Mãe de estudante morta na Nicarágua reclama de falta de apoio

As poucas informações que tem de sua filha foram dadas pelo sogro de Raynéia, que é quem pagava pelo curso de medicina da estudante na Nicarágua

Mãe da universitária brasileira assassinada segunda-feira (23) na Nicarágua, a aposentada Maria José da Costa disse hoje (25) que, até o momento, não recebeu qualquer tipo de informação ou ajuda das autoridades brasileiras. A maior preocupação dela agora é com o traslado do corpo. Maria José também quer que a embaixada brasileira atue no sentido de ajudar as autoridades nicaraguenses a identificar e punir os responsáveis pelo assassinato de sua filha única, Raynéia Gabrielle Lima, que há seis anos cursava medicina naquele país.

“Estou às cegas. Minha filha morreu há mais de 24 horas e ninguém toma providências. Eu quero que ela volte o mais rápido possível para Pernambuco, para ter o enterro que merece”, disse Maria José.

Maria José se emocionou em diversos momentos, ao longo da entrevista. “Estou sem condições de fazer algo na minha vida. Sem condições até para respirar. Minha filha estava estudando para realizar o sonho que não conseguia realizar no Brasil. Retiraram para sempre todo o sonho dela, que desde os oito anos de idade dizia querer ser doutora para ajudar as pessoas.”

Diante dessa situação, Maria José aproveitou para fazer um apelo ao governo brasileiro. “Pelo amor de Deus, tragam o corpo de minha filha, que está há mais de um dia em uma gaveta congelando. Tragam o mais rápido possível para que ela tenha seu descanso eterno. É muita dor, muito sofrimento, que estamos passando.”

Segundo ela, Raynéia Gabrielle não era de participar de manifestações políticas nem passeatas. “Raynéia não gostava disso. Era uma filha dedicada que a toda hora falava que me amava. O que vai ser da minha vida agora, sem ela? Essa dor nunca vai passar. Quem tirou a vida dela vai ter de pagar por isso”, disse Maria José, ao cobrar ajuda das autoridades brasileiras.

As poucas informações que tem de sua filha foram dadas pelo sogro de Raynéia, que é quem pagava pelo curso de medicina da estudante na Nicarágua. “Ele [o sogro] não era de ligar para mim. Quando recebi a ligação pensei de imediato que algo de ruim havia acontecido com minha filha. Entrei em desespero”, disse a aposentada.

De acordo com as informações repassadas à mãe da estudante, Raynéia havia saído do hospital onde fazia residência para se dirigir à casa de uma amiga. Foi ao longo desse percurso que ela foi assassinada, quando estava sozinha dirigindo seu carro.

“Minha filha já tinha tudo planejado para o seu retorno ao Brasil. Até julho ela viria para o Recife, onde iria fazer a prova do Revalida, para poder exercer a profissão de médica por aqui e ajudar a salvar vidas”.

São Luís está entre os 10 destinos do Brasil escolhidos para férias

A pesquisa da Agência Virtual Viajanet aponta o aumento em 15% na compra de passagens para as cidades do Nordeste. São Luís, além de bastante procurada, contribui como caminho para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Foto: Gilson Teixeira

Segurança, opções de lazer, clima favorável e receptividade fazem de São Luís uma entre as dez cidades brasileiras mais procuradas por turistas neste período de férias. A informação faz parte de um levantamento realizado, esta semana, pela Agência Virtual Viajanet. A pesquisa aponta o Nordeste como maior destino entre os meses de junho e julho. Segundo o relatório, turistas procuram fugir do frio em outras áreas do Brasil e vêm à região em busca das praias.

Nos últimos anos, São Luís recebeu promoções turísticas que destacam o que a cidade tem de melhor. A campanha Maranhão Terra de Encantos foi premiada nacionalmente pelas estratégias de divulgação de São Luís e do Maranhão. Inspirada nas belezas naturais, arquitetura colonial de São Luís, cultura e gastronomia maranhense, ganhou medalha de ouro no Prêmio Colunistas 2017, considerado um dos mais tradicionais da publicidade brasileira e entregue desde 1968. Além de investimentos em qualificação turística e ações diversas para dinamizar o turismo em São Luís.

A pesquisa da Agência Virtual Viajanet aponta o aumento em 15% na compra de passagens para as cidades do Nordeste. São Luís, além de bastante procurada, contribui como caminho para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Quem mais procura pela cidade são famílias em busca de lazer, correspondendo a 75% das intenções, de acordo com a pesquisa. Fortaleza, Recife e Salvador também estão na lista, reforçando a procura pelo Nordeste. Os dados da pesquisa têm como base a venda de passagens aéreas com destino às dez cidades mais procuradas.

A escolha de São Luís neste ranking reforça os esforços para divulgar, valorizar e estruturar as potencialidades locais, avalia o secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino. “São iniciativas em todos os setores que têm como foco a garantia de segurança, boa estrutura e opções de lazer e entretenimento considerando o grande potencial turístico da nossa capital. É um estímulo para prosseguir nos incentivos e investimentos em nossa cidade”, afirmou.

Urgente: Ônibus com atletas de Bacabal sofre acidente e deixa vítimas fatais

De acordo com as primeiras informações 41 pessoas estavam no ônibus, 39 ficaram em estado grave

Um ônibus que transportava atletas da Escolinha de Futebol Verona, da cidade de Bacabal, sofreu um acidente ao retornar de uma disputa no município de Caldas Novas, Estado de Goiás.

Segundo a Central de Informações Operacionais (CIOP) da Polícia Rodoviária Federal, o veículo saiu da pista e tombou no início da noite deste domingo (22). A unidade da PRF do município de Peritoró foi acionada e se deslocou para o local, na rodovia BR-226, entre as cidades de Tuntum e Barra do Corda.

De acordo com as primeiras informações 41 pessoas estavam no ônibus, 39 ficaram em estado grave, sendo que 22 foram enviados para o a Upa de Barra do Corda e as que apresentavam quadros mais graves para o Socorrão em Presidente Dutra. Duas pessoas morreram no local do acidente.

 

Leia mais: Avião cai no Maranhão com o ex-governador do Piauí

Leia mais: Operação desbarata quadrilha nacional que aplicava golpes em WhatsApp inclusive no Maranhão

Bolsonaro causa nova polêmica ao fazer criança simular uso de arma de fogo

A menina, que aparenta ter menos de três anos de idade, faz um símbolo com as mãos que representa o uso de uma arma de fogo

Durante um compromisso de pré-campanha em Goiânia, o deputado federal Jair Bolsonaro protagonizou mais uma polêmica. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o parlamentar com uma criança no colo durante um discurso.

A menina, que aparenta ter menos de três anos de idade, faz um símbolo com as mãos que representa o uso de uma arma de fogo.

Leia mais: Bolsonaro sofre duas baixas em menos de uma semana

A cena ocorreu em meio a uma multidão de seguidores do político, em cima de um trio elétrico. Algumas pessoas estranharam o fato, mas a maioria aplaudia e gritava palavras de ordem em apoio ao pré-candidato. As fotos geraram polêmica nas redes sociais e críticas de políticos.

“Como mãe e professora, fiquei estarrecida ao ver um candidato ensinar uma criança a fazer gesto de revólver com as mãos. As mãos de uma criança devem ser treinadas para pegar em lápis e caderno, e jamais em armas”, postou no Twitter a pré-candidata da Rede Sustentabilidade à Presidência, Marina Silva.

Leia mais: Bolsonaro defende policiais envolvidos no massacre em Eldorado dos Carajás

Bolsonaro alegou que não estava no local para fazer campanha, mas prometeu liberar a posse de arma de fogo para todos os cidadãos, caso seja eleito. Em seguida, o pré-candidato seguiu para a cidade de Rio Verde, também em Goiás, onde participou de uma feira agropecuária.

Ao ser procurado pela reportagem, por meio de sua assessoria de comunicação, o parlamentar não se manifestou sobre o assunto. No gabinete do deputado, na Câmara, ninguém atendeu as ligações.

Operação desbarata quadrilha nacional que aplicava golpes em WhatsApp inclusive no Maranhão

Polícia Federal e Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) deflagraram, na manhã desta terça-feira (17), uma operação para desarticular quadrilha que clonava números de telefone para aplicar golpes por meio do aplicativo WhatsApp, de troca instantânea de mensagens.

A editora deste blog flagrou o momento da ação, desdobramento de um pedido de investigação que partiu de ministros do governo Michel Temer, depois de terem telefones celulares clonados.

Em março deste ano, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo) e o ex-ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social), todos do MDB, tiveram os telefones fraudados e pediram investigação policial sobre o caso.Segundo os relatos, mensagens foram enviadas aos contatos deles por meio do aplicativo WhatsApp com pedidos de depósitos bancários.

Na operação desta terça, batizada de Swindle, que significa “fraude” em inglês, policiais cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva no Maranhão e em Mato Grosso do Sul. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Brasília.

Um dos suspeitos é Leonel Pires Júnior, considerado o líder da quadrilha. Ele foi preso, preventivamente, em um apartamento, de condomínio localizado no Parque Shalon/Olho D’água, em São Luís.

“O que motivou essa prisão foram as investigações do caso de um ministro de Estadol”, explicou o delegado Odilardo Muniz, do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos, da Seic (Superintendência Estadual de Investigação Criminal).

Em março deste ano, o deputado federal Cléber Verde (PRB/MA) também foi vítima deste crime cibernético. No mês de junho, os deputados estaduais Vinícius Louro (PR) e Valéria Macedo (PDT), além de Adriano Sarney (PV), também tiveram suas contas do aplicativo WhatsApp clonadas. O ex-ministro do Turismo, Gastão Vieira, também foi uma das vítimas.

De acordo com as informações passadas pelo delegado responsável diretamente ao blog, Leonel usava sua empresa para conseguir chips e, posteriormente, trocar os  originais por clonados. Além dele, mais seis pessoas foram presas na manhã desta terça-feira.

Em 2016, Leonel já tinha sido indiciado pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais, desde então a Polícia Civil investigava o paradeiro de Leonel.

De acordo com investigadores, com os números clonados, os agentes criminosos usavam contas de WhatsApp de autoridades públicas e solicitavam transferências bancárias das pessoas da lista de contatos do telefone alvo de fraude. A polícia investiga os crimes de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa.

Entre os candidatos de todo o Brasil, só Flávio Dino e Rui Costa têm mais de 50% nas pesquisas

Flávio Dino tem mantido boa popularidade

Os governadores Rui Costa (Bahia) e Flávio Dino (Maranhão) são os únicos candidatos nas eleições deste ano, em todo o Brasil, que conseguem mais de 50% das intenções de votos, de acordo com as mais recentes pesquisas disponíveis.

O levantamento foi feito pelo portal Poder360 e leva em conta o total de votos. Se fossem considerados apenas os votos válidos (como é feito na contagem final), o desempenho de ambos seria ainda mais expressivo.

No Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) tem 52,36% das intenções de voto, contra 24,15% da ex-governadora Roseana Sarney (MDB). Brancos, nulos e indecisos são 12,77%. A pesquisa é do Datailha, entre 9 e 10 de maio.

Leia mais: G1: Flávio Dino é o governador mais eficiente do Brasil

Na Bahia, Rui Costa (PT) aparece com 58,8% das intenções de voto, contra 9,5% de José Ronaldo (DEM) e 5,8% de João Henrique (PRTB). Brancos, nulos e indecisos somam 21,7%. O levantamento foi feito pela Paraná Pesquisas, entre 23 e 28 de maio.

O governador que chega mais perto de romper a barreira dos 50% é Wellington Dias (PT), do Piauí. Ele tem justamente 50%.

Já os com pior desempenho são Belivaldo (Sergipe), com 11%; Rollemberg (Distrito Federal), com 12%; Cida Borghetti (Paraná), com 13%; e Fernando Pimentel (Minas Gerais), com 15%.

 

Leia mais: Partidos da base de sustentação de Flávio Dino farão grande Convenção no próximo dia 28

Presidente do Gedema é homenageada no Encontro de Miolos do Maranhão…

Ana Paula Lobato recebeu a homenagem durante evento no Centro Histórico

A presidente do Grupo de Esposas de Deputados (Gedema), Ana Paula Lobato, foi homenageada, na tarde desta sexta-feira (13), no 13º Encontro de Miolos do Maranhão, realizado na Praia Grande. Ela foi agraciada com uma comenda por reconhecer e incentivar as manifestações da cultura popular maranhense.

“O boi é o personagem principal dessa manifestação folclórica. Ele anima os vaqueiros, as índias e o público. Mas não sabemos quem está ali embaixo do couro do boi, que é o miolo. Então, nada mais justo do que homenageá-lo. Parabenizo o organizador do evento, Zé Reis, e todos os envolvidos na organização e realização desta bela festa”, disse Ana Paula Lobato.

Zé Reis destacou que Ana Paula Lobato foi escolhida para madrinha dos miolos por se mostrar uma entusiasta da cultura popular maranhense. “É uma satisfação recebê-la em nossa festa”, enfatizou.

“Boi sem miolo não dança. E miolo tem pés. Miolo, portanto, é a pessoa que brinca debaixo do boi”, dizia a frase estampada nas camisas dos mais de 200 miolos da chamada região metropolitana de São Luís, incluindo os municípios de Presidente Juscelino, Icatu e Axixá, participantes do 13º Encontro de Miolos do Maranhão.

Agradecimentos

Durante todo o dia, os miolos, representantes de grupos de bumba meu boi de todos os sotaques, festejaram o reconhecimento do importante papel que desempenham. “Sinto-me muito feliz em participar desta linda festa, realizada em nossa homenagem. Tenho muito orgulho de ser miolo. Desde menino, gosto de me apresentar no boi”, declarou André Luís Campos Penha, 30 anos, há mais de três no Boi de Maracanã.

Luís Felipe Gomes Teixeira, 19 anos, disse sentir uma emoção muito grande quando se apresenta no Boi de Presidente Juscelino. “É o primeiro ano que brinco como miolo. Me senti atraído para dançar quando tinha 13 anos e, agora, fui escolhido pelos brincantes para ser o miolo do Boi de Presidente Juscelino, que amo. Estou muito feliz nesta festa. Agradeço a todos que contribuíram para a realização deste encontro”.

Liliane Gomes Pestana, 37 anos, é uma das poucas mulheres que desempenham o papel de miolo. “É o primeiro ano que brinco como miolo. É uma demonstração de que mulher também pode ser miolo e não apenas os homens. Espero, com o meu exemplo, encorajar outras a serem miolo. Sou agradecida por poder participar deste evento”, esclareceu.

Polícia Federal realiza operação em São Luís e São José de Ribamar

As investigações, iniciadas no ano de 2013, a partir de levantamentos realizados pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, levaram à identificação de um esquema criminoso

A Força-Tarefa Previdenciária, integrada pela Secretaria de Previdência, Polícia Federal e Ministério Público Federal, com a finalidade de reprimir crimes previdenciários, deflagrou na manhã desta sexta-feira, dia 13 de julho de 2018, nas cidades de São Luís/MA, São José de Ribamar/MA, Fortaleza/CE e Caucaia/CE, a Operação HEFESTO.

As investigações, iniciadas no ano de 2013, a partir de levantamentos realizados pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, levaram à identificação de um esquema criminoso responsável pela inserção extemporânea de vínculos trabalhistas fictícios no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Essas informações eram transmitidas via sistema “SEFIP/Conectividade Social” – Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP), servindo de base para a concessão de benefícios de auxílio-doença e de aposentadoria por invalidez, cujas patologias apresentadas são aquelas relativas a transtornos mentais e comportamentais.

O esquema criminoso contava com a participação de um advogado, este também sócio de duas empresas utilizadas nas fraudes, de uma técnica em contabilidade, de duas assistentes sociais e de diversos outros agenciadores e intermediários.

A Polícia Federal cumpriu 17 (dezessete) Mandados Judiciais, sendo 02 (dois) de prisão preventiva e 15 (quinze) de busca e apreensão. Dentre os Mandados Judiciais consta, ainda, a previsão de arresto de bens e de veículos em nome dos investigados, além da determinação para que o INSS suspenda/bloqueie o pagamento de 37 (trinta e sete) benefícios que ainda se encontram ativos.

A operação contou com a participação de 82 (oitenta de dois) policiais federais e de 01 (um) servidor da Inteligência Previdenciária (COINP).

O prejuízo inicialmente identificado com a concessão de 127 (cento e vinte e sete) benefícios fraudulentos aproxima-se de R$ 13,6 milhões. O valor do prejuízo evitado com a consequente suspensão dos benefícios ativos, levando-se em consideração a expectativa de vida média da população brasileira, é de aproximadamente R$ 28 milhões.

Os envolvidos foram indiciados pelos crimes de estelionato previdenciário e associação criminosa, cujas penas máximas acumuladas podem chegar a nove anos e oito meses de prisão, sendo que um dos investigados também foi indiciado pelo crime de falsificação de documento público para fins previdenciários.

O nome da Operação é uma alusão ao deus grego do trabalho, que segundo os relatos, tinha grande capacidade de criação. Trata-se de uma referência a tipologia da fraude perpetrada: vínculos empregatícios fictícios.

Waldir Maranhão, Zé Reinaldo e a disputa interna pelo Senado no PSDB

Waldir Maranhão atropela Zé Reinaldo de todo jeito na briga interna no PSDB

A Coluna Expresso, da Revista Época, chamou o deputado federal Waldir Maranhão de “cicerone especial” do pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. Segundo o veículo, durante a passagem de Alckmin pelo Maranhão, o neotucano não “desgrudou” do presidenciável.

Para Época, Maranhão ainda sonha em disputar uma vaga ao Senado e “adoraria receber a bênção de Alckmin para se candidatar”.

O problema é que a insistência de Waldir Maranhão pode acentuar, ainda mais, a crise no ninho tucano.

A convenção do PSDB maranhense está marcada para o dia 4 de agosto, quando serão oficializadas as candidaturas do partido. Até lá, Waldir Maranhão vai ter que derrubar os correligionários, deoudeput Alexandre Almeida e Zé Reinaldo, e provar que tem alguma chance na disputa.