Comentário de Flávio Dino sobre partida entre Brasil e Costa Rica é destaque na Veja

Chamado de “O governador comentarista”, Flávio Dino deu sua contribuição e sugeriu mudanças na escalação para o confronto com a Sérvia

O governador Flávio Dino foi destaque no site da Veja, desta sexta-feira (22). O comentário sobre a partida do Brasil contra a Costa Rica, pelo Grupo E, da Copa do Mundo da Rússia, foi republicado no conteúdo online da revista. Ele analisou a partida e sugeriu como o time deveria vir para o próximo jogo contra a Sérvia.

Chamado de “O governador comentarista”, Flávio Dino deu sua contribuição e sugeriu mudanças na escalação para o confronto com a Sérvia.

“Para o próximo jogo, acho que William e Gabriel Jesus deveriam dar lugar para Douglas Costa e Firmino. Estes dão mais dinâmica ao jogo e diminuem a sobrecarga de Neymar. E Douglas Costa “desentorta” o time, ao dar mais força também ao lado direito do ataque”, escreveu Flávio Dino.

Os internautas também curtiram os comentários de Flávio Dino sobre a partida. “Além de ser um ótimo governador, és um grande conhecedor de futebol”, comentou o internauta Sandro Torres.

No sufoco, Brasil passa pela Costa Rica

Símbolo da partida: ao fim do jogo, Neymar se ajoelhou e caiu no choro
Foto: DW / Deutsche Welle

Novamente diante de uma retranca, a seleção brasileira mostra dificuldades para furar bloqueio e só consegue sua primeira vitória no Mundial nos acréscimos. Em vários momentos, o time se mostrou sem alternativas de jogo. Com um primeiro tempo sonolento e um segundo tempo nervoso e com pouca estruturação, o Brasil arrancou uma vitória por 2 a 0 contra a Costa Rica, nesta sexta-feira (22/06), em São Petersburgo.

Os gols foram marcados por Philippe Coutinho, aos 46, e Neymar, aos 51 minutos do segundo tempo. Com a vitória, a seleção brasileira soma quatro pontos no Grupo E, encerrando uma sequência de três jogos sem vitórias em Mundiais.

Ao contrário da estreia contra a Suíça, o primeiro tempo da Seleção foi apático e até certo ponto preocupante, por não encontrar meios de furar a disciplinada defesa costarriquenha. O Brasil foi novamente inoperante contra uma retranca, além de ter demonstrado uma cautela excessiva, certamente justificada pelo preocupante cenário em caso de derrota. Com mais posse de bola, a Seleção até dominou o meio-campo, mas não encontrou espaços para executar passes mais incisivos.

A vitória brasileira veio na base da insistência, mas mostrou pouca criatividade ou meios para furar o ferrolho costarriquenho. Peça-chave no esquema de Tite, Paulinho teve pouca participação na criação e deixou de ser um elemento surpresa nas investidas ofensivas. Substituído no segundo tempo, pode perder a vaga contra a Sérvia. Gabriel Jesus, além disso, ainda não mostrou a que veio.

Embora precisasse da vitória, a Costa Rica se posicionou extremamente retraída, com uma linha de cinco defensores e quatro no meio-campo. A seleção brasileira teve dificuldades em penetrar a defesa costarriquenha, mas manteve a calma na troca de passes. Mas a melhor oportunidade foi dos Ticos, com uma finalização de Celso Borges rente ao poste de Alisson, após bela triangulação nas costas de Marcelo.

Quando tudo caminhava para o primeiro empate sem gols da Copa do Mundo de 2018, Coutinho surgiu como salvador da pátria e fuzilou Navas, após belo pivô de Gabriel Jesus, aos 46 minutos. Ainda deu tempo de Neymar completar, aos 51 minutos, a assistência de Douglas Costa. Após o apito final, Neymar caiu no choro.

Com o resultado, a Costa Rica está eliminada da Copa de 2018 e não terá como repetir a façanha de 2014, quando chegou às quartas de final. O Brasil encerra sua participação na fase de grupos contra a Sérvia, em 27 de junho, em Moscou.

Da tribuna, deputados destacam sucesso do ‘Arraiá do Povo”

Deputados Zé Inácio e Fábio Braga destacaram a organização e sucesso do Arraiá do Povo. Trabalho da Comunicação da Assembleia também mereceu destaque

Os deputados estaduais Zé Inácio (PT) e Fábio Braga (SD) destacaram, na sessão desta segunda-feira (18), o sucesso do ‘Arraiá do Povo’ que, durante três noites, celebrou os festejos juninos com uma programação diversificada, no estacionamento do Poder Legislativo, ao lado do Complexo de Comunicação. A pedidos do público, haverá mais um dia da festança no próximo sábado (23), conforme anunciou o presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdo).

Zé Inácio parabenizou o presidente da Assembleia Legislativa em razão do brilhantismo do ‘Arraiá do Povo’. “O arraial organizado por esta Casa, com total apoio de V. Ex.ª, foi uma das atrações principais do São João no fim de semana em São Luís. Os melhores grupos de bumba meu boi, quadrilhas, cacuriá, entre outros, participaram do evento. Aproveito a oportunidade para parabenizar os organizadores, na pessoa de Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão”, disse.

O petista também destacou o trabalho desempenhado pelos profissionais da comunicação da Assembleia. “Não poderia deixar de fazer referência ao trabalho do Complexo de Comunicação da Assembleia, que fez transmissão ao vivo e utilizou muito bem as redes sociais para divulgar o evento. Todos os profissionais estão de parabéns pela brilhante cobertura”, completou.

Fábio Braga, por sua vez, afirmou que ficou impressionado com as manifestações de alegria dos funcionários da Assembleia e de seus familiares. E, também, dos parlamentares. “O que se viu aqui foi uma festa brilhante, com a presença de diversas manifestações folclóricas, que se apresentaram nesta Casa, nas três noites. O Grupo de Esposas de Deputados, por meio da presidente Ana Paula Lobato, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, estão de parabéns pelo êxito do evento. Destaco a empolgação dos funcionários, que se fizeram presentes e se divertiram no ‘Arraiá do Povo’”, salientou Fábio Braga.

Animado com o sucesso do evento, o deputado Othelino Neto anunciou que, no próximo sábado (23), o arraial terá mais uma noite de festa. “Uma bela festa e foi muito bom ver os nossos servidores e servidoras com seus familiares, amigos e os visitantes divertindo-se, com segurança e muita alegria, nas três noites da festança”, comemorou Othelino.

Iniciativa consagrada

Crianças, jovens, adultos e idosos aproveitaram cada momento no arraial e a boa notícia é que a festa continuará no próximo sábado, a partir das 18h30. A programação, no entanto, ainda será divulgada. A iniciativa, pela organização e sucesso de público, garantiu a entrada do arraial na lista dos melhores da cidade.

Os veículos que compõem o Complexo de Comunicação da Assembleia já estão se programando para repetir a cobertura jornalística, também bastante elogiada nas três noites. Um batalhão de profissionais foi mobilizado para que telespectadores e internautas pudessem acompanhar toda a movimentação.

No arraial, estão montadas quatro barracas para a venda de comida típica, com mesas e cadeiras, além de playground para a criançada e um grande palco, para as apresentações dos grupos folclóricos maranhenses. A estrutura engloba ainda amplo estacionamento, banheiros químicos, rampa de acesso na entrada e área reservada para pessoas com deficiência em frente ao palco, tudo dentro das normas de legislação.

Assembleia Legislativa premia vencedores do 41º Festival Guarnicê de Cinema em três categorias

Diretora adjunta de Comunicação, Jornalista Sílvia Tereza, entregou a premiação em nome da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Maranhão entregou premiação aos vencedores do 41º Festival Guarnicê de Cinema, durante a cerimônia de encerramento do evento, realizada no último sábado (16), no Cine Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís. A diretora adjunta de Comunicação da Alema, jornalista Sílvia Tereza, representou o Parlamento Estadual.

O Festival Guanicê de Cinema aconteceu entre os dias 9 e 16 de junho, coordenado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC/PROEXCE), com apoio da Assembleia Legislativa, que premiou os melhores nas categorias documentário, vídeo e filme em curta-metragem.

O “Prêmio Cinematográfico Assembleia Legislativa do Maranhão”, subdividido em “Prêmio Erasmo Dias”, “Prêmio Mauro Bezerra” e “Prêmio Bernardo Almeida”, foi entregue para Taciano Dourado Brito, vencedor das categorias melhor curta (“Prêmio Erasmo Dias”) e melhor documentário (“Prêmio Mauro Bezerra”), pelo filme “Marina”, e para Daniel Drummond, vencedor da categoria melhor curta de ficção (“Prêmio Bernardo Almeida”), por “A Capataz”. Cada um dos prêmios corresponde a dez salários mínimos. Daniel Drummond não compareceu ao evento e nem enviou representante, mas receberá em outra oportunidade.

Taciano Dourado Brito, vencedor de duas categorias, recebeu as premiações das mãos da diretora adjunta de Comunicação da Assembleia Legislativa, Silvia Tereza. “A Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Othelino Neto, apoia o Festival Guarnicê de Cinema por considerá-lo de suma importância para o Brasil. E não somente por apresentar um panorama da produção audiovisual brasileira, com a participação de cineastas e produtores de alta qualidade, mas, sobretudo, por também destacar o trabalho produzido no Maranhão nessa área e revelar muitos talentos, além, claro, de auxiliar na circulação de obras de cineastas de todo o Brasil”, disse.

Além das premiações, foram homenageadas a cineasta Anna Muylaert, a produtora Ariadine Mazzetti, a realizadora Edna Fujii e Maria Raimunda, que frequenta o festival desde as primeiras edições, ainda como Mostra Super 8 de Cinema.

Com árbitro de vídeo omisso, Brasil não passa do empate com a Suíça

O time nacional abriu o placar com um belo gol de Philippe Coutinho no primeiro tempo e reclamou da omissão do árbitro de vídeo no segundo, gol Zuber

Bastante badalado sob o comando de Tite, o Brasil não passou de um empate por 1 a 1 com a Suíça em sua estreia na Copa do Mundo da Rússia, neste domingo, na Arena Rostov. O time nacional abriu o placar com um belo gol de Philippe Coutinho no primeiro tempo e reclamou da omissão do árbitro de vídeo no segundo – no gol Zuber, que empurrou Miranda antes de cabecear para a rede, e em um suposto pênalti sofrido por Gabriel Jesus.

Seja como for, o Brasil e a Suíça somaram 1 ponto no grupo E do Mundial e estão atrás da Sérvia, que, mais cedo, em Samara, estreou com vitória por 1 a 0 sobre a Costa Rica. Na sexta-feira, as quatro seleções voltarão a entrar em ação. Enquanto os brasileiros buscarão a reabilitação contra os costa-riquenhos em São Petersburgo, suíços e sérvios irão se enfrentar em Kaliningrado.

Os semblantes sérios e tensos dos jogadores da Seleção Brasileira, entrando em campo por uma Copa do Mundo pela primeira vez após o vexame de quatro anos atrás, contrastava com a animação dos seus compatriotas nas arquibancadas da Arena Rostov. Entre o público, nem mesmo a interrupção prematura e já protocolar do Hino Nacional cessou a cantoria.

Quando a bola rolou, o Brasil ainda não tinha entrado no clima dos seus torcedores. Os olhos marejados de Tite observaram a Suíça, famosa por sua histórica proposta de jogo defensiva, passar mais tempo com a bola nos pés nos primeiros minutos de partida. Com direito a uma conclusão de Dzemaili, livre no meio da área, para fora.

Com o seu novo penteado – um topete loiro, caprichosamente penteado –, Neymar tentou se encarregar de começar a chamar a atenção não apenas pelo visual. O astro da Seleção Brasileira foi quem recuou para carregar a bola do campo defensivo para o ataque, por vezes até com individualismo, e recebeu um puxão de camisa e um sorriso irônico de Dzemaili como resposta.

O Brasil não se intimidou. Aos 10 minutos, o time de Tite criou a sua primeira grande oportunidade de gol. Neymar foi acionado por Coutinho do lado esquerdo da área e fez o cruzamento. Schar se atrapalhou com a bola, e Paulinho, que começava a aparecer bem ofensivamente, finalizou sem precisão. O goleiro Sommer defendeu com a ponta dos dedos, mas a arbitragem assinalou tiro de meta.

Aos 19 minutos, por mais que se esticasse, Sommer não alcançaria a bola. Philippe Coutinho dominou fora da área depois de a defesa suíça cortar um cruzamento de Marcelo e fez a sua jogada característica – carregou da ponta esquerda para dentro e bateu cruzado. Acertou o ângulo, marcando um golaço, o primeiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

A vantagem no marcador empolgou os brasileiros na Arena Rostov. “O campeão voltou!” era o grito que ecoava no estádio, audível nas transmissões televisas mundo afora. Igualmente à vontade na partida, a Seleção Brasileira diminuiu o ritmo nos minutos finais do primeiro tempo, possibilitando que a Suíça ficasse mais tempo com a bola nos pés.

Pelo grupo do Brasil, Sérvia vence Costa Rica

Jogo do Grupo E da Copa do Mundo 2018, Costa Rica contra Sérvia, em Samara. Foto: Sérvia/Michael Dalder/Reuters

A Sérvia venceu a Costa Rica por 1 a 0 pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Apesar da derrota, o goleiro da Costa Rica, Navas, que joga no Real Madrid, foi o destaque do time da América Central e um dos nomes do jogo. Do lado sérvio, o atacante Mitrovic e o autor do gol, Kolarov, foram os destaques. Com a vitória, a Sérvia lidera o Grupo E com três pontos.

No mesmo grupo, o Brasil enfrenta a Suíça às 15h. A Costa Rica é a lanterna do grupo, com nenhum ponto e uma derrota.

Nos primeiros 15 minutos os dois times buscaram o ataque, e o jogo era corrido. Após esse período a Sérvia conseguiu se impor mais, deixando a opção de contra-ataque pra Costa Rica. No fim do primeiro tempo, Serguej recebeu de costas para o gol, dentro da área e livre, emendou uma bicicleta, para a defesa de Navas. Mas a arbitragem marcou incorretamente o impedimento na jogada.

Aos 4 minutos do segundo tempo, Mitrovic tabelou no ataque e recebeu na frente de Navas. Tocou no canto direito, mas o goleiro fez uma grande defesa. Foi a melhor chance do jogo até então.

Aos 10 minutos, veio o gol único do jogo. Mitrovic puxou contra-ataque e sofreu falta quando tentava se aproximar da grande área. Ainda que não fosse tão próximo da área, Kolarov bateu direto e marcou um golaço. Cobrou falta com perfeição e finalmente venceu Navas. A bola passou no único espaço possível entre as mãos do goleiro e a trave.

Público parabeniza Gedema e presidente da Assembleia por organização do ‘Arraiá do Povo’

Arraiá do Povo começou bem com casa cheia

Autoridades, deputados e o público que compareceu à noite de abertura do ‘Arraiá do Povo’, na noite de quinta-feira (14), parabenizaram o Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema) e o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), pela iniciativa e organização do espaço.

“Em primeiro lugar, parabenizo o deputado Othelino Neto e a presidente do Gedema, Ana Paula Lobato, por esse arraial tão bonito, organizado e com atrações diversificadas. O povo do Maranhão está de parabéns por dispor de um arraial dessa qualidade”, destacou o secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Hernando Macedo.

Segundo o jornalista Raimundo Borges, a festa junina na AL é a mais organizada e bonita de todas das quais ele já participou. “Estive nas anteriores e confesso que a Assembleia faz uma festa à altura dos festejos juninos do Maranhão, que é a maior festa popular que temos. O ‘Arraiá do Povo’ concorre para ser o mais bonito de São Luís”, frisou.

“Muito bonito o ‘Arraiá do Povo’. A população veio prestigiar a cultura popular maranhense e, assim, fica mais próxima dos parlamentares. É muito importante esse momento para a cultura maranhense”, assinalou o secretário de Estado de Transparência e Controle, Rodrigo Lago.

“A Assembleia está de parabéns por oferecer uma festa tão bonita. Tudo está maravilhoso”, ressaltou Raimundo Monteiro, membro da Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT).

Combate à Violência Contra a Mulher

“Estamos aproveitando as festas juninas e a Copa do Mundo para disseminar a campanha de enfrentamento à violência contra a mulher. Essa violência só vai diminuir quando tivermos o apoio e a parceria de toda a sociedade. O ‘Arraiá do Povo’ está muito bonito”, declarou a juíza Lúcia Helena Heluy, da 2ª Vara de Combate à Violência Contra a Mulher de São Luís.

Para a diretora da Casa da Mulher Brasileira, Susan Lucena, celebrar a rica cultura maranhense é muito importante. “Mas, também, é um momento de se trazer informação sobre a campanha ‘O Respeito à Mulher Vale Ouro’, de enfrentamento à violência contra a mulher, organizada por todos os órgãos de enfrentamento a esse tipo de violência”, destacou.

“Está de parabéns o Gedema e o presidente Othelino Neto por organizarem essa festa maravilhosa”, destacou a deputada Francisca Primo (PCdoB).

“Muito lindo, recriando um ambiente típico do Nordeste. O presidente Othelino Neto foi muito feliz pela iniciativa e fico contente em estar participando. Essa é a nossa cultura”, assinalou Levy Pontes (PCdoB).

O deputado Zé Inácio ressaltou a iniciativa do presidente Othelino Neto em levar o ‘Arraiá do Povo’ para a área da Assembleia Legislativa. “Aqui facilita, sobretudo, para os nossos servidores. Acho que a programação está excelente. O ‘Arraiá do Povo’ está concorrendo com os demais. Não tenho dúvidas de que, também, esta sexta-feira e sábado serão dias de muita alegria e reverências à nossa cultura”, sublinhou.

“Foi montada uma bela estrutura e isso mostra a valorização da Assembleia à cultura do povo do Maranhão. Parabenizamos o Gedema. o presidente Othelino e o Governo do Estado, que trouxe várias grupos folclóricos para se apresentarem aqui. Vamos comemorar e curtir, que a festa é de todos nós”, afirmou o deputado Glaubert Cutrim (PDT).

Campanha – A deputada e procuradora da Mulher na Assembleia, Valéria Macedo (PDT), disse que a festa junina da Alema está muito bonita, organizada e participativa. E mencionou campanha que a Procuradoria da Mulher está disseminando nos festejos juninos. “’Toda Mulher Pode Brincar sem São João! Viva Ela no São João sem Agressão’ é mais uma campanha na qual enfatizamos o combate à violência contra a mulher”, ressaltou.

Luiz Carlos Noleto, presidente licenciado do Sindicato dos servidores da Assembleia (SINDSALEM), elogiou a iniciativa do Gedema. “Dessa vez, o Gedema nos convidou e aceitamos participar do ‘Arraiá do Povo’. Nós, servidores, temos que participar também desses eventos sociais, independentemente de ser uma iniciativa nossa ou não”, salientou.

A servidora Franzia Almeida, do Gabinete da Presidência, avaliou a festa como bonita, bem organizada e parabenizou o presidente Othelino Neto e sua esposa. “A segurança, o acesso às brincadeiras e a variedade de comidas são aspectos que destaco”, acrescentou.

“O ‘Arraiá do Povo’ está muito bonito. Está de parabéns a Assembleia pela sua realização e organização. Ótimas e lindas brincadeiras. Fica sempre um gostinho de quero mais. Vou vir sexta e sábado também”, disse o microempresário Nélson Santos, morador do bairro Cohatrac.

Copa de 2026, com 48 seleções, será disputada nos EUA, México e Canadá

Estádio de Montreal, possível sede da Copa de 2026 que será realizada nos Estados Unidos, Canadá e México

A Copa do Mundo de 2026, a primeira com 48 seleções, será disputada na América do Norte, com jogos nos Estados Unidos, no Canadá e no México. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, em Moscou, durante o Congresso da Fifa. A candidatura liderada pelos EUA teve 134 votos, contra 65 votos do Marrocos, que contou com o voto do Brasil, embora a CBF tenha declarado anteriormente voto na candidatura vencedora. Em 13 de abril um encontro em Buenos Aires selou o apoio da Conmebol a candidatura dos EUA a sede da Copa de 2026. O representante do Brasil nesta reunião era o Coronel Nunes.

A edição de 2026 vai marcar o início de um novo modelo de Copa do Mundo – com mais participantes, mais jogos, mais estádios e mais países organizadores. Em vez dos atuais 32 times divididos em oito grupos de quatro, o Mundial terá 48 participantes, divididos em 16 grupos de três. Os dois primeiros de cada chave avançam aos mata-matas, que terá uma fase a mais do que hoje. O novo formato da Copa do Mundo vai obrigar a Fifa a redesenhar as Eliminatórias, já que todas as confederações terão mais vagas do que têm hoje.

A Copa do Mundo da América do Norte será majoritariamente disputada nos EUA. Das 80 partidas do torneio, 60 serão nos EUA, inclusive a final. As demais 20 serão divididas igualmente entre Canadá e México. Será a segunda Copa dos EUA, que já organiziou o torneio em 1994, e a terceira do México, que abrigou a Copa em 1970 e 1986.

Esta foi a primeira vez em décadas que a escolha da sede da Copa do Mundo se deu numa votação aberta, com a participação de todas as associações nacionais de futebol. As sedes dos Mundiais de 1990 a 2022 foram escolhidos peloS 24 integrantes do Comitê Executivo da Fifa (hoje rebatizado de Conselho da Fifa). A última delas, que resultou na vitória de Rússia (2018) e Qatar (2022) foi marcada por denúncias de corrupção e compra de votos. A eleição desta quarta-feira teve os votos de cada país tornado público imediatamente num telão no centro de convenções onde ocorreu o Congresso da Fifa.

Para convencer os eleitores, a candidatura da América do Norte prometeu lucro recorde para a Fifa e para as associações nacionais. Numa apresentação de 15 minutos para a plateia do Congresso da Fifa, o presidente da federação americana de futebol, Carlos Cordeiro, prometeu uma arrecadação de US$ 15 bilhões, com lucro de US$ 11 bilhões. Como comparação, a Copa do Mundo de 2014 teve faturamento de US$ 4,8 bilhões.

A disputa pelos votos foi marcada pela sombra do presidente americano, Donald Trump. Os marroquinos usaram a postura agressiva do presidente americano para convencer eleitores. O próprio Trump se envolveu pessoalmente na campanha americana. Ele escreveu cartas ao presidente da Fifa, Gianni Infantino, na qual prometeu conceder vistos “sem preconceitos” para atletas, dirigentes e fãs de todos os países que disputarem a Copa.

A Copa do Mundo de 2022 será disputada no Catar. Para 2030, só há uma candidatura oficialmente lançada – por Argentina, Paraguai e Uruguai. É provável que China e Inglaterra também se lancem. Não há data prevista para a Fifa tomar essa decisão.

Em audiência pública, Zé Inácio ouve famílias de comunidade ameaçada de despejo

Deputado Zé Inácio Rodrigues ouviu os moradores do residencial

O deputado Zé Inácio (PT) coordenou e presidiu reunião que se transformou em audiência pública, na tarde desta quinta-feira (07), no Plenarinho, para debater o problema de moradia de 300 famílias da comunidade Nova Era, em São José de Ribamar, que já se arrasta desde 2012. “Conseguimos suspender a liminar de reintegração de posse pelo juiz de São José de Ribamar e estamos aqui para debater esse grave problema e encontrar uma alternativa”, afirmou.

Participaram da mesa de debate Maria Silva Câmara, representante dos moradores da comunidade Nova Era; o advogado de defesa dos moradores, Antonio Mendes; os defensores públicos estaduais Gustavo Ferreira e Evilton Marques; o major Marcos Brito, da 13ª Batalhão da Polícia Militar; o secretário adjunto da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop); a representante da Comissão de Direitos Humanos da Ordem do Advogados Seccional do Maranhão, Maria Sousa, e o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Cidades, Adilon Arruda  Leda Filho.

Debate

Maria Silva Câmara disse que o problema de moradia na comunidade Nova Era existe desde 2012, quando a Cooperativa Habitacional do Grupo Comunitário Independente (COOPHAB) ameaçou as famílias de despejo. “Essa cooperativa intermediou a venda de casas do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ junto à Caixa Econômica Federal. Eu paguei R$ 8 mil e nunca recebei minha casa. Então, nós não somos invasores. Ocupamos as casas porque pagamos e a COOPHAB, ao invés de entregar nossas casas, ajuizou uma ação na Justiça para nos despejar. Não temos onde morar”, esclareceu.

Segundo o advogado Antonio Mendes, há um precedente judicial no Superior Tribunal de Justiça (STJ) que reconhece o direito de moradia às famílias que residem em áreas urbanas em litígio que já contam com urbanização. “E, me parece, esse é o caso da comunidade Nova Era. É um problema que tem que ser visto com um olhar social”, salientou.

“Essa demanda nos chegou em 2015 e tomamos algumas providências como, por exemplo, o cadastramento das famílias. Estamos à disposição para contribuir no sentido de que vocês tenham assegurado o direito à moradia”, afirmou Gilvan Alves, da Sedihpop.

O major Marcos Brito disse que a Polícia Militar está a serviço da sociedade, mas é obrigada a cumprir decisão judicial e, nessas ocasiões, sempre colocamos o diálogo em primeiro lugar. “Já vistoriamos a área. Advirto a todos que o direito não costuma socorrer os que dormem”, ressaltou.

O defensor público Gustavo Ferreira colocou-se à disposição para se reunir com o poder público municipal de São José de Ribamar e os moradores. “Estamos à disposição e vamos nos empenhar para encontrar uma alternativa que garanta o direito à moradia de todos vocês”, acrescentou.

“A Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA se solidariza com as famílias da comunidade Nova Era e passa a acompanhar e participar, desde já, na busca de uma alternativa para esse drama social”, declarou a advogada Maria Sousa.

Avaliação

“A reunião, que se transformou em audiência dada a presença maciça dos moradores da comunidade Nova Era, foi muito positiva. Fizemos um bom debate do problema e aprovamos os novos passos a serem dados nessa luta pelo direito à moradia”, declarou o advogado Antonio Mendes.

Para Zé Inácio, embora alguns órgãos não tenham podido se fazer presente, a reunião/audiência pública cumpriu plenamente seus objetivos e, em geral, contou com uma boa representação. “A presença do Governo do Estado demonstra que está sensível ao problema. E da OAB/MA e da defensoria Pública mostram que a luta pelo direito, na esfera judicial, tem uma tendência a ter um desfecho favorável aos moradores. A Assembleia Legislativa vai se colocar sempre à disposição”, destacou.

“Primeiro, gostei muito da reunião. Tudo que eu estava esperando aconteceu aqui. Só tenho a agradecer ao deputado Zé Inácio pelo apoio e à Assembleia por ter nos recebido e ouvido. A nossa luta continua e, com fé em Deus, será vitoriosa”, avaliou a moradora Maria Silva Câmara.

Encaminhamentos

Ai final, foram aprovados os seguintes encaminhamentos: a) Reunião com a Superintendência da Caixa Econômica Federal; b) Reunião com a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ); c) Reunião com o desembargador relator do processo; d) Reiteração de pedido junto a Sedihpop para atualizar relatório e acompanhamento do caso; e) Reunião com a Defensoria Pública Estadual e Federal.