade do instituto que administra 6 unidades de saúde;

3. A SES aguarda comunicação judicial para tomar as providências cabíveis.

Rebelião em Pedrinhas – Segurança age rápido para controlar motim…

Rebelião no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas na noite deste domingo  (21) está sendo controlada pelo Sistema de Segurança do Estado.

Parte de um muro foi derrubada com explosivos para resgate dos presos e houve 25 fugas. Os fugitivos estão sendo recapturados, após ação rápida das forças policiais.

Até o momento, pelo menos sete presos já foram rapidamente recapturados. Dois internos morreram.

Acima as fotos dos fugitivos já sendo rendidos por policiais e de parte do muro derrubado. A qualquer momento, novas informações.

Centenas de policiais militares e civis participam, em toda a região metropolitana de São Luís, da operação de recaptura de mais de 20 detentos que fugiram do Complexo Penitenciários de Pedrinhas.

A operação está sob o comando de um grupo, fortemente, armado que usou dinamite para explodir o muro dos fundos do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas (CDP), conhecido como Cadeião.

Entenda o caso

A fuga se deu depois que parte do muro da unidade prisional foi explodido pelo lado de fora, por pessoas ainda não identificadas, e detentos de duas celas do Pavilhão Gama, que serraram as grades e conseguiram passar pelo buraco causado pela explosão.

Após troca de tiros entre bandidos e agentes penitenciários do Geop de plantão, dois internos vieram a óbito, um no local e outro no hospital. Policiais civis e militares também foram acionados, e seguem no encalço dos evadidos.

Em nota enviada à Imprensa, a gestão prisional ressaltou que, por estar separada do Complexo Penitenciário de São Luís, a UPSL 6 é a única unidade prisional masculina que ainda não dispõe de Portaria Unificada e inspeção por BodyScan, a exemplo das demais que compõe o complexo carcerário.

O caso é investigado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO) da Superintendência de Estado de Investigações Criminais (Seic), que terá 30 dias para a conclusão do inquérito policial.

Nos últimos dois anos, de acordo com a nota enviada à Imprensa, o governo do Estado investiu forte na segurança e na revitalização do complexo, e conseguiu zerar o número de homicídios intramuros, tirando o Maranhão do topo para último no ranking que mede a taxa de violência nos presídios do país

Crise nos municípios do Maranhão aumenta com cortes no Fundeb…

O pagamento da folha dos servidores em educação dos 217 municípios maranhenses está comprometida com a decisão tomada pelo Governo Federal ao baixar a portaria 565, de 20 de abril de 2017, que cortará, neste mês de abril, R$ 224 milhões dos recursos do Fundeb.

O município de Mirador sofrerá duramente com uma perda de grande parte de sua receita, o que corresponde a R$ 557.550,19, o que pode inviabilizar o pagamento da maioria de seus servidores durante este mês.
Estão também sendo afetados com a drástica medida os estados do Ceará, Bahia e Paraíba, sendo o Maranhão o mais prejudicado. Segundo informações de órgãos do governo, o corte é uma devolução de repasses adiantados no decorrer do mês de dezembro de 2016 aos estados mencionados.Ao tomar conhecimento da devolução dos recursos, o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (FAMEM), foi a Brasília procurar meios para evitar a ‘sangria’ dos parcos recursos da educação maranhense.

Estão também sendo afetados com a drástica medida os estados do Ceará, Bahia e Paraíba, sendo o Maranhão o mais prejudicado. Segundo informações de órgãos do governo, o corte é uma devolução de repasses adiantados no decorrer do mês de dezembro de 2016 aos estados mencionados.Ao tomar conhecimento da devolução dos recursos, o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (FAMEM), foi a Brasília procurar meios para evitar a ‘sangria’ dos parcos recursos da educação maranhense.

Maranhão tem a 2ª melhor situação fiscal do Brasil, diz Federação das Indústrias do Rio

Um estudo divulgado, nesta semana, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) mostra que o Maranhão tem a segunda melhor situação fiscal em todo o Brasil. Isso significa que as contas do Estado estão em ordem num momento em que o país atravessa uma crise econômica e muitos  atrasam ou não fazem os pagamentos obrigatórios.

De acordo com a pesquisa ‘A situação fiscal dos estados’, que consolida os dados de 2016, o Maranhão tem desempenho de destaque no que se refere a gastos com pessoal, dívida e investimentos. O estado aparece bem acima da média em todos os critérios analisados.

O estudo também mostra que a Dívida Consolidada Líquida de 2016 ficou bem abaixo do limite legal. Isso quer dizer que o Maranhão tem a dívida sob controle.

Ainda de acordo com o estudo, o Maranhão tem, proporcionalmente, a melhor disponibilidade de caixa entre todos os Estados. “Destaque positivo para Maranhão e Tocantins, estados em que os recursos em caixa são suficientes para cobrir as despesas postergadas e ainda resultam em um crédito que supera 60% da RCL (Receita Corrente Líquida)”, afirma o estudo. O Maranhão também se destaca no ranking de investimentos.

“Os cinco estados em melhor situação fiscal combinaram gasto com pessoal e dívida baixos”, acrescenta o levantamento.

A pesquisa foi feita com dados oficiais disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foram analisadas quatro variáveis fundamentais ao equilíbrio de um ente público: Dívida, Despesa com Pessoal (ativo e inativo), Disponibilidade de Caixa e Investimentos.

JEMs 2017 têm a participação inédita de 20 municípios

Atletas alunos do handebol na competição dos JEMs

A 45ª edição dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) tem inscrições de 107 municípios, até o momento, com 20 disputando os jogos pela primeira vez. O crescimento na adesão aos JEMs em relação aos anos anteriores é resultado de uma política pública de esporte e lazer que está colocando em prática ações governamental em todas as regiões do Maranhão, mobilizando os municípios e promovendo o crescimento quantitativo e qualitativo dos jogos escolares. A cerimônia de lançamento dos JEMs 2017 será nesta sexta-feira (07), em São Luís.

As ações de esporte e lazer estão sendo executadas pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), por meio de parcerias com os municípios. “Com a adesão, nós vamos incentivar os estudantes a terem uma vida mais saudável. Além disso, o esporte proporcionará uma maior interação entre os jovens da cidade e os de outro município”, disse a prefeita de Governador Archer, Maria de Jesus Monteiro dos Santos.

Para o vice-prefeito Bequimão, Sidney Nogueira, os JEMs incentivam a prática saudáveis entre os jovens maranhenses.  “É uma forma de despertar o interesse da nossa juventude para a prática esportiva, fortalecendo a construção dos bons hábitos, valores, disciplina, autoestima, fortalecendo a cidadania e promovendo o intercâmbio cultural entre as diversas cidades participantes”.

Os municípios que irão participar pela primeira vez dos JEMs são Senador La Rocque, Bequimão, São Vicente Ferrer, Boa Vista do Gurupi, Brejo de Areia, Paulino Neves, Olho d’Água Cunhãs, Belágua, Godofredo Viana, Pio XII, Governador Archer, Conceição Lago Açu, São Raimundo das Mangabeiras, Presidente Sarney, Paulo Ramos, São Domingos do Azeitão, Vitória do Mearim, Santa Filomena, Alto Parnaíba e Formosa da Serra Negra.

Lúcio Cordas planeja show para celebrar 15 anos de carreira…

O cantor, músico, multi-instrumentista e professor,  Lúcio Cordas, prepara o show dos seus 15 anos de carreira que está programado para o dia 11 de novembro deste ano. Enquanto o grande momento não chega, ele também começa a agendar uma temporada de diversas apresentações para o período junino.

Caminhando para os seus 15 anos de carreira musical, Lúcio Cordas aposta agora em trabalho solo com sua própria banda MP4, formada por quatro músicos, com quem ele toca um repertório eclético, incluindo MPB, Sertanejo, Axé, Xote, Jovem Guarda, etc, uma mistura de ritmos, passando por todas as suas escolas e experiências vividas ate hoje .

Atualmente, Lúcio Cordas se apresenta às sextas-feiras, às 22h, no Salomé Bar, na Lagoa da Jânsen, e em eventos privados nos fins de semana. Recentemente, fez a abertura de grandes shows na capital maranhense, como os dos renomados cantores Geraldo Azevedo, João Bosco e Jorge Vercillo.

Lúcio Cordas é natural de Pirapemas, Maranhão. Começou sua carreira musical aos 12 de idade, quando sua saudosa avó, professora Laura Xavier, matriculou-o em uma escola de música particular em sua cidade. Seu primeiro instrumento foi o violão. Rapidamente, ele se destacou e começou a tocar na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em sua cidade natal.

Dois anos depois, o cantor veio com sua mãe morar em São Luís, no bairro da Liberdade, para estudar. Na capital maranhense, teve contato com uma banda Black Samba, assumindo a vaga de contra-baixista e assim começou a passear por todos os instrumentos de cordas disponíveis como guitarra, cavaquinho, banjo, bandolin, etc. Daí, surgiu o nome artístico Lúcio Cordas.

Já exercendo uma vida profissional na capital, o maestro, como é chamado também, começou a estudar Piano na Escola de Música do Estado do Maranhão Lilah Lisboa, buscando, cada vez mais, profissionalizar-se nesta sua paixão pela música.

Passou por várias bandas em São Luis, como a “Mákina du Tempo”, oportunidade em que  teve uma grande escola com grandes nomes da música maranhense, entre eles o maestro Nonato e seu conjunto, Oberdan Oliveira, Fernando Rodriguez e outros. Acompanhou vários artistas do Estado e alguns nomes do cenário nacional como Alcione, Wando, The Fivers, Benito de Paula, Michael Sulivan e outros.

Seu mais recente trabalho em bandas foi na Swingart, onde foi convidado para apresentação em carnaval e acabou virando sucesso. Fez parte da produção musical do grupo e assumiu o posto de guitarrista por cinco anos.

‘Operação Colombo’ desarticula quadrilha e apreende mais de mil litros de combustível adulterado

Quadrilha de roubo de combustível foi desarticulada

A ‘Operação Colombo’, de combate ao roubo a cargas, terminou com saldo de 12 presos e a apreensão de 1,5 mil litros de combustível e quatro veículos, sendo dois caminhões tanque carregados. A ação foi realizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), por meio do Departamento de Combate ao Roubo de Cargas, em parceria com as delegacias regionais de Itapecuru, Codó e Barra do Corda. As investigações iniciaram há seis meses, após denúncias do intenso comércio ilegal e adulteração deste produto no povoado Colombo, em Itapecuru-Mirim. O resultado da operação foi apresentado em coletiva, nesta sexta-feira, 24, na sede da SSP, Vila Palmeira.

No conjunto de indícios do crime, a polícia flagrou combustível vendido a preço bem menor que o praticado no mercado, sem comprovação de origem e  acondicionamento fora das normas podendo causar acidentes e ainda em situações que notoriamente facilitavam a adulteração, como o abastecimento em estabelecimentos funcionando em fundo de quintal de residência.

Dos 15 mandados de prisão, 12 foram cumpridos, entre os detidos estão motoristas que faziam o transporte do produto adulterado e pessoas que se beneficiavam com o comércio clandestino. A quadrilha tem integrantes de Itapecuru Mirim, Barra do Corda, Tuntum, Codó e Coroatá.

Operação Turing – Juiz revoga prisões temporárias de blogueiros…

O juiz federal da Segunda Vara, José Magno Moraes, revogou, na noite dessa terça-feira (21), as prisões temporárias dos blogueiros Luís Cardoso, Luís Pablo e Neto Ferreira, alvos da operação Turing, pois o delegado Max Eduardo considerou os depoimentos suficientes e verídicos, sem necessidade de manutenção da medida cautelar.

A operação estava investigando o vazamento de informações sigilosas da Polícia Federal e a forma como esses dados eram publicados ou trabalhados.

A decisão do juíz pode ser conferida nos detalhes acima.

Segundo o delegado Max Eduardo, os mandados foram cumpridos. Todos foram ouvidos e reinquiridos, tendo prestado amplos esclarecimentos sobre os fatos investigados.