Roberto Rocha ganha força e dificulta articulações de José Reinaldo

Roberto Rocha e Sebastião Madeira ganham uma força a mais para continuar defendendo uma candidatura própria do PSDB no Maranhão

O surgimento do nome do senador e pré-candidato ao governo Roberto Rocha (PSDB), em terceiro lugar, na pesquisa Instituto 3, realizada na cidade de Imperatriz, levou preocupação ao grupo do deputado federal José Reinaldo (PSDB).

Roberto Rocha aparece em terceiro lugar com 7,3% das intenções de voto, o colocando na frente dos pré-candidatos Maura Jorge (PSL); Eduardo Braide (PMN) e Ricardo Murad (PRP).

A boa pontuação de Rocha em Imperatriz deu fôlego ao senador e dificulta as articulações de José Reinaldo que defende que o PSDB apoie uma outra pré-candidatura.

Roberto Rocha e Sebastião Madeira ganham uma força a mais para continuar defendendo uma candidatura própria do PSDB no Maranhão.

Foram entrevistadas 397 pessoas, entre os dias 4 e 6 de junho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o número 09455/2018.

Flávio Dino e Weverton Rocha lideram pesquisa em Imperatriz

No segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) lidera a corrida para o Palácio dos Leões. O deputado federal Weverton (PDT) também aparece em primeiro na pesquisa para o Senado Federal

A TV Difusora divulgou, nesta quarta-feira (13), pesquisa de intenções de voto realizada pelo Instituto Data 3, em Imperatriz. Foram entrevistadas 397 pessoas, entre os dias 4 e 6 de junho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o número 09455/2018.

No segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) lidera a corrida para o Palácio dos Leões. O deputado federal Weverton (PDT) também aparece em primeiro na pesquisa para o Senado Federal.

Na espontânea, o governador Flávio Dino aparece com 45,6% das intenções de voto, contra 9,6% de Roseana Sarney (MDB) e 3% de Roberto Rocha (PSDB). Os candidatos Eduardo Braide (PMN); Maura Jorge (PSL) e Ricardo Murad (PRP) não chegaram a 1%.

Dados os nomes para os pesquisados, Flávio Dino aparece com 57,4%, Roseana Sarney com 17,1%, Roberto Rocha pontuou 7,3%, Maura Jorge 3%, Eduardo Braide 1% e Ricardo Murad, 0,8%.

Para o Senado, Weverton Rocha lidera a pesquisa com 24,7% das intenções de voto, em seguida aparecem Edison Lobão (MDB) com 18,4%, Sarney Filho em terceiro lugar com 9,8%, José Reinaldo com 9,1%, Eliziane Gama 4,3% e Alexandre Almeida com 4,0%.

Na mesma pesquisa foi medida a aprovação do governador Flávio Dino. Após três anos de mandato, 67,8% da população aprovam o governador.

O nível de aprovação é maior do que a votação do governador no ano de 2014, que pontuou naquele ano 63,52% do eleitorado maranhense.

Brissac já aparece em 2º na pesquisa para OAB

A pesquisa foi realizada antes do lançamento da pré-candidatura de Brissac, e foi vista como uma surpresa para o grupo que coordena a campanha de Brissac

Uma nova pesquisa, divulgada pelo Instituto Sulma, que ouviu 164 advogados na região Oeste – cidades de Açailândia, Balsas, Estreito e Imperatriz – colocou o jovem advogado Carlos Brissac em 2º lugar nas intenções de votos.

A pesquisa foi realizada antes do lançamento da pré-candidatura de Brissac, e foi vista como uma surpresa para o grupo que coordena a campanha.

A ligação de Carlos Brissac com o ex-presidente da OAB, Mário Macieira, avaliada como uma das melhores da história da OAB maranhense, tem feito ele sair de um bom patamar.

Setor de turismo espera grande movimentação no São João do Maranhão

O trabalho de divulgação feito em outros Estados tem sido importante para apresentar São Luís e suas atrações a todo o país. Foto: Governo do Maranhão

Agências e instituições ligadas ao setor de turismo estão otimistas com relação à movimentação de turistas no período junino neste ano em São Luís. A expectativa é que os arraiais do São João de Todos em São Luís e Imperatriz atraiam grande número de visitantes. As festas são organizadas pelo Governo do Maranhão.

