Repercussão – Homem que agrediu a própria mãe é hostilizado nas redes sociais

O bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho de Freitas, está sendo hostilizado  em seus perfis de redes sociais, após vazamento de vídeos, onde ele aparece agredindo fisicamente e verbalmente, torturando e humilhando a própria mãe idosa e doente, na sua casa, em São Luís. Ele ameaça interna-la, xinga, humilha e violenta a frágil anciã com ferro.

Em vários trechos, o homem diz que a mãe idosa tem que logo é  morrer. “Ninguém te aguenta mais. Eu vou te internar. Cala a boca”, são algumas das frases que chocam e deixam perplexas as pessoas que assistem aos vídeos (reprodução acima).

Em entrevista à rádio Mirante, na manhã desta sexta-feira (26), ele tenta se passar por esquizofrênico, na tentativa de se livrar das penalidades que sofrerá pelas agressões. Lamentável.

MOB realiza ação inédita para famílias do Serviço Travessia

Atividades da MOB incluíram usuários do Serviço Travessia

O governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), realizou uma ação inédita e inovadora com atividades inclusivas para famílias do Serviço Travessia, promovendo curso de culinária terapêutica com a instrutora da Oficina de Arte Culinária do Hospital Nina Rodrigues, Maria de Lourdes, conhecida popularmente como “Vovó Lourdes”.

Premiada ano passado com uma receita de bolo de arroz e goiabada, o reconhecimento de Maria de Lourdes foi destaque no arraial dos Supermercados Mateus. Durante o evento com ela, no último sábado (20), foram feitas deliciosas receitas que beneficiaram as mães de usuários do Serviço Travessia, ampliando sua capacitação e aumentando sua renda. Em contrapartida, seus filhos estiveram em atividades como aulas de pintura com telas, e diversas brincadeiras como o pula pula, e receberam toda assistência necessária com profissionais da área de saúde do Hospital Nina Rodrigues. Um momento único, marcado pelo brilho nos olhos de cada criança, por nunca haver brincado em um pula pula antes.“Um trabalho que não poderia ser melhor, estou emocionada, uma excelente ideia. É muito gratificante ouvir das mães os depoimentos sobre o curso de culinária. Um projeto valioso. Bela iniciativa feita com amor. Só o amor pode explicar”, declarou a instrutora de culinária, Vovó Lourdes.

A coordenadora do Serviço Travessia e Assistente Social, Jade Tauany, comenta sobre a iniciativa. “O serviço Travessia visa fornecer o transporte porta a porta, que reflete diretamente no dinheiro que economizam com o transporte. Nesta ação, oferece lazer aos usuários do Serviço e geração de renda com o curso de culinária”, afirmou.

Para que a criança com ou sem deficiência se desenvolva, o ato de brincar faz-se extremamente necessário, principalmente, quando há práticas inclusivas que as envolvam em experiências diferentes. Partindo deste princípio, a MOB em parceria com o Hospital Nina Rodrigues, ofereceu uma tarde de lazer e interação, sobre o brincar inclusivo, com atividades variadas como arte, brincadeiras e música, focando na capacidade das crianças.

“A ação que foi realizada hoje vem estreitar laços enquanto rede de assistência em saúde, parceria que existe em todos os serviços. E o Serviço Travessia que, além de cuidar destas crianças, deu oportunidade para que estas famílias ficassem aos nossos olhares, com atividades terapêuticas lúdicas, enquanto as mães estavam com a Vovó Lourdes preparando receitas práticas com apoio de uma nutricionista. Nossa intenção foi juntar forças através do Governo do Estado e estreitar a rede intersetorial de assistência no Estado proporcionando o que governador Flávio Dino sempre prioriza, mostrar o seu zelo com o cidadão maranhense”, declarou o diretor geral do Hospital Nina Rodrigues, Dr. Ruy Cruz.

“Esta ação foi de grande importância para mim, porque eu estava em um nível de estresse alto, e foi bom ter participado porque acabou meu estresse na hora, e aprendi bastante com a Vó. Amei ela. Sem falar na apostila que a gente ganhou. Os pães que ela fez estavam muitos gostosos. O João amou ter brincado no pupa pula!Para ele foi a primeira vez, foi a maior alegria da vida dele, subiu escada e ele até agora está eufórico contando toda hora,, não para de sorrir contando, muito bom mesmo”, relatou Rosimeire Barros Carvalho, 41 anos, mãe do João Victor, usuário do Serviço Travessia.

