Repórter Record volta a exibir o drama da fome no Maranhão e a inoperância dos prefeitos…

VEJA AQUI O VÍDEO DA REPORTAGEM

Repórter Record Investigação, da TV Record News, voltou a exibir, na noite de segunda-feira (14), o drama da fome no interior do Maranhão, resultado da inoperância dos prefeitos que cruzam os braços diante dessa situação, consequência de uma herança de anos atrás.  Mostrou  pessoas que sobrevivem à base de farinha e água suja, herança maldita de anos de atraso. Muitos deles vivem em municípios como Belágua (o mais pobre do país, onde a presidente Dilma Rousseff teve a maior votação proporcional por causa do Bolsa Família), Centro do Guilherme (maior porcentagem de miseráveis), Marajá do Sena e Fernando Falcão.

Eles ainda são “invisíveis” para as autoridades brasileiras, mas têm nome e sobrenome; são, facilmente, localizados e não possuem absolutamente nada para comer. São adultos e crianças em condições de extrema pobreza, sendo a situação mais crítica localizada no interior do Maranhão. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de sete milhões de brasileiros ainda passam fome no país.

Mostrou pessoas simples como Zenaide. Ela tem 15 filhos. A mulher enfrenta a batalha sozinha para tentar garantir o sustento das crianças, o que nem sempre é possível. Belágua (MA), onde vivem, é considerada a cidade mais pobre do Brasil, segundo o IBGE.

O programa mostrou depoimentos sobre a luta permanente e desesperada dessas famílias para conseguir se alimentar e revela a face mais cruel da fome: a exploração sexual de meninas em troca de comida.

5 ideias sobre “Repórter Record volta a exibir o drama da fome no Maranhão e a inoperância dos prefeitos…

  1. Embora seja uma notícia recorrente, a sensação de revolta não ameniza, cada vez que nos deparamos com esse tema. Senti que o texto foi escrito não apenas por uma jornalista que zela pela notícia, mas em parceria com a sensibilidade da profissional. Parabéns!

  2. boa noite Silvia vc tem um whatsapp para eu poder falar com voce,pois estou indo ao Maranhão e ver de perto o povo de Belagua e demais cidades citadas aqui no teu blog..me procure no faceboock Eliete Maxfilardi me deixa mensagem inbox.Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *