O Escola Digna e o caminho do desenvolvimento do Maranhão…

Governador já entregou considerável número de escolas dentro do programa

O programa Escola Digna é o carro-chefe do governo Flávio Dino (PCdoB) e está transformando a triste realidade educacional herdada após décadas de oligarquia no Maranhão. Todas as semanas, várias escolas são inauguradas em todas as regiões, nas sedes dos municípios e, sobretudo, na área rural, em uma iniciativa jamais vista no Estado.

“Quem planta escola, colhe desenvolvimento”, disse o governador Flávio Dino em suas redes sociais. Todos os países do mundo que investiram em educação colheram os frutos e conseguiram subir de patamar, apresentando crescimento acima da média com resultados que vão desde aumento da produtividade com domínio da técnica e melhora na performance profissional.

“Semana retrasada três escolas. Semana passada três. Esta semana quatro. Em 14 dias úteis, serão dez escolas dignas entregues pelo governador Flávio Dino”, anunciou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

O ritmo de entregas de escolas pela atual governo alçará o Maranhão ao status de um dos estados que mais investiu em educação na história brasileira, comparável aos governos de Leonel Brizola, ex-governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro e que foi responsável pela massificação do ensino no território gaúcho.

Retórica de campanhas eleitorais, a educação está sendo prioridade no governo Flávio Dino. São várias escolas de taipa e barro sendo substituídas por estruturas dignas, cidades ganhando prédios de ensino médio pela primeira vez na história e escolas de ensino em tempo integral e técnico sendo implantadas de forma inédita em todas as regiões do estado.

O Maranhão segue avançando no trilho do desenvolvimento por meio da educação. Os exemplos mundiais dão conta de que esse é o verdadeiro caminho para a melhoria da qualidade de vida da população. Após décadas de abandono, finalmente o Maranhão avança nessa área.

CHORA, WELLINGTON DO CURSO! Flávio Dino entrega mais quatro escolas em São Luís

Governador entregou mais quatro escolas dentro do programa Escola Digna

O deputado estadual e oposicionista Wellington do Curso (PP) pode se preparar e comprar mais lenços para enxugar as suas lágrimas, já que vem se manifestando contra determinados avanços na educação do Maranhão. O governador Flávio Dino (PCdoB) entregou, nesta sexta-feira (11), a conclusão das obras de mais quatro unidades escolares que foram revitalizadas em São Luís, dentro do programa Escola Digna. Foram investidos R$ 3,9 milhões na recuperação destas unidades, beneficiando 1.309 alunos, além de professores e servidores.

Foram completamente recuperadas as seguintes escolas: o Centro de Ensino Sete de Setembro, no bairro da Maiobinha; o Centro de Ensino de Educação Especial Padre João Mohana e o Centro de Educação Integral Maria Mônica Vale, ambos no Vinhais; e o Centro de Educação Integral Almirante Tamandaré, no IV Conjunto do bairro Cohab-Anil. As unidades foram entregues pelo governador Flávio Dino, que na ocasião recebeu muitas palavras de agradecimento de toda a comunidade escolar.

“Essa foi uma forma que nós encontramos de sublinhar a importância do programa Escola Digna, nesse dia especial, que é o Dia do Estudante. Nós estamos reunidos em quatro unidades escolares comemorando mais essas quatro conquistas. Já são centenas de escolas, mais de 600, que foram reformadas, reconstruídas, receberam manutenção e com isso oferecem um serviço educacional de mais qualidade”, enfatizou o governador.

Durante a inauguração, Flávio Dino ressaltou, ainda, que toda semana o governo do Estado inaugura escolas no Maranhão, novas, reformadas e/ou reconstruídas, mostrando na prática como priorizar a educação como vetor de um projeto verdadeiro de desenvolvimento.

Escolas de tempo integral

Ainda no Dia do Estudante, o governo do Estado entregou a revitalização de duas escolas que já funcionam no sistema de tempo integral, conhecido como Educa Mais. No Vinhais, foi entregue o Centro de Educação Integral Maria Mônica Vale, que foi ampliado e adaptado para dar mais conforto a estudantes e professores. A escola atende cerca de 430 alunos, com ensino médio em tempo integral e 240 alunos do ensino médio regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

No IV Conjunto do bairro Cohab-Anil, o governo do Estado entregou à comunidade escolar o Centro de Educação Integral Almirante Tamandaré, totalmente reformado e ampliado. A unidade escolar estava há cerca de dez anos sem receber reforma. A escola conta com uma estrutura de 14 salas de aula, 4 laboratórios, 3 salas temáticas, auditório, dentre outros espaços recuperados. Ela recebeu climatização das salas, uma reivindicação antiga de professores e alunos. Na unidade também funciona o projeto Xadrez nas Escolas, que tem forte engajamento dos estudantes.

No Dia do Estudante, o governo do Estado também entregou a revitalização do Centro de Ensino Sete de Sete de Setembro, no bairro da Maiobinha. A inauguração foi marcada por um café da manhã em homenagem aos estudantes. A presidente do grêmio estudantil, Valquíria Costa Sousa, destacou que a revitalização foi um presente do Governo do Estado para a comunidade escolar.