Diálogos pelo Maranhão: O alicerce de um governo de todos os maranhenses

Passados quatro anos, o ‘Diálogos pelo Maranhão’ voltou e veio para dar ênfase a todas as conquistas.

Iniciado em 2014 como uma proposta para colher as principais demandas e anseios do povo maranhense, o ‘Diálogos pelo Maranhão’ foi o símbolo da construção de um governo popular e com propostas para mudar a política retrógrada que assolava o Maranhão por 50 anos e era liderada pela oligarquia Sarney.

Um governador popular foi eleito em um sentimento que contagiou todos os cantos do Estado em outubro de 2014. A alegria de uma mudança histórica foi celebrada pelo povo e a certeza de que o alicerce de um governo ‘Para Todos’ tinha sido construído e daria bons frutos.

Passados quatro anos, o ‘Diálogos pelo Maranhão’ voltou e veio para dar ênfase a todas as conquistas, primeiramente na educação, com os programas: Escola Digna; Cidadão do Mundo; Bolsa Escola; os Centro de Educação Integral; Iemas e muitos outros. E na Infraestrutura, com os programas: Mais Asfalto; Diques da Produção e construção de espaços públicos espalhados por todos as regiões.

No passado, a política maranhense era tocada por um grupo de poucas famílias influentes e que se beneficiavam diretamente com isso. Hoje, um governo popular que já deu certo, está reforçando seus ideais com a participação de lideranças comunitárias, estudandes, professores, sindicalistas e muitas outros atores da nossa população.

A construção de um Plano de Governo popular, é a certeza que as políticas públicas podem chegar a todos. É a certeza que o Maranhão está no rumo certo. É a certeza que um governo humano, que coloca seu povo em primeiro lugar vai continuar trazendo mais conquistas para o Maranhão.

“Diálogos pelo Maranhão” voltam para a construção do Plano de Governo de Flávio Dino

Com os temas Educação, Segurança e Infraestrutura, os encontros serão a oportunidade de debater os avanços e traçar novas metas do governo Flávio Dino.

O maior movimento coletivo e político já registrado no Estado está de volta. O ‘Diálogos pelo Maranhão’, movimento de mudança e renovação política liderado pelo então pré-candidato ao governo em 2014, Flávio Dino (PCdoB), será realizado novamente e dará alicerce ao novo Plano de Governo.

O Diálogos percorreu dezenas de cidades maranhenses e numa construção popular, elencou as propriedades defendidas pelo agora governador Flávio Dino.

Passados quatro anos, o ‘Diálogos pelo Maranhão’ será realizado novamente, nos dias 10, 11 e 12 de abril, sempre a partir das 19h, no Grand Hotel, no Centro Histórico de São Luís.

Com os temas Educação, Segurança e Infraestrutura, os encontros serão a oportunidade de debater os avanços e traçar novas metas do governo Flávio Dino.

Em evento concorrido, Flávio Dino lança propostas de pré-campanha

O pré-candidato Flávio Dino resumiu o Diálogos pelo Maranhão em propostas

O pré-candidato Flávio Dino resumiu o Diálogos pelo Maranhão em propostas

O pré-candidato ao governo do Estado pelo PCdoB, Flávio Dino, apresentou 53 propostas para o Maranhão, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (23), ao lado de lideranças políticas e entidades civis. As diretrizes destacam ações nas áreas da Saúde, Educação, Saneamento, Segurança e Moradia.

Mais Médicos Maranhão, rede estadual de ensino profissionalizante, Pacto pela Vida, Minha Casa Meu Maranhão e Água para Todos são alguns dos programas propostos a partir do Diálogos pelo Maranhão.

“Esse documento é mais uma etapa de cumprimos nessa pré-candidatura, que foi lançada em outubro de 2013 com milhares de pessoas presentes. Ele é fruto de uma grande mobilização social em todo o estado num sonho conjunto de busca de mais justiça social. Buscamos equacionar essas seis letrinhas: PIB e IDH e, com isso, promover desenvolvimento com justiça social”, explicou Flávio Dino. Ele apresentou todas as propostas e a fonte de recursos para a implantação de cada uma delas.

Durante o evento, defendeu o “Água para Todos” e o “Mais Médicos Maranhão. O primeiro é uma garantia de água e banheiro na casa de todos os maranhenses. O Atlas do Desenvolvimento Humano 2013 (PNUD e IPEA) aponta que somente metade da população maranhense vive em casas com água encanada e banheiro. Para os municípios não atendidos pela CAEMA, serão feitos convênios com o governo do estado.

Mais médicos

Já o “Mais Médicos Maranhão” vem com a finalidade de combater o déficit de profissionais no Estado, pior relação do país, com 0,7 médicos para cada 1.000 habitantes. A ideia é complementar o programa nacional com a articulação e parceria com a Universidade Federal do Maranhão, criar mais um curso de Medicina na Universidade Estadual do Maranhão, em região não atendida pelos cursos existentes e; implantar carreira de Estado para os médicos, similar a dos juízes, garantindo presença de profissionais em todas as regiões, estabilidade, remuneração adequada e promoções por mérito.

Para estabelecer um novo modelo de governança da segurança pública no Estado com instituição de metas para redução de crimes, Dino defendeu o “Pacto Pela Vida”. A proposta é de articular as políticas de prevenção e repressão ao crime, numa ação conjunta entre governo e comunidade, envolvendo o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Assembleia Legislativa, os municípios e a União.

O direito à moradia seria assegurado através do “Minha Casa, Meu Maranhão”, em parceria com o Governo Federal para construção de casas, com a meta de reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Maranhão.

Pé na Estrada ou Diálogos? Eliziane Gama diz que Flávio Dino foi quem a imitou

Eliziane disse que começou sua itinerância por Barra do Corda, em janeiro deste ano

Eliziane disse que começou sua itinerância por Barra do Corda, em janeiro deste ano

A pré-candidata ao governo do Maranhão pelo PPS e deputada estadual Eliziane Gama rebateu, nesta quarta-feira (13), post deste blog dando conta que a itinerância do PPS, batizada de “Pé na Estrada”, estaria imitando o “Diálogos pelo Maranhão”, que tem à frente o pré-candidato do PCdoB à sucessão estadual, Flávio Dino (relembre aqui). Ela disse que quem copia é quem faz depois, garantindo que iniciou o seu movimento em janeiro, antes do comunista que começou suas andanças em março.

“Quem me imitou foi Flávio Dino. E no Pé na Estrada, pelo menos, tem diálogo mesmo. Não é só discurso, não é monólogo”, disse Eliziane em conversa com a titular deste blog em uma clara “alfinetada” ao pré-candidato comunista.

Quando foi à tribuna falar da itinerância, Eliziane deu a entender que seria a primeira edição de um movimento que visa percorrer as cidades do Estado para obter informações sobre as necessidades e os anseios da população e materializá-las em um plano de governo para as eleições de 2014, justamente o mesmo objetivo do “Diálogos” de Flávio Dino. Mas, segundo a deputada, ela quis passar, na realidade, a ideia de que estava reiniciando, dando continuidade e não começando.

Eliziane disse que iniciou sua itinerância em janeiro deste ano pelo município de Barra do Corda (foto), mas que, por volta do mês de março,  teve que parar porque o PPS estava em processo de fusão com o PMN para a edição de um novo partido, o natimorto MD, que ainda iria discutir um direcionamento sobre a disputa eleitoral.

Itinerância de Eliziane Gama

O blog foi buscar no google os registros da itinerância de Eliziane, visando à disputa eleitoral de 2014, e apurou que, após as eleições municipais passadas (2012), ela começou a discutir um projeto de terceira via para o governo do Estado, apoiada na boa votação que teve como candidata a prefeita de São Luís, ocasião em que ficou em terceiro lugar na disputa. No início de 2013, participou de encontros regionais do PPS em municípios do Maranhão, mas que, na época, não foram massificados como “Pé na Estrada”.

Depois de uma pausa, no mês de junho deste ano, ela tentou engrenar, com o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, o movimento “Pacto pela Vida”, que também tinha o propósito de partir para o interior do Estado e levantar discussões também na capital, mas que não logrou êxito.

E por último, agora em novembro, batizou a nova itinerância de “Pé na Estrada”, nome já usado pela direção nacional do PPS em movimento pelo Brasil,  que, no Maranhão, teve Araguanã como “o primeiro município visitado para o projeto de construção de um plano de governo, visando às eleições de 2014” como bem definiu a própria assessoria de Comunicação da deputada em release distribuído à Imprensa na última segunda-feira (11).

Deputada tenta se viabilizar

Trocando tudo em miúdos, Eliziane  vem botando o “pé na estrada”, com o intuito de se viabilizar como candidata ao governo do Maranhão, desde o início do ano, apesar de não ter lançado mão de um movimento bem formatado e articulado como é o “Diálogos pelo Maranhão”.

Com o “Pé na Estrada”, agora articulado, focado e formatado, Eliziane, que adquiriu importante potencial político, intensifica a jornada para tentar se credenciar como candidata competível ao Palácio dos Leões.

Enfim, se nasceu primeiro o “Pé na Estrada” ou o “Diálogos pelo Maranhão” (o “ovo ou a galinha”), é importante dizer que imitar as coisas boas não é pecado.

O blog deseja sucesso à deputada nessa difícil, mas não impossível empreitada de tentar chegar à cadeira número um do Palácio dos Leões.