Durante janela partidária, 13 deputados estaduais mudaram de partido…

A maior bancada é a do PCdoB, seguida pelo DEM

No período da janela partidária, que encerrou à meia-noite da última sexta-feira (6), 13 deputados da Assembleia Legislativa do Maranhão trocaram de partido. O DEM e o PSDB  foram as siglas que mais receberam filiações.

Terminada a janela partidária, o PCdoB, partido do governador Flávio Dino, mantém-se com a maior bancada na Assembleia Legislativa. Ao todo, são sete deputados: Ana do Gás, Carlinhos Florêncio, Dr. Levi Pontes, Francisca Primo, Othelino Neto, Professor Marco Aurélio e Raimundo Cutrim.

A segunda maior bancada é a do Democratas (DEM), com seis deputados: Antônio Pereira, Cabo Campos, Paulo Neto, Rogério Cafeteira, Neto Evangelista e Stênio Rezende.

O PDT mantém-se com quatro parlamentares: Fábio Macedo, Glalbert Cutrim, Rafael Leitoa e Valéria Macedo.

O Partido Verde (PV) também tem três deputados: Adriano Sarney, César Pires e Rigo Teles. O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) conta agora com três parlamentares: Alexandre Almeida, Graça Paz e Wellington do Curso. E o Partido Republicano Progressista (PRP) com dois parlamentares: Andrea Murad e Sousa Neto.

Cinco partidos contam com dois deputados: PSB (Bira do Pindaré e Edson Araújo), PRB (Júnior Verde e Sérgio Frota), PR (Josimar de Maranhãozinho e Vinícius Louro), MDB (Nina Melo e Roberto Costa) e SD (Fábio Braga e Ricardo Rios).

Seis partidos têm apenas um deputado: PT (Zé Inácio), PTC (Edivaldo Holanda), PSD (Edilázio Júnior), PMN (Eduardo Braide), PSC (Léo Cunha) e PP (Hemetério Weba).

O deputado Max Barros, que estava sem partido, filiou-se ao PMB (Partido da Mulher Brasileira).

Filiações
O Democratas (DEM), comandado no Maranhão pelo deputado federal Juscelino Filho, foi um dos partidos que receberam número mais expressivo de filiações. O partido ganhou a filiação de três deputados: Rogério Cafeteira, Paulo Neto e Neto Evangelista.

Presidido pelo senador Roberto Rocha, o PSDB maranhense também ganhou a filiação de três deputados estaduais: Graça Paz, Wellington do Curso e Alexandre Almeida.

Na lista dos 13 deputados que mudaram de partido estão Andrea Murad, que deixou o MDB e filiou-se ao PRP, mesmo partido agora de Sousa Neto, que desfiliou-se do Pros; Edilázio Júnior, que saiu do PV e entrou no PSD, e ainda Carlinhos Florêncio, que saiu do PHS e filiou-se ao PCdoB. Também mudaram de partido César Pires (saiu do PEN e entrou no PV), Sérgio Frota (saiu do PSDB e entrou no PRB) e Hemetério Weba (saiu do PV e entrou no PP).

A janela partidária é um período de 30 dias, previsto em lei, em que deputados federais e estaduais podem mudar de partido sem a possibilidade de perder o mandato por infidelidade partidária. Além disso, até seis meses antes das eleições, os candidatos aos mandatos em disputa nas urnas precisam estar filiados ao partido pelo qual vão concorrer no pleito.

DEPUTADOS QUE TROCARAM DE PARTIDO

1 – Alexandre Almeida (saiu do PSD, entrou no PSDB)

2 – Andrea Murad (saiu do MDB, entrou no PRP)

3 – Carlinhos Florêncio (saiu do PHS, entrou no PCdoB)

4 – César Pires (saiu do PEN, entrou no PV)

5 – Edilázio Júnior (saiu do PV, entrou no PSD)

6 – Graça Paz (saiu do PSL, entrou no PSDB)

7 – Hemetério Weba (saiu do PV, entrou no PP)

8 – Neto Evangelista (saiu do PSDB, entrou no DEM)

9 – Paulo Neto (saiu do PSDC, entrou no DEM)

10 – Wellington do Curso (saiu do PP, entrou no PSDB)

11 – Rogério Cafeteira (saiu do PSB, entrou no DEM)

12 – Sérgio Frota (saiu do PSDB, entrou no PRB)

13 – Sousa Neto (saiu do Pros, entrou no PRP)

O PRP pós “janela partidária” no Maranhão…

PRP deve ter candidato próprio ao governo do Maranhão; Na Assembleia, conta com três deputados

O ex-deputado e ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, anunciou sua pré-candidatura ao governo do Maranhão pelo PRP e pode ser um dos “candidatos laranjas”, apoiando o discurso do grupo Sarney contra o governador Flávio Dino (PCdoB).

O Partido Republicano Progressista (PRP) ganhou o reforço dos deputados estaduais Andreia Murad e Souza Neto. Ricardo Murad não conseguiu filiar nenhum outro político com pretensões para a disputa proporcional.

O PRP tem curto tempo de TV e poucos recursos do Fundo Partidário. Agora no mesmo partido, Ricardo Murad, Andreia Murad e Souza Neto embarcam na disputa pela sucessão estadual.

Na Assembleia Legislativa do Maranhão, o PRP passa a contar com três deputados: Andrea, Sousa Neto e Max Barros.

Eleições 2018: Pré-candidatos começam a definir nomes ao Senado no Maranhão…

Com o decorrer das articulações políticas, os principais grupos que irão se enfrentar nas eleições deste ano já começam a definir suas respectivas chapas ao Senado.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que tentará a reeleição, deverá ter como candidatos os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS). O anúncio oficial ainda não saiu, mas, pelo andar da carruagem, esse é o quadro mais provável.

Primeiro a se viabilizar, Weverton diz ter garantidos 14 partidos, vários deputados estaduais e federais e centenas de prefeitos e prefeitas. Já Eliziane, nos últimos meses, movimentou-se em busca de apoios. Com o afastamento definitivo do deputado federal Waldir Maranhão (PSDB) da base, ela deverá ser anunciada, em breve, como a segunda opção dos dinistas para o Senado.

Tentando eleger-se pela quinta vez para o mandato de governadora, Roseana Sarney (MDB) tem como pré-candidatos definidos, em sua chapa, o deputado federal Sarney Filho (PV) e o senador Edison Lobão (MDB). Já o senador Roberto Rocha, até agora, caminha para ter, em seu grupo, o deputado federal José Reinaldo Tavares e o deputado estadual Alexandre Almeida, ambos do PSDB, como representantes tucanos.

Os demais pré-candidatos ao governo ainda costuram acordos com o objetivo de construir seus projetos senatoriais. A ex-prefeita Maura Jorge, do PSL, tem sete possíveis nomes, dentre eles o do pastor Bel (PRTB),  senador em exercício; e o do médico Alan Garcez, do movimento União da Direita Maranhense (UDM).

O vereador Marquinhos ainda não desistiu de entrar na disputa e avisou que acionará, judicialmente, o presidente do DEM no Maranhão, deputado Juscelino Filho, para que tenha a sua saída do Democratas autorizada e possa, mesmo com o fim da janela partidária, ingressar em outra sigla.

Já o deputado estadual Eduardo Braide, pré-candidato que aparece bem colocado nas pesquisas, ainda não definiu se sairá mesmo para a disputa pelo Palácio dos Leões, o que torna sua chapa ao Senado uma incógnita até as convenções, que serão realizadas no período de 20 de julho a 05 de agosto, quando todos os mistérios, em se tratando de candidaturas majoritárias, serão desvendados.

Bumba-meu-boi do MA poderá se tornar patrimônio cultural da humanidade

Somente após a inscrição em uma das listas, o bem pode ser considerado patrimônio cultural imaterial da humanidade.

Desde 2011, os festejos do Bumba meu boi no Maranhão são considerados patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Na última quinta-feira (5), o organismo entregou o dossiê de candidatura desta manifestação cultural ao Ministério das Relações Exteriores, para concorrer ao título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, concedido pela UNESCO.

Posteriormente, o Itamaraty deve encaminhar o dossiê à sede da agência da ONU, em Paris. O documento será avaliado pelo Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial. O órgão é composto por 24 membros, que representam os Estados-partes da Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, de 2003. Ao todo 177 países são signatários dessa normativa internacional.

O Bumba meu boi mobiliza elementos da dança, da música e da dramaturgia populares em um auto que apresenta a morte e a ressurreição de um boi especial. Encenações cômicas têm ampla participação do público. O personagem do boi é retratado como um animal precioso, querido por seu dono e pelos vaqueiros.

Pai Francisco, o escravo de confiança do patrão, mata e arranca a língua do bicho para satisfazer os desejos de grávida de sua esposa, Mãe Catirina. O crime é descoberto e, por isso, ele é perseguido pelos vaqueiros da fazenda, caboclos guerreiros e os índios. Quando preso, sofre terríveis castigos e, para não morrer, Pai Francisco se vê forçado a ressuscitar o animal. É quando o doutor entra em cena para ajudar a trazer à vida o boi precioso, que, ao voltar, urra. Todos, então, cantam e dançam em comemoração.

O Bumba meu boi do Maranhão é descrito pelo IPHAN como um complexo ritualístico que envolve formas de expressão musical, coreográfica, cênica, plástica e lúdica. Os festejos acontecem em todas as partes do território maranhense e se concentram no período de celebrações juninas.

O Comitê da UNESCO se reúne anualmente para avaliar candidaturas propostas pelos Estados-partes da convenção e decide se inscreve ou não as práticas e expressões culturais de patrimônio imaterial em uma das Listas da convenção. São elas a Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade; a Lista do Patrimônio Cultural Imaterial que Requer Medidas Urgentes de Salvaguarda; e a Lista das Melhores Práticas de Salvaguarda.

Somente após a inscrição em uma das listas, o bem pode ser considerado patrimônio cultural imaterial da humanidade.

Diferentemente de outros instrumentos normativos da UNESCO, como a Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural, a Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial é mais voltada para a preservação e proteção do que para o destaque dos bens em listas de expressões imateriais excepcionais. Dessa forma, a normativa internacional visa estimular a construção de políticas consistentes de salvaguarda nos países.

Othelino Neto acompanha governador em exercício durante inaugurações em Grajaú…

Othelino acompanhou o governador em exercício, Carlos Brandão, em várias inaugurações

A convite do governador em exercício, Carlos Brandão, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta sexta-feira (6), de uma série de inaugurações na cidade de Grajaú, com destaque para a assinatura da ordem de serviço visando à recuperação da malha viária da MA-006, no trecho abrangendo Arame, Grajaú, Sítio Novo, Formosa da Serra Negra e Itaipava de Grajaú, que receberá obras de manutenção com ações de conservação e melhoramento.

Sob a ótica do presidente Othelino Neto, o início das obras de recuperação da MA-006 representa a materialização de um sonho. O deputado estava acompanhado de uma das principais lideranças da cidade, Simone Limeira.

Othelino afirmou ter ficado honrado com o convite do governador em exercício, ao mesmo tempo em que destacou a atuação do governo Flávio Dino. “Esse momento sintetiza o governo produtivo de Flávio Dino. Enquanto obras são inauguradas e anunciadas, ele está nos Estados Unidos, proferindo palestra sobre o sucesso de sua gestão. É apontado pelo portal da Globo como o melhor governador do Brasil. Nunca atrasou salário, realizou vários concursos públicos e está com muitas obras em andamento. Sua administração chamou a atenção dos Estados Unidos”, acrescentou.

São 125 quilômetros de extensão contemplados com os serviços. O investimento é de R$ 22 milhões. O governador em exercício assinou a ordem de serviço para início das obras no bairro Canoeiro. De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, os trabalhos deverão ser finalizados em seis meses.

Para Carlos Brandão, a recuperação desse trecho da MA-006 demonstra o potencial do governador Flávio Dino. Ele anunciou que esse serviço deverá ser estendido, dentro de pouco tempo, até Fortaleza dos Nogueiras. Também foram inaugurados sistemas de abastecimento de água, beneficiando moradores dos povoados Macaúba e Novo Macambiral, totalizando dois mil metros de ligações, distribuídas em 100 residências.

Antes das inaugurações, o governador Carlos Brandão reuniu-se com empresários do Polo Gesseiro de Grajaú.  A cadeia produtiva conta com reservas de gipsita (a matéria-prima do gesso) em grande quantidade e qualidade, fazendo com que o Maranhão ocupe o segundo lugar desta produção no país. Em 2017, foram 350 mil toneladas e tem capacidade para aumentar em 10 vezes essa produção, atendendo demanda de mercados consumidores.

O deputado federal Deoclides Macedo (PDT), o deputado estadual Rigo Teles (PV), além do ex-secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, destacaram as obras inauguradas e a importância da recuperação do trecho da MA-006, assim como a força econômica representada pelo polo gesseiro do município.

Num emocionado pronunciamento, o prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, agradeceu por todas as obras que a cidade está recebendo do Governo do Estado, falou sobre a sólida amizade com o governador em exercício, Carlos Brandão, e dos laços que tem com Flávio Dino, pois o pai do governador, o ex-deputado Sálvio Dino, é natural de Grajaú.

“Aqui é um encontro político ecumênico, porque neste palanque estão todas as alas políticas de Grajaú. Somos adversários na campanha, mas, depois, nos juntamos pelo benefício dessa cidade”, disse o prefeito Mercial.

Além da classe empresarial e de diversos vereadores, participaram da solenidade os prefeitos João Piquiá (Sitio Novo), Jule Meneses (Arame), Moisés Ventura (Jenipapo dos Vieiras) e Joãozinho do Dimázio (Itaipava do Grajaú).

Assistência social

Também foi inaugurada uma sede do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), na Avenida Antônio Borges. A unidade recebe pessoas em situação vulnerável, além de crianças retiradas do trabalho infantil e inscritos no Cadastro Único e Bolsa Família. “É um importante passo no projeto de governo para erradicação da extrema pobreza no Estado”, destacou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Francisco Oliveira Junior.

O titular da Sedes reforçou que o Governo do Estado está ampliando esse serviço, em todo o Maranhão, com a construção e reforma dessas unidades, que são portas de entrada para o acesso dos grupos mais vulneráveis à assistência social.

Deputados participam do “Encontro de Legisladores Municipais” e estreitam relações com vereadores…

Encontro de Vereadores movimentou Assembleia Legislativa nesta quinta

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), prestigiou a abertura do “Encontro de Legisladores Municipais”, nesta quinta-feira (5), no auditório Neiva Moreira do Complexo de Comunicação da Alema. O evento foi promovido pela União dos Vereadores e Câmaras do Maranhão (UVCM), presidido pelo vereador Asaf Sobrinho, em parceria com a União dos Vereadores do Brasil (UVB), a Assembleia e o TCE.

O Encontro contou com a participação de deputados estaduais, dezenas de vereadores e do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Caldas Furtado. Os parlamentares destacaram a importância do Encontro, realizado para estreitar os laços entre legisladores municipais e estaduais com técnicos da Assembleia e do TCE que abordaram temas como normas legislativas e prestação de contas.

Othelino Neto, que recebeu a Medalha do Mérito Municipalista, durante o evento, das mãos do presidente da UVCM, enfatizou a importância da parceria. “É razão de grande satisfação ser parceiro na realização deste Encontro, que serve como troca de experiências, de informações com os vereadores maranhenses. Todos nós deputados sabemos das dificuldades que enfrentam os vereadores no exercício de seus mandatos”, afirmou.

Mais apoio

De acordo com o presidente da Assembleia, “é importante os políticos estarem reunidos nesse momento de crises “Eu tenho orgulho de ser político, de ser deputado estadual, e que vocês tenham muito orgulho de serem vereadores, representantes de seus municípios”, enfatizou.

Ao falar em nome dos demais deputados estaduais presentes, Rigo Teles, que vai apresentar um projeto tornando de utilidade pública a entidade que congrega os vereadores maranhenses, enfatizou a importância da classe. “São os vereadores que conhecem, em maior grau, os problemas locais porque convivem diariamente com as questões enfrentadas pelos cidadãos. Eles são o advogado, o motorista para transportar os doentes ao hospital; e sei da dificuldade financeira que enfrentam, sem diárias, e vieram com recursos próprios para o Encontro”, assegurou.

O líder do Governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira, foi um dos parlamentares presentes que comentaram a realização do Encontro. “Foi positivo e importante essa interação entre legisladores municipais e estaduais para transmitir informações, com a presença do TCE, não só para fiscalizar, mas para orientar os presidentes de Câmaras no sentido de fazer uma prestação de contas dentro das regras”, disse.

Os demais deputados presentes – Vinícius Louro (PP), Valéria Macedo (PDT), Bira do Pindaré (PSB), Marco Aurélio (PCdoB) e Wellington do Curso (sem partido) – defenderam também o fortalecimento do legislador municipal e a valorização da categoria.

Parceria elogiada

O presidente da União dos Vereadores e Câmaras do Maranhão, Asaf Sobrinho, agradeceu a participação dos deputados e técnicos e disse que o presidente Othelino Neto, por ter feito a parceria institucional que permitiu a realização do Encontro. “A parceria institucional aconteceu graças à visão municipalista do presidente Othelino Neto, que abraçou a ideia e abriu as portas da Assembleia. Eu compreendi sua sensibilidade ao saber que o senhor é auditor fiscal do TCE e vivenciou de perto os problemas enfrentados pelos vereadores”, contou o presidente da entidade, que é vereador em São Pedro dos Crentes. A vice-presidente da entidade, Regilda Santos, que é vereadora por Bacabal, agradeceu também ao presidente da Assembleia pela parceria.

O diretor de Administra da Assembleia, Antino Noleto, e o consultor legislativo da Assembleia, José Anderson Rocha, participaram também do evento como palestrantes sobre legislação e prestação de contas.

Entre os assuntos debatidos no Encontro estão 13º salário, verba indenizatória e transferência de gestão nas câmaras municipais, fortalecimento do Poder Legislativo, valorização dos vereadores, estímulo à participação da mulher na política e práticas legislativas.

São Luís tem o menor número de homicídios dos últimos 11 anos

O ano de 2014 foi o que registrou o pico de ocorrências no mês de março, totalizando 84 casos de crimes violentos na Grande São Luís.

Dados apresentados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) mostram que o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) registrados na Grande São Luís, em março de 2018, é o menor dos últimos 11 anos, comparado com o mesmo período dos outros anos. Os CVLIs incluem os crimes violentos que resultam em morte: homicídio, latrocínio e lesão seguida de morte.

Segundo o setor de estatística da SSP, em março de 2018 foram 22 CVLIs registrados nos municípios que compõem a Grande Ilha: São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.

Os números de março de 2018 são os menores desde 2009. Nessa série histórica, o ano de 2014 foi o que registrou o pico de ocorrências no mês de março, totalizando 84 casos de crimes violentos na Grande São Luís.

Se comparado ao ano passado, março de 2018 também registrou quedas nos casos, saindo dos 60 em 2017 para os atuais 22, totalizando uma redução de 63%.

Entre os fatores importantes para redução gradativa dos casos de crimes letais na Grande Ilha, estão a criação, em 2016, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), que modificou a dinâmica de combate aos crimes e trouxe maior precisão à investigação criminal desses casos, com a utilização de um método diferenciado que inclui uma delegacia móvel e ferramenta de georreferenciamento de casos.

Maranhão participa da maior feira de turismo da América Latina

Maranhão participa da maior feira de turismo da América Latina

Quem passar pelo estande também receberá kit promocional e informações sobre a cultura e belezas do Maranhão.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), está participando de um dos mais importantes eventos do Turismo: a World Travel Marketing (WTM) Latin America 2018, que está acontecendo desde terça-feira (3) e segue até quinta-feira (5), em São Paulo, no Expo Center Norte.

No estande comercial de 40 m², a Sectur promove um espaço com tecnologia e ambientação que oferecem a sensação de estar em pontos históricos e paisagens paradisíacas de São Luís, como os Lençóis Maranhenses, Chapada das Mesas e Delta das Américas. No espaço, também será feito o atendimento ao público, distribuição de material promocional bilíngue e degustação de sucos de frutas e geleias típicas do estado.

A Sectur participa do evento também com estande institucional de 20m², dentro da ‘Área Brasil’, espaço cedido pelo Ministério do Turismo, que apoia a participação do Maranhão no evento.

Segundo o secretário adjunto de Turismo da Sectur, Hugo Veiga, a WTM traz uma proposta recheada de oportunidades. Para proporcionar a sensação de estar em São Luís, nos Lençóis Maranhenses e nas Chapada das Mesas, o estande do Maranhão contará com três espaços de experiência.

Com óculos VR (de realidade virtual), o visitante terá a sensação de estar nos Lençóis Maranhenses e Delta das Américas, ao mesmo tempo em que pisa na areia. No ambiente da Chapada das Mesas, com visão em 3D, será possível ir ao Poço Azul e sentir as gotículas da cachoeira no rosto. Na experiência em São Luís, a pessoa será levada ao Centro Histórico, onde terá a sensação de caminhar sobre os tradicionais paralelepípedos.

Quem passar pelo estande também receberá kit promocional e informações sobre a cultura e belezas do Maranhão.

Com o fim da “Janela Partidária”, deputados correm contra o tempo para se definirem…

 

Os pré-candidatos terão até sábado (7) para definirem suas siglas.

Faltando apenas dois dias para o fim da janela partidária, a situação de vários deputados estaduais e federais, além de partidos, continua indefinida. Apesar de ser apenas dois dias, muita coisa ainda pode acontecer.

Após a entrada do deputado federal José Reinaldo no PSDB, a expectativa agora é sobre o ingresso do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) na legenda. O parlamentar ainda mantém conversas com o PSD e, ao mesmo tempo, com o PT. Esses dois dias serão decisivos para ele que mira a eleição de 2020.

Waldir Maranhão (Avante) é outro que corre contra o tempo para se filiar em um partido que banque sua pré-candidatura ao Senado. Ele, que já foi presidente do PP no Estado, hoje está no Avante, mas já negociou com o PHS, foi anunciado como pré-candidato ao Senado pelo PTB e agora tenta uma filiação ao PT de olho na popularidade do ex-presidente Lula.

O deputado federal Sarney Filho (PV) já dava como certa sua entrada no PSD, mas agora especula-se sua ida para o PP, juntamente com o também deputado Hildo Rocha (MDB). No entanto, o deputado André Fufuca, presidente do partido, nega a filiação.

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) também pode mudar de partido. Sua pré-candidatura ao Senado depende de uma estrutura grande e o DEM pode ser o destino ideal, uma articulação que teria as bênçãos do Palácio dos Leões.