O trabalho de divulgação feito em outros Estados tem sido importante para apresentar São Luís e suas atrações a todo o país. Além de anúncios em diversos veículos de comunicação, a festa também tem sido apresentada em feiras e congressos de turismo.

“A gente tem visto que a Secretaria de Estado da Cultura, junto com o município, tem trabalhado visitando feiras e eventos para divulgação. E a expectativa é colher os frutos desse trabalho feito fora do Estado e aqui dentro também”, diz Paulo Coelho, presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (Sehama).

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Maranhão (ABIH-MA), João Antônio Barros Filho, fala da importância dos investimentos em outras áreas que afetam diretamente a atratividade do Maranhão: “A população e os turistas estão aprovando a segurança e isso tem nos ajudado muito. O projeto de balneabilidade nas praias também é muito importante. Nós acreditamos muito na gestão do governador Flávio Dino e esperamos que o governo dê continuidade e fortaleça as ações”.

Neste ano, a novidade é que Imperatriz vai ter uma semana inteira de programação do São João de Todos, entre os dias 23 e 30 de junho. O objetivo é expandir a manifestação cultural que movimenta o Estado e incentiva a cultura e o turismo no Maranhão. É a primeira vez que a festa acontece fora da capital.

Para atrair turistas, o Governo do Maranhão tem feito um trabalho intenso de divulgação do São João 2018. Estão circulando anúncios, por exemplo, em veículos de comunicação como os sites da Folha de S. Paulo e do Estado de S. Paulo, a revista Carta Capital e o portal do Le Monde Diplomatique, da França.

Grande ato político em Imperatriz confirma união em torno de Flávio Dino

Dos 22 prefeitos da Região Tocantina, 20 compareceram ao evento e confirmaram que estarão com Flávio Dino em 2018.

A cidade de Imperatriz foi palco de um grande ato político que reuniu dezenas de lideranças da Região Tocantina em apoio ao projeto de reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). O evento, intitulado como “Somos Flávio Dinovo”, aconteceu na noite de sexta-feira (2).

O deputado Marco Aurélio (PCdoB), um dos organizadores, esclareceu que o governador não teve participação na realização do evento. Foram as próprias lideranças que resolveram fazer o ato em agradecimento.

O presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz, José Carlos Soares, afirmou que o povo da cidade e do sul do Maranhão vai saber o que é avanço, porque, segundo ele, não tem como comparar o governo Flávio Dino com os demais.

Adão Carneiro, prefeito de São Francisco do Brejão, representou a Associação dos Municípios da Região Tocantina e, durante discurso, disse sentir-se orgulhoso pelo que está sendo feito em seu município pelo governo. Na ocasião, ele afirmou que o povo vai saber agradecer.

Dos 22 prefeitos da Região Tocantina, 20 compareceram ao evento e confirmaram que estarão com Flávio Dino na eleição deste ano, entre eles o prefeito de Estreito, Cícero Neco, do PMDB.

O evento também contou com a participação do vice-governador, Carlos Brandão (PRB); do ex-prefeito de Imperatriz, Ildon Marques; dos secretários de Estado Márcio Jerry, Clayton Noleto e Pastor Porto; dos presidentes de partido André Fufuca (PP), Weverton Rocha (PDT) e Gastão Vieira (PROS); do deputado federal Deoclides Macêdo (PDT); e dos deputados estaduais Antônio Pereira (DEM), Valéria Macêdo (PDT), Sérgio Vieira (PEN) e Rogério Cafeteira (PSB).

Em entrevista, Flávio Dino fala sobre rompimento de Zé Reinaldo

Em entrevista à imprensa da região Tocantina, durante agenda política na cidade de Imperatriz, o governador Flávio Dino (PCdoB) posicionou-se, pela primeira vez, sobre a decisão do ex-governador José Reinaldo Tavares (sem partido) em romper com seu grupo político.

Dino lamentou o fato e declarou que aqueles, que optam por outra forma de governar ou por outro governo, estão optando por aquilo que foi derrotado nas urnas.

Na ocasião, o governador também fez referência à mudança do secretariado, que deve ocorrer nos próximos dias, antes do período eleitoral. Confira no vídeo acima a entrevista.

Imperatriz! Lideranças preparam ato político em apoio a Flávio Dino para próxima sexta-feira…

Trata-se de um movimento legítimo, que é sustentado no trabalho forte que o governo do estado vem realizando.

Será realizado, na próxima sexta-feira (2), em Imperatriz, um grande ato político e popular por iniciativa de lideranças políticas e sociais da Região Tocantina com o objetivo de expressar o reconhecimento aos serviços prestados pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Intitulado “Somos Flávio Dinovo”, o evento contará a presença de representantes de todos os 22 municípios que compõem a Região Tocantina, incluindo quase todos os seus prefeitos.

“O objetivo é reconhecer o trabalho feito na saúde, através da descentralização e ampliação dos serviços; na educação, seja com o ‘Escola Digna’, seja com a UemaSul; o trabalho feito na infraestrutura, em que os municípios da Região Tocantina estão todos sendo beneficiados pelo programa ‘Mais Asfalto’, além de tantos outros investimentos que reforçam a marca de um governo municipalista, que ajuda os municípios independente de quem está sendo o gestor”, declarou o deputado Marco Aurélio em pronunciamento.

A Região Tocantina é a primeira a realizar um ato do tipo, sinal que todo o trabalho realizado pelo governo do Estado na região tem sido aprovado. O evento acontece no dia 02 de março, às 19h, na Loja Maçônica da Rua Tupinambá, no bairro Bacuri, em Imperatriz.

Trata-se de um movimento legítimo, que é sustentado no trabalho forte que o governo do estado vem realizando.

O planejamento do ato político foi feito em uma reunião que ocorreu em Imperatriz e contou com a presença de centenas de lideranças da região, dentre elas 12 prefeitos, mais de 30 vereadores, presidentes de partidos, além de pré-candidatos a deputados estaduais e federais.

A expectativa é de que o grande ato reúna uma quantidade ainda maior de lideranças.

Roseana desmarca lançamento de pré-candidatura na Região Tocantina

Antipatizada e sem pisar em Imperatriz há quase quatro anos, Roseana decidiu desmarcar o compromisso temendo mais um retumbante fracasso.

O lançamento da pré-candidatura de Roseana Sarney ao governo do Estado em Imperatriz, que seria na próxima segunda-feira (19), foi adiado para o início de março. O principal motivo da prorrogação do ato seria a falta de força política na região após o resultado da pesquisa Difusora/DataIlha, divulgada na última quinta, que coloca a ex-governadora com menos da metade das intenções de voto de Flávio Dino.

Com a repercussão da pesquisa, a primeira de 2018 registrada no TRE, e o favoritismo do governador Flávio Dino, o grupo Sarney  se desanimou, ainda mais, com as pretensões da oligarca.

Antipatizada e sem pisar em Imperatriz há quase quatro anos, Roseana decidiu desmarcar o compromisso temendo mais um retumbante fracasso, como foi sua última passagem por Chapadinha e Rosário no final do ano passado. Começar sua pré-campanha no segundo maior município do Maranhão poderia ser um tiro no próprio pé, sobretudo pela alta popularidade que Flávio Dino possui na Região Tocantina.

Em 14 anos à frente do Estado, poucas são as obras da ex-governadora. Flávio Dino, por sua vez, é reconhecido pelo povo imperatrizense por ter feito, em três anos, bem mais do que sua antecessora. Desanimada com as pesquisas, é provável que Roseana desista do pleito antes mesmo de visitar alguma cidade.

Imperatriz: Curso de Medicina será implantado na Uemasul

O evento também registrou a posse da reitora Elizabeth Nunes Fernandes, e o vice-reitor, Expedito Barroso, da Uemasul. Eles estavam em regime Pro Tempore e agora assumem efetivamente o quadriênio até 2021.

Em visita a Imperatriz nesta sexta-feira (2), o governador Flávio Dino (PcdoB) anunciou a criação do Centro de Ciências e Saúde da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul).

Na ocasião, Dino ressaltou a implantação do curso de medicina no Campus de Imperatriz e afirmou que até o final de março o conselho universitário da Uemasul aprovará o projeto de Lei que cria o Centro de Ciências da Saúde.

De acordo com a assessoria do governador, o projeto será enviado para a Assembleia e a implantação será para o próximo ano.

Durante o evento, também foi empossada a reitora Elizabeth Nunes Fernandes, e o vice-reitor, Expedito Barroso, da Uemasul. Eles estavam em regime Pro Tempore e agora assumem efetivamente o quadriênio até 2021.