Falta um mês para o início das convenções partidárias

De acordo com o calendário das eleições de 2018, publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as convenções poderão ser iniciadas no dia 20 julho e vão até o dia 5 de agosto. Nelas também serão escolhidas as coligações

As eleições gerais de 2018 estão chegando e os preparativos para o pleito já começam a ser planejados. As convenções partidárias definirão os candidatos ao Governo do Estado, ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa.

De acordo com o calendário das eleições de 2018, publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as convenções poderão ser iniciadas no dia 20 julho e vão até o dia 5 de agosto. Nelas também serão escolhidas as coligações.

O atual governador e pré-candidato à reeleição, Flávio Dino (PCdoB), encaminha-se para realizar a maior convenção deste ano no Maranhão. Ele já tem o apoio do PDT, PSB, PT, PPS, DEM, PP, PR, PRB, PTB, PROS, PTC, PEN, Solidariedade, além do próprio PCdoB.

A ex-governadora Roseana Sarney conta com o apoio do seu partido MDB, além do PSD, PV e PMB.

A pré-candidata Maura Jorge já tem declarações de apoio do PRTB, PSDC, Podemos, além do PSL, seu partido.

O senador Roberto Rocha, até o momento, conta apenas com o PSDB. Ele espera a convenção tucana no estado para definir seu nome na disputa ao governo do estado.

Professor Odívio Rezende teve seu nome definido pelo PSOL, o pré-candidato terá ainda o apoio do PCB.

Outros dois pré-candidatos seguem indefinidos. O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) e o ex-secretário Ricardo Murad (PRP) terão, nas convenções partidárias, a oportunidade para definirem seus destinos.

Alguns partidos também seguem indefinidos. São eles: Avante, Rede, Novo, PSC, PHS, PPL, PSTU e PCO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *