Eleições: Marcelo Poeta anuncia apoio a Othelino Neto e Márcio Jerry…

Vereador Marcelo Poeta vai apoiar Othelino e Márcio Jerry nas eleições deste ano

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PC do B), foi apresentado, na noite de quarta-feira (11), num encontro no Anil, pelo vereador Marcelo Poeta (PC do B),  a lideranças comunitárias, daquele e de outros bairros, como o seu pré-candidato a deputado estadual. Na mesma ocasião, o vereador também destacou o presidente estadual do PC do B, o ex-secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, como  pré-candidato à Câmara Federal.

O deputado disse que se sente muito honrado com esse apoio. “Sei que o vereador Marcelo Poeta tinha compromisso com o hoje secretário Ednaldo Neves, que deixou de ser candidato para substituir ao Márcio Jerry na pasta da Comunicação e Articulação Política. O Marcelo Poeta é um grande companheiro, que votou comigo em 2014”, afirmou Othelino Neto.

“Eu e minha família votamos nele para vereador e todos sabem que ele é um atuante parlamentar, que muito tem feito pelo Anil. Temos um compromisso que é o de reeleger o governador Flávio Dino. Firmo aqui um compromisso com vocês e com o vereador, de continuarmos ajudando não só o Anil, mas todos os bairros aqui representados”, afirmou o deputado.

Márcio Jerry, por sua vez, elencou uma série de ações que colocam o governador Flávio Dino como o mais produtivo, lembrando inclusive um levantamento feito pelo portal da Globo. Também destacou o trabalho de Marcelo Poeta e garantiu que, na Câmara Federal, dará total  apoio aos bairros que  estavam compondo o encontro.

Marcelo Poeta disse aos participantes da reunião, que estava apresentando Othelino Neto e Márcio Jerry como seus pré-candidatos, em razão do alinhamento ideológico com ambos, pela confiança e por  serem dignos de sua confiança.

Várias lideranças se manifestaram durante o encontro, a exemplo do presidente da União de Moradores do Itapera, Renato Vicente Melo, o Neto; Domingos Matos, dirigente da Associação de Moradores da Vila Isabel Cafeteira, Professor Celso Antonio Castro, que coordena o Curso Pré-Vestibular Renascer, mantido pelo gabinete do vereador; Eloadir Sousa Júnior, coordenador do Movimento Grande Anil, voltado para a área do esporte e  Francivaldo Santos Gomes, que coordena o projeto Movimenta Tibiri.

Todos eles se manifestaram, destacando as ações desenvolvidas em seus respectivos bairros, por meio do vereador Marcelo Poeta, e se mostraram otimistas quanto aos trabalhos que deverão ser realizados por  Othelino Neto e Márcio Jerry a partir do próximo ano.

Dino anuncia saída de Márcio Jerry e entrada de Ednaldo Neves na Articulação Política

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou, nesta quarta-feira (28), a saída do secretário de Articulação Política do Estado, jornalista Márcio Jerry. Como titular da pasta assume o atual adjunto, Ednaldo Neves.

Márcio Jerry se desincompatibiliza para concorrer a uma vaga na Câmara Federal. Durante esses anos de governo Flávio Dino, o jornalista foi considerado o “homem-forte” da gestão, braço direito do governador nas principais decisões.

A Comunicação do governo, a partir de agora, passa a ficar a cargo do jornalista Daniel Merlin. Márcio Jerry acumulava as duas funções.

Eleições 2018, Márcio Jerry e as declarações de José Reinaldo Tavares

Márcio Jerry comentou, no Twitter, a relação política do grupo Flávio Dino com Zé Reinaldo

O secretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, posicionou-se sobre a declaração do ex-governador José Reinaldo Tavares (Sem partido) sobre seu possível rompimento com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

“A definição de uma chapa majoritária não depende da vontade de um ou dois. Você precisa discutir com os partidos. Aguarda-se ainda a definição do destino partidário do ex-governador José Reinaldo que ele anunciou como sendo o DEM. Isso é uma pré-condição elementar para que o colégio de partidos defina uma candidatura”, disse o secretário.

Jerry explicou que a decisão sobre os nomes que integrarão a chapa majoritária governista não depende do governador Flávio Dino, mas  de um colégio de 14 partidos políticos que o apoiam.

Por meio das redes sociais, o ex-governador José Reinaldo se pronunciou novamente sobre os últimos acontecimentos: “Eu não rompi com ninguém. A política é feita de diálogo, de conversa, de amizade, de confiança e de respeito”.

Os próximos dias prometem mais desdobramentos sobre o posicionamento de José Reinaldo e uma possível aliança com os deputados Waldir Maranhão (Avante) e Eduardo Braide (PMN).

Uma reaproximação de Zé Reinaldo com o governador Flávio Dino também não está descartada. É aguardar!

Frente partidária amplia discussões e reitera apoio à reeleição de Flávio Dino

Presidentes e representantes de partidos reiteraram o apoio à reeleição de Flávio Dino

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reuniu, na noite de terça-feira (30), em sua residência, para um jantar, 12 presidentes e representantes de partidos que reiteraram todo apoio à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). O objetivo do encontro, além de fortalecer a frente partidária em torno do comunista, foi intensificar o diálogo para a definição de um projeto coletivo, visando às disputas majoritária e proporcional nas eleições deste ano.

Participaram da mesa de diálogos PP, PSB, PPS, PTB, Solidariedade, PROS, PR, PT, PDT, PTC, DEM e PCdoB por meio de presidentes estaduais e representantes partidários. Faltaram apenas o PEN e o PRB que justificaram as ausências.

Marcaram presença os deputados André Fufuca (PP), Pedro Fernandes (PTB), Eliziane Gama (PPS), Simplício Araújo (Solidariedade), Gastão Vieira (PROS), Josimar de Maranhãozinho (PR), Augusto Lobato (PT), Edivaldo Holanda (PTC), Juscelino Filho (DEM), Márcio Jerry (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Erlânio Xavier (PDT), Rafael Leitoa (PDT) e Stenio Rezende  (DEM). Os diretores da Assembleia Legislativa, Rubens Pereira (Institucional) e Edwin Jinkings (Comunicação), também acompanharam a reunião.

Todos os representantes partidários reiteraram empenho para a reeleição de Flávio Dino. Em relação ao Senado, o grupo liderado pelo governador do Maranhão tem, pelo menos, quatro pré-candidatos: os deputados federais Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS), José Reinaldo Tavares (Sem partido) e Waldir Maranhão (Avante).

Ampliando o diálogo eleitoral

Durante a reunião, Othelino Neto disse que tomou a iniciativa de puxar mais um encontro do grupo para ampliar o diálogo sobre o projeto eleitoral com democracia e participação de todos os partidos envolvidos neste processo. “Esse debate tem como foco a reeleição do governador Flávio Dino com o apoio de uma frente partidária plural. Estamos fortalecendo, ainda mais, o grupo, traçando estratégias e discutindo um projeto coletivo para as eleições deste ano”, enfatizou o deputado.

O presidente do PCdoB e secretário estadual de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, destacou a iniciativa de Othelino em intensificar esse debate em torno de um projeto coletivo para as eleições deste ano, tendo como foco principal a reeleição do governador. “A reunião foi muito oportuna, nosso grupo prioriza o diálogo e o consenso, dando oportunidade de manifestação a todos. Defendemos a unidade em torno dos partidos aliados. E, a cada dia, vamos avançando mais”, disse.

Presidente da Assembleia recebe visitas de Márcio Jerry e de Victor Mendes…

Presidente Othelino recebeu as visitas de cortesia de Márcio Jerry e Victor Mendes

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), recebeu, nesta quarta-feira (10) pela manhã, a visita de cortesia do secretário estadual de Comunicação e de Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry (PCdoB). Conversaram demoradamente sobre temas relacionados ao Estado. Em outro momento, ele recebeu também o deputado federal Victor Mendes (PV).

Othelino Neto agradeceu a visita de Márcio Jerry e disse que essa harmonia entre os poderes é boa para a população. “Existe harmonia entre o Legislativo e o Executivo, estendida ao Judiciário, e isso tem sido muito bom para o Maranhão. Com essa relação respeitosa, articulada e harmônica, com cada poder com suas prerrogativas constitucionais, quem ganha mais é a população, que recebe os serviços públicos de melhor qualidade”, explicou.

Márcio Jerry estava acompanhado do secretário adjunto da Secap, Daniel Merli, e do encontro participaram também os deputados Vinicius Louro (PP) e Zé Inácio (PT). Os dois parlamentares destacaram também a importância da visita do titular da Secap.

O secretário de Comunicação e Assuntos Políticos afirmou que veio cumprimentar o presidente Othelino pela ascensão ao cargo, assim como esteve quando do início do mandato do presente Humberto Coutinho. De acordo com Márcio Jerry, o encontro serviu também para homenagear Humberto e reavivar a afinidade existe ente o Governo do Estado e o Poder Legislativo Estadual.

Márcio Jerry lembrou que, pela primeira vez na história, o PCdoB tem o Executivo, com o governador Flávio Dino, e o Legislativo, com Othelino Neto no comando da Assembleia.

Visita de Victor Mendes

Othelino Neto e Victor Mendes conversaram sobre questões relacionadas ao Estado. O presidente destacou a importância do encontro com Vitor Mendes, que já foi deputado estadual.

“A visita do deputado federal Victor Mendes muito me alegra, um jovem deputado com atuação em todo o Estado e, em especial, em Pinheiro, cidade natal da minha esposa, na Baixada, que eu frequento bastante e onde tenho atuação política local. Conversamos um pouco sobre o Maranhão”, afirmou o presidente da Assembleia.

Othelino garantiu que a visita do deputado federal “é um prestígio, na verdade, ao Poder Legislativo”, e que tem uma boa relação com a bancada federal maranhense. “Temos uma relação muito boa com os deputados federais, que interagem com o Legislativo e isso é bom para o Maranhão, que tenhamos esse diálogo permanente com os federais”, disse.

O deputado Victor Mendes desejou sucesso ao presidente da Assembleia na nova empreitada. “Estava em São Luís e passei para dar um abraço no presidente Othelino e desejar-lhe sucesso. Sei que a ocasião, como houve a sucessão não foi muito saudável a todos nós, mas a vida é assim, tem que seguir. Vim aqui, em forma de cortesia, lhe desejar sucesso nessa missão árdua, nesse ano complicado, por ser eleitoral, mas sei que ele tem competência e habilidade para conduzir os trabalhos dessa Casa, que são tão importantes para o nosso Estado”, afirmou.

“Arrilia da oposição é que três anos depois, Flávio Dino tem mesma intenção de voto”, diz Márcio Jerry

Márcio Jerry

Em entrevista à Rádio Guanabara FM, do município de Colinas, o secretário estadual de Assuntos Políticos e Comunicação Social, Márcio Jerry, falou sobre os constantes ataques orquestrados pelos meios de comunicação do grupo Sarney contra ele e contra o governador Flávio Dino. Para Jerry, a gestão Dino é vítima de uma “perseguição política implacável”, mas o secretário diz que nem ele e nem o governo temem as investidas do clã.

“Um governo transparente não tem medo de nenhum tipo de investigação”, disse Jerry ao lembrar que o governo Flávio Dino é referência nacional em transparência, conforme recente estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que aponta a administração do comunista como a mais transparente do Brasil.

“Não há contra o governador Flávio Dino acusação alguma. Tampouco há contra mim. Mesmo não havendo nada contra mim, todos os dias os meios de comunicação ligados ao grupo político de Roseana Sarney me atacam. Se eles me atacam sem que nada haja contra mim é por que se trata de uma perseguição política. Eu não tenho medo porque não devo. O governador Flávio Dino é do mesmo modo. Nada tem a esconder e nada tem a temer”, reiterou.

Eleições

Márcio Jerry acredita que o “desespero” e “arrilia” da oposição tem uma motivação bem simples: faltam 11 meses para a eleição e as pesquisas de intenções de votos vêm apontando que Dino se reelege em 2018.

“O governador Flávio Dino tem mais de 60% de intenções de votos. É um governo que é aprovado por mais de 60% da população maranhense. Isso faz com que essa oposição, que não tem discurso e que não tem trabalho, fique agoniada vendo o tempo passar e se avizinhando o momento em que o governador Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão serão reeleitos para continuar governando bem o Maranhão”, finalizou.

Ficou para trás o tempo das fraudes na Saúde, diz Márcio Jerry em resposta a ataques de Andrea Murad

Os secretários estaduais de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, e de Saúde, Carlos Lula, reagiram, por meio de sua conta no Twitter, nesta terça-feira (15), ao que consideraram “mentira”, “calúnia”, “devaneios” da deputada oposicionista Andrea Murad (PMDB), filha do ex-todo poderoso do governo Roseana Sarney, Ricardo Murad (PMDB) sobre o processo de instalação do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão, no que diz respeito, sobretudo, ao aluguel do prédio que sediará o HTO.

Márcio Jerry “cutucou” forte ao dizer que ficou pra trás o tempo das fraudes na Saúde pública, fazendo menção à gestão do ex-super secretário Ricardo Murad. “A saúde avançando no Maranhão e os que foram acusados de desviar recursos do setor, milhões de reais, esperneiam, mentem, caluniam. O  Estado  está em processo de mudança e vai continuar mudando”, afirmou o secretário de Articulação Política.

Para Márcio Jerry, a deputada Murad se contorce porque vê sendo feito, agora, aquilo que a oligarquia não fez: cuidar bem da saúde de nosso povo. O secretário sugeriu, via Twitter, que a deputada explique aos maranhenses as graves acusações e denúncias de desvio, supostamente, cometidos pelo pai dela na saúde do Estado, durante o governo Roseana Sarney.

 

“É triste notar que a oposição não quer o HTO”, diz Carlos Lula

Segundo Carlos Lula, também por meio do Twitter, esse “escândalo”, projetado por Andrea Murad, não merece ser alvo de atenção, pois não há ilegalidade no caso.

Carlos Lula disse que o Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão representa a duplicação do número de leitos ortopédicos oferecidos pelo Estado em São Luís.

“É triste notar que a oposição não quer o HTO, sabe-se lá por qual motivo. Reafirmo: o debate no Estado pode ser muito mais qualificado”, mandou Carlos Lula.

Adriano Sarney é “netinho mimado de vovô”, diz Márcio Jerry ao defender programa “Escola Digna”

Tanto o governador do Maranhão, Flávio Dino, quanto o secretário de Articulação Política do Estado, Márcio Jerry, usaram suas contas no Twitter para rebater discurso da oligarquia, trazido na tribuna pelo deputado estadual Adriano Sarney (PMDB), esta semana, contra o Programa Escola Digna da atual gestão do governo.

“Filhinho de papai, netinho de vovô, menino mimado, Adriano Sarney não sabe o valor de uma escola digna. Não tem a menor sensibilidade social”, disparou Márcio Jerry em seu perfil do Twitter.

Os dois também condenaram declaração da ex-governadora Roseana Sarney que disse serem delas as iniciativas, obras e programas do atual governo.

“A velha oligarquia, que escravizou o povo do Maranhão,odeia que estejamos fazendo o que jamais  fizeram: investir em educação com seriedade”, disse o governador Flávio Dino no Twitter.

Veja acima os prints das declarações feitas por Márcio Jerry e Flávio Dino em suas respectivas contas do Twitter.

Em tempo, segundo o governo, o programa Escola Digna propiciar às crianças, jovens, adultos e idosos, atendidos pelo sistema público de ensino dos municípios, o acesso à infraestrutura necessária para a sua formação.

Tem por meta construir escolas de alvenaria em substituição às escolas improvisadas em estruturas de taipa, palha, galpões ou outros estabelecimentos considerados inadequados pelo Ministério da Educação. Inclui ainda a distribuição de ônibus escolares, etc.

“Até os paralelepípedos da Praia Grande sabem o quanto Sarney é vingativo e perseguidor”, dispara Márcio Jerry

O secretário de Comunicação e Articulação Política do Maranhão, Márcio Jerry, fez duras críticas, por meio do Twitter, ao artigo escrito por José Sarney e publicado, na edição deste sábado, no jornal O Estado.

De acordo com Márcio Jerry, o oligarca Sarney expele a baixeza que o caracteriza como sendo dos adversários e o secretário faz referência, ainda, à baixa política de vingança e perseguição que, segundo ele, Sarney insiste em cometer.

“Até os paralelepípedos da Praia Grande sabem o quanto Sarney é vingativo, perseguidor, contumaz agressor da verdade, entre outras ‘qualidades'”, disparou.