PF deflagra Operação contra desvios no Corpo de Bombeiros…

Como parte da 2ª fase da Operação Torrentes, que investiga desvios de dinheiro público por integrantes do Corpo de Bombeiros, a Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (8), três mandados de prisão no Estado. A PF acredita que as empresas investigadas no caso também atuaram em um esquema semelhante de corrupção durante o governo Roseana Sarney.

Conforme nota divulgada pela PF, empresários pernambucanos são suspeitos de integrar um esquema de corrupção perpetrado pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão em operações contra uma forte seca que atingiu o Estado entre 2013 e 2014. No total, a PF acredita que o prejuízo causado aos cofres do Maranhão pode chegar a R$ 10 milhões.

Os indícios de superfaturamento foram encontrados ao se constatar que os contratos armados entre as empresas e o Corpo de Bombeiros do Maranhão apresentavam valores 30% mais altos do que os preços convencionais de mercado.

Essa não é a primeira vez que a gestão de Roseana é suspeita de desviar recursos destinados a ajudar famílias atingidas por tragédias naturais. Existe um processo dentro do Ministério da Integração que investiga o destino de R$ 18 milhões em recursos federais, destinado ao Maranhão no ano de 2009, para auxiliar as famílias atingidas por enchentes, mas que não foram usados com este fim. Segundo relatório do Ministério, houve “descaso”, “má-fé e “desrespeito”.

Equipamentos operacionais e novas viaturas são entregues ao Corpo de Bombeiros

O reaparelhamento visa ampliar a capacidade de trabalho das equipes de resgate, além de proporcionar mais segurança, agilidade e tecnologia à disposição dos militares, gerando ainda mais qualidade no atendimento à população maranhense.

Em solenidade realizada no quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, nesta quinta-feira (1), o Governo do Maranhão entregou diversos equipamentos operacionais e viaturas às equipes de bombeiros da região metropolitana, assim como do interior do Estado.
Durante a cerimônia, o Corpo de Bombeiros recebeu cinco viaturas do tipo pick-up, três Auto Bombas-Tanque, cinco ambulâncias, 12 desencarceradores hidráulicos com moto-bombas, nove equipamentos autônomos de respiração, quatro compressores de ar respirável, oito pranchas de imobilização, três kits de arrombamento tático e outros materiais de resgate e salvamento em altura.
O reaparelhamento visa ampliar a capacidade de trabalho das equipes de resgate, além de proporcionar mais segurança, agilidade e tecnologia à disposição dos militares, gerando ainda mais qualidade no atendimento à população maranhense. Todo o material será destinado às unidades operacionais, que reforçarão as atividades de salvamento em um momento importante, que é o período carnavalesco, onde é comum o aumento do número de acidentes de trânsito.
O evento também foi marcado pela inauguração da capelania da corporação, além da nomeação do coronel capelão Raimundo Gomes Meireles. O espaço será uma referência de orientação religiosa disponível a toda a tropa de bombeiros do Estado.

Em entrevista, Flávio Dino anuncia novos concursos públicos para este ano

Sobre o Concurso do Corpo de Bombeiros, Dino esclareceu que o projeto básico do concurso está pronto desde outubro do ano passado e o edital deverá ser divulgado ainda neste semestre.

Em entrevista ao site Folha Dirigida, maior portal de concursos do Brasil, o governador Flávio Dino (PCdoB) falou sobre o lançamento do Edital do concurso do Corpo de Bombeiros Militares do Maranhão.

Na entrevista, o governador fez referência a órgãos que estavam com carência de pessoal, como a Polícia Militar do Maranhão. Ele ainda citou outros concursos que estão previstos para 2018, como o da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac); e o da Secretaria de Planejamento, que ofertará vagas para analista de planejamento.

Sobre o Concurso do Corpo de Bombeiros, Dino esclareceu que o projeto básico do concurso está pronto desde outubro do ano passado e o edital deverá ser divulgado ainda neste semestre: “A seleção ofertará vagas para a carreira de oficial, que tem exigência de nível superior, e soldado, de nível médio. O concurso será no mesmo padrão do da Polícia Militar” , disse o governador.

Sobre a previsão do lançamento dos concursos, Flávio Dino garantiu que já existe uma comissão formada para algumas seleções e todos os editais devem sair entre março e junho deste ano.

A Folha Dirigida reconheceu que o Maranhão foi o “paraíso dos concurseiros” em 2017, mesmo com uma conjuntura completamente desfavorável de aguda crise econômica em todo o país. O ano de 2018 promete ainda mais oportunidades para aqueles que sonham em ingressar no serviço público.

VÍDEO E FOTOS – Incêndio em apartamento do Sport Garden no Caolho…

Corpo de Bombeiros disse que causas serão apontadas após a perícia daqui a 30 dias

Corpo de Bombeiros disse que causas serão apontadas após a perícia daqui a 30 dias

incendio2 incendio3

Um incêndio em um dos apartamentos do condomínio Sport Garden de classe média alta, localizado no Caolho (Avenida dos Holandeses), provocado por causas desconhecidas ainda, apavorou os moradores do prédio e proximidades na tarde deste domingo (03), em São Luís. Acionado, o Corpo de Bombeiros disse que o laudo conclusivo da perícia, com os fatores que motivaram o sinistro, somente será conhecido daqui a 30 dias.

Felizmente, o incêndio não se estendeu a outros apartamentos do Garden Sport, pois o prédio tem um sistema de prevenção que terminou ajudando os trabalhos do Corpo de Bombeiros, segundo informou ao blog o comandante do CB, Célio Roberto Pinto.

No entanto, uma das coisas que desperta curiosidade e que deveria pautar discussões em torno de incêndios e de engenharia dos prédios é que a estrutura do Garden Sport , ou melhor, o portão de entrada não foi construído para passar um caminhão como o do Corpo de Bombeiros, o que dificulta a ação do CB, inclusive para salvar vidas.

O apartamento que pegou  fogo pertence ao coronel PM Furtado, já reformado da Polícia Militar. Ele viajou com a família no feriadão. O Corpo de Bombeiros trabalha também com a possibilidade de terem deixado qualquer equipamento elétrico ligado nesses dias de ausência. Aparentemente, segundo o CB, o caso não teria relação com gás de cozinha.

O incêndio deixou apavorados moradores que estavam chegando em casa na hora do sinistro ou pouco depois do ocorrido. Encontrei com uma mulher, que estava com um bebê de colo, e ela me disse assustada: “A gente sai de casa, pensa que está tudo tranquilo e, quando chega, aconteceu uma coisa dessa terrível aqui”, disse em lágrimas.