Governador nomeia novo defensor geral

Governador já nomeou o novo defensor geral

Governador já nomeou o novo defensor geral

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) encaminhou ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), nesta segunda-feira (25), a lista dos candidatos ao cargo de defensor geral, após eleição realizada entre os membros da categoria, no último dia 15 de abril. O chefe do Executivo decidiu nomear o defensor  público, Werther de Moraes Lima Junior, que ficou em segundo lugar.

A atual gestora da instituição, Mariana Albano de Almeida, obteve a primeira colocação no pleito, conquistando 54% dos votos dos seus pares, ficando o defensor público Werther de Moraes Lima Junior no segundo lugar.

O prazo para nomeação do novo defensor geral do Estado pelo Executivo Estadual era de até 15 dias, a contar da data de homologação do resultado pelo Conselho Superior da Defensoria, mas o governador decidiu pela nomeação nesta segunda-feira ( 25 ) mesmo.

8 ideias sobre “Governador nomeia novo defensor geral

  1. No maranhão,mais uma vez prevalece a politicagem nos Poderes estatais.Gorvernador escolher candidato a menos votado para o cargo de Defensor Geral do -MA. Esse dedo do Executivo nas indicações dos integrantes do Judiciário, do MP etc. remete à época do império, onde o Executivo mandava e desmandava. Ao que parece, ainda manda e desmanda. É um absurdo a instituição desejar uma determinada pessoa, mas ter “enfiado goela abaixo” outrem. Não critico a qualificação do escolhido e a sua pessoa, até por que não sei quase nada sobre ele. Critico – e me enojo – quando se “ouve dizer” que o sujeito tem “dedos” . É algo que já passou da hora de acabar – mas, creio, que isso seja impossível! – essa forma de indicação aos cargos mais importantes de da República. Aliás, justamente pelo poder desses cargos é que o Executivo sempre mantém as rédeas sobre eles, ou imaginemos um plêiade de ministros, desembargadores, procuradores-gerais etc. que queiram ser independentes a tal ponto que a sua independência confronte com os interesses do Executivo e do Legislativo que representam (o povo? Rs!), na verdade, interesses econômicos cujo anseio é somente o lucro exacerbado… por aí vai!

  2. No maranhão,mais uma vez prevalece a politicagem nos Poderes estatais.Gorvernador escolher candidato a menos votado para o cargo de Defensor Geral do -MA. Esse dedo do Executivo nas indicações dos integrantes do Judiciário, do MP etc. remete à época do império, onde o Executivo mandava e desmandava. Ao que parece, ainda manda e desmanda. É um absurdo a instituição desejar uma determinada pessoa, mas ter “enfiado goela abaixo” outrem. Não critico a qualificação do escolhido e a sua pessoa, até por que não sei quase nada sobre ele. Critico – e me enojo – quando se “ouve dizer” que o sujeito tem “dedos” . É algo que já passou da hora de acabar – mas, creio, que isso seja impossível! – essa forma de indicação aos cargos mais importantes de da República. Aliás, justamente pelo poder desses cargos é que o Executivo sempre mantém as rédeas sobre eles, ou imaginemos um plêiade de ministros, desembargadores, procuradores-gerais etc. que queiram ser independentes a tal ponto que a sua independência confronte com os interesses do Executivo e do Legislativo que representam (o povo? Rs!), na verdade, interesses econômicos cujo anseio é somente o lucro exacerbado… por aí vai!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *