Folha de São Paulo destaca lealdade entre Carlos Brandão e Flávio Dino

Brandão manteve-se leal ao governador e tem todas as condições de ser lançado vice na chapa governista novamente.

Um levantamento do jornal Folha de São Paulo mapeou todos os estados brasileiros e mostrou o cenário das eleições de 2018 em relação a 2014. O jornal também fez referência à relação entre governadores e vice-governadores, e Carlos Brandão, vice-governador do Maranhão, foi um dos destaques.

Nos estados do Rio Grande do Norte, Roraima e o Distrito Federal, partidos que venceram juntos em 2014 vão disputar este ano em lados opostos. Nesses estados, os vices romperam com os atuais governadores e já lançaram candidaturas.

No Pará, Paraíba e São Paulo ainda não houve rompimento oficial, mas os vices já anunciaram pré-candidaturas e não serão apoiados pelos governadores.

Na Bahia, Minas, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e Santa Catarina, governadores e vices podem acabar disputando em chapas separadas, seja por pressão da direção nacional do partido; seja por divergências políticas.

Carlos Brandão foi o único destaque positivo. O jornal mostrou que o vice-governador, que era presidente do PSDB, saiu do partido após sofrer intervenção e a legenda anunciar oposição ao atual governador Flávio Dino (PCdoB). Carlos Brandão já está filiado ao PRB, manteve-se leal ao governador e tem todas as condições de ser lançado vice na chapa governista novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *