Dados apontam redução no número de mortos e feridos no trânsito do Maranhão

Em nota publicada em suas redes sociais, o governador Flávio Dino (PCdoB) mostrou os efeitos positivos das ações desenvolvidas pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), dentre eles um demonstrativo de indenizações pagas pelo seguro DPVAT, no período de 2014 a 2017, com redução significativa.

Segundo os dados apresentados, houve uma redução de 25% no número de mortes no trânsito e de 55% de casos de invalidez em acidentes.

De acordo com o governador, enquanto alguns se preocupam com a luta por votos, com demagogia e irresponsabilidade, o governo cuida de vidas. Dino também fez referência a outros estados que adotaram políticas públicas para o trânsito equivocadas e comparou com a realidade atual. “Em São Paulo houve a mesma picaretagem de combater regras no trânsito e o resultado foi aumento de acidentes no trânsito. É isso que a oligarquia quer? Mais mortos e feridos?”, indagou.

Flávio Dino concluiu reconhecendo que excessos e erros de agentes públicos devem ser corrigidos.

Confira na íntegra a postagem do governador:

Encaminho os dados abaixo para a reflexão por parte daqueles que parecem querer mais mortes e casos de invalidez no trânsito. Vejam a redução entre o governo passado e o atual. Espero que pensem nos sofrimentos e perdas evitados, e parem de politicagem.

Os dados que postei, mostrando a grande redução de mortes e feridos no trânsito, servem para chamar o debate para o principal: antes havia uma bagunça total, ineficiência, negligência. E agora cumprimos a LEI. Esse é o certo.

Enquanto alguns se preocupam com a luta por VOTOS, com demagogia e irresponsabilidade, nós cuidamos de VIDAS. No governo passado, se fazia politicagem, nós fazemos política pública de trânsito, como a LEI manda. E os resultados aí estão.

Comparando a ineficiência e negligência do passado, com o que temos hoje, encontramos REDUÇÃO de 25% de mortes no trânsito e de 55% de casos de invalidez em acidentes. Esse é o debate real, de gente séria e que respeita as LEIS.

Em São Paulo houve a mesma picaretagem de combater regras no trânsito e o resultado foi aumento de acidentes no trânsito. É isso que a oligarquia quer ? Mais mortos e feridos?

Claro que excessos e erros de agentes públicos devem ser corrigidos. Fazemos isso todos os dias. Mas fico indignado com meia dúzia de políticos irresponsáveis, que desrespeitam a polícia e as leis brasileiras. Uma vergonha.

FOTO DO DIA – Após grave acidente, obra de duplicação da BR-135 é retomada…

Obras de duplicação da Br-135 foram retomadas

Obras de duplicação da Br-135 foram retomadas

Após um grave acidente com vítimas fatais e o aumento da pressão política em torno das obras de duplicação da BR-135,  junto ao governo federal, as máquinas voltaram ao local desde terça-feira (5). Uma força-tarefa – que envolveu o governador Flávio Dino (PCdoB), o senador Roberto Rocha (PSB), a bancada federal e a Assembleia Legislativa do Maranhão – cobrou do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) a retomada e a aceleração dos serviços.

O acidente, que vitimou oito pessoas, aconteceu quando um carro de passeio seguia rumo à capital maranhense e uma caçamba, que transportava lixo e que vinha no sentido contrário, entrou na contramão. A caçamba tombou às margens da rodovia e o veículo de passeio ficou destruído.

Após as mortes, o governo do Estado e políticos maranhenses aumentaram a pressão que já vinha sendo feita para que as obras de duplicação sejam concluídas. As reações foram fortes e o resultado veio rápido com a retomada das obras. Tomara que, desta-vez, elas caminhem mesmo para a conclusão. Muitas mortes já aconteceram em função dos perigos que oferecem a via.

Reunião com Michel Temer

Nesta semana, o senador Roberto Rocha (PSB-MA) esteve com o presidente interino, Michel Temer, em reunião no Palácio do Planalto. Ele, que é membro da Subcomissão de Obras Inacabadas do Senado, participou de um encontro com Michel Temer, junto com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e um grupo de senadores, para tratar da retomada de obras em todo o País.

Na segunda-feira, o senador já havia conversado sobre o assunto com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, e com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Nos dois casos, ele insistiu na importância de que a duplicação seja concluída com brevidade.

Ao presidente, Roberto Rocha explicou que a BR-135 é a única porta de entrada de São Luís por via terrestre e relatou os inúmeros acidentes fatais que já aconteceram no trecho que deveria estar duplicado, o último deles neste final de semana. Michel Temer garantiu que tomará as providências necessárias e prometeu priorizar a retomada de obras importantes para os estados.