Com fracasso do plano Roberto Rocha, Roseana “lança” Murad a “laranja”

Plano seria lançar Ricardo Murad a deputado estadual para ele exercer papel de “laranja” no horário eleitoral

A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) esperava contar com a candidatura do senador Roberto Rocha (PSDB) para reforçar os ataques ao governador Flávio Dino (PCdoB) em 2018, como uma espécie de “laranja”. Mas para desespero da oligarca e do seu grupo político, o plano  RR ainda não decolou.

Segundo as últimas projeções, Rocha vem caindo e está longe dos 10% que almejava. De acordo com pesquisa Exata, divulgada no início de outubro, o novo tucano amarga apenas 5% das intenções de voto.

Diante da possibilidade de Roberto Rocha não ir ao segundo turno, Roseana decidiu “lançar” a candidatura do seu cunhado e ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad (recém-filiado ao PRP), para deputado estadual. Ele deverá servir como uma espécie de “laranja” do grupo Sarney, atuando no chamado “jogo sujo” eleitoreiro.

Em tempo

Apontado em 2015 pela Polícia Federal como líder de uma organização criminosa que desviou cerca de R$ 1,2 milhão da Saúde do Maranhão entre os anos de 2011 e 2013, quando esteve à frente da Secretaria Estadual de Saúde durante o último governo Roseana, o ex-secretário excluiu o sobrenome “Murad” da peça publicitária de lançamento da sua pré-candidatura.

O objetivo: diminuir a rejeição e tentar esconder dos eleitores seu recente passado marcado por supostos escândalos de corrupção.

E Fábio Câmara vai construindo o seu próprio ostracismo…

Fábio Câmara vai conseguindo a tão sonhada candidatura

Fábio Câmara vai conseguindo a tão sonhada candidatura

 

O vereador  Fábio Câmara (PMDB) vai conseguindo viabilizar sua candidatura a prefeito de São Luís. Neste domingo (31), ele conseguiu a assinatura de 26 membros do diretório de São Luís em apoio ao seu intento e com o aval do cacique, deputado estadual Roberto Costa (PMDB).

Câmara, que tinha boa possibilidade de se reeleger vereador, está partindo para um projeto politicamente arriscado. Entrando na disputa, as chances são remotas de se tornar prefeito. O parlamentar faz o jogo de Roberto Costa que só está pensando em seus próprios interesses políticos.

Há especulações nos bastidores de que Fábio Câmara condicionou o sonho de ser candidato a prefeito a uma posição de “laranja” do PDT na campanha que se avizinha. No entanto, o parlamentar construiu toda a sua trajetória no Legislativo batendo forte no atual prefeito Edivaldo Holanda Jr (PTC).

O andar da carruagem sinaliza que Fábio Câmara correrá todos os riscos de ser candidato a prefeito, inclusive e principalmente, o de se entregar ao ostracismo político e de ser apenas um “soldado” de Roberto Costa.

Se não for isso, vale aguardar o que Fábio Câmara tem em suas mangas…

laranja

Documento autoriza a candidatura de Câmara em São Luís

Documento autoriza a candidatura de Câmara em São Luís