Hospital Socorrão II reduz fluxo de pacientes no pronto-socorro com projeto Lean nas Emergências

A nova dinâmica de atendimento do hospital é resultado do projeto Lean nas Emergências, que tem assessoria do Hospital Sírio-Libanês; ação integra a política de saúde da gestão do prefeito Edivaldo

O Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II) já apresenta melhorias significas no fluxo de atendimento aos pacientes na unidade, mantendo os corredores do pronto-socorro sem filas de espera. O feito é resultado da implementação do projeto Lean nas Emergências, projeto instituído pelo Ministério da Saúde para reduzir o fluxo e melhorar o atendimento em emergência de hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A ação, que soma-se a política de saúde da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, conta com o assessoramento técnico de especialistas do Hospital Sírio-Libanês. A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A nova ferramenta entre seus objetivos promover melhorias no serviço ofertado, no atendimento e aos processos administrativos no hospital.

O Socorrão II é referência em emergência no Maranhão, atendendo urgências clínicas e cirúrgicas de pacientes adultos. Em 2018, o hospital realizou 45.410 cirurgias e atendeu, por dia, mais de 200 pacientes. Segundo o titular da Semus, Lula Fylho, a melhor fluidez no atendimento verificada no Socorrão II resulta da nova dinâmica de atendimento que o projeto Lean nas Emergências promove, uma vez que a ferramenta desenvolve uma filosofia de gestão voltada para melhoria dos processos administrada para assegurar fluxos contínuos e eliminar desperdícios e atividades de baixo valor agregado.

“A consultoria do Hospital Sírio-Libanês tem nos ajudado muito a identificar oportunidades de melhoria de fluxos e processos. Temos nos empenhado bastante em atender todas as exigências e metas estipuladas pelo projeto e os resultados são visíveis, assim como a melhoria no clima e do ambiente de trabalho. A partir das primeiras instruções recebidas da equipe do Sírio-Libanês já foi possível reordenar algumas rotinas de atendimento e o fluxo de protocolos. Com isso, estamos tendo mais agilidade e um tempo menor de espera do paciente. Essas intervenções provocaram melhorias significativas e já podem ser observadas em diversos setores do hospital. Temos muito ainda a fazer, mas os resultados atuais nos mostram que estamos no caminho certo, e avançando na política de saúde colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo”, afirmou Lula Fylho.

A execução do Lean nas Emergências no Socorrão II iniciou em dezembro do ano passado. O projeto treina e auxilia os profissionais do hospital na implementação de ações para garantir agilidade e eficiência nos processos de urgências realizados no hospital. Entre as ações estão a implantação de procedimentos e protocolos clínicos de urgência e emergência, com o desenvolvimento de ferramentas de gestão que facilitam e melhoram o fluxo e, também, o acesso das equipes às informações e dados do sistema de atendimento da unidade.

Ainda conforme o secretário Lula Fylho, os profissionais estão sendo capacitados gradualmente nas novas rotinas sugeridas pelo projeto, com foco na qualificação do atendimento no Socorrão II.

Na primeira parte da implantação do projeto foram sensibilizados os profissionais de enfermagem e técnicos do pronto-socorro, que já estão atuando com base nos novos conceitos. Esta semana, a equipe de monitoramento do Sírio-Libanês retornou ao Socorrão II para iniciar a capacitação com os médicos, que estão recebendo orientações específicas sobre a metodologia, considerando aspectos como diretrizes para classificação de pacientes em grupos de prioridade, utilização de recursos e minimização de perdas para aumentar a eficiência do trabalho realizado por eles.

O Lean nas Emergências integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi/SUS), que tem como objetivo implantar melhorias no atendimento e consolidar práticas resolutivas que reduzam a superlotação nas portas de entrada dos serviços de urgência e emergência do SUS.

A implementação do projeto conta com a intervenção de especialistas em Lean (termo inglês que significa enxuto), com vista a otimização dos processos e do atendimento nas unidades de emergência.

‘Estou na área e se me derrubar é pênalti’, diz Alcione após receber alta

A cantora publicou vídeo em seu perfil no Facebook explicando a causa de seu problema e agradecendo aos fãs pelas mensagens de carinho

Alcione recebeu alta do hospital neste sábado (7) após ser internada às pressas na última terça-feira (3). Já em casa, a cantora publicou uma mensagem em seu perfil no Facebook explicando a causa de seu problema e agradecendo aos fãs pelas mensagens de carinho. “Estou na área e se me derrubar é pênalti!”, brincou a sambista, grande homenageada da Mocidade Alegre do Carnaval de São Paulo.

Alcione precisou se submeter a um cateterismo e uma angioplastia, mesmo procedimento pelo qual passou Fausto Silva, no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo. “Olha eu aqui de volta pra casa e feliz da vida! O que eu tive foi que em um exame de rotina, deu uma alteração no meu eletrocardiograma e o dr. Roberto Kalil Filho me convocou para vim logo para São Paulo e, claro, eu vim e fiz os procedimentos que tinha que fazer e agora eu estou bem! Daqui a mais uma semana estou de volta à vida de trabalho e é o seguinte: estou na área e se me derrubar é pênalti!”, declarou ela.

Leia mais: Cantora Alcione é internada em hospital de São Paulo e passa por cirurgia

Ela continuou a mensagem agradecendo o carinho dos amigos e fãs: “Queria agradecer a todos vocês, a todos os meus amigos, meus familiares, a toda classe artística, a todo esse povo desse Brasil que orou por mim. Muito obrigada! A oração tem uma força muito grande nesta vida que só Deus sabe e vocês também! Obrigada, gente!”. Por causa da internação, Alcione cancelou os shows deste final de semana em Porto Alegre e na Feijoada da Unidos de Vila Isabel, no Rio de Janeiro.

Outro sambista que retornou para casa foi Arlindo Cruz. Nesta semana, o cantor teve alta hospitalar após 1 ano e 3 meses internado devido a um AVC, que deixou o lado esquerdo de seu corpo paralisado. Durante o período em que esteve no hospital, o artista perdeu mais de 30 quilos. “E quem é que disse que eu não iria ver o jogo em casa com a família?!”, escreveu o filho do sambista, mostrando o pai vestido para assistir ao jogo da Seleção Brasileira. Em nota enviada ao Purepeople, a equipe médica afirmou que Arlindo seguirá com o tratamento domiciliar. “A Casa de Saúde São José informa que o cantor Arlindo Cruz teve alta na manhã desta segunda-feira (02/07). O estado de saúde do cantor é estável e ele seguirá o tratamento em estrutura de Home Care em sua residência, ao lado da família”, diz o comunicado.

 

Leia mais: Atenção! Cota única do IPTU 2018 com 15% de desconto deve ser paga até 13 de julho

Leia mais: 50 milhões vivem em ‘deserto’ de rádio e TV locais no Brasil

Cantora Alcione é internada em hospital de São Paulo e passa por cirurgia

Alcione foi submetida a dois procedimentos cirúrgicos: um cateterismo e angioplastia (Marcos Hermes/Veja SP)

A cantora Alcione foi internada nesta terça-feira (3) no Hospital Sírio-Libanês, onde foi submetida a dois procedimentos cirúrgicos: um cateterismo e angioplastia. A informação foi dada por meio de um boletim médico compartilhado na conta no Instagram da cantora. Ela tem um quadro de angina instável, termo utilizado para definir a dor ou desconforto no peito de uma pessoa.

“A cantora Alcione Nazareth deu entrada no Hospital Sírio-Libanês hoje, dia 03, com quadro de angina instável. Ela foi submetida a um cateterismo, seguido de angioplastia. A intervenção transcorreu com sucesso e sem intercorrências”, dizia o boletim, que ainda informou que Alcione deve permanecer internada durante a semana.

“A paciência encontra-se estável e deverá permanecer internado durante a semana. Ela está sendo acompanhada pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho.Dr Antonio Antonietto.”

 

Leia mais: Saiba quem são os seis pré-candidatos ao Governo do Maranhão

Leia mais: São Luís é a terceira cidade do Nordeste que mais se desenvolveu

Leia mais: Datena confirma pré-candidatura ao Senado nas eleições 2018