Fábio Câmara pedirá "cabeça" de Sueli Bedê

Câmara cobrou explicações sobre contrato com pizzaria


O vereador Fábio Câmara (PMDB), líder da oposição na Câmara Municipal de São Luís, classificou o caso dos supostos contratos firmados entre o Município e a La Verita Restaurante Pizzaria e Massa de “farra da pizza” e afirmou que vai pedir, de modo formal, ao Ministério Público do Maranhão (MP-MA), o afastamento da secretária municipal de Fazenda, Sueli Bedê, de suas funções.


Câmara foi buscar, no Diário Oficial do Município (DOM) e no Portal Transparência da Prefeitura, argumentos para rebater a secretária municipal de Fazenda, Sueli Bedê, no caso.
 “A secretária [Sueli Bedê] está faltando com a verdade, enganando a população e a própria Prefeitura de São Luís para justificar os gastos com o restaurante, por isso vou requisitar cópia dos áudios da audiência e anexar com os documentos que eu tenho para pedir, de modo formal, o seu afastamento”, justificou.


A polêmica aconteceu na manhã de ontem, durante a audiência pública das metas fiscais do 1º quadrimestre de 2013, após declarações da própria Sueli Bedê que teria chamado o vereador do PMDB de ‘mentiroso’.

 “Primeiro, ela [Sueli] disse que eu estava faltando com a verdade. Disse que a Prefeitura não tinha contrato com a nenhuma Pizzaria. Em seguida, eu mostrei o extrato do contrato no valor de R$ 621 mil reais publicado no Diário Oficial do Município (DOM). Depois, a secretária tentou se esquivar, afirmando que o valor do contrato seria de apenas R$ 300 mil. Foi então que eu apresentei dados do Portal Transparência, onde mostram os valores reais”, afirmou Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *