E o PT vai oficializando suas candidaturas no Maranhão…

Em Mirinzal, PT caminha para a reeleição de Amaury

Em Mirinzal, PT caminha para a reeleição de Amaury

O Partido dos Trabalhadores (PT) do Maranhão vem se articulando bem para as eleições que se avizinham, oficializando diversas candidaturas em todo o Estado. O deputado estadual Zé Inácio Rodrigues está representando a sigla em várias convenções. Nesta sexta-feira (05), será a vez de Bequimão, onde o partido terá candidato a vice-prefeito, Sidney Magal, na chapa do prefeito Zé Martins (PMDB).

No município de Santa Helena, a 119 km da capital São Luís, a convenção do PT oficializou a candidatura à reeleição de Lobato (PPS – MA) à prefeitura de Santa Helena e do candidato a vice-prefeito, Fernando Crente (PCdoB – MA).

“Precisamos buscar as melhorias do município e a união dos partidos aliados, que contribuirá para o fortalecimento de Santa Helena, a fim de que a cidade continue a se desenvolver”, afirmou Zé Inácio.

No evento estiveram presentes membros de partidos como PPS, PT, PSDB, PSB, PDT e PC do B.

Mirinzal

Em Mirinzal, a convenção do  PT e aliados oficializou a candidatura de Amaury Almeida (PDT) à reeleição. A reunião contou com a presença de milhares de pessoas, que acompanharam Amaury até o local do evento onde foi oficializada sua candidatura.

Além de Zé Inácio, a convenção contou com a presença de lideranças como o ex-prefeito de Mirinzal, Agenor Filho, a representante da juventude pedetista no Maranhão, Idalete Rodrigues, o deputado estadual Rogério Cafeteira (PSC), o ex-candidato a prefeito, Eduardo Amorim, e o reitor do Ifma, Roberto Brandão.

Zé Doca

Em Zé Doca, a 311,1 km da capital São Luís, a convenção do PT oficializou a pré-candidatura de Zé Costa (PT-MA) a prefeito da cidade. A participação do candidato a vice-prefeito, Geraldinho, representante da zona rural, veio fortalecer a chapa e garantir a vitória.

Na oportunidade, Zé Inácio destacou a competência do professor Zé Costa para administrar a cidade.

Marcaram presença representantes dos seguintes partidos: PT, PSDB, PV, PTN, PDT, PPS, PEN, PTC, PMDB, PPL, PHS, PRB, PSB e PMB.

Disputa pela vice e proporcional fazem PT suspender aliança com Holandinha

pt

Às vésperas das principais convenções em São Luís, o PT resolveu suspender, na noite de segunda-feira (25), a aliança com o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que disputa a reeleição. Os motivos seriam a indicação do vice-prefeito na chapa do pedetista e os acertos sobre a disputa na proporcional, pois o Partido dos Trabalhadores quer estrutura e garantias para aumentar a bancada na Câmara Municipal.

Nos bastidores, o PT disputa a vice de Holandinha com o PSB do senador Roberto Rocha que, claro, também quer indicar o vice que já tem nome e sobrenome. Trata-se do vereador Roberto Júnior (PSB). Já o Partido dos Trabalhadores tenta emplacar o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Maranhão, Mário Macieira, que, no entanto, estaria inviabilizado por ter contas rejeitas pelo Conselho Estadual da OAB.

A suspensão do apoio do PT gera uma série de especulações nos bastidores políticos nesse período de indefinições e definições, inclusive dando conta de uma aproximação do partido com o pré-candidato do PP, Wellington do Curso, e até de candidatura própria. Pelo menos, a lógica descarta, até aqui, uma aliança com a pré-candidata do PPS, Eliziane Gama, por conta do posicionamento do partido e da parlamentar na votação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Até agora, nenhuma das três principais pré-candidaturas – leia-se Edivaldo Júnior, Eliziane Gama  e Wellington do Curso – anunciou ainda o o nome do vice na chapa. E as convenções já estão acontecendo e podem ser realizadas até o dia cinco de agosto, mas os principais partidos estão levando as reuniões para o último prazo, a fim de ganhar mais tempo para as articulações.

Até o dia cinco de agosto, muita água pode rolar. Vamos acompanhar os desfechos.

 

PCdoB começa a definir pré-candidatos durante convenções municipais…

PCdoB escolhe seus candidatos

PCdoB escolhe seus candidatos

Dando início à campanha eleitoral deste ano, o Partido Comunista do Brasil no Maranhão (PCdoB-MA) reuniu na manhã deste sábado (23), no auditório do Convento das Mercês, em São Luís, centenas de pessoas na Convenção Municipal que homologou as candidaturas e coligações que disputarão o pleito 2016 com o apoio da sigla na capital maranhense.

No ato, o PCdoB reafirmou seu apoio à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), além de apresentar os nomes de todos os candidatos do partido a exercerem a função de vereador no próximo quadriênio em São Luís.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior agradeceu o apoio do partido nessa nova jornada, e destacou a seriedade e responsabilidade política do PCdoB, “que não apoiaria um candidato que não fosse fazer o melhor para São Luís”, frisou Edivaldo.

Em sua fala, o presidente municipal do PCdoB em São Luís, Haroldo Oliveira, lembrou que o PCdoB é mais que uma sigla partidária. “O PCdoB é um partido de história. Comprometido com a luta do povo. São 94 anos de luta pelo povo, com responsabilidade social capacidade de gestão”, defendeu.

CONVENÇÕES POR TODO O MARANHÃO

Com candidatos a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 216 dos 217 municípios maranhenses, além de São Luís, o PCdoB já realizou desde a sexta-feira (22), conferências municipais em mais de dez cidades do estado, com programação para novas conferências espalhadas por todo o Maranhão nos próximos dias.

Em Paulino Neves, Pio XII, Paulo Ramos, Esperantinópolis, São Roberto, Bom Lugar, Santana do Maranhão, São Bernardo, Magalhães de Almeida, Vargem Grande e Satubinha, foram algumas das cidades onde o partido já homologou os nomes dos seus candidatos para as Eleições 2016.

Dom Pedro 

Com a presença do governador Flávio Dino, foi realizada uma grande festa na Conferência Municipal de Dom Pedro também neste sábado (23), onde o PCdoB, além de definir os nomes que saem na corrida para a função de vereador na cidade, declarou apoio ao pré-candidato à reeleição à Prefeitura de Dom Pedro, Hernando Macedo. Durante a Convenção, lideranças políticas da região também manifestaram apoio à reeleição de Macedo.

“No Brasil todo só se fala de crise. Aqui em Dom Pedro só se fala de obra. Olhem Dom Pedro hoje e olhem o que era em 2012. Melhorou. Temos confiança que esse time deve continuar”, ressaltou o governador Flávio Dino durante a convenção.

Gonçalves Dias

Ainda no sábado, Flávio Dino esteve em Gonçalves Dias em apoio à reeleição do atual prefeito do município, Vilson Andrade. O evento contou ainda com as presenças do deputado federal Rubens Pereira Jr. (PCdoB-MA), e do deputado estadual Fábio Macêdo (PDT).

“Quero fazer um chamamento para que façamos uma campanha com alegria, propostas e ideias”, finalizou Flávio Dino em Gonçalves Dias.

HORA DA DECISÃO – Começa o prazo das convenções; Candidatos ainda buscam alianças para definir vice-prefeito

Candidatos ainda não anunciaram nomes de  vice-prefeito

Candidatos ainda não anunciaram nomes de vice-prefeito

O prazo para que os partidos políticos realizem as convenções partidárias começa nesta quarta-feira (20). É nas reuniões que serão confirmados os nomes dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador. O período termina no dia cinco de agosto.

Em São Luís e nos demais municípios do Maranhão, a expectativa é grande em torno da confirmação das alianças e dos nomes dos candidatos a prefeito e vice-prefeito para a disputa que se avizinha. Onde ainda há muita indefinição, as convenções estão sendo reservadas para o prazo final.

Em São Luís, partidos grandes como PSB e o PMDB ainda estão indefinidos. A indecisão é quanto a lançamento de candidatura própria ou formação de aliança com indicação do vice-prefeito. Mas as incertezas vão acabando com a proximidade do prazo para a realização das convenções.

