Esquemas antigos! Bom Dia Brasil repercute operação da PF na Saúde

A TV Globo repercutiu no Bom Dia Brasil a operação Pegadores da Polícia Federal, que investiga um esquema de desvio de recursos públicos da saúde por meio de empresas de fachada.

Após a exibição da reportagem de Sidney Pereira, a jornalista Ana Paula Araújo destacou que o governo do Maranhão já demitiu os servidores citados nessa operação. “Este é o dano direto que a população sente com esse roubo na área da Saúde”, comentou.

“É uma luta desmontar esses esquemas que foram montados durante anos e anos de corrupção (governos passados)”, completou o jornalista Chico Pinheiro ao falar sobre a reportagem exibida na manhã desta sexta-feira (17).

A matéria feita pela TV Mirante só não mencionou que a farra com o dinheiro público acabou assim que o atual secretário de Saúde, Carlos Lula, assumiu o cargo de subsecretário de Estado da Saúde. A informação consta, inclusive, no mesmo inquérito usado pela emissora para acusar o secretário.

Outro ponto esquecido pelos veículos de comunicação ligados à oligarquia, entre eles alguns blogs sensacionalistas, é o fato do inquérito ter relatado que o secretário Carlos Lula desconfiou dos elevados valores destinados à SES, trazendo assim o problema à tona. Além disso, devem ter se esquecido de comentar (ou simplesmente preferiram não fazê-lo) que o secretário se colocou à disposição da Justiça e da Polícia Federal para ajudar na elucidação dos fatos.

“Nada temos a esconder, ao contrário, faremos o necessário para ajudar a esclarecer todos os fatos, ponto a ponto, e tomar as medidas que forem necessárias”, disse o secretário logo que tomou conhecimento da ‘Operação Pegadores’.

Mas é como o Chico disse: “É uma luta desmontar esses esquemas que foram montados durante anos e anos de corrupção”.

Operação Pegadores – Secretaria de Saúde colabora com PF e Justiça, diferente dos governos passados…

Secretaria de Saúde se colocou à disposição da PF e Justiça para esclarecer fatos

Logo que tomou conhecimento da operação Pegadores, o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula, declarou que o órgão estava totalmente a serviço da Prefeitura Federal e da Justiça. “Nada temos a esconder, ao contrário, faremos o necessário para ajudar esclarecer todos os fatos, ponto a ponto, e tomar as medidas que forem necessárias”, assegurou.

O procurador geral do Estado, Rodrigo Maia, também desde cedo, colocou-se à disposição da Polícia Federal. “A diretriz do governador Flávio Dino é sempre de colaborar com quaisquer investigações fundamentadas. Por isso, vim desde cedo à SES pra acompanhar as ações e ajudar no que for necessário”, disse.

A atitude do governo Flávio Dino, frise-se, foi bem diferente de outros tempos quando se tentava a todo custo atrapalhar investigações em governos passados.

Pesquisa aponta: Flávio Dino amplia vantagem sobre Roseana em Imperatriz

O atual governador e pré-candidato à reeleição, Flávio Dino (PCdoB), ampliou a vantagem sobre a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) em Imperatriz. É o que aponta pesquisa do Instituto Interpretar feita com exclusividade para o jornal Correio Popular, sobre a intenção de votos do imperatrizenses para as eleições de 2018.

De acordo com o levantamento, no mês de agosto Dino contava com 51% das intenções de votos válidos em Imperatriz, contra 23% de Roseana. Já em novembro, Dino subiu para 65% dos votos válidos e Roseana oscilou para 26%. A vantagem, que era de 28 pontos percentuais, subiu para 39 pontos.

Ou seja, nos últimos quatro meses o comunista obteve um crescimento junto ao eleitorado de Imperatriz de mais de dez pontos percentuais nos votos válidos. Com isso, ampliou sua vantagem para vencer ainda no 1º turno – ao menos de depender dos votos dos imperatrizenses.

Dino segue na frente

Os números favoráveis a Dino são reflexo da boa aceitação popular do atual governo em Imperatriz, item que também foi analisado na pesquisa. Segundo a projeção, a gestão Dino tem 64,3% de aprovação na maior cidade do Sul do Maranhão.

Na aprovação popular de seu governo, Flávio Dino também teve uma elevação no período. Em agosto, 54% dos imperatrizenses apoiavam seu governo. Em novembro, esse número cresceu para 65%.

Este ano, o Governo do Maranhão entregou o serviço de oncologia infantil na cidade, bem como a iluminação da avenida Pedro Neiva. Está em fase de conclusão da obra da Beira Rio, e o Hospital Macrorregional completou um ano de serviço.

A pesquisa do Instituto Interpretar foi realizada no dia 10 de novembro em Imperatriz, ouvindo 600 pessoas. O levantamento tem margem de erro de 4 pontos percentuais.

Roberto Rocha: terceira ou quinta via?

Roberto Rocha tem tido fraco desempenho nas pesquisas

O senador Roberto Rocha (PSDB) pulou do lado da oligarquia em 2014. Saiu dos braços de seus aliados pois não via espaço entre a família Sarney para crescer.

Viu a onda da mudança que tomou o Maranhão passando e pulou. Astuto na negociação, conseguiu levar a vaga do Senado.
Prometia ser o “senador da mudança” e mostrar ao maranhense finalmente para que serve um senador.

A promessa não durou dois anos. Antes disso, já tinha bandeado para o lado sarneysista novamente.

Aposta, para 2018 em ser a terceira via. Sabe que Flávio Dino é um candidato naturalmente forte por sua gestão popular. E apostava em um candidato fraco do lado sarneysista.

Com um perfil de “terceira via”, apostava em um bom desempenho no pleito de 2018 para se colocar como candidato realmente competitivo em 2022, quando encerra seu mandato de senador.

O problema foi que não combinou o jogo com seus novos antigos aliados. A ex-governadora Roseana Sarney decidiu entrar no jogo, contando justamente que a candidatura de Rocha a ajuda a chegar ao segundo turno.

E outros candidatos também começam a apostar na ideia de ser uma terceira via.
O resultado é que Rocha, com um mandato de senador e em um partido forte como o PSDB, não conseguiu pontuar em 10% em nenhuma das pesquisas realizadas este ano.

Nas do segundo semestre, já aparece em quarto lugar e empatado tecnicamente com a quinta colocada Maura Jorge, a ex-prefeita de Lago da Pedra.

Fica a dúvida: será que de terceira, Roberto irá virar quarta ou quinta via?

E como ficará seu futuro político se isso ocorrer?

Flávio Dino expande Uema e UemaSul enquanto universidades federais agonizam…

Flávio Dino deu um salto de qualidade ao ensino superior

Nesta quinta-feira (26), o site da Folha de São Paulo informou que a Universidade de Brasília (UnB) – uma das mais tradicionais do país – está sem dinheiro para continuar tocando obras e foi obrigada a reduzir pesquisa e até o bandejão.

Além da UNB, segundo o portal, problemas do tipo se repetem em universidades como UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), UFPR (Paraná), UFSCar (São Carlos-SP), UFPA (Pará), UFPB (Paraíba), UFJF (Juiz de Fora – MG) e UFMG (Minas Gerais).

Cenário diferente vive o Maranhão. Sob o comando do governador Flávio Dino, o ensino superior estadual deu um salto significativo nos últimos anos, apesar da crise. Ele criou a Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul) no ano passado, e já vai expandir a oferta de curso que hoje funciona em Imperatriz e Açailândia, para o município de Estreito. Além disso, cursos estão sendo incorporados e professores contratados.

A Uema também passa por processo de expansão, com a construção do Campus da cidade de São Bento, que está em fase adiantada. A nova unidade vai oferecer melhor acesso à educação superior para toda a Região da Baixada Maranhense. Além disso o governo do Estado tem valorizado professores e funcionários e a infraestrutura dos prédios já existentes.

Na contramão da crise brasileira, Flávio Dino vai demonstrando mais uma vez ser um dos melhores gestores do país na atualidade. Enquanto o Brasil agoniza, o Maranhão se desenvolve com muito trabalho.

Othelino participa de encontro que criou Colégio de Presidentes das Assembleias do Nordeste

O Colégio de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste tem como objetivo discutir os assuntos que sejam de interesse comum, assim como fortalecer o Parlamento da região

 O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), representou a Casa no 1º Encontro de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste, que ocorreu, nesta sexta-feira (25), no Salão Nobre Deputado Alceu Coutinho, no Ceará. Na oportunidade, os parlamentares criaram o Colégio de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste como mais um instrumento de fortalecimento da região.

Com  sede no Ceará, o Colégio de Presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste tem como objetivo discutir os assuntos que sejam de interesse comum, assim como fortalecer o Parlamento da região e seus projetos. Durante o evento, os integrantes assistiram à palestra intitulada “Momento Político Eleitoral, eleições 2018, e as alternativas constitucionais legais” com o procurador e doutor em Direito, Martônio Mont’Alverne.

Segundo Othelino Neto (PCdoB), que foi ao encontro por designação do presidente da Alema, deputado Humberto Coutinho (PDT), a criação do Colégio foi “um passo importante para a articulação da região”. Na opinião dele, muitas proposições estão deixando de acontecer ou de ter uma tramitação mais célere ‒ como projetos de lei e PECs que tramitam no Congresso ‒por causa da falta de articulação.

“O Colégio de Presidentes passa a ser importante instrumento político de defesa dos interesses do Nordeste e das competências dos poderes legislativos”, disse Othelino Neto que aproveitou a oportunidade para discutir também com os parlamentares da região assuntos relacionados à política nacional.

Para dirigir o Colegiado, neste primeiro ano, foi eleito o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (PMDB-PI). O parlamentar piauiense reiterou a importância do intercâmbio de projetos entre as casas legislativas estaduais, citando, por exemplo, o Procon da Assembleia do Ceará como uma ideia que será levada ao Parlamento estadual do Piauí. “Estamos iniciando hoje essa troca de experiências entre assembleias. Nós temos que conversar com os nossos senadores, é importante a união, a junção dos 27 senadores para defender um tema do Nordeste”, destacou.

Para o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), o Nordeste precisa desse Colégio conversando, ouvindo e cobrando demandas para a região. “Vamos continuar trabalhando e aperfeiçoando o Poder Legislativo, que é a nossa meta, e, cada vez mais, interagir com a população, porque isso faz com que os deputados possam aprovar mais projetos relevantes e, ao mesmo tempo, pressionar o poder central para os assuntos que julgarmos necessários”, afirmou.

Na próxima reunião, a ser convocada pelo presidente do Colégio, serão eleitos o vice-presidente e secretários, assim como discutida a periodicidade dos encontros entre os presidentes das casas legislativas.

Participaram do encontro ainda parlamentares de diversos estados do Nordeste, como o vice-presidente da Assembleia de Alagoas, Francisco Tenório (PMN-AL); representando a AL da Paraíba, o deputado Raniery Paulino (PMDB); Antônio Santos (PSC), da AL de Sergipe; o representante do presidente da AL da Bahia, Graciliano Bomfim, que é procurador-geral do Legislativo, entre outros.

Ao final do encontro, os deputados fizeram uma visita ao governador do Ceará, Camilo Santana. “Agradeço a gentil acolhida do governador e do presidente da Assembleia do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque”, comentou Othelino Neto.

E Flávio Dino vai mudando a forma de fazer política no Maranhão…

Governador Flávio Dino

“Convênios de papel” marcaram tristemente, por algum tempo, a relação do Palácio dos Leões com seus aliados. O dinheiro do convênio era repassado, mas a obra jamais saía do papel. Feitos aos cântaros às vésperas de eleições, eles alimentavam aliados e deixavam à míngua cidades que precisavam de serviços, mas não tinham prefeitos do campo do Leões.

A realidade vem mudando no Maranhão e prova disso foi o discurso do governador no Encontro de Vereadores esta semana.

Flávio Dino afirmou que o governo tem procurado ajudar os municípios com programas de parcerias que são reais. São serviços ampliados, como se vê com os cinco novos hospitais macrorregionais, ou obras que melhoram a vida de milhões de pessoas, como as recentes na Estrada do Arroz e Anel da Soja.

O governador lembrou que não tem feito aceno aos municípios com promessas de convênios que nunca viravam realidade nem eram pagos integralmente.

“Eu poderia fazer um bilhão de convênios. E depositar 5%, 10% e ia dizer que ia depositar o resto em algum momento do futuro. Isso é bonito? Isso é honesto? Isso atende os interesses do povo, da população ou da sociedade?”, destacou Dino. “Ou o que atende é fazer o poço, a estrada, a escola ou o hospital? E cada um escolhe o seu modelo de ação política”.

Repercussão – Homem que agrediu a própria mãe é hostilizado nas redes sociais

O bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho de Freitas, está sendo hostilizado  em seus perfis de redes sociais, após vazamento de vídeos, onde ele aparece agredindo fisicamente e verbalmente, torturando e humilhando a própria mãe idosa e doente, na sua casa, em São Luís. Ele ameaça interna-la, xinga, humilha e violenta a frágil anciã com ferro.

Em vários trechos, o homem diz que a mãe idosa tem que logo é  morrer. “Ninguém te aguenta mais. Eu vou te internar. Cala a boca”, são algumas das frases que chocam e deixam perplexas as pessoas que assistem aos vídeos (reprodução acima).

Em entrevista à rádio Mirante, na manhã desta sexta-feira (26), ele tenta se passar por esquizofrênico, na tentativa de se livrar das penalidades que sofrerá pelas agressões. Lamentável.

MOB realiza ação inédita para famílias do Serviço Travessia

Atividades da MOB incluíram usuários do Serviço Travessia

O governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), realizou uma ação inédita e inovadora com atividades inclusivas para famílias do Serviço Travessia, promovendo curso de culinária terapêutica com a instrutora da Oficina de Arte Culinária do Hospital Nina Rodrigues, Maria de Lourdes, conhecida popularmente como “Vovó Lourdes”.

Premiada ano passado com uma receita de bolo de arroz e goiabada, o reconhecimento de Maria de Lourdes foi destaque no arraial dos Supermercados Mateus. Durante o evento com ela, no último sábado (20), foram feitas deliciosas receitas que beneficiaram as mães de usuários do Serviço Travessia, ampliando sua capacitação e aumentando sua renda. Em contrapartida, seus filhos estiveram em atividades como aulas de pintura com telas, e diversas brincadeiras como o pula pula, e receberam toda assistência necessária com profissionais da área de saúde do Hospital Nina Rodrigues. Um momento único, marcado pelo brilho nos olhos de cada criança, por nunca haver brincado em um pula pula antes.“Um trabalho que não poderia ser melhor, estou emocionada, uma excelente ideia. É muito gratificante ouvir das mães os depoimentos sobre o curso de culinária. Um projeto valioso. Bela iniciativa feita com amor. Só o amor pode explicar”, declarou a instrutora de culinária, Vovó Lourdes.

A coordenadora do Serviço Travessia e Assistente Social, Jade Tauany, comenta sobre a iniciativa. “O serviço Travessia visa fornecer o transporte porta a porta, que reflete diretamente no dinheiro que economizam com o transporte. Nesta ação, oferece lazer aos usuários do Serviço e geração de renda com o curso de culinária”, afirmou.

Para que a criança com ou sem deficiência se desenvolva, o ato de brincar faz-se extremamente necessário, principalmente, quando há práticas inclusivas que as envolvam em experiências diferentes. Partindo deste princípio, a MOB em parceria com o Hospital Nina Rodrigues, ofereceu uma tarde de lazer e interação, sobre o brincar inclusivo, com atividades variadas como arte, brincadeiras e música, focando na capacidade das crianças.

“A ação que foi realizada hoje vem estreitar laços enquanto rede de assistência em saúde, parceria que existe em todos os serviços. E o Serviço Travessia que, além de cuidar destas crianças, deu oportunidade para que estas famílias ficassem aos nossos olhares, com atividades terapêuticas lúdicas, enquanto as mães estavam com a Vovó Lourdes preparando receitas práticas com apoio de uma nutricionista. Nossa intenção foi juntar forças através do Governo do Estado e estreitar a rede intersetorial de assistência no Estado proporcionando o que governador Flávio Dino sempre prioriza, mostrar o seu zelo com o cidadão maranhense”, declarou o diretor geral do Hospital Nina Rodrigues, Dr. Ruy Cruz.

“Esta ação foi de grande importância para mim, porque eu estava em um nível de estresse alto, e foi bom ter participado porque acabou meu estresse na hora, e aprendi bastante com a Vó. Amei ela. Sem falar na apostila que a gente ganhou. Os pães que ela fez estavam muitos gostosos. O João amou ter brincado no pupa pula!Para ele foi a primeira vez, foi a maior alegria da vida dele, subiu escada e ele até agora está eufórico contando toda hora,, não para de sorrir contando, muito bom mesmo”, relatou Rosimeire Barros Carvalho, 41 anos, mãe do João Victor, usuário do Serviço Travessia.

A iniciativa visa, também, proporcionar reflexão sobre o convívio com a diferença, respeitando a particularidade de cada um. Momento único, com mães e filhos extremamente agradecidos e emocionados por terem sido lembrados e por viverem algo inédito em suas vidas.

Anexos

  1. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia
  2. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia
  3. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia