Vídeo – Aprenda a fazer comigo um pão low carb, sabor de pizza…

Nas horas vagas e intervalos do trabalho, um dos meus hobbies é cozinhar, principalmente, comidas saudáveis. Para combater um passado quadro de gordura no fígado (nível dois e já avançando para o nível três), eu tive que pesquisar bastante para preparar alimentos com baixo teor glicêmico e reduzido em carboidratos, dentro das prescrições e restrições estabelecidas pela médica nutróloga.

Deparei-me com uma das dietas que me foram prescritas: a low carb (o termo quer dizer baixo carboidrato), a também chamada “comida de verdade”. Desde então, passei a ousar em receitas que ajudam, e muito, quem tem resistência à insulina,  pré-diabetes, diabetes, gordura no fígado ou opta por uma vida mais saudável mesmo com prática de atividade física.

Aprendi a fazer pães, bolos, doces, pizzas e outras comidas deliciosas dentro das restrições alimentares que me foram colocadas. Fiz dieta, comendo coisas gostosas, porém mais saudáveis com base em proteínas e baixo carboidrato.  Em três meses, com alimentação adequada e atividade física, eliminei a gordura no fígado, perdendo sete quilos.

Sei que muita gente também segue uma dieta, visando baixar a glicemia, combater gordura no fígado, provocada por resistência à insulina, triglicérides, colesterol, etc, reduzindo carboidratos e açúcares, portanto, vou compartilhar, a partir de agora, algumas receitas que aprendi com os meus leitores.

Na receita acima, fiz uma demonstração de um pão low carb e funcional, com sabor de pizza, a partir da farinha de amêndoas, que tem não tem carboidrato e possui propriedades que ajudam a combater o colesterol ruim, melhoramo intestino, equilibram os níveis glicêmicos, etc.

A receita do vídeo que fiz foi a seguinte: 300 gramas de farinha de amêndoas, uma colher e meia de sopa de farinha de linhaça dourada, uma xícara de chá de leite de castanha de caju, quatro colherzinhas de café de óleo de côco, três ovos, orégano, sal a gosto, fermento e manteiga Ghe para untar a forma de pão. O modo de fazer é demonstrado no vídeo acima.

Feito o pão, você fatia e pode fazer diversos tipos de sandwiches com a proteína que quiser, usando microondas e sandwicheiras. Eu gosto de fazer queijo quente e com recheio de atum. Mas fica ao critério de cada um.

O vídeo foi editado pela estudante Andressa Geovana e as imagens foram feitas pelo tecnólogo e assessor parlamentar, Rafael Melo.

Rogério Cafeteira passa bem, após cirurgia para conter Diabetes…

Deputado Rogério Cafeteira passou por cirurgia para conter a Diabetes

Passa bem o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira (PSB), que se submeteu a uma cirurgia metabólica, no último sábado (25), para a controle da Diabetes.
Rogério Cafeteira terá as atividades parlamentares reduzidas, recuperando-se em casa. Por recomendação médica, deverá manter repouso nos próximos dias e irá cumprir apenas algumas agendas que não lhe demandem grande esforço físico.
Na próxima semana, o parlamentar deverá voltar às suas atividades parlamentares normalmente.

Morre o ex-deputado Francisco Caíca

Guará

Ex-deputado Francisco Caíca

Ex-deputado Francisco Caíca

O ex-deputado estadual Francisco Caíca Uchoa marinho morreu nesta madrugada (10). Ele estava internado no Hospital do Servidor, por conta de complicações da diabetes. De acordo com os familiares, o enterro será na cidade de Zé Doca, para onde o corpo já está sendo levado. Ele foi eleito deputado estadual em 1994 e reeleito e 1998.

Caíca ficou marcado politicamente pelo processo de cassação que ele sofreu em 1999 por conta de falta de decoro parlamentar. No entanto, na época, Caíca tentou escapar da cassação, renunciando ao mandato após a abertura do processo, entretanto o pedido foi suspenso pela presidência da Assembleia Legislativa, sob o argumento de que o processo de cassação já tinha sido instaurado e não podia ser interrompido.

Em depoimento à CPI do Crime Organizado, ele disse que sabia com antecedência sobre as mortes anunciadas pela quadrilha do então deputado José Gerardo de Abreu, de quem fora assessor e cabo eleitoral antes de se eleger.

Caíca deixa a esposa Almerinda, três filhos e cinco netos.

Dia Mundial do Diabetes será marcado por diversas ações de prevenção à doença

diabetes

Diversas atividades marcarão o Dia Mundial do Diabetes nesta sexta-feira (14). De acordo com dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF), que lidera a campanha, em todo o mundo mais de  400 milhões de pessoas têm a doença e um alto percentual vive em países em desenvolvimento. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, já são cerca de 14  milhões de pessoas com diabetes  e aparecem 500 novos casos por dia

Este ano, a SBD- Sociedade Brasileira de Diabetes em parceria com a SBEM- Sociedade Brasileira de Endocrinologia  e Metabologia, com o apoio  da ADJ Brasil- Associação de Diabetes Brasil, FENAD- Federação Nacional de Associações e Entidades de Diabetes, a ANAD- Associação Nacional de Assistência ao Diabético e a Diretoria de Promoção da Saúde da Sociedade Brasileira de Cardiologia, estão realizando diversas atividades pelo país, no dia 14 de novembro, para marcar a data.

O objetivo destas atividades  é chamar a atenção dos brasileiros para a importância de cuidados  como o controle da alimentação e a prática de atividades físicas, capazes de prevenir e controlar o diabetes tipo 2, responsável por mais de 90% dos casos da doença e o único tipo de diabetes que pode ser evitado. Os problemas cardiovasculares, como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral, são as maiores causas de mortalidade no diabético, o que pode ser evitado com a prevenção da doença.

Este ano, o tema central da campanha foca a adoção de uma alimentação saudável, prática do exercício físico  e educação em Diabetes,  que tem como objetivo  a necessidade crescente de informações à população sobre o diabetes e o aumento de programas de prevenção, para evitar ou retardar a doença. Por isso, como parte da campanha,  foi lançado um Concurso de Culinária Saudável em São Paulo e alguns estados como  Sergipe e Rio de Janeiro, já estão com tudo pronto para corridas que vão chamar a atenção da população para o problema.

Dia 14, diversos monumentos em todo o mundo também serão iluminados de azul, chamando a atenção para a data. No Brasil, nos últimos anos,  vários edifícios e monumentos foram iluminados, entre eles cartões postais como o Cristo Redentor e o Maracanã no Rio. E 160 países participaram da iniciativa, que foi idealizada em 1991 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Federação Internacional de Diabetes (IDF), como resposta ao aumento dos casos da doença no mundo, que pode dobrar na próxima década se não forem tomadas medidas urgentes, segundo a OM.