Candidato Mozart Baldez fala sobre suas propostas à OAB/MA em sabatina da TV Assembleia

O candidato da Chapa 1 – Reconstruir é a Ordem foi entrevistado, ao vivo, nesta segunda-feira (12), pela jornalista Natália Macedo e pelo procurador-geral da Assembleia Legislativa, o advogado Tarcísio Araújo

O advogado Mozart Baldez foi o primeiro entrevistado da rodada de entrevistas com os candidatos à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão (OAB-MA), promovida pela TV Assembleia (canal aberto 51.2/17 TVN).

O candidato da Chapa 1 – Reconstruir é a Ordem foi entrevistado, ao vivo, nesta segunda-feira (12), pela jornalista Natália Macedo e pelo procurador-geral da Assembleia Legislativa, o advogado Tarcísio Araújo, no “Sala de Entrevista”, quadro do telejornal Portal da Assembleia.

A entrevista completa está disponível no canal da TV Assembleia no Youtube (https://bit.ly/2Pq7IGj) e na página da TV Alema no Facebook (www.facebook.com/rtvalema).

Mozart Baldez foi recebido pelo diretor de Comunicação da Alema, jornalista Edwin Jinkings, que destacou a satisfação da TV Assembleia em receber os candidatos da Ordem, para o debate público de ideias e propostas de interesse não só da advocacia maranhense, mas de toda a sociedade.

O advogado parabenizou a iniciativa da TV Assembleia, em abrir espaