Raimundo Penha discute com secretário o retorno da feirinha da Alemanha

Raimundo e Penha e Ivaldo Rodrigues trataram sobre a volta da feirinha da Alemanha e reforma do Mercado da Liberdade

Em reunião com o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues, que estava acompanhado de sua adjunta, Lizetânia Soeiro, nesta sexta-feira (29), o vereador de São Luís, Raimundo Penha (PDT), tratou de requerimento, de sua autoria, aprovado pelo plenário da Câmara Municipal, que solicita o retorno da Feira Livre do bairro da Alemanha.

Raimundo Penha pediu celeridade no retorno da feirinha da Alemanha, que acontecia aos sábados, e justificou que, no bairro, não há mercado fixo, daí a necessidade urgente da volta da mesma para suprir a demanda das famílias. “Recebi vários reclames de moradores e de lideranças que me solicitaram que nós intercedêssemos, junto à Prefeitura de São Luís, para que o comércio fosse restabelecido na região”, disse.

Durante a reunião, Raimundo Penha também sugeriu incrementar  a feirinha da Liberdade com uma ação de zumba e Ivaldo Rodrigues se comprometeu de estudar a proposição. Em tempo, o parlamentar apoia diversos projetos de esporte e lazer em bairros carentes de São Luís.

Feira da Liberdade

O vereador tratou também com o secretário sobre a reforma da Feira da Liberdade, cuja a obra está em andamento. Raimundo Penha destinou uma emenda de R$ 50 mil para auxiliar as despesas dos serviços que estão sendo realizados no local.

Quanto à Feira da Liberdade, o secretário disse que, nos próximos dias, a reforma será concluída. Ele informou que já foi substituída parte do teto que desabou e o mesmo se comprometeu de realizar, com o vereador, uma vistoria nas dependências do mercado.

Segundo Ivaldo Rodrigues, a reforma e requalificação dos mercados e feiras da capital seguem a orientação do prefeito Edivaldo Jr visando garantir um local seguro a consumidores e comerciantes.

O Mercado da Liberdade possui hoje 386 boxes e bancas e é um importante equipamento público de abastecimento da capital para o escoamento da produção agrícola.