A partir de quinta-feira, posto avançado do Detran começa a funcionar na BR-135

O posto funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 15h30, com 14 funcionários incluindo vistoriadores e atendentes de veículos e habilitação.

A partir desta quinta-feira (15), o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) colocará em funcionamento mais um posto avançado para atendimento aos usuários. Vai funcionar no km 3, da BR-135, no bairro do Tibiri, em São Luís.

O diretor Operacional do Detran-MA, David Ximenes, explica que o novo posto vai oferecer principalmente os serviços de vistoria e cadastro, além de priorizar o atendimento a veículos de grande porte, entre ônibus, micro-ônibus e vans.

O posto funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 15h30, com 14 funcionários incluindo vistoriadores e atendentes de veículos e habilitação.

A partir de fevereiro, CNH digital passará a valer em todo o Brasil

CNH Digital vai evitar problemas como a perda do documento

A partir de fevereiro, todos os estados brasileiros terão que disponibilizar obrigatoriamente a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e). O documento digital terá o mesmo valor jurídico da versão impressa, que continuará sendo emitida. A diferença é que, ao invés de apresentar o documento impresso, o motorista poderá mostrar a CNH-e, que funcionará através de um aplicativo para smartphone e só poderá ser solicitada por quem já possui o documento com o QR-code, um código que possibilita a leitura das informações por aparelhos eletrônicos e que foi implantado nos documentos desde maio do ano passado.

Para obter a novidade, o motorista faz o download do aplicativo, que estará disponível nas lojas oficiais da Apple e do Google, inicialmente para aparelhos Android. Após baixar o app, o motorista terá que escolher entre usar um certificado digital (pago), que permitirá fazer todo o processo pela internet, ou procurar um posto do Detran para se cadastrar.

Também será necessário fazer um cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Feito o login pelo celular, o condutor cria um código PIN de segurança. Somente esse código possibilitará acesso às informações. Todos os dados serão criptografados para garantir a segurança.

Ainda não há definição com relação ao custo do documento digital, já que esta determinação fica a cargo dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans), ou seja, será um valor diferente em cada estado do país.

Em São Luís, motorista Uber pode faturar até R$ 4 mil por mês…

A Uber já está operando em São Luís desde o dia 22 de fevereiro

Taxistas, claro, não gostaram nada da chegada da Uber por causa da concorrência

A chegada da Uber a São Luís continua dando muito o que falar. Os taxistas não conseguem esconder o incômodo da concorrência e prometem protestos, zoada, etc. Esquecem que vão lutar contra o povo, porque é a população ludovicense quem quer a nova modalidade de transporte urbano que já faz tanto sucesso pelo mundo, justamente, por causa da acessibilidade, preço menor e praticidade. Um motorista pode ganhar até quatro mil reais bruto, por mês, com o novo sistema e tem gente festejando também a oportunidade de emprego.

Conforme o número de viagens realizadas, os parceiros da Uber têm a chance de ganhar até R$1.000,00 bruto por semana, sendo seus próprios chefes e com total flexibilidade de horários. Você precisa de uma Carteira Nacional de Habilitação definitiva. Para ser aceita na plataforma, sua CNH deve ter a observação “Exerce Atividade Remunerada” que pode ser obtida em qualquer unidade do Detran/MA.

Para ser aceito na plataforma, o veículo deve ser de categoria particular, ser modelo 2008 ou mais recente, ter 4 portas e 5 lugares. Não são aceitos veículos adesivados, van, mini-vans e caminhonetes.

O aplicativo do motorista-parceiro funciona no iPhone 4S ou mais recente (faça o download em t.uber.com/ios) ou no sistema Android 4.0 ou mais recente (faça o download em t.uber.com/and).

Em São Luís, a Uber fechou parcerias exclusivas para oferecer valores e condições especiais no aluguel de carros para os motoristas parceiros que se desejam trabalhar com o sistema. A empresa norte-americana abriu escritório na capital maranhense, com sede no Centro Empresarial Vinicius de Moraes – Avenida Colares Moreira, 7, Sala 606.

Os motoristas Uber não cobram diretamente por carona, mas recebem uma remuneração diretamente da empresa, que observa na formação de seus preços a relação de oferta de motoristas conforme a demanda dos usuários e baseando-se também na duração e distância da corrida, o que permite uma alocação mais inteligente – e econômica – do transporte urbano. Essa alocação inteligente é a base de lucros da empresa

Para usar o serviço, basta baixar o aplicativo Uber no celular, direto do Play Store, ou smartphone e se cadastrar. Uma vez registrado, é só acionar quando necessário. O pagamento é feito por cartão, você não precisa apresentar dinheiro. Quando você chama o motorista, o sistema te mostra detalhes do carro, como placa, localização, marca, etc.

O usuário também pode se cadastrar para trabalhar com o Uber. Basta preencher uma ficha, que será analisada, e ter um automóvel, dentro das exigências, para começar a ganhar dinheiro.

Prorrogado prazo para pagamento do IPVA com desconto

A Secretaria da Fazenda (Sefaz), por meio da Portaria 048/17, adiou para 24 de fevereiro o prazo para pagamento com 10% de desconto, em conta única, do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA).

O calendário de pagamento da 1ª, 2ª e 3ª cotas não sofreu alterações e os contribuintes podem realizar o pagamento de acordo com o final da placa dos veículos.

PAGAMENTO NO BB

Em um acordo do governo do Estado do Maranhão com o Banco do Brasil, ficou garantido aos proprietários de veículos a realização do pagamento do IPVA, DPVAT e taxas do Detran, relativo ao licenciamento do veículo do ano de 2017, diretamente nos caixas de agências e postos do BB, até a data final no calendário divulgado pela Sefaz e Detran.

A partir do site do Detran, no ícone ‘Licenciamento 2017’, o contribuinte pode emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) com o valor do IPVA e demais despesas do licenciamento, como taxa do Detran, seguro DPVAT e eventuais multas de trânsito, que podem ser pagas nos estabelecimentos correspondentes do Banco do Brasil.

RECEBIMENTO DO CRLV
Após o pagamento do imposto, da taxa e do seguro DPVAT, o contribuinte receberá em seu endereço, em até dez dias úteis, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

O CRLV devolvido pelos Correios estará disponível no Viva Cidadão da Beira Mar, quando se tratar de municípios da jurisdição de São Luís. Nos demais, o documento ficará disponível nas respectivas Ciretrans.

Justiça suspende obrigatoriedade de exame toxicológico para CNH

A Justiça Federal decidiu, liminarmente, suspender a obrigatoriedade no Maranhão do exame toxicológico para obtenção ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C,D e E.

Ao apreciar o pedido de reconsideração feito pelo Detran, o juiz Jaime Travassos Sarinho, da 6º Vara Federal de São Luís, concedeu antecipação de tutela, suspendendo a exigência do exame toxicológico de larga janela de detecção, previsto no artigo 148 do Código de Trânsito Brasileiro(CTB).

Diante da decisão e tão logo o Denatran seja intimado sobre ela, os procedimentos, no Maranhão, de emissão e renovação de CNH das referidas categorias serão regularizados.

Flávio Dino troca também comandos do Detran e da Secretaria de Governo

IMG-20160301-WA0000

Pelo Twitter,  o governador do Maranhão,  Flávio Dino ( PCdoB),  anunciou nesta terça-feira (01) também mudanças no Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran) e na Secretaria de Governo. No primeiro órgão, sai Antônio Nunes e assume a advogada Larissa Abdalla, ex-mulher do falecido pe dentista,  Jerry Abrantes.

Antônio Nunes vai para a Secretaria de Governo, pasta que estava com Felipe Camarão que agora assumirá para a Educação. A notícia foi dada em primeira mão por este blog.

Com Larissa no Detran, o PDT se fortalece, mais ainda, no governo Flávio Dino.  E o Executivo mantém a boa relação com o partido.

Presos envolvidos em fraude da CNH no Maranhão já atuavam desde o governo passado…

VEJA VÍDEO

A Polícia do Maranhão prendeu, nesta segunda-feira (05), 22 pessoas acusadas de envolvimento em crime de fraude na concessão de carteiras de habilitação de motorista. Entre os detidos, donos e funcionários de autoescolas, examinadores e alunos.

As prisões foram decorrentes de Operação  “Sem Saída”, que há oito meses investiga o caso. Eram cobrados entre R$ 2 mil e R$ 3 mil por carteira falsificada.

O grupo, composto por servidores da empresa Thomas Greg, donos de autoescolas, instrutores e examinadores, atuava no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) desde o governo Roseana Sarney (PMDB), contratada pelo ex-diretor do órgão, André Campos.

A fraude funcionava da seguinte forma: funcionários terceirizados cobravam para aprovar alunos no exame para conseguir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Participavam do esquema as autoescolas Andrade, Abdon, Coutinho, Unidas, Junior e Cometa.

A denúncia foi feita à ouvidoria do Detran em abril deste ano e o caso encaminhado à Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

TCE e Detran firmam convênio de cooperação técnica

Jorge Pavão e Antonio Nunes assinam convênio observados por conselheiros do TCE, procuradores de contas e controlador do Detran

Jorge Pavão e Antonio Nunes assinam convênio observados por conselheiros do TCE, procuradores de contas e controlador do Detran

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Jorge Pavão, e o diretor geral do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran), Antonio Nunes, assinaram  um convênio de cooperação técnica que visa possibilitar o acesso de técnicos da corte de contas a algumas áreas do sistema informatizado da autarquia estadual. O acordo firmado visa ampliar a articulação, a integração e o intercâmbio entre os dois órgãos, bem como dar maior efetividade a proteção do patrimônio público.

A solenidade de assinatura do convênio contou também com a presença dos conselheiros Edimar Cutrim, Caldas Furtado, Raimundo Oliveira, Osmário Freire Guimarães e Melquizedeque Nava Neto; dos procuradores de contas Flávia Gonzalez Leite e Jairo Cavalcanti Vieira, além do controlador do Detran, Paulo Ramos.

Entre as cláusulas do convênio, caberá ao TCE utilizar as informações do sistema informatizado do Detran para o desempenho das funções institucionais do órgão, em especial a elaboração de relatórios técnicos, inspeções ou auditorias. Por sua vez, o Departamento de Trânsito se encarregará de fornecer senhas do seu sistema informatizado aos servidores designados pelo Tribunal de Contas, que permitam consultas relacionadas a dados completos de veículos pelo número do CPF ou CNPJ do proprietário, pela placa (gravame, financiamento, etc) ou nota fiscal, só para citar alguns compromissos.

O conselheiro-presidente Jorge Pavão destacou a assinatura do convênio como um salto, sobretudo, na questão da transparência. Ele disse que o compromisso firmado trará mais agilidade, por exemplo, na fiscalização das prefeituras com relação aos contratos de aluguéis de veículos.

Mulher é presa com CNH falsa no Detran

cnh falsa valendo

Uma mulher foi presa, no setor de atendimento do Detran-MA, em São Luís, com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com dados falsos. Identificada como Rosiane Boaes Costa da Conceição, ela tem 41 anos e foi detida quando tentava fazer uma mudança na categoria do documento.

Rosiane, grávida de seis meses, apresentou a CNH na categoria B, no entanto, o atendente do Detran-MA ao tentar fazer o procedimento solicitado pela usuária, verificou duas situações suspeitas: havia um processo aberto em nome de Rosiane para obtenção da primeira habilitação, e o número da CNH em posse dela pertencia ao cadastro de outro condutor, ou seja, a fraude foi feita em cima de uma cédula verdadeira. Nestas situações, dados verdadeiros são substituídos por informações de outro cidadão, geralmente, pessoa não habilitada.

Ao ser questionada sobre como conseguiu o documento, a mulher afirmou que teria recebido a CNH pelos correios, após ter feito o procedimento em um Centro de Formação de Condutores, em Imperatriz. Rosiane foi detida e encaminhada para a Delegacia de Defraudações, no São Francisco. Por estar grávida de 6 meses, ela foi liberada e vai responder o processo, por meio de portaria, por falsificação de documento público.

Segundo a coordenadora de habilitação do Detran-MA, Nazaré Nunes, o condutor habilitado pode ajudar a reduzir a ocorrência de crimes como este. “Ao renovar a habilitação, o condutor deve destruir o documento vencido, assim ele minimiza a possibilidade de fraude, caso o documento seja extraviado”, alerta Nazaré.