Ministro Marcos Pontes garante a Carlos Brandão trabalho conjunto em prol da tecnologia e educação

Reunião com o ministro Marcos Pontes sobre investimentos em Alcântara e avanços na educação e tecnologia. (Foto: Ana Nascimento)

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, recebeu o governador em exercício do Maranhão, Carlos Brandão, junto com uma comitiva maranhense formada por deputados federais, prefeitos e secretários estaduais. Durante o encontro, ocorrido na noite de quarta-feira (9), em Brasília, Marcos Pontes ouviu as solicitações apresentadas pela comitiva – incluindo a garantia das condições de vida da população em Alcântara – e garantiu a Carlos Brandão que o governo federal trabalhará de forma conjunta em prol da cidade.

“Faremos um trabalho conjunto. Teremos que desenvolver esse projeto, que deve ser voltado para o desenvolvimento econômico, social e sustentável de toda a região de Alcântara. Tudo isso é um sistema. Nossa ideia em relação ao CTA [Centro de Lançamento de Alcântara] é que tudo funcione de forma integrada”, apontou o ministro.

Durante a reunião, Carlos Brandão lembrou que existem negociações em andamento em torno do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), segunda base de lançamento de foguetes da Força Aérea Brasileira (FAB), o que desperta grande interesse de quem atua nesse setor. Além disso, o local sedia os testes do Veículo Lançador de Satélites (VLS) e, futuramente, realizará missões de lançamento de satélites.

“Há muito o que se trabalhar para melhorarmos nossas prestações de serviços em novas tecnologias. Recebemos essa semana a direção de um projeto que já tem 18 anos na cidade de Recife (PE) e que pretendemos aprofundar no Maranhão, que é o Porto Digital. Em nosso estado, iniciamos o já exitoso Casarão Tech e vamos investir cada vez mais nisso, preparando, inclusive, mão-de-obra qualificada para receber quem pretende atuar profissionalmente nesse ramo que só cresce em nosso estado, ao pensarmos em grandes investimentos”, destacou o governador em exercício.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Davi Telles, apresentou as ações realizadas em prol da educação e desenvolvimento tecnológico no Maranhão, incluindo o termo de cooperação firmado entre a Secti e a Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Davi Telles também apresentou o projeto de criação da rede de doutorado profissional em Engenharia Aeroespacial, trilhado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Uema, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

Outro assunto abordado durante a reunião foram os avanços do governo maranhense para aceleração de startups voltadas para novas tecnologias, inclusive no ramo aeroespacial. “Realizamos atividades itinerantes, como é o caso do projeto ‘Luminar Caravana da Ciência’ e fomento ao desenvolvimento da robótica. Além do Parque Tecnológico Aeroespacial que pretendemos desenvolver”, ressaltou Telles.

Diante dos projetos realizados pelo Governo do Maranhão, o ministro Marcos Pontes compartilhou o interesse do governo federal em levar tecnologia para o ensino fundamental e médio das redes públicas de ensino. Ele se comprometeu em trabalhar para que a ciência e tecnologia seja um meio de desenvolvimento do país e de transformação social.

Participaram da reunião em Brasília, governador em exercício, Carlos Brandão; os deputados federais Bira do Pindaré, Pastor Gil, Júnior Marreca Filho, Pedro Fernandes e Pedro Lucas Fernandes; os prefeitos Cleomar Tema (Tuntum) e Sidrack Feitosa (Morros); e os secretários estaduais Davi Telles (Ciência, Tecnologia e Inovação) e Ricardo Cappelli (Representação do Governo do Maranhão em Brasília); além do pró-reitor da Universidade Federal do Maranhão, Allan Kardec.

Esquadrilha da Fumaça volta a São Luís após seis anos

Com mais de 3.800 demonstrações realizadas no Brasil e em 21 países, a Esquadrilha da Fumaça representa para milhares de pessoas a oportunidade de estabelecer contato, de maneira emocionante e inesquecível, com a Força Aérea Brasileira

A Esquadrilha da Fumaça vai realizar, em São Luís, uma demonstração aérea com manobras empolgantes, no próximo dia 24 deste mês. A apresentação faz parte do Circuito Norte Nordeste que começa no sábado dia 14 em Salvador, Bahia.

Com mais de 3.800 demonstrações realizadas no Brasil e em 21 países, a Esquadrilha da Fumaça representa para milhares de pessoas a oportunidade de estabelecer contato, de maneira emocionante e inesquecível, com a Força Aérea Brasileira.

Leia mais: Resgate na Tailândia: missão é cumprida com sucesso e todos são salvos

Toda apresentação conta com sete pilotos em sete aeronaves. Cada posição de voo tem uma função específica. Um oitavo piloto fica em solo realizando a locução. Geralmente, a demonstração da Fumaça tem duração de 35 minutos e conta com cerca de 50 acrobacias.

As apresentações vão ser realizadas com as aeronaves A-29 Super Tucano, junto com um grupo de 45 militares formado por Oficiais e Graduados.

A Esquadrilha também estará na cidade de Imperatriz no dia 27 de julho.

“Para nós, é um grande privilégio poder retornar a essas regiões, realizando doze apresentações com o avião A-29 Super Tucano e representando, de forma bastante profissional, a Força Aérea Brasileira”, disse o Comandante da Esquadrilha da Fumaça, Tenente-Coronel Marcelo Oliveira da Silva.

A última vez que a Esquadrilha da fumaça esteve em São Luís foi em 2013, e em Imperatriz a última apresentação da fumaça foi em 1994.

Força Aérea Brasileira abre 22 vagas de nível médio no Maranhão

Os selecionados irão servir por um período máximo de oito anos em uma das organizações militares da FAB, situadas em Alcântara e São Luís.

A Força Aérea Brasileira (FAB) está com inscrições abertas para profissionais de nível médio para a prestação do Serviço Militar Temporário, neste ano de 2018.

No Maranhão, estão sendo oferecidas 22 vagas em oito especialidades: TAD – Administração (02), TEE – Eletricidade (01), TEM – Eletromecânica (02), TET – Eletrônica (01), TEF – Enfermagem (02), TMT – Motorista (06), TMB – Motorista-Bombeiro (02) e TCT – Controle de Tráfego Aéreo (06).

Os selecionados irão servir por um período máximo de oito anos em uma das organizações militares da FAB, situadas em Alcântara e São Luís: o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), o Grupamento de Apoio de Alcântara (GAP-AK), o Esquadrão de Saúde de Alcântara (ES-AK) ou o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de São Luís (DTCEA-SL).

Podem participar do processo seletivo cidadãos brasileiros de ambos os sexos, com menos de 45 anos de idade, até 31 de dezembro de 2018.

Os candidatos devem possuir, no máximov, o total de sete anos de serviço público e estar em situação de regularidade junto ao respectivo Conselho Profissional (quando houver), dentre outras exigências previstas no Aviso de Convocação. As inscrições ocorrerão presencialmente no período de 05 de março de 2018 a 23 de março de 2018 no Escritório de São Luís (ESL) do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), situado à Avenida dos Libaneses, 29, Bairro Tirirical (em frente à locadora de veículos e próximo ao Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado).

O processo seletivo é composto de Inscrição, Avaliação de Produção Oral em Língua Inglesa (apenas para os candidatos às vagas de Controlador de Tráfego Aéreo), Concentração Inicial, Inspeção de Saúde, Concentração Final e Habilitação à Incorporação.

Os candidatos selecionados dentro do número de vagas oferecidas serão incorporados à FAB como Terceiros-Sargentos do Quadro de Sargentos da Reserva de 2ª Classe Convocados (QSCon) e iniciarão a primeira fase do Estágio de Adaptação de Praças (EAP) a partir de 21 de maio de 2018.