Prefeito Edivaldo vistoria finalização das obras de mais uma creche

A construção das creches é um compromisso da gestão do prefeito Edivaldo, e além das unidades da Chácara Brasil e Cidade Operária, uma terceira da Morada do Sol também estão com as obras em finalização

Em uma semana, o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) já vistoriou a finalização das obras de duas creches em São Luís. Nesta quarta-feira (14) ele visitou as instalações da unidade da Chácara Brasil, e na semana anterior a da Cidade Operária. Um terceiro espaço, no Morada do Sol, no Maracanã, também está com obras em conclusão.

“As creches fortalecem a nossa rede educacional e garantem um espaço adequado para que as mães tenham a tranquilidade de deixarem seus filhos e possam sair para trabalhar. A estrutura, que é um grande diferencial dessas unidades, foi pensada para que as crianças aprendam, se divirtam e tenham desde os primeiros anos de idade uma boa experiência escolar”, afirmou o prefeito durante a vistoria na creche da Chácara Brasil.

A construção das creches é um compromisso da gestão do prefeito Edivaldo, e além das unidades da Chácara Brasil e Cidade Operária, uma terceira da Morada do Sol também estão com as obras em finalização

O espaço atenderá cerca de 200 crianças de até 5 anos, com funcionamento em tempo integral. O local de 2.400 m² tem 10 salas de aula, espaço de lazer com playground, banheiros adaptados, berçário e salas administrativas. As matrículas serão on-line e deverão ocorrer nos próximos meses, com ampla divulgação para a população da área.

A construção das creches é um compromisso da gestão do prefeito Edivaldo, e além das unidades da Chácara Brasil e Cidade Operária, uma terceira da Morada do Sol também estão com as obras em finalização. Na mesma região, no Maracanã, mais uma creche está com obras em andamento. Ao todo, as creches vão atender cerca de 800 crianças, e mais unidades para atender esse público estão em fase de licitação, sendo que duas já estão com recursos assegurados.

Governo promove rodada de negócios entre os Emirados Árabes Unidos e empresários maranhenses

A dinâmica da rodada permitiu que empresários maranhenses pudessem apresentar suas empresas e negócios para a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos, Hafsa Abdullah Al Ulama

Fortalecendo a agenda de atração e expansão de investimentos, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e com intermédio da Secretaria Extraordinária de Programas Especiais (SEPE), promoveu uma rodada de negócios entre empresários maranhenses e representantes dos Emirados Árabes Unidos (EAU), no Palácio dos Leões, em São Luís. O encontro foi realizado na última terça-feira (6).

A dinâmica da rodada permitiu que empresários maranhenses pudessem apresentar suas empresas e negócios para a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos, Hafsa Abdullah Al Ulama; Ana Flávia Félix, gerente de desenvolvimento de exportações da empresa Dubai Exports; João Paulo Paixão, chefe do escritório internacional Dubai Chamber no Brasil; e para Rodrigo Rangel, diretor financeiro da Yahsat, empresa de telecomunicações.

As apresentações à embaixada manifestaram o que as empresas locais tinham a oferecer, além de possibilitar um conhecimento mais amplo para os representantes dos EAU sobre as oportunidades que o Brasil oferece e como os empresários árabes poderão aproveitar as informações obtidas, abrindo portas comerciais para o Maranhão comercializar seus produtos, especialmente em Dubai.

De acordo com o secretário da Seinc, Expedito Rodrigues, a rodada de negócios fortalece a relação do Maranhão com os Emirados. “A agenda foi muito importante, pois pudemos apresentar as nossas diversidades. Estamos buscando novas oportunidades e, apresentando os potenciais do Maranhão, vamos construir projetos conjuntos. Nas relações internacionais, Dubai será o nosso próximo objetivo. O governador Flávio Dino já deu seu aval para isso acontecer”, disse.

A expectativa da visita ao Maranhão e da rodada de negócios para a embaixadora Hafsa Al Ulama, oferece a certeza de que as duas partes se conheçam melhor, somando as potencialidades do que cada um tem a oferecer. “Queríamos ver mais do que o Maranhão pode nos oferecer, entre as indústrias, produtos e empresas. Pretendemos aumentar o contato entre nós. Podemos promover feiras, visitas aos Emirados Árabes e fazer os EAU conhecer essas potencialidades do Maranhão. Aqui tem muitas coisas interessantes, apenas precisamos conectar as duas partes”, pontuou.

A empresária Ana Paula falou sobre o apoio que teve do governo durante sua apresentação. “A Seinc tem nos ajudado e nos preparado a estar no mercado de trabalho. Estamos à disposição para comercializar em outros países”, frisou.

Já o empresário Eduardo Monteiro elogiou a oportunidade criada pela gestão estadual. “Agradeço o convite do secretário Expedito para participar desse momento e apresentar nossos produtos”, informou Eduardo, que é proprietário da Biocana Doce Energia, empresa que dispõe de produção natural e canavial próprio.

Participaram da rodada de negócios Hélio Rodrigues, CEO da empresa Mídia Indoor; Eduardo Monteiro, proprietário da empresa Biocana Doce Energia; Ana Paula Grolli, diretora geral da empresa Sabor da Ilha/Gaia; Luiz Carlos Fernandes e José Carlos Chagas, diretores da Internacional Marítima; Marcelo Ribeiro e Daniel Arouche, diretor e gerente, respectivamente, do grupo Gera Maranhão; e Ilson Mateus Júnior e Ana Clara Freire, diretor e controller, respectivamente, do grupo Mateus Supermercados.

TV Assembleia fará rodada de entrevistas com candidatos à presidência da OAB-MA

Pela primeira vez, a TV Assembleia (canal aberto 51.2/17 TVN) fará uma rodada de entrevistas com os candidatos à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão (OAB-MA). A iniciativa da Diretoria de Comunicação tem como objetivo promover o debate e a apresentação de propostas e ideias, uma vez que a atuação da OAB é de interesse não só da advocacia, mas de toda a sociedade. As entrevistas serão mediadas pela jornalista Natália Macedo e por Tarcísio Araújo, procurador-geral da Assembleia Legislativa, a partir da próxima segunda-feira (12).

A reunião entre a Diretoria de Comunicação e os representantes das chapas concorrentes, para a definição de todos os detalhes, aconteceu na manhã de quarta-feira (7), no Complexo de Comunicação. Na ocasião, foram acordadas as regras, definida a ordem dos entrevistados (por sorteio), horários, esclarecidas as dúvidas e apresentadas sugestões.

As entrevistas serão veiculadas no quadro “Sala de Entrevista”, do telejornal Portal da Assembleia, às 13h, com duração de 13 minutos e mais dois minutos para as considerações finais. Os candidatos responderão a temas sugeridos e livres. O primeiro entrevistado será o advogado Mozart Baldez, na segunda-feira (12), seguido da advogada Sâmara Braúna, na terça-feira (13). Já na quarta-feira (14) é a vez do advogado Aldenor Rebouças. Na quinta-feira (15), o entrevistado será o advogado Thiago Diaz. E no dia 16, Carlos Brissac.

“A OAB é uma entidade de grande representatividade perante a nossa sociedade. Diante desse cenário, da importância de todo o trabalho que é desenvolvido pela Ordem dos Advogados do Brasil, nós decidimos, junto à equipe da Diretoria de Comunicação, fazer a proposta para a realização de entrevistas com os candidatos. Foi uma proposta muito bem recebida pelos representantes da chapa”, destacou o jornalista Edwin Jinkings, diretor de Comunicação da Alema.

Adriano Araújo, representante do candidato Mozart Baldez, da Chapa 1, parabenizou a Diretoria de Comunicação pela iniciativa. “É importante esse espaço que está sendo oportunizado pela Assembleia, por meio do seu departamento de Comunicação, de trazer as propostas que são aventadas por todos os candidatos, não somente para os advogados, mas também para toda a população maranhense, tendo em vista o que essa instituição representa e traz um leque de serviços para a população maranhense”, afirmou.

“Quero parabenizar a Diretoria de Comunicação da Assembleia por essa iniciativa, porque é muito importante que a população se aproxime desse debate, para que ela comece a voltar os seus olhos a uma entidade tão importante, que tem um papel singular para a sociedade maranhense. Teremos o maior prazer de estarmos presentes”, completou Wal Oliveira, representante do candidato Carlos Brissac, da Chapa 2.

A eleição da diretoria do Conselho Seccional da OAB-MA, para o triênio 2019/2021, será no dia 23 de novembro. Além de defender as prerrogativas dos profissionais da advocacia, a instituição tem papel de destaque ao se posicionar diante de questões sociais importantes, especialmente nos momentos de crise.

“O papel da Assembleia Legislativa, por meio da TV Assembleia, que é uma TV pública, é justamente esse, prestar serviço à sociedade, trazer informações, transparência e, nesse caso específico da Ordem dos Advogados do Brasil, nós estamos abrindo espaço para que os candidatos possam vir apresentar suas propostas para os mais de 10 mil advogados, que estão aptos para votar na próxima eleição, bem como para toda a população maranhense”, finalizou o diretor Edwin Jinkings.

Quinta parcela do IPTU 2018 vence nesta quinta-feira (8)

Os boletos estão disponíveis no portal da Secretaria Municipal da Fazenda (www.semfaz.saoluis.ma.gov.br) e podem ser pagos nos canais credenciados

A quinta parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU 2018, vence nesta quinta-feira (8). Os proprietários de imóveis que optaram pelo parcelamento do imposto poderão pagar a penúltima parcela do tributo, sem juros. Os boletos estão disponíveis no portal da Secretaria Municipal da Fazenda (www.semfaz.saoluis.ma.gov.br) e podem ser pagos nos canais credenciados.

Desde o ano passado, a municipalidade optou pela transferência da cobrança para o segundo semestre e o parcelamento em até seis vezes. As mudanças foram realizadas com o objetivo de diminuir a inadimplência e aumentar a arrecadação, visto que no primeiro semestre os cidadãos têm muitas demandas financeiras como matricula escolar, imposto de renda, IPVA, entre outros.

Para o titular da Semfaz, Delcio Rodrigues, além das mudanças com relação ao parcelamento e lançamento do imposto, a atualização do cadastro imobiliário, que inseriu diversos imóveis que não eram cadastrados na base de dados da Prefeitura influenciaram diretamente na arrecadação municipal. “Por ser uma das principais fontes de arrecadação própria, a cobrança do imposto tem que se adequar a realidade dos contribuintes para que possamos atingir o nosso objetivo principal, que é o investimento da cidade e a garantia da prestação de serviços de qualidade aos cidadãos”, disse.

Os carnês do imposto foram distribuídos em toda capital, todavia, os cidadãos que não o receberam, têm acesso ao mesmo no portal da Semfaz. Os contribuintes têm acesso ao boleto atualizado, assim como boletos vencidos dos anos anteriores, com valores já ajustados. A última parcela do IPTU tem vencimento previsto para o dia 7 de dezembro e os contribuintes têm a opção de pagar antecipadamente.

Formas de Pagamento

Os contribuintes devem ficar atentos às datas de vencimento do imposto previstas sempre para o quinto dia útil de cada mês e aos locais de pagamento.

Boleto (internet)

Contribuintes com CPF ou CNPJ vinculado ao cadastro, o pagamento poderá ser efetuado em qualquer agência bancária.

Contribuintes sem CPF ou CNPJ vinculado ao cadastro, o pagamento poderá ser feito nos canais de autoatendimento ou aplicativo do Banco do Brasil.

Carnê

O pagamento do carnê só poderá ser feito nos canais de autoatendimento* do Banco do Brasil.

Flávio Dino convida população para sua posse no dia 1º de Janeiro

Advogado, professor universitário, ex-juiz federal, ex-deputado e ex-presidente da Embratur, Flávio Dino foi eleito governador do Maranhão em 2014 e reeleito em 2018 com 1.867.396 mil votos. Foto: Francisco Campos

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) usou suas redes sociais para convidar a população para participar de sua posse no dia 1º de janeiro de 2019.

“Convido a todos para a nossa posse no governo do Maranhão. Dia 1º de janeiro, 16h. Vai ser bonita, repleta de esperança e de compromissos com a Constituição e com a justiça social. Bem diferente de uma outra que vai acontecer na mesma data em Brasília”, escreveu Flávio Dino.

Advogado, professor universitário, ex-juiz federal, ex-deputado e ex-presidente da Embratur, Flávio Dino foi eleito governador do Maranhão em 2014 e reeleito em 2018 com 1.867.396 mil votos.

Empresários são orientados sobre possibilidades de negócios com construção do Porto São Luís

A construção do Porto São Luís faz parte da política de atração de investimentos desenvolvida desde 2015 pela gestão estadual e renderá, em sua primeira etapa, um investimento de R$ 800 milhões e a geração de aproximadamente 5 mil empregos

Promovido pelo Governo do Maranhão, Fiema e Sindicato as Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon/MA) por meio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), o Encontro de Negócios Porto São Luís fez o primeiro contato dos empresários locais com a equipe de suprimento da Rota Nordeste–EPC Associados, empresa responsável pela construção do Porto São Luís.

O evento foi realizado para mostrar às empresas locais a possibilidade de fazer novos negócios a partir do início das obras do novo porto. A construção do Porto São Luís faz parte da política de atração de investimentos desenvolvida desde 2015 pela gestão estadual e renderá, em sua primeira etapa, um investimento de R$ 800 milhões e a geração de aproximadamente 5 mil empregos. O projeto total é orçado em aproximadamente R$ 1,7 bilhão.

“Nosso papel é apoiar, incentivar oportunidades para empresários, empresas e trabalhadores do Maranhão. Com esse intercâmbio entre fornecedores e empresas locais, contribuímos para a geração de emprego, renda e desenvolvimento, aliado ao trabalho de atração de investimentos”, destacou o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Expedito Rodrigues.

Na ocasião, os fornecedores do Maranhão tiveram a oportunidade de interagir com as empresas apoiadoras e mantenedoras do PDF, que é considerado um instrumento estratégico de articulação entre o poder público e a iniciativa privada. O PDF foi criado em 1999 pelo Governo do Maranhão e é desenvolvido por meio de gestão compartilhada entre a Fiema e a Seinc.

“As empresas tiveram a oportunidade de conhecer a indústria do Maranhão e o que nós temos para ofertar. O Maranhão tem grandes e boas empresas, com habilitação e qualidade. Fizemos um formato para tratar também com mantenedoras e apoiadoras do PDF”, sublinhou o presidente do Sinduscon, Fábio Nahuz.

Porto São Luís

A primeira parte da obra do Porto São Luís começou no início deste ano, na comunidade Cajueiro, região da Vila Maranhão, na capital maranhense. Com o investimento de R$ 800 milhões, a previsão é que a primeira fase seja concluída em quatro anos. O pico da obra é previsto para ocorrer entre junho de 2019 e abril de 2021. O Porto São Luís será um dos maiores portos a granel do Brasil.

O Porto São Luís alia investimentos da empresa China Communications Construction Company (CCCC), detentora de 51% do empreendimento, e sócios brasileiros como a WPR, braço do Grupo WTorre, com os outros 49% das ações.

A capacidade de movimentação do novo terminal é de cerca de 10 milhões de toneladas por ano – sendo 7 milhões de soja e milho, 1,5 milhão de fertilizantes, 1,5 milhão de carga geral e 1,8 milhão de metros cúbicos de derivados de petróleo.

Edivaldo Holanda Jr. descarta aumento da passagem de ônibus

O prefeito ainda garantiu na Justiça a circulação da frota do transporte urbano durante as negociações entre o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) de São Luís e os trabalhadores rodoviários

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), tratou de desmentir os boatos sobre o aumento da passagem de ônibus do sistema de transportes da capital. Ele afirmou que não haverá aumento em 2018.

“Em relação à discussão sobre reajuste tarifário não haverá aumento da passagem dos ônibus em São Luís em 2018. O reajuste de salário dos trabalhadores do transporte é uma discussão entre os dois sindicatos”, afirmou Edivaldo.

O prefeito ainda garantiu na Justiça a circulação da frota do transporte urbano durante as negociações entre o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) de São Luís e os trabalhadores rodoviários que estão ocorrendo na cidade. O objetivo do prefeito é garantir que a população não seja prejudicada sem o serviço.

“A Prefeitura, no seu dever de resguardar o direito de ir e vir do cidadão, garantiu na Justiça a circulação da frota do transporte urbano durante as negociações entre o SET e os Rodoviários, para que a população não seja prejudicada sem o serviço”, completou Edivaldo.

Na última sexta-feira (26) os rodoviários realizaram uma paralisação de advertência e amanheceram nas garagens de algumas empresas para garantir que os veículos não circulassem. Os rodoviários pedem reajuste salarial de 12%, aumento do ticket alimentação para 650 reais, manutenção dos demais benefícios, como planos de saúde e odontológico e ainda, a permanência da função de cobrador, evitando assim, a demissão em massa dos trabalhadores.

Já os empresários do sistema de transporte de São Luís anunciaram que precisam aumentar as passagens de ônibus de R$ 3,10 para R$ 4,00 para atender as mais recentes reivindicações dos motoristas e cobradores da capital.

A disputa entre as duas classes promete mais episódios nas próximas semanas.

Prefeito Edivaldo autoriza construção de mais cinco ecopontos e dois galpões de triagem

São Luís vai ganhar cinco novos Ecopontos e dois galpões de triagem para benefício das cooperativas de catadores de resíduos da capital. Para a construção dos novos equipamentos urbanos de coleta seletiva, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior assinou, nesta terça-feira (30), no Palácio La Ravardière, a ordem de serviço que autoriza a execução dos projetos. A criação dos ecopontos como parte da política de gestão de resíduos sólidos implementada no município, acaba de colocar novamente o prefeito Edivaldo na final do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, devido à importância da iniciativa para a sustentabilidade ambiental local. Com os novos ecopontos, que serão instalados nos bairros do Sacavém, Itapiracó, Vila Isabel, Mata Roma e Centro, a Prefeitura atinge, até o final deste ano, a marca de 16 pontos de coleta sustentável de resíduos em de São Luís.

No ato de assinatura da ordem de serviço, o prefeito Edivaldo anunciou que até o final da sua gestão a capital contará com 30 ecopontos implantados em diversos bairros da cidade. Destacou, ainda, a ação como uma das mais importantes iniciativas executadas para consolidar a profissionalização da gestão de resíduos sólidos em São Luís.

“Digo com total propriedade que nossa gestão foi a que mais avançou na condução da política de gestão dos resíduos, outro grande legado que deixaremos para a população da nossa cidade, que por décadas conviveu com o problema dos lixões e com a ineficiência da coleta de lixo, o que não se observa mais atualmente. E os ecopontos vieram para fechar o círculo da destinação adequada de resíduos, estimulando o descarte adequado, envolvendo a sociedade no processo, contribuindo para a geração de renda às associações de catadores e atribuindo responsabilidades a todos os setores diretamente envolvidos com a gestão dos resíduos em nossa cidade”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Atualmente, São Luís tem 11 Ecopontos em pleno funcionamento. A implantação do projeto iniciou em 2016, integrando diversas ações realizadas com o objetivo de garantir à população um espaço para a destinação ambientalmente adequada de todos os resíduos que podem ser reciclados ou reutilizados. Com a disponibilização dos ecopontos, a Prefeitura elimina os pontos de descarte irregular no entorno dos Ecopontos. A eliminação dos pontos de deposição irregular propicia ainda que as áreas, antes degradadas, possam se recuperar, reduzindo os efeitos da poluição para o solo, a água e o ar no entorno.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, destacou a criação dos novos ecopontos e dos galpões de triagem como um reforço a mais nas ações desenvolvidas pela Prefeitura para o gerenciamento dos resíduos produzidos na capital e para o fortalecimento do trabalho das cooperativas de catadores.

“Com o fechamento do Aterro da Ribeira, era necessário profissionalizar a gestão dos resíduos em São Luís, e os ecopontos vieram com essa finalidade, a partir do momento em que incluímos na rotina da nossa cidade esse importante equipamento urbano, para promovermos o descarte ambientalmente adequado de materiais passiveis de reciclagem, de reutilização, inserindo as cooperativas de reciclagem no processo, fomentando o desenvolvimento sustentável, a geração de emprego e renda e a economia circular. A iniciativa, sem dúvida, vai muito além da coleta domiciliar, pois enxerga a necessidade de pensar o beneficiamento de resíduos como um fator de sustentabilidade e de estímulo à autorresponsabilidade de todos os atores envolvidos”, observou Carolina Estrela.

Com os cinco novos ecopontos que serão construídos e os dois galpões de triagem, a Prefeitura visa fortalecer ainda mais as ações de limpeza urbana na cidade. Os galpões de triagem serão anexos aos ecopontos do Centro e da Vila Isabel. A entrega dos galpões faz parte do eixo de fortalecimento das cooperativas de catadores de São Luís, prevista na política dos Ecopontos. Os galpões vão garantir mais dignidade ao trabalho dos catadores e evitar o desperdício de materiais recicláveis. Nesses equipamentos, as cooperativas de catadores que recebem os resíduos recicláveis dos ecopontos poderão fazer a separação adequada do material.

A presidente da Cooperativa de Reciclagem de São Luís (Coopresl), Maria José Castro, e a presidente da Associação de Catadores de Material Reciclável, Maria José Nascimento, presentes à cerimônia de assinatura da ordem de serviço, destacaram o benefício que os equipamentos proporcionaram aos catadores e enalteceram a inciativa de construção dos galpões de triagem.

“Vivemos um momento ímpar na área. O prefeito Edivaldo tem feito muito por nossa categoria. Se hoje temos estrutura e logística de trabalho, devemos ao apoio dado pela Prefeitura, o que contribuiu demasiadamente com o nosso crescimento”, disse Maria José Castro. “Enfim, ouviram nosso grito. Por anos reivindicamos por melhorias para a nossa produção. Agora, sim, podemos dizer que temos o apoio que sempre clamamos para a nossa categoria”, completou Maria José Nascimento.

Prefeito Empreendedor

Participando na categoria ‘Sustentabilidade e Inovação’, o projeto Ecopontos é um dos finalistas ao Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor-2018, em reconhecimento ao desenvolvimento de um trabalho com diversas ações transversais de estímulo à sustentabilidade ambientalmente e à economia circular. Esta é 10ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, iniciativa que se dá em reconhecimento aos prefeitos que implantaram projetos com resultados comprovados com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios dos municípios.

Prefeito Edivaldo é finalista em duas categorias estaduais do X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Prefeito Edivaldo é finalista em duas categorias estadual do X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Como resultado de importantes ações implementadas na capital à frente da Prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo concorre, pela segunda vez e em duas categorias, ao Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor-2018. Os programas dos Ecopontos e da Feirinha São Luís, duas importantes ações de estímulo à sustentabilidade ambiental e produtiva na capital maranhense, executadas pela Prefeitura, estão entre os finalistas estaduais da premiação concedida pelo Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae/MA). A premiação desta etapa, que precede a nacional, está marcada para o dia 8 de novembro, às 19h, no Centro de Convenções Governador Pedro Neiva de Santana (Cohafuma).

Esta é 10ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, iniciativa que se dá em reconhecimento aos prefeitos e administradores regionais (no caso do Distrito Federal e Fernando de Noronha) que implantaram projetos com resultados comprovados com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios dos municípios. Idealizador dos programas selecionados, o prefeito Edivaldo já foi indicado ao prêmio outra vez, em uma categoria. Em 2016, o gestor conquistou o prêmio na etapa estadual com o programa “Fomento aos Negócios do Campo”, que beneficia centenas de agricultores familiares inseridos no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Estamos imensamente felizes de, mais uma vez, estarmos entre os finalistas dessa importante premiação, o que muito nos honra porque mostra que nossas iniciativas de incentivo ao desenvolvimento local têm tido os resultados almejados. E ter esse reconhecimento de uma instituição séria como o Sebrae nos estimula ainda mais a trabalhar para fomentar o crescimento socioeconômico da nossa cidade e promover o desenvolvimento humano da nossa população”, disse o prefeito Edivaldo, ao ser informado da seleção de ambos os programas para a final do concurso.

ECOPONTOS

Prefeito Edivaldo é finalista em duas categorias estadual do X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Participando na categoria ‘Sustentabilidade e Inovação’, o projeto Ecopontos é um dos finalistas na modalidade, em reconhecimento ao desenvolvimento de um trabalho com diversas ações transversais de estímulo à sustentabilidade ambientalmente e à economia circular.

Os Ecopontos são uma política importante da gestão de resíduos sólidos implantados em São Luís, na gestão do prefeito Edivaldo, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana. O programa executa diversas ações voltadas à sustentabilidade, sendo a principal delas garantir à população um espaço adequado para a destinação ambientalmente adequada de todos os resíduos que podem ser reciclados ou reutilizados, o que possibilita, a partir disto, a imediata eliminação de pontos de descarte irregular, os chamados lixões.

De maio de 2016 – ano em que o programa foi implantado, inaugurando o Ecoponto do Parque Amazonas – até agora, a Prefeitura de São Luís já recolheu mais de 18 mil toneladas de resíduos sólidos que foram encaminhadas para o reuso ou reciclagem. Em setembro deste ano foi instalado o décimo primeiro Ecoponto, no bairro São Raimundo. Com isso, a Prefeitura ampliou para 380 mil o número de moradores diretamente beneficiados pelos equipamentos, em 104 bairros de São Luís.

Antes da implantação dos Ecopontos São Luís não tinha políticas de incentivo à reciclagem e às cooperativas de catadores cujos profissionais trabalhavam de forma precária. Hoje, a capital maranhense faz parte do grupo de 7% das cidades brasileiras onde a reciclagem dos resíduos sólidos urbanos já é uma realidade. Todos os resíduos que são recebidos nos Ecopontos são entregues pela Prefeitura às cooperativas parceiras. Com isso, as cooperativas tiveram ganho médio de cerca de 600% e agora contratam mais profissionais. Desta forma, os Ecopontos garantem também a geração de emprego e renda por meio do fortalecimento da economia circular em São Luís.

FEIRINHA SÃO LUÍS

Prefeito Edivaldo é finalista em duas categorias estadual do X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

O Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2018, também vai premiar gestores que tenham implantado projetos com resultados comprovados de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública. Nesse aspecto, participando na categoria ‘Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual’, está também como finalista da premiação o projeto Feirinha São Luís, uma das grandes ações executadas pela Prefeitura de São Luís de estímulo à produção local, à economia criativa, ao fortalecimento da cultura, das artes, do turismo e da gastronomia regional.

Além de ser uma opção de lazer para a população aos domingos, a Feirinha São Luís é uma oportunidade para que agricultores e artesãos possam comercializar seus produtos. O programa é mais uma estratégia da Prefeitura de São Luís para o fortalecimento da agricultura familiar na capital, sendo um canal de escoamento da produção local, contribuindo com a melhoria na renda das famílias produtoras. A Feirinha conta com cerca de 100 barracas distribuídas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, artesanato, alimentação e ainda conta com foodtrucks e foodbikes.

O programa já recebeu cerca de 315 mil pessoas que movimentam um capital circulante de quase R$ 16 milhões, além de gerar renda nos mais de 120 pontos de comercialização dentro e no entorno da praça. A Feirinha São Luís acontece todos os domingos na Praça Benedito Leite – Centro Histórico, de 7h às 15h.