Central de Atendimento ao Cidadão da Prefeitura de São Luís inicia prestação de serviços à população

A Central, que é um dos compromissos assumidos e concretizados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, está localizada na Avenida Magalhães de Almeida (em frente ao Mercado Central)

A Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís implantado com o objetivo de qualificar e facilitar o acesso da população aos serviços nas áreas de Urbanismo, Meio Ambiente, Fazenda, entre outros setores, começou a funcionar em espaço adequado, confortável e proporcionando aos cidadãos mais agilidade e qualidade no atendimento. A Central, que é um dos compromissos assumidos e concretizados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, está localizada na Avenida Magalhães de Almeida (em frente ao Mercado Central).

Inicialmente, o espaço está disponibilizando os serviços da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo (Semurh) como licenciamentos urbanos a emissão de certidões, alvarás e autorizações na área urbanística. O local também vai integrar, nos próximos dias, os serviços ofertados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam); pelo Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid) e a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal, ampliando o leque de serviços disponibilizados no espaço.

A desburocratização e a integração dos serviços, promovendo mais praticidade e comodidade ao cidadão no atendimento prestado pelos órgãos, foram apontadas pelo secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, como um dos grandes benefícios da iniciativa.

“É exatamente esta a proposta, concentrar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais, em um ambiente adequado, de forma a facilitar a vida das pessoas que buscam pelo atendimento nessas áreas, evitando, assim, que se desloquem para vários locais distintos, pois são órgãos que têm afinidades e correlação nos serviços prestados. Inicialmente estamos ofertando os serviços disponibilizados pela Semurh, mas logo também estarão aqui os demais órgãos”, afirmou Mádison Leonardo Andrade, acrescentando ainda que a medida, implementada por determinação do prefeito Edivaldo, representa maior economia tanto para o município como para o cidadão.

Entre os serviços que já podem ser requeridos na Central de Atendimento ao Cidadão estão as licenças para uso de edificações em terrenos particulares e públicos; emissão de licenças para obras e pequenos serviços; concessão do Habite-se de prédio residencial, comercial e industrial; certidão de uso e ocupação do solo; aprovação de loteamento, autorização de desmembramento e remembramento; emissão de licenças para demolições, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar também no espaço.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, a estrutura da Central de Atendimento ao Cidadão oferece maior conforto à população e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento.

Prefeito Edivaldo visita instalações da Central de Atendimento ao Cidadão

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã deste sábado (5), as instalações da Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís para qualificar a prestação de serviços públicos em diversas áreas e facilitar o acesso da população ao atendimento. A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento. A Central entra em funcionamento ainda este mês com a ofertas de alguns serviços, entre eles os da Secretaria de Habitação e Urbanismo (Semurh).

“Com a criação desta Central de Atendimento ao Cidadão, estamos honrando aqui mais um compromisso que assumimos com a nossa cidade, com a população. E é exatamente isso o que fazemos todos os dias: trabalhamos diuturnamente para atender aos anseios da população. Agora, o cidadão vai poder requerer em um mesmo local diversos serviços que vão desde licenciamentos ambientais e urbanos até solicitações na área fazendária, tudo feito em ambiente acolhedor e digno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, o novo equipamento oferecerá maior conforto ao cidadão e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta ainda com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento. Os serviços na Central de Atendimento ao Cidadão estão sendo finalizados e devem ser concluídos já na próxima semana.

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

Localizado à Avenida Magalhães de Almeida, 280 (em frente ao Mercado Central), no Centro da capital, o prédio abrigará as secretarias municipais de Urbanismo e Habitação (Semurh) e Meio Ambiente (Semmam); o Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid), a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal. Entre os serviços que serão ofertados no local, estão licenciamentos ambientais e urbanos, solicitações de alvarás, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar no espaço.

O secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, destacou a iniciativa como um projeto idealizado para desburocratizar e agilizar os processos administrativos nas áreas de atuação da Central de Atendimento ao Cidadão. “É muito mais praticidade e comodidade aos cidadãos que buscam por esses serviços. Aqui, os órgãos vão trabalhar de forma integrada para melhor atender as pessoas, em um ambiente com melhor infraestrutura. A criação da Central também representa maior economia tanto para o município como para o cidadão que agora não precisará mais de deslocar para vários locais diferentes com o intuito de requerer serviços nessas áreas”, observou o secretário.

Mádison Leonardo reforçou ainda que todos os setores da Semurh, que antes ocupavam as instalações de dois prédios históricos da Rua Portugal, na Praia Grande, passarão a funcionar na Central de Atendimento ao Cidadão. Os casarões antes ocupados pelo órgão serão restaurados, como mais uma ação da Prefeitura de São Luís visando à revitalização do Centro Histórico da capital.