A sucessão de Flávio Dino, os apressadinhos de plantão e a corrida pelo Senado…

Flávio Dino ainda não está preocupado com os adversários, quanto mais com quem será seu vice

Nem bem chegou o período para as mudanças de partido e com 2017 ainda no início, apressadinhos de plantão se encarregam de plantar boatos sobre a indicação do candidato a vice-governador em uma chapa encabeçada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que deve brigar pela sua reeleição em outubro de 2018. Tem gente querendo comer o lanche antes do recreio ou colocar a carroça à frente do jumento. A antecipação desse processo é desnecessária no momento.

Por enquanto, o que vem surgindo não passa de boatos e especulações. Na verdade, essa história do vice ainda não está nem entre as discussões do momento, já que o governador não sabe ao certo nem quem serão os prováveis candidatos numa eventual disputa em 2018. No momento, parece-me bobagem a antecipação desse debate.

Se essa discussão do vice para Flávio Dino ainda é precoce, corre solta mesma é a articulação visando às duas vagas no Senado. O deputado federal Weverton Rocha (PDT) se movimenta bem desde agora e antecipou a briga nos bastidores que antecedem a eleição de outubro de 2018.

Já se sentem aptos ao páreo também o deputado federal Zé Reinaldo Tavares (PSB), eterno candidato ao Senado, a deputada federal Eliziane Gama (PPS), que saiu com poder político reduzido das urnas nas eleições municipais passadas, saindo da posição de favorita para um amargo e insignificante quarto lugar…

Zé Reinaldo tem dito que disputará vaga no Senado0000

E por falar em Eliziane Gama, a deputada deve botar a cabeça para raciocinar. Se quiser pensar em sobreviver politicamente, é bom que comece a se rearticular para tentar voltar à Assembleia Legislativa e m traçar novos voos com vistas ao Executivo municipal. Teimosa e desorganizada, ela vem se isolando e se distanciando, cada vez mais, do eleitorado.

Quem também vem se postulando a disputar o Senado, porém sem muito eco, é o candidato a quase tudo, deputado estadual Wellington do Curso (PP), o divertido “WC”. Na verdade, ele atira para todo lado, mas o caminho mais coerente para o parlamentar, já que tem intenção de continuar tentando chegar ao executivo municipal, é disputar a reeleição. Se for brigar pela Câmara Federal poderá está seguindo o mesmo caminho do isolamento, feito por Eliziane Gama.

E para fechar a análise sobre a antecipação da disputa pelo Senado, o pré-candidato mais cômico é o deputado federal Waldir Maranhão (PP). Com pouco espaço na cena política, depois de ter vivido patacoadas nacionais e de ter seu nome envolvido em escândalos, ele também se diz no páreo para o Senado. Resta saber com quem ele está contando para tal.

Melhor saída para Waldir Maranhão seria tentar uma vaga na Assembleia Legislativa. Pelo andar da carruagem, disputar a reeleição para ele também é arriscado, devido ao desgaste que sofreu no último ano.

Ainda dentro do debate das figuras cômicas, o também candidato a quase tudo, prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, ainda no PCdoB, também se coloca como um nome disposto a brigar pelo Senado. Resta saber também com o apoio de quem.

No mais, muita água passará por debaixo da ponte até 2018. É só aguardar.

Após reunião, governo garante melhorias a Paraibano…

Flávio Dino, Zé Inácio e prefeito de Paraibano discutiram demandas do município

Após reunião entre o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o deputado estadual Zé Inácio Rodrigues (PT), o prefeito de Paraibano, Zé Hélio (PT), o governo do Estado garantiu uma série melhorias para o município. Em pauta, a saúde, a agricultura familiar na cidade, ações para melhorar a educação, bem como a infraestrutura.

Como resultado da reunião, o governo se comprometeu em enviar uma ambulância para o município e medicamentos, que devem ser entregues ainda esta semana. Também foi garantida a reforma do hospital local.

Para a agricultura familiar, o governo destinará um trator, retomará a distribuição de equipamentos e semente para a população.

Quanto à demanda da educação, o governo comprometeu-se com a reforma da Escola de Ensino Médio Gonçalves Dias e do Farol da Educação. Ônibus escolares também serão entregues.

Flávio Dino anuncia extinção e junção de órgãos…

Flávio anunciou a extinção da Secretaria de Minas e Energia, que será incorporada à de Indústria e Comércio

Após a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou que enviará à Casa, nos próximos dias, um projeto de minirreforma administrativa do governo, extinguindo e aglutinando órgãos. Segundo ele, o objetivo é garantir mais economia no custeio da máquina.

Flávio anunciou a extinção da Secretaria de Minas e Energia, que será incorporada à de Indústria e Comércio. A minirreforma também vai acabar com a Agência Reguladora de Serviços Públicos, cujas atribuições passarão para a Agência de Mobilidade Urbana (MOB).

Outra mudança será a incorporação do Viva ao Procon, fazendo com que as unidades do interior seja unificado. Um outro projeto muda a gratificação de professores do Estado.

Flávio encaminha ainda a proposta de Marco Legal do programa Mais Asfalto para que o mesmo seja institucionalizado como política de governo.

Prestação de contas

Ao participar da sessão solene de reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, Flávio Dino prestou contas das ações realizadas pelo governo do Maranhão, durante o exercício de 2016, e fez o anúncio das prioridades governamentais para o ano de 2017.

Logo no início de seu pronunciamento, o governador  fez questão de manifestar solidariedade ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, em razão do falecimento de sua esposa, Marisa Letícia Lula da Silva. A pedido do governador, o Plenário fez um minuto de silêncio em homenagem à memória da ex-primeira-dama do Brasil.

Equilíbrio fiscal

Em seguida,  Flávio Dino declarou que, ao longo do exercício de 2016, uma das maiores conquistas do governo foi a manutenção do equilíbrio fiscal no tocante à execução orçamentária do Estado do Maranhão. Ele frisou que houve cenários bastante atribulados em 2016, mas acredita, com “moderado otimismo”, que neste ano de 2017 haverá uma tênue recuperação da atividade econômica no Brasil e no Maranhão.

Flávio Dino salientou que o governo do Estado irá manter a linha de olhar firme simultaneamente para as receitas e despesas do Estado.

Polícia Militar reforça policiamento para o período carnavalesco


A Polícia Militar do Maranhão (PM/MA) já preparou a estratégia de atuação para o pré-carnaval deste ano. O policiamento será reforçado não apenas nos locais do evento, mas em pontos de ônibus e de acesso aos circuitos pré-carnavalescos, com policiamento a pé, motorizado, em viaturas e também com grupos a cavalo.

Além do Policiamento Militar, o Governo do Maranhão disponibilizará efetivo do Corpo de Bombeiros. Em parceria com a prefeitura de São Luís, a população também contará com apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Blitz Urbana e Secretaria municipal de Trânsito e Transporte (SMTT).

Para o Comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Pedro Ribeiro, todo esse efetivo garantirá tranquilidade para a população e brincantes, além de maior resolutividade na demanda operacional da Polícia Militar, já que facilita o monitoramento das áreas e a prevenção a ocorrências.

Além das operações específicas para garantir segurança em pré-carnavalescos, a Polícia Militar também reforçará ações de policiamento de rotina nos bairros e atendimento do 190, serviço de plantão telefônico para requisição de ações de emergência à PM.

Em 2016, Itaqui teve lucro de R$43 milhões

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) encerrou 2016 com 16,9 milhões de toneladas movimentadas e manteve em elevado patamar seu lucro líquido, garantindo a capacidade de investimento necessária para a ampliação e modernização do Porto, o que tem atraído mais investimentos para a região.

Apesar do cenário climático adverso e em meio a uma grave crise econômica, a empresa seguiu mantendo sua saúde financeira, reduzindo despesas em R$ 25 milhões em relação ao orçado para 2016, o que possibilitou fechar o ano com lucro líquido de R$ 42,9 milhões e preservar todos os investimentos planejados.

Em 2014, o Itaqui movimentou 18 milhões de toneladas com lucro líquido de R$ 4 milhões. Em 2016, os 16,9 milhões de toneladas movimentadas resultaram em um lucro de R$ 43 milhões, dez vezes superior, o que demonstra a capacidade de adequação ao cenário e a rápida resposta às demandas do mercado, ratificando a importância do planejamento e de uma gestão focada em resultados e melhoria contínua.

Vale registrar, também, que em 2016 entrou em operação a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, afetando, ainda que temporariamente, a movimentação de granéis líquidos no Maranhão, que entre 2013 e 2014 deixou escapar a oportunidade de concretizar uma refinaria em seu território.

Divulgado calendário de pagamento dos servidores estaduais para 2017

O Governo do Maranhão divulgou o calendário de pagamento dos servidores públicos estaduais para o ano de 2017. As datas estabelecidas serão sempre os dois primeiros dias úteis do mês e as parcelas do 13º salário serão pagas nos meses de julho e dezembro, respectivamente.

De acordo com a secretária da Segep em exercício, Maria de Lourdes Bastos Ribeiro, a exemplo do que ocorreu durante os anos de 2015 e 2016, a determinação do governador Flávio Dino é de que sempre que houver viabilidade financeira, o pagamento seja antecipado.

É o que ocorrerá nesta sexta-feira (27), quando será realizado o pagamento dos servidores públicos estaduais. Confira a tabela de pagamento dos servidores estaduais para o ano de 2017:

JORNAL11122008

Junto ao governo, Zé Inácio garante recursos para Santa Luzia

Deputado Zé Inácio e prefeita de Santa Luzia garantem recursos para o município.

O deputado estadual Zé Inácio (PT) esteve em reunião com o governador Flávio Dino (PCdoB) e a prefeita de Santa Luzia do Tide, França do Macaquinho. Sensibilizado com a situação em que o município se encontra, o chefe do Executivo  autorizou o envio imediato de duas ambulâncias; 10 km de asfalto; 05 escolas, do programa Escola Digna, e escola de 6 salas de aula para o Povoado Faisa.

Durante o encontro, a prefeita também solicitou 8 ônibus escolares e a pavimentação dos 42 km da MA-119, no trecho que liga Santa Luzia a Altamira, um sonho alimentado pela população há muitos anos e que trará grandes benefícios e desenvolvimento aos dois municípios.

Também participaram da audiência o secretário de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry, e o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares

Governo aciona empresa por abandono da obra do Parque Empresarial de Pinheiro

O Processo Administrativo sancionatório foi feito seguindo as cláusulas contratuais pactuadas no contrato 19/2014-CSL/SEDINC

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio (Seinc), instalou processo administrativo contra a Eco-Mar Serviços e Construções Ltda., responsável pelas obras do Parque Empresarial de Pinheiro, localizado na Baixada Maranhense. A medida foi tomada em virtude do não cumprimento de compromissos contratuais e do abandono da obra.

O Processo Administrativo sancionatório foi feito seguindo as cláusulas contratuais pactuadas no contrato 19/2014-CSL/SEDINC, firmado em 2 de julho de 2014, tendo a empresa vencedora do processo de licitação 180 dias para a entrega completa da obra.

A Seinc, órgão responsável pela gestão dos Distritos Industriais e Parques Empresariais, cumpriu todos os trâmites legais, solicitando relatório de conclusão das obras, porém a construtora informou que apenas 70% das obras estavam concluídas.

Técnicos da Seinc aguardam relatório de execução contratual que foi solicitado a Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (COBRAPE), que é responsável por fiscalizar obras financiadas com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), que confirmará o percentual executado durante os trabalhos da empresa na área.

Em sua defesa a construtora alega que mesmo após reajustes do valor pactuado, não teria condições de prosseguir com os trabalhos em virtude de atraso de pagamento. O referido atraso ocorreu devido a não regularização de impostos da própria empresa, como emissão de certidões e documentos atualizados.

Erro de projeto

De acordo com levantamento realizado por técnicos do setor de infraestrutura da Seinc e de relatórios apresentados pela empresa, a área escolhida pela gestão anterior não era adequada para a implantação do Parque Empresarial devido a constantes alagamentos que ocorrem no período de chuvas. Isso dificultou ainda mais o andamento das obras, principalmente devido a problemas de drenagem pluvial.

Entenda

No início da atual gestão foi verificado que as obras não estavam com os recursos aprovados BNDES. Além disso, apenas com 42,11% dos serviços estavam concluídos. A Seinc precisou regularizar as licenças ambientais; de outorga de poços e do contrato da obra. Todos os trâmites foram concluídos em outubro de 2015 e enviados ao BNDES. Técnicos da Seinc estiveram várias vezes realizando visitas e fazendo a fiscalização das obras, que também foi acompanhado por membros da COBRAPE.

Atualmente, a Secretaria de Indústria e Comércio está disponibilizando vigilância armada para a preservação do patrimônio público e pretende realizar uma licitação, em caráter de urgência, amparada no Artigo 24, inciso IV, da lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993, com o intuito de retomar as obras, tendo em vista que o Parque Empresarial de Pinheiro irá trazer uma série de oportunidades de negócios para a região da Baixada Maranhense.

Em nota sobre tremor de terras no Maranhão, governo diz que não houve vítimas e nem danos

Governador em exercício, Carlos Brandão, acionou Bombeiros e Defesa Civil

O governador em exercício, Carlos Brandão, divulgou nota sobre o tremor de terras, sentido em São Luís  e várias cidades do Maranhão. Segundo as informações, o governo acionou, imediatamente, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. De acordo com o relato, não houve vítimas e nem feridos.

Segue a nota:

Nota do governo

Sobre a ocorrência de pequenos tremores em São Luís e outros municípios do Estado, o governo do Maranhão informa quê:

O governador interino Carlos Brandão mobilizou imediatamente o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil para adotar providências sobre a situação.

Equipe do Corpo de Bombeiros, coordenada pelo comandante coronel Célio Roberto, foi deslocada para o município de Belágua, epicentro do abalo sísmico, segundo Centro de Sismologia da USP. Contudo, as primeiras informações são de inexistência de vítimas ou danos na cidade.

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil montaram sala de situação permanente para centralizar as informações e orienta a população a ter tranquilidade, pois os abalos registrados são de pequena magnitude.

São Luís, 3 de janeiro de 2017.
Governo do Maranhão