Gardeninha admite que caminho natural do PSDB é com Flávio Dino

Sobre a disputa pelo Senado, deputada diz que João Castelo não depende do PCdoB para sair candidato porque tem legenda 
Deputada tucana disse que candidatura de Castelo ao Senado independe de aliança com o PSDB

Deputada tucana disse que candidatura de Castelo ao Senado independe de aliança com o PSDB

A deputada estadual Gardenia Castelo (PSDB), uma das líderes do partido tucano, admitiu, na manhã desta terça-feira (22), que a sigla deve, sim, caminhar com o pré-candidato do PCdoB ao governo do Maranhão, Flávio Dino, nas eleições de outubro.

“No Maranhão, o senador Edinho Lobão dará palanque para a presidente Dilma Rousseff (PT). Flávio então deve fazer palanque para os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). É normal que o PSDB do Maranhão caminhe mesmo com Flávio Dino, apesar de não haver batido o martelo ainda, até porque não se criou uma terceira via”, disse Gardenia Castelo em entrevista ao radialista Álvaro Luís da rádio Educadora, após a sessão desta terça (22) .

Quanto à candidatura do ex-prefeito de São Luís, João Castelo, ao Senado, a deputada disse que o tucano está amadurecendo e avaliando a ideia. Segundo ela, o ex-governador não depende do PCdoB para disputar a vaga, já que o PSDB lhe dá legenda e a legislação o garante.

Independente de aliança

“A candidatura de João Castelo ao Senado só depende do povo, independe de aliança. A legislação garante. O que a gente sabe é que todas as pesquisas o colocam em primeiro lugar pelo trabalho que fez como governador, prefeito, deputado federal e senador. Ele é uma das grandes lideranças e tem voto cristalizado. Tem partido e, se achar que tem condições, vai ser candidato a senador sim”, disse Gardeninha.

Gardenia disse que o PSDB tem como prioridades estabelecer um palanque para Aécio Neves no Maranhão, uma vaga na chapa majoritária, que pode ser de vice-governador ou de senador, e fortalecer as bancadas na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa.

Informalmente, tucanos já ventilam pelo menos três nomes para o posto de candidato a vice-governador. São eles o do presidente estadual da sigla, Carlos Brandão, que vem tendo certa rejeição entre determinados tucanos; o da professora Miosótis Lúcio e o do ex-prefeito de Açailândia, Ildemar Gonçalves.

O assédio ao PSDB no Maranhão se deve a um motivo justo. O partido pode oferecer um maior horário nos programas gratuitos, tem estrutura, bancada forte no Congresso Nacional e lideranças políticas espalhadas em todo o Estado.

“Nenhuma mentira ficará sem resposta”, diz líder da Oposição

Rubens Jr saiu em defesa de Flávio Dino, na Assembleia Legislativa

Rubens Jr saiu em defesa de Flávio Dino, na Assembleia Legislativa

O deputado Rubens Jr. (PCdoB), líder da oposição na Assembleia, saiu em defesa do pré-candidato ao governo do Maranhão pelo PCdoB, Flávio Dino, e denunciou a tentativa do grupo Sarney de caluniá-lo, ao acusá-lo de fazer uso de diárias da Embratur para hospedagem em Teresina em benefício do movimento Diálogos pelo Maranhão. “A Oposição não vai deixar nenhuma mentira sem resposta”, reforçou.

O documento atestado pela Embratur desfaz todas as tentativas de acusações contra Flávio Dino impetradas pelo complexo de comunicação alinhado à oligarquia Sarney. A declaração diz que o comunista “não obteve nenhuma autorização para pagamento de diárias ou passagens com, ou sem ônus para a Cidade de Teresina/Piauí”, esclarecendo os fatos noticiados pelo jornal O Estado do Maranhão.

O líder da Oposição lembrou que os ataques tentam desvirtuar o debate público no Maranhão. “Insisto, quem quer o vale tudo é quem não pode debater o estado, insisto mais uma vez, não nos meçam pelas suas réguas, não é porque o estado está sendo usado de todas as formas para promover o candidato que não decola nas pesquisas que necessariamente todos tem que fazer as mesmas coisas.”

Ética na Política

Lideranças da Oposição repudiaram a “campanha difamatória” iniciada pelo grupo Sarney. Dino, por exemplo, é alvo permanente de ataques de deputados e meios de comunicação relacionados ao grupo que hoje comanda o governo do estado.

O presidente do PCdoB, Márcio Jerry, defendeu a que as disputas eleitorais sejam limpas e respeitando os preceitos da Democracia brasileira. “A oposição não pode nem aceitará que a eleição vire um vale tudo. Compromisso com a ética na política, com a democracia. Eleições limpas!”, disse.

As credenciais de Márcio Honaiser para a vaga de vice de Flávio Dino…

Blog do Genivaldo Abreu

Márcio Honaiser é cotado para compor chapa com Flávio Dino como candidato a vice-governador

Márcio Honaiser é cotado para compor chapa com Flávio Dino como candidato a vice-governador

Com uma história de mais de duas décadas de militância no PDT, o empresário Márcio Honaiser, radicado em Balsas, está legitimamente credenciado a pleitear qualquer cargo público por indicação do partido. Portanto, são totalmente descabidas as especulações de que ele esteja negociando para si, à base de acerto financeiro, a vaga de vice na chapa do pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). Honaiser tem estatura política e um currículo invejável como empresário, fatores que o colocam na linha de frente de qualquer projeto eleitoral.

Natural do Rio Grande do Sul, Honaiser chegou ao Maranhão em 1976 e desde então participa ativamente da vida empresarial do estado. Em 28 anos, tornou-se um homem de negócios vitorioso, ao mesmo tempo em que se dedicou à política. Já coordenou a Juventude Socialista do PDT e tomou parte nas principais decisões do partido desde seu ingresso na legenda. Como acadêmico de Engenharia Civil da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), foi líder estudantil e por sua brilhante atuação no movimento, ganhou projeção nacional.

Por justo reconhecimento, Honaiser foi homenageado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) com o título de “Sócio Honorário”. A entidade destacou os relevantes serviços por ele prestados ao município de Balsas como empresário da soja, herdeiro da Lavronorte, revendedora JohnDeere em Imperatriz, e da UniBalsas, instituição de ensino superior que já formou mais de 400 profissionais.

Em todos os seus empreendimentos, Márcio Honaiser emprega cerca de 1 mil pessoas. Por sua forte atuação empresarial, dá importante contribuição à economia maranhense. Realiza, ainda, relevante trabalho social, por meio do apoio à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Balsas.

No próximo dia 10 de abril, Márcio Honaiser receberá, na Assembleia Legislativa, o título de Cidadão Maranhense. A proposta, de autoria do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), foi muito bem acolhida pelo parlamento.

Como se vê, a trajetória de Honaiser é rica e vai muito além dos ganhos financeiros. Portanto, a versão da compra da vaga de vice na chapa de Dino é mera boataria, coisa de quem não tem cacife.