Sebastião Madeira perdeu para Ildon Marques e Davi Alves Júnior em Imperatriz

Fiador da intervenção que tirou o vice-governador Carlos Brandão (PRB) e deu a presidência do PSDB para Roberto Rocha, Sebastião Madeira sentiu o impacto dos seus erros

Os resultados negativos do PSDB no Maranhão não foram só privilégio do atual presidente, o senador Roberto Rocha, quarto colocado na disputa pelo Governo Estado.

O secretário estadual da legenda e ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, pode ter creditado em seu nome o fracasso da legenda nestas eleições.

Fiador da intervenção que tirou o vice-governador Carlos Brandão (PRB) e deu a presidência do PSDB para Roberto Rocha, Sebastião Madeira sentiu o impacto dos seus erros e terminou a disputa por uma das vagas à Câmara dos Deputados em 27º lugar.

Em Imperatriz, cidade onde já administrou, Sebastião Madeira tirou menos votos que o ex-prefeito Ildon Marques, seu adversário histórico. Madeira também ficou atrás do ex-deputado federal Davi Alves Silva Júnior.

Os candidatos de Sebastião Madeira também não se saíram bem em Imperatriz, a pesar de todo o prestígio de Madeira na cidade. O candidato Geraldo Alckmin ficou em quarto lugar, com apenas 3.646 votos. Roberto Rocha ficou também em quarto lugar com 3.670 votos. Para a disputa no Senado, Alexandre Almeida ficou em quarto lugar e Zé Reinaldo em sétimo lugar.