Quinta parcela do IPTU vence nesta quarta-feira…

Semfaz chama atenção para pagamento do IPTU

A quinta parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU 2017) vencerá na próxima quarta-feira (8). Os cidadãos que estiverem com parcelas em atraso, deverão atualizar o boleto referente ao tributo no portal eletrônico da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) no endereço www.semfaz.saoluis.ma.gov.br ou em um dos postos do órgão localizados no prédio sede, na Avenida Kennedy, n° 1455, bairro de Fátima ou no Viva Beira-Mar (antigo Casino Maranhense).

Este ano, a Prefeitura de São Luís deu aos contribuintes a oportunidade de parcelar o pagamento do IPTU em até seis vezes sem juros. Aqueles que, por ventura, perderem o prazo, incidirão sobre o valor da parcela juros e multa de 1% ao mês, sendo que a multa estabiliza em 10%.

Para o secretário municipal da Fazenda, é importante frisar que os cidadãos proprietários de imóveis devem quitar o tributo para que a Prefeitura de São Luís possa permanecer investindo em diversas áreas. “A arrecadação municipal é fundamental para que a atual gestão permaneça cumprindo seu compromisso com a cidade. Este ano, obras como reformas e investimentos em todas as áreas estão sendo entregues aos cidadãos e o total arrecadado com o IPTU é essencial para que estas melhorias continuem acontecendo”, enfatizou o titular da Semfaz.

Os cidadãos devem se manter em dia com a cidade quitando o imposto que é revertido em ações de melhorias em toda capital, que vão desde limpeza pública, a asfaltamento de vias, obras em escolas, além de investimentos em iluminação, infraestrutura entre outros.

A servidora pública, Susanny Monteiro, mensalmente tem quitado as parcelas do IPTU e percebe o retorno do pagamento em dia do tributo nas melhorias no bairro em que mora. “No Cohatrac tenho visto o trabalho da Prefeitura. Especialmente a urbanização, com as praças, a instalação de aparelhos de uso público, vias limpas e conservadas”, comentou.

De acordo com o Decreto n° 49.218 de 28 de junho de 2017, as datas de vencimento do IPTU 2017 são no quinto dia útil de cada mês.

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DO IPTU 2017
1° parcela – 14 de julho
2° parcela – 7 de agosto
3° parcela – 11 de setembro
4° parcela – 6 de outubro
5° parcela – 8 de novembro
6° parcela – 7 de dezembro
Formas de pagamento:
Pagamento via carnê
Correntistas BB:
– Terminais de Auto Atendimento;
– Banco Postal;
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Mobile (Aplicativo);
– Internet;
– Caixa de Autoatendimento BB.
Não correntista:
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Agência dos Correios (Até R$ 1.500);
– Banco Postal;
– Terminal de Autoatendimento BB (Até R$ 10.000 – com cartão de qualquer outro banco).
Pagamento via Boleto (impresso – internet)
Pode ser pago em qualquer agência, de todos os bancos em qualquer canal de pagamento.
*Contribuintes devem se manter atentos a data de vencimento do boleto impresso e, caso seja necessário, imprimir uma nova guia.

Ampliado o prazo para pagamento do IPTU em São Luís…

O prazo para pagamento da primeira parcela e cota única do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU 2017), foi ampliado até o dia 14 de julho. A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), já disponibilizou os dados para os contribuintes que optarem pelo pagamento antecipado do imposto pelo endereço eletrônico www.semfaz.saoluis.ma.gov.br e os carnês da cobrança estão sendo enviados aos destinatários.

Os contribuintes que optarem pelo pagamento à vista do IPTU 2017, com vencimento para o dia 14 de julho, terão desconto de 15% no valor cobrado. “Trabalhamos mudanças necessárias que resultarão em uma melhora significativa para a arrecadação municipal. Consequentemente conseguiremos investir o quantitativo arrecadado em melhorias para a cidade. Com a arrecadação do IPTU, o cidadão ludovicense só tem a ganhar”, informou o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues.

Este ano a Prefeitura também disponibilizou a Central de Atendimentos do IPTU, para que os contribuintes com dúvidas sobre a cobrança, possam resolver suas pendências. Segundo a superintendente de Cadastro da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação, Anna Lígia Madeira, na Central, contribuintes tem acesso a dados cadastrais. “A Central está disponível para atender e os contribuintes que encontrarem erros no endereço, receberem mais de um carnê entre outras demandas”, afirmou.

Os contribuintes devem se manter atentos as mudanças no número da inscrição imobiliária que, este ano, contém 17 dígitos. Para acessar o carnê do IPTU via internet, o cidadão deve atualizar o seu cadastro imobiliário, no endereço eletrônico http://www.semfaz.saoluis.ma.gov.br/, no item Consultas IPTU, informar a inscrição imobiliária antiga, resgatar a nova e clicar em emitir 2° via do boleto.

Serviços
Central de Atendimento IPTU – De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h. Local: 1° andar do prédio anexo da Semfaz, localizado na Av. Kennedy, n° 1455, Bairro de Fátima.

Prefeitura garante redução de IPTU para imóveis do Centro Histórico de São Luís…

Crédito: Neidson Moreira/OIMP/D.A Press. Brasil. Valor de IPTU de imóveis do Centro Histórico terá redução

Os moradores do Centro Histórico de São Luís têm direito a isenção ou redução parcial do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) dos imóveis tombados pela União, Estado ou Município, desde que preservadas suas características arquitetônicas originais e mantidas em bom estado de conservação. O beneficio é garantido pela Lei Municipal nº 3.836, de junho de 1999 e foi ratificado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph).

Segundo o presidente da Fumph, Aquiles Andrade, a isenção e redução de IPTU a moradores do Centro Histórico é uma das estratégias da Prefeitura de São Luís para estimular a revitalização da região.

A solicitação para a redução do IPTU deve ser feita à Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), no decorrer do ano fiscal. O procedimento técnico orienta ao interessado em descrever em seu pedido, de forma generalizada, as principais características arquitetônicas originais do prédio, estado de conservação e preservação e usos do imóvel a ser vistoriado.

Estes pedidos são enviados pela Semfaz à Fumph para que uma equipe de técnicos da Fundação realize vistorias nas residências, analisando elementos arquitetônicos originais e o estado de conservação do imóvel. Os relatórios da equipe da Fumph são enviados para a Secretaria Municipal de Fazenda que é quem define o valor do IPTU, a partir do percentual baseado nos dados das vistorias.

Segundo a lei 3.836/junho 1999, os percentuais de redução do IPTU para imóveis classificados como de reconstituição ficarão isentos de 50%; imóveis classificados como de preservação parcial ficarão isentos de 75%; imóveis classificados como de preservação integral ficarão isentos de 100% e imóveis de uso comercial, institucional ou misto ficarão isentos de 50%.

JÁ PAGOU? À Mirante, “Wellington Sem Curso” diz que não deve mais IPTU; E à TV Guará, ele admitiu a dívida

Em entrevista à TV Mirante, na manhã desta quarta-feira (21), o candidato do PP à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso, agora “Wellington Sem Curso”, entrou em contradição e disse que não deve mais R$ 120 mil de IPTU ao município. No entanto, há alguns dias, ele admitiu a existência da dívida e, inclusive, afirmou que estava contestando-a na Justiça junto com outros impostos devidos (vide vídeo).

Segundo a coordenação da campanha de WC, ele resolveu pagar a dívida de IPTU dos cursos, que leva o seu nome, mas que têm como donos oficiais ou laranjas a mãe e o irmão do deputado. Wellington, que não apresentou ainda os comprovantes, diz ter quitado, pelo menos, o débito do IPTU. Não falou ainda sobre as outras dívidas denunciadas, como ISS, Correios, etc.

Somente pagou o IPTU depois da pressão da Imprensa e das inserções do candidato “Tio Fábio” (PMDB) no horário eleitoral de rádio e TV. Vídeo este que Wellington mandou tirar do ar por meio da Justiça Eleitoral.

Na entrevista à Mirante, WC foi pego de calças curtas quando questionado pelo entrevistador Sidiney Pereira sobre uma proposta de “Sistema Inteligente de Fiscalização” de impostos. Nitidamente, constrangido, ele disse que já havia pago a dívida com o IPTU sem que a pergunta sobre isso fosse feita.

WC voltou a tremer quando Sidiney perguntou se haveria fiscalização rigorosa e quando questionado sobre se haveria corte, eliminação desses impostos. Durante a entrevista, ele mais enrolou do que respondeu. Deu uma de “Rolando Nero”.

Outro constrangimento foi quando Sidney perguntou sobre o PP, partido de WC envolvido com escândalos de corrupção no país, inclusive, investigados na operação Lava Jato. Wellington tremeu também quando questionado sobre sua ligação com o deputado federal Waldir Maranhão, aliado de sigla, que também está envolvido em uma série de denúncias.

“Eu não escondo Waldir Maranhão”, disse Wellington do Curso para, em seguida, completar que o deputado não estaria envolvido com a sua campanha.

Candidato WC tenta explicar dívidas do Curso com IPTU e ISS

Candidato a prefeito de São Luís, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) está em uma verdadeira “saia justa”. É que deixaram vazar informações empresarias do cursinho fundado por ele e que leva o seu nome, de propriedade da sua família, que tem dívidas de ISS e IPTU.

Na sabatina da TV Guará-Jornal Pequeno, WC foi pego de “calça curta” ao ser questionado sobre as dívidas, já que pretende administrar São Luís e esses são impostos de arrecadação importantes para a capital maranhense.

WC diz que as dívidas estão subjúdice. Veja acima as explicações de Wellington do Curso.