A guerra de grupos no PSL do Maranhão continua

Se for depender do presidente estadual Chico Carvalho essa guerra só tende a aumentar

Com a aproximação da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e o início dos trabalhos dos novos ministros, espera-se que muitos órgãos sejam assumidos por aliados do novo governo. A indicação dos cargos passaria pela a indicação dos deputados federais aliados e pela a indicação dos nomes do PSL maranhense.

Mas se for esperar algum consenso no PSL do Maranhão a respeito das indicações e dos cargos nos órgãos federais, essa tarefa pode não sair logo no início ou sem a intervenção da executiva nacional.

Acontece que a guerra silenciosa e a troca de farpas veladas entre os membros do partido ficou para trás e o que se olha hoje são os membros divididos em dois grupos e medindo esforços para saber quem será mais contemplado.

De um lado está o presidente estadual, vereador de São Luís, Chico Carvalho, que conta com o apoio do presidente nacional do PSL, Luciana Bivar.

Do outro lado está a ex-candidata Maura Jorge e seu grupo que conta com alguns nomes como o ex-vereador de São Luís, Fábio Câmara e o médico Allan Garcês, que integra a equipe de transição do governo Bolsonaro.

Se for depender do presidente estadual Chico Carvalho essa guerra só tende a aumentar. Em recente entrevista, o parlamentar comparou o grupo liderado por Maura Jorge como “ratos da política maranhense”. Acirrando mais ainda a disputa entre os grupos.

De certo, é que a partir de janeiro e com o início das indicações, a pauta mudará sobre quem assume o que, para quem serão os nomes para as próximas disputas de 2020, sem indicativa se a guerra de grupos será apaziguada.

Em Sabatina, “Tio Fábio” diz que vai implantar VLT entre a Estiva e o Tirirical

Segundo Fábio Câmara, VLT entrará nos trilhos através da estrutura ferroviária entre Estiva e Tirirical

Segundo Fábio Câmara, VLT entrará nos trilhos através da estrutura ferroviária entre Estiva e Tirirical

O candidato do PMDB a prefeito de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), mais conhecido como “Tio Fábio”, afirmou,  em sabatina promovida pelo jornal O Imparcial, que, se for eleito, vai usar a estrutura de trilhos da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA), no trecho entre os bairros Estiva e Tirirical, para instalar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

“A bitola métrica dos trilhos e dormentes desta rede ferroviária é a mesma utilizada pelo VLT, que está em galpão no Tirirical. O serviço, a um custo-benefício excepcional para o alcance do projeto, vai beneficiar milhares de pessoas na Zona Rural, os que mais precisam de transporte efetivo”, frisou o candidato do PMDB.

Segundo “Tio Fábio”, inicialmente, o VLT seria implantado entre o Centro e o Anjo da Guarda, em um trecho de pouco mais de aproximadamente dez quilômetros. Uma parte final chegou a ser criada, atrás do Terminal de Integração da Praia Grande, mas foi desmontada após a Secretaria Municipal de Meio Ambiental (Semmam) cancelar o licenciamento ambiental da obra, alegando supostas irregularidades em sua concessão. Sem uso, os dois vagões principais foram transportados para um galpão da Empresa Transnordestina.

” Nós já temos um projeto viável que é a utilização da infraestrutura já existente da antiga RFFSA, no trecho Tirirical-Estiva. Com uma reforma no sistema de trilhos já implantado, conseguiremos fazer a utilização daquele trecho de 24 quilômetros, colocando o VLT à disposição daquelas comunidades que estão no eixo da BR-135, o que será um ganho”, declarou.

Durante 55 minutos, o peemedebista apresentou as propostas de sua coligação com destaque para áreas de saúde, segurança, geração de emprego e renda, educação e mobilidade urbana.

HORÁRIO ELEITORAL – “Tio Fábio” critica Wellington do Curso por sonegação de impostos…

O candidato do PMDB à Prefeitura de São Luís, Fábio Câmara, usou o horário de inserções na TV, nesta sexta-feira (16), “alfinetou” o adversário e também postulante à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso (PP), por sonegar impostos como IPTU, IPVA, INSS e ISS.

Segundo o vídeo mostrado no programa de Fábio Câmara, sonegar impostos é tirar crianças da sala de aula e hospitais de cidadãos. O texto diz ainda que as pessoas pobres, às vezes, não pagam seus impostos porque não têm dinheiro, mas isso não se aplica a empresários caloteiros, que têm recursos, e não honram porque não querem.

“As pessoas dignas pagam seus impostos em dia, são honradas e podem reclamar da prefeitura. Já os empresários caloteiros têm sucesso por que não pagam os impostos  ainda ficam ostentando”, alfinetou o vídeo.

“Pobre paga o IPTU para não ficar com o nome sujo; e quando não paga, é porque não tem. Empresário espertalhão tem, mas não paga; quer mesmo ´se dar bem. Sonegar imposto é tirar criança da escola e de leito de hospital”, arremata Fábio Câmara.

TRAIÇÃO! Roseana Sarney arregimenta lideranças de “Tio Fábio” para campanha de Wellington do Curso; Vereador está furioso

Tio Fábio foi traído pela família Sarney

Tio Fábio foi traído pela família Sarney

O vereador de São Luís e candidato a prefeito pelo PMDB,  Fábio Câmara, mais conhecido agora como “Tio Fábio”, está muito furioso com a família Sarney. Tudo porque a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), traiçoeiramente, está se movimentando, nos bastidores, para migrar lideranças e apoiadores do peemedebista à campanha do candidato do PP, deputado Wellington do Curso (WC), a quem resolveu abraçar por “debaixo dos panos”.

“Eu não quero o apoio de Roseana, ela está com Wellington do Curso querendo destruir minha campanha”, disse “Tio Fábio” furioso, nesta sexta-feira (16), ao Blog de Luís Pablo.

Nestas eleições em São Luís, a família Sarney resolveu tentar se instalar por várias candidaturas com o objetivo de faturar em qualquer circunstância, mas, oficialmente, o candidato, obviamente, seria Fábio Câmara que é do partido. Só que não! O alvo deles agora, conforme indicam os ponteiros das pesquisas, é Wellington do Curso.

Sentindo-se traído, Fábio Câmara ameaça partir contra Wellington do Curso nos próximos programas do horário eleitoral gratuito de rádio e TV.

Não é para menos, a família ou o grupo Sarney deixou o “Tio” sozinho, com poucas condições de fazer campanha e sem o apoio devido, e agora, oportunamente, migra para a campanha de Wellington do Curso, visando manobrar o governo do pepista neófito com intenções de indicar até os secretários.

“Tio Fábio” “alifineta” candidato WC em sabatina…

Sabatinado pela TV Guará e pelo Jornal Pequeno, o candidato do PMDB a prefeito de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB), mais conhecido agora como “Tio Fábio”, com a campanha eleitoral, fez duras críticas ao candidato do PP, deputado estadual Wellington do Curso (WC), por ter omitido a propriedade do curso, que fundou, ao Exército.

Para Fábio Câmara, WC enganou o Exército. O vereador questionou o perfil do deputado para administrar São Luís. Veja no vídeo.

SÃO LUÍS – Confira a agenda dos candidatos a prefeito para esta segunda-feira

eleiçoes 2016

Edivaldo Jr –  Pela manhã, reúne-se com lideranças. À tarde, às 17h, faz caminhada no bairro Vila Riod. Concentração às 16h.

Eliziane Gama – Às 9h,  reunião da coordenação de campanha. Às 15h, compromissos parlamentares em Brasília. Às 18h,  compromissos parlamentares em Brasília

Rose Sales – 8h grava em estúdio mensagens estratégicas. Às 12h, concede entrevista ao  programa “Na Hora D” (TV Difusora). À tarde, tem reunião de planejamento com a coordenação da campanha. À noite, faz corpo a corpo com famílias tradicionais de São Luís

Fábio Câmara – Às 10h, expediente na Câmara de São Luís. Às 16h, atividades internas. Às 19h, gravação de programa eleitoral para a TV

Juiz considera postagem de Fábio Câmara caluniosa…

Fábio Câmara

Fábio Câmara

A Justiça Eleitoral do Maranhão determinou a suspensão de postagem em rede social do candidato à Prefeitura de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), que continha conteúdo calunioso contra o também candidato à reeleição Edivaldo Holanda Júnior.

A liminar, concedida pelo juiz da 2ª Zona Eleitoral de São Luís, Adelvam Nascimento Pereira, notifica o candidato peemedebista para a retirada do material sob a multa diária de mil reais. A postagem, já comprovada inverídica, acusa o atual prefeito, atualmente líder nas pesquisas de intenção de voto, de ser investigado pelo Ministério Público, Justiça Federal e Tribunal de Contas do Estado.

O juiz Adelvam Nascimento considerou em sua análise a postagem como “informação caluniosa, sabidamente inverídica em desfavor do candidato”. Além disso, avaliou também a permanência do conteúdo como forma de causar “danos irreparáveis a sua imagem, pois apresenta, ainda que em exame superficial, carga de ofensividade”.

Veja a agenda dos candidatos a prefeito de São Luís para esta sexta-feira…

Eleições-2016

Edivaldo Holanda JR  (PDT)- Pela manhã, grava programa. Às 17h, realiza caminhada  na Areinha. Concentração: 16h

Eliziane Gama –  Às 9h,  reunião da Coordenação de Campanha. Às 16h, caminhada no Bairro São Bernardo. Às 19h, reunião com o movimento social

Wellington do Curso  (PP) – Às 8h, reunião com coordenadores de campanha. Às 10h50h, participa de palestra “O processo educativo no aspecto ambiental”, no auditório Fernando Falcão – na Assembléia Legislativa. Às 16h, caminhada na Rua Grande. Concentração na Praça João Lisboa. Às 20h, reunião com coordenadores de campanha.

Rose Sales (PMB) – Às 15 horas, participará de uma roda de entrevistas, promovida pelo Sindicato dos Radialistas de São Luís, na  antiga Assembléia Legislativa.

Fábio Câmara  (PMDB)– De 9h30 às 14h, atividades internas. De 15h   às 17h, reunião com coordenação de campanha. À noite, participa do lançamento da campanha do candidato a vereador Nival Costa, no Codozinho.

E Fábio Câmara vai construindo o seu próprio ostracismo…

Fábio Câmara vai conseguindo a tão sonhada candidatura

Fábio Câmara vai conseguindo a tão sonhada candidatura

 

O vereador  Fábio Câmara (PMDB) vai conseguindo viabilizar sua candidatura a prefeito de São Luís. Neste domingo (31), ele conseguiu a assinatura de 26 membros do diretório de São Luís em apoio ao seu intento e com o aval do cacique, deputado estadual Roberto Costa (PMDB).

Câmara, que tinha boa possibilidade de se reeleger vereador, está partindo para um projeto politicamente arriscado. Entrando na disputa, as chances são remotas de se tornar prefeito. O parlamentar faz o jogo de Roberto Costa que só está pensando em seus próprios interesses políticos.

Há especulações nos bastidores de que Fábio Câmara condicionou o sonho de ser candidato a prefeito a uma posição de “laranja” do PDT na campanha que se avizinha. No entanto, o parlamentar construiu toda a sua trajetória no Legislativo batendo forte no atual prefeito Edivaldo Holanda Jr (PTC).

O andar da carruagem sinaliza que Fábio Câmara correrá todos os riscos de ser candidato a prefeito, inclusive e principalmente, o de se entregar ao ostracismo político e de ser apenas um “soldado” de Roberto Costa.

Se não for isso, vale aguardar o que Fábio Câmara tem em suas mangas…

laranja

Documento autoriza a candidatura de Câmara em São Luís

Documento autoriza a candidatura de Câmara em São Luís