A iniciativa visa, também, proporcionar reflexão sobre o convívio com a diferença, respeitando a particularidade de cada um. Momento único, com mães e filhos extremamente agradecidos e emocionados por terem sido lembrados e por viverem algo inédito em suas vidas.

Anexos

  1. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia
  2. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia
  3. Ação beneficiou mães e crianças atendidas pelo Serviço Travessia

Flávio Dino autoriza concursos públicos para 1.850 vagas no Maranhão

Governador Flávio Dino autorizou abertura de concurso para 1.850 vagas no Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), autorizou a realização de concursos para mais nove órgãos estaduais em 2017. São mais de 1.850 vagas distribuídas da seguinte forma: SSP – 100 vagas;  SSP (PMMA) – 1.300 vagas; SSP (Detran) – 170 vagas; Funac – 150 vagas; Procon/MA – 10 Vagas; Segep – 42 vagas; Imesc – 10 vagas; Aged – 100 vagas; Seplan– 20 vagas.

Até o final de 2017, serão 7.124 novos servidores admitidos por meio de concurso público em diversas áreas, incluindo as secretarias e órgãos com déficit histórico, caso da Secretaria de Segurança Pública (SSP). A ausência de contratações de novos policiais nos últimos anos contribuiu para o aumento da violência registrada no estado até 2014, deixando o Maranhão com a menor relação entre policiais e habitantes, no comparativo com os demais estados.

Novo rumo

Para corrigir essa distorção, o governador Flávio Dino determinou, já a partir de 2015, a convocação de 2.648 policiais militares aprovados em concurso público e de 288 para compor o quadro do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA).

O reforço também foi garantido no quadro de Servidores do Sistema Penitenciário do Estado, com a realização de Concurso Público em 2016 para o preenchimento de 238 vagas na Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

Rogério Cafeteira é agredido em porta de escola, após incidente de trânsito…

Rogério Cafeteira registrou boletim contra agressor na Polícia

Sobre o episódio envolvendo o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSB), na manhã desta quinta-feira (20), na porta da escola Crescimento, na qual o seu filho estuda, o parlamentar lamenta e confirma incidente de trânsito, no qual foi vítima de uma covarde agressão física dentro de seu carro, na presença de seu filho. O agressor, que seria servidor do Estado, evadiu-se do local logo após a agressão.

Esclarece, também, que ainda se encontra em estado de recuperação de uma cirurgia ao qual foi submetido há cerca de 20 dias, portanto em estado de saúde que inspira cuidados.

O deputado já tomou as primeiras providências legais e afirma que levará o caso à Justiça.

Flávio Dino: “Jamais atendi a qualquer interesse da Odebrecht”

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), manifestou-se, pelas redes sociais, na noite desta terça-feira (11), sobre uma citação de seu nome  em delação de executivos da Odebrecht.

Pelas redes sociais, Flávio Dino disse que tem a consciência, absolutamente, tranquila de jamais ter atendido qualquer interesse da Odebrecht, nos cargos que exerceu nos três poderes.

“Se um dia houver de fato investigação sobre meu nome, vão encontrar o de sempre: uma vida limpa e honrada.Tenho absoluta certeza de que a verdade vai prevalecer, separando-se o joio do trigo”, disse Flávio Dino por meio das redes sociais.

O governador disse que é inevitável a indignação por ser citado de modo injusto sobre atos que jamais praticou, mas, segundo ele, infelizmente, isso faz parte da atual conjuntura.

“O justo propósito de investigar crimes, muitas vezes atinge injustamente pessoas inocentes. É o meu caso”, comentou Flávio Dino.

Alérgicos, cuidado com a “estratégia de venda” da Extrafarma…

 

Alérgicos a AASS ou a outro princípio ativo, cuidado com a Extrafarma.

Na noite de quarta-feira (22), comprei um remédio para a garganta, diferente do que tomo constantemente (de orientação médica), por insistência de um funcionário da Extrafarma (provavelmente pra ganhar bônus de venda), que garantiu ser melhor. No entanto, o medicamento, na verdade, era contraindicado a quem tem alergia a AASS (Ácido Acetilsalicílico), que é o meu caso.

Cuidado, você pode parar no hospital até com risco de vida. Na farmácia, compre sempre o remédio que você veio procurar ou que está na receita do médico. Não dê ouvidos a funcionários de farmácia, interessados em vender um produto para obter bônus, que te impõem medicamentos que alegam ser similares ou melhores. Fica o meu alerta.

O Strepsils, pastilha para garganta, que fui praticamente obrigada a comprar, não contém AASS no princípio ativo, mas há uma substância da mesma família, assim como a maioria dos antiinflamatórios, que faz mal aos alérgicos e hipersensíveis ao Ácido Acetilsalicílico.

Aí, tomei e deu reação forte de rinite, inchaço nos olhos, rosto, boca (edema de face), dor de cabeça, falta de ar, semelhante a sintomas de edema de glote, garganta inflamada, etc.

E eu nem tava com sintomas de gripe e rinite, só a garganta que estava irritando um pouco. Fui cair na besteira de tomar o remédio, empurrado pelo funcionário da Extrafarma, que não costumo tomar, e deu nisso. Baixei hoje (23) na emergência do Hospital São Domingos, com classificação de risco de alerta (cor amarela).

Ainda na noite de quarta (22), a reação não foi mais forte porque tomei logo um antialérgico, medicamento receitado por médico em caso de alergias. Porém, nesta quinta (23), o edema de face ainda era grande com outras complicações.

Achei por bem contar essa história até para alertar as pessoas que, como eu, têm esse tipo de alergia para que tomem cuidado, e àquelas, que chegam à farmácia para comprar um remédio e são abordadas e quase forçadas a adquirir outro tipo de medicamento que é apresentado como similar ou melhor.

Deixo aqui o meu agradecimento ao médico cirurgião geral do São Domingos, dr Rogério​ Ericeira, que me atendeu muito bem. Descobri na hora que ele é leitor assíduo do meu blog. A ele o meu muito obrigada.

Mudanças na Secap – Robson Paz será adjunto de radiodifusão e passa a comandar rádio Timbira

Robson Paz passa a ter mais uma função na comunicação do governo

O radialista e jornalista Robson Paz assumirá o comando da rádio Timbira, no Maranhão. Ele acumulará a função de subsecretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (SECAP) que se tornará, mais tarde, adjunto de radiofusão, como uma das estratégias que estão sendo anunciadas, nos próximos dias, para a área.

A Secap está passando por mudanças e outras novidades devem ser anunciadas ainda este mês. O governo quer adequar o órgão às necessidades do momento.

O convite para Robson Paz partiu do governador Flávio Dino (PCdoB). A missão que lhe foi conferida é a reformulação da emissora oficial do Estado no segmento AM, sucateada por mais de 20 anos.

Se hoje, no governo Flávio Dino, a rádio Timbira renasceu, no governo Roseana Sarney, ela foi extinta em 1995. A atual gestão demonstra que confia no poder da radiofonia e investe em sua modernização.

Artigo de Flávio Dino: Cuidando do nosso patrimônio natural…

Governador Flávio Dino

O Maranhão é muito conhecido pela singularidade de nossas belezas naturais. Da Chapada das Mesas aos Lençóis Maranhenses, nosso território é formado de bens únicos, banhado por rios perenes e delimitado pelo segundo maior litoral e um dos mais belos do Brasil. Cuidar desse patrimônio é dever de todos nós e tem sido uma missão deste governo.

Por isso, estamos nos empenhando na proteção ao Parque do Bacanga, ameaçado por múltiplas pressões urbanas, e ao Parque do Mirador, santuário da nascente do rio Itapecuru. Já investimos cerca de R$ 25 milhões na manutenção de nossas unidades de conservação estaduais. No Parque do Rangedor, em São Luís, demos início ao cercamento da área, para garantir sua preservação. E em breve vamos começar a instalação de equipamentos que vão viabilizar a visitação e o lazer no Rangedor, valorizando essa bonita área encravada no coração da nossa Ilha.

Realizamos um concurso público para reforçar a atuação da Secretaria de Meio Ambiente, com 20 vagas para biólogo, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, geógrafo, geólogo, oceanógrafo, hidrólogo, engenheiro civil, engenheiro de pesca, engenheiro florestal, químico e pedagogo. Com o reforço da máquina e mais eficiência, temos conseguido garantir maior velocidade e segurança aos licenciamentos ambientais. Subimos nossa produtividade de 846 licenciamentos em 2014 (governo passado) para 1.171 em 2016.

Um resultado muito visível de nosso trabalho em relação ao meio ambiente é o processo de despoluição das praias de nossa capital, que permaneceram impróprias para banho por muitos anos. Em julho de 2016, foram identificados os primeiros pontos de praia limpa nos relatórios semanais, realizados de acordo com a norma técnica exigida pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente. Passo a passo, esses pontos balneáveis foram ampliados e hoje lutamos semanalmente para consolidar essa conquista. Agora mesmo estamos concluindo a licitação para iniciar a limpeza do Rio Calhau, como já estamos fazendo nos rios Pimenta e Claro, que também chegam diretamente nas areias das nossas praias.

Essa mudança das praias de nossa capital é fruto de um trabalho que inclui a conclusão e a inauguração da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Vinhais, que está elevando de forma gradativa de 4% para 40% a capacidade de tratamento de esgotos da Ilha. Estamos ainda construindo a ETE Anil e reformando as estações do Bacanga e Jaracati. Também serão implantadas mais 35 novas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) e 355 km de redes coletoras e interceptoras, das quais 85 km já foram instaladas. Com todas essas obras, nossa meta é aumentar a capacidade de tratamento de esgoto na capital ainda mais, para algo próximo a 70%.

Outra realização importante é a despoluição da Lagoa da Jansen, por anos reduzida a depósito de esgoto. Estamos fazendo intervenções na região desde o começo do nosso governo e já estamos na etapa final das obras de retirada de pontos de lançamento de esgoto. Com isso, vamos obter resultados concretos e sustentáveis, ampliando as possibilidades turísticas desse importante ponto da Ilha, que também vem sendo valorizado com obras de urbanização feitas em parceria com a Prefeitura de São Luís, a exemplo da Praça da Lagoa, que agora está sendo ampliada.

Temos muitas outras conquistas em curso, como a revitalização da região da Beira-Rio de Imperatriz e um conjunto de novos parques que vamos implantar em várias cidades, a exemplo de Codó, Bacabeira e Balsas. As riquezas de nossa terra podem levar justiça e prosperidade para todos. E devem ser um bem de todos. Essa é a crença que motiva tantas ações em defesa do nosso patrimônio natural.

Recursos para projeto “Diques da Baixada” estão incluídos no orçamento da União para 2017

Diques da Baixada

Diques da Baixada

Recursos no valor de 60 milhões de reais para o projeto “Diques da Baixada” já estão previstos, no OGU – Orçamento Geral da União para 2017.   O projeto, que será executado pela CODEVASF – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, é uma demanda antiga da população do nordeste do Maranhão, que possui uma realidade contraditória, agraciada com água em abundância, mas sem poder usufruir pela falta de tecnologias para o tratamento.

A emenda de bancada é um esforço conjunto de deputados federais e senadores do Maranhão. Prevê a elaboração, licenciamento e implantação do projeto, cujo objetivo é o controle das áreas de inundação, solucionando o problema de salinização dos campos, provocado pela água do mar, que invade os rios e torna as áreas improdutivas, além de reduzir o volume de água para o consumo.

Entre as várias iniciativas dos parlamentares da bancada maranhense para a inclusão do projeto Diques da Baixada no orçamento da União para 2017, o senador Roberto Rocha havia enviado, na última quinta-feira, 20, ofício ao relator da comissão responsável pelo projeto, Senador Waldemir Moka, solicitando, enquanto representante dos deputados e senadores maranhenses, atenção especial ao projeto, como esperança de transformação socioeconômica de uma das regiões mais pobres do país, e a oportunidade de beneficiar, diretamente, mais de hum milhão de pessoas com água própria para o consumo, além de ampliar a fronteira agrícola e pecuária do estado.

Em março deste ano, por ocasião do aniversário do Fórum da Baixada Maranhense , o senador Roberto Rocha foi homenageado por sua atuação parlamentar em prol dos projetos voltados para a baixada maranhense, em especial, o projeto “Diques da Baixada”.