Carreta da Mulher supera a marca de 180 mil atendimentos no Maranhão

Somente no mês de março foram realizados mais de 3 mil atendimentos nas cidades de Barra do Corda, Jenipapo dos Vieiras, São Vicente Ferrer e Palmeirândia.

Com mais de 180 mil atendimentos realizados desde 2015, a Carreta da Mulher tem percorrido diversos municípios levando exames preventivos como mamografia, papanicolau, testes rápidos de DST/HIV, aferição de pressão, glicemia, vacinas, consultas e orientação nutricional.

Além dos atendimentos de saúde, as mulheres também recebem assistência para situações de violência doméstica, que incluem orientação jurídica acerca da Lei Maria da Penha, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Mulher (Semu), que realiza a ação junto com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Conforme balanço, a carreta já atendeu mais de 77 mil mulheres. Os atendimentos impactam diretamente na redução da morbimortalidade feminina por causas preveníveis, como o câncer do colo de útero e de mama, que mais atingem as mulheres no Brasil.

O balanço indica que os exames de prevenção são a maior demanda de atendimento de saúde. Nos três anos em que a carreta atua, já foram realizados 41.116 exames papanicolau e 22.294 mamografias, que ajudam a detectar a presença de alterações celulares ou tumor em fases iniciais.

Dos 159 municípios por onde a Carreta da Mulher passou, São Luís foi o que mais registrou atendimentos, superando a marca de 7.500. No interior do estado, a cidade de Viana contabilizou 2.502 atendimentos, seguida de Urbano Santos, com 1.516, e Trizidela do Vale, com 1.428. Em 2018, as ações da Carreta continuam. Somente no mês de março foram realizados mais de 3 mil atendimentos nas cidades de Barra do Corda, Jenipapo dos Vieiras, São Vicente Ferrer e Palmeirândia.