Na capital maranhense, os candidatos ao comando do Palácio La Ravardière mais articulados são o atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PDT), que disputa a reeleição, e os deputados Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP), porém nenhum deles  anunciou o vice-prefeito ainda. Ainda buscam alianças até o prazo final.

As incertezas tomam conta dos ninhos do PMDB e do PSB, sobretudo, para os projetos políticos do deputado Bira do Pindaré (PSB) e Fábio Câmara (PMDB).

Pesquisas recentes mostram um cenário equilibrado entre Edivaldo Holanda e Eliziane Gama. A surpresa tem sido o crescimento de Wellington do Curso, como terceira via, porém tirando votos da deputada federal do PPS. No entanto, esse cenário poderá mudar totalmente com o início da campanha nas redes sociais e televisão.

Primeiro turno e novas regras

O primeiro turno da eleição municipal será no dia 2 de outubro. Nestas eleições entraram em vigor as mudanças estabelecidas pela Reforma Eleitoral (Lei 13.165/2015), aprovada no ano passado pelo Congresso Nacional. A reforma ampliou o período para apresentação dos registros de candidaturas, diminuiu a duração da propaganda no rádio e na TV.

As doações de empresas privadas para as campanhas políticas estão proibidas desde que o Supremo Tribunal Federal entendeu que elas feriam a Constituição. A partir de agora, os partidos deverão se manter por meio de doações de pessoas físicas e de recursos do Fundo Partidário.

A partir do dia 6 de agosto, emissoras de rádio e de TV, por serem concessões públicas, estão proibidas de veicular opinião favorável ou contrária a candidatos e partidos. As TVs também não podem dar tratamento privilegiado a candidatos de forma dissimulada em novelas ou filmes.

O prazo para registro de candidatura nos tribunais regionais eleitorais termina no dia 15 de agosto, às 19h. No dia seguinte, a propaganda passa a ser permitida na internet e nas ruas. Os candidatos podem participar de carreatas, distribuir panfletos e usar carros de som de 8h às 22h.

Também estão permitidos comícios das 8h às 24h.  A propaganda eleitoral no rádio e na televisão está prevista para começar no dia 26 de agosto. A reforma aprovada no ano passado reduziu de 90 para 45 dias o período de campanha.

O prazo para registro de candidatos pelos partidos políticos e coligações nos cartórios, deve ocorrer até às 19h, do dia 15 de agosto. Já o período da campanha eleitoral começa no dia 16 de agosto.

PDT filia 15 prefeitos e se fortalece no Maranhão para as eleições municipais

Convenção foi marcada por filiações de 15 prefeitos maranhenses

Convenção foi marcada por filiações de 15 prefeitos maranhenses

O PDT realizou, nesta sexta-feira (28), sua Convenção Estadual com  foco nas eleições municipais de 2016. O evento político foi marcado pela filiação dos prefeitos de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; de São José de Ribamar, Gil Cutrim; de Caxias, Léo Coutinho, e de outras 14 lideranças. Ao todo, 15 prefeitos ingressaram no partido que já contava com sete gestores.

A filiação de Edivaldo Holanda Júnior, Gil Cutrim e dos prefeitos de Caxias, Viana, Matinha, Presidente Juscelino, Brejo de Areia, Paraibano, Jenipapo dos Vieira, Fernando Falcão, Altamira do Maranhão, Bernardo do Mearim, Olho d’Água das Cunhãs, Mirinzal e Duque Bacelar; da ex-prefeita de Axixá, Sônia, e do vereador de São Luís, Osmar Filho, mostrou o fortalecimento do PDT nos municípios.

O encontro, coordenado pelo deputado federal Weverton Rocha, contou com a participação do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; do ministro do Trabalho, Manoel Dias; do governador Flávio Dino (PCdoB); do líder do PDT na Câmara Federal, André Figueiredo; deputados federais e estaduais pedetistas; vereadores e outras lideranças do PDT e de outras legendas, além de cerca de 3 mil militantes.

Várias lideranças se revezaram no palanque da convenção destacando a história do PDT no Maranhão, as conquistas obtidas tendo o ex-governador Jackson Lago como líder, e comemoraram essa nova fase do partido, de fortalecimento nacional e estadual.

Festejado pelos convencionais, Edivaldo Holanda Júnior disse que não há como falar do PDT sem lembrar de Jackson Lago, que “foi tirado do governo por um golpe, mas nunca saiu das lembranças dos maranhenses”. Ele agradeceu ao governador Flávio Dino pelo apoio que a Prefeitura de São Luís tem recebido do seu governo, destacou os avanços obtidos por sua gestão nas áreas de educação, saúde, trânsito e transporte, e anunciou que até o final deste ano serão asfaltados 300 km de ruas da capital. “Enfrentaremos ainda muitos desafios, mas não desanimem. Vamos vencer!”, declarou ele, dirigindo-se à militância.

Flávio Dino fez questão de agradecer pelo apoio do PDT. “Se vencemos a eleição, devemos à direção e à militância do PDT, que nos ajudaram nessa conquista. Estamos juntos, defendendo a democracia e as lutas do povo, e agradecemos a ajuda que o PDT nos dá também para governar. Fortalecer o PDT, é fortalecer o Brasil, o Maranhão e o governo Flávio Dino”, disse ele.

Também mereceu destaque nos discursos dos líderes pedetistas a liderança do deputado Weverton Rocha no processo de fortalecimento do PDT. “Weverton faz militância, é competente e tem lado: o do trabalhador. E teve a capacidade de trazer para o partido importantes lideranças, como os prefeitos filiados hoje”, enfatizou Carlos Lupi.

Weverton Rocha disse saber  mostrar ao Maranhão que o PDT está preparado para contribuir para esse novo momento político que vive o estado, e garantiu ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior que os militantes pedetistas serão seus soldados na luta pela reeleição.

A convite de Weverton Rocha, também vieram participar da Convenção Estadual do PDT os deputados federais Marcos Rogério (PDT), Damião Feliciano (PDT), Júlio Delgado (PSB) e Marcelo Aro (PHS); a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT); e o vereador de São Paulo, Netinho (PDT).

Prefeitos filiados

1 – Edivaldo Holanda Júnior (São Luís)

2 – Gil Cutrim (São José de Ribamar)

3 – Léo Coutinho (Caxias)

4 – Chico Gomes (Viana)

5 – Ludmila Almeida Silva (Brejo de Areia)

6 – Afonso Celso (Presidente Juscelino)

7 – Beto Pixuta (Matinha)

8 – Adailton Ferreira (Fernando Falcão)

9 – Ricardo Almeida (Altamira do Maranhão)

10 – Amaury Almeida (Mirinzal)

11 – Flávio Furtado (Duque Bacelar)

12 – Aparecida Furtado (Paraibano)

13 – Gustavo Augusto (Jenipapo dos Vieira)

14 – Rodrigo Oliveira (Olho d’Água das Cunhãs)

15 – Eudina Costa Pinheiro (Bernardo do Mearim)

Outros filiados

Sônia – ex-prefeita de Axixá

Osmar Gomes Filho – vereador de São Luís

Roberto Rocha se fortalece nas convenções…

Convenções de partidos  confirmaram alianças neste final de semana

Convenções de partidos confirmaram alianças neste final de semana

No Maranhão, quatro importantes partidos confirmaram nos últimos dias apoio as candidaturas de Flávio Dino (PCdoB) a governador e Roberto Rocha (PSB) a senador. O PROS, PDT, Solidariedade e PSDB fizeram neste último fim de semana suas convenções reafirmando a unidade da oposição em torno do projeto de mudança do estado.

A chapa majoritária da oposição já estar formada: Flávio Dino para governador, Carlos Brandão para vice e Roberto Rocha candidato ao Senado. Essa composição teve o apoio confirmado de quatro das nove siglas que compõem o grupo do campo da oposição durante convenção partidária no último fim de semana.

Roberto Rocha, candidato a senador pela oposição, agradeceu o apoio dos partidos que já confirmaram apoio a sua candidatura lembrando que, desta vez, o Maranhão poderá ter um representante no Senado que realmente represente o povo maranhense e lute pelos interesses do Estado.

“Não dá mais para escutarmos que o Maranhão é o pior estado do Brasil. Que não tem governo e nem senador comprometidos. Vou estar ao lado de Flávio Dino ajudando a olhar pelo povo maranhense”, frisou Roberto Rocha.