Suspenso, Instituto Gerir vinha sendo notificado desde 2017 para esclarecer prestação de contas

Secretário de Saúde, Carlos Lula, emitiu nota sobre a questão

O Instituto Gerir, que administrava três unidades hospitalares no Maranhão, vinha sendo notificado, desde o início do ano passado, sobre imprecisões em sua prestação de contas. Na segunda-feira (21/mai), a Secretaria de Saúde veio suspender o contrato da instituição.

Em novembro de 2017, a secretaria comunicou que o instituto tinha até dezembro do ano passado para responder dúvidas no relatório de prestação de contas referente a agosto de 2017. Segundo a Secretaria, faltavam comprovantes na prestação de contas.

O Gerir administrava três unidades hospitalares, entre elas o Hospital Carlos Macieira. A administração das unidades já foi trocada por outras instituição cadastradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *