“Gestão Flávio Dino é bastante eficiente”, diz presidente da Confederação Nacional da Indústria

Governador Flávio Dino, presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga e demais presentes no encontro. Foto: Handson Chagas/Secap

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, em almoço com o governador e secretários de Estado no Palácio dos Leões, classificou a atual gestão de bastante eficiente .“Muitos Estados estão passando por um momento difícil, mas aqui no Maranhão, com a gestão Flávio Dino, a gente percebe que há uma rigidez e uma eficiência muito grande”, disse

No encontro, foram tratadas iniciativas do Governo do Maranhão para a Indústria como o estímulo a cadeias produtivas, aproximação com a classe empresarial e os esforços para o equilíbrio fiscal do Estado em meio à crise.

O conjunto de ações resultou em um cenário atrativo para novos investimentos e a perspectiva de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) estadual para o ano que vem de 3%, acima da média nacional prevista.

“Isso é fruto de uma gestão bem-feita, que privilegia o desenvolvimento, a geração de renda”, afirmou Robson Andrade. “A gente sabe, por todas as notícias, que o governador Flávio Dino tem uma gestão bastante eficiente, com muito controle, mas com muito apoio dos setores que estão gerando desenvolvimento como a indústria, a agricultura”, acrescentou.

Expo Indústria Maranhão

Robson Braga também participou nesta quarta-feira da abertura da Expo Indústria Maranhão 2017, no Multicenter Sebrae. Em sua segunda edição, o evento já é considerado o maior do setor no Nordeste.

Para o secretário de Estado da Indústria e Comércio, Simplício Araújo, a presença do presidente da CNI no evento é importante para troca de impressões com empresários sobre as perspectivas de desenvolvimento da indústria e da economia no Maranhão.

Simplício ainda destacou a relevância do apoio do Governo, juntamente com o Sebrae, à exposição que é promovida pelo Sistema Fiema: “É uma feira que nos orgulha porque está muito forte, com palestras bem interessantes, possibilidade de transações econômicas, operações com bancos de fomento, entre outras ações que contribuem com o atual cenário de retomada de crescimento do estado”.