Oligarquia perde mais uma! José Joaquim vence Nelma Sarney na disputa pela presidência do TJ…

O desembargador Joaquim Figueiredo dos Anjos venceu Nelma Sarney por 16 a 10

O desembargador José Joaquim Figueiredos dos Anjos foi eleito para presidir o Poder Judiciário no biênio 2018/2019 em votação do Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), na manhã desta quarta-feira (04). O magistrado venceu a desembargadora Nelma Sarney pelo placar  de 16 a 10.

Na disputa pela vice-presidência venceu o desembargador Lourival Serejo. Estavam concorrendo ao cargo os desembargadores José Bernardo Rodrigues e Raimundo Barros, após os mais antigos renunciarem à disputa.

Na votação do Pleno, Lourival Serejo teve 18 votos contra 8 de José Bernardo. Raimundo Barros não teve nenhum voto e houve um voto em branco.

Eleição – O plenário elegeu os ocupantes da Mesa Diretora por maioria de seus membros efetivos. A eleição foi realizada por votação secreta, dentre os membros mais antigos, em número correspondente ao dos cargos de direção, para mandato de dois anos, sendo vedada a reeleição e o exercício de mais de dois cargos da mesa.

O Regimento Interno do TJMA estabelece quórum de dois terços dos membros da Corte para a eleição. O parágrafo 3º do artigo 89 do Regimento diz que é obrigatória a aceitação do cargo, salvo recusa manifestada antes da eleição. Nesta situação ou em caso de inelegibilidade, a orientação é para que sejam chamados a compor a relação os desembargadores mais antigos, em número igual ao dos cargos a serem preenchidos.

Para cada cargo, foi feita uma votação e considerado eleito o desembargador que obtiver a maioria absoluta dos votos dos presentes.

Atualmente, a mesa diretora do Judiciário maranhense é composta pelos desembargadores Cleones Carvalho Cunha (presidente), Maria das Graças Duarte (vice-presidente) e Anildes Chaves Cruz (corregedora-geral da Justiça).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *