Exata: Após início da campanha na TV e da declaração de apoio de Lula, Flávio Dino amplia vantagem

O Instituto Exata projeta hoje uma vitória de Flávio Dino no primeiro turno com 64% dos votos válidos

O Jornal Pequeno divulgou, na manhã desta sexta-feira (14), mais uma pesquisa do Instituto Exata que aponta o crescimento das intenções de voto do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Flávio Dino ampliou de 61% para 64% suas intenções na contagem de votos válidos em comparação com a última pesquisa do instituto. Por outro lado, a segunda colocada, Roseana Sarney, quatro vezes ex-governadora, teve uma ligeira queda de dois pontos, de 31% para 29%

O Instituto Exata projeta hoje uma vitória de Flávio Dino no primeiro turno com 64% dos votos válidos, mais que o dobro de votos de Roseana, que aparece com 29%.

No estudo divulgado hoje, Maura Jorge (PSL) aparece em terceiro lugar com 4%, seguida de Roberto Rocha (PSDB), com 3%. Os candidatos Ramon Zapata (PSTU) e Odívio Neto (PSOL) não pontuaram.

Pesquisa Exata/JP publicada no dia 24 de agosto já apontava vitória do comunista. A novidade é que a diferença que já era de 30 pontos ampliou-se para 35 pontos percentuais.

Entre uma pesquisa e outra, teve início a campanha eleitoral na TV e rádio. E foi declarado o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao atual governador.

Na votação nominal, que considerada os números de indecisos, brancos e nulos, Flávio Dino também aparece na frente, com 56% das intenções de votos. Em segundo lugar está Roseana Sarney, com 25%, seguida de Maura Jorge, com 3% e Roberto Rocha, que aparece com 2%. Ramon Zapata e Odívio Neto não pontuaram. Nenhum, brancos e nulos somaram 8%; e 6% dos entrevistados disseram não saber em quem votar.

Registrada no TSE sob o nº MA-09907/2018, a pesquisa Exata/JP realizou 1.400 questionários na Grande São Luís e nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Central do Maranhão, entre os dias 10 e 13 de setembro. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiabilidade é de 95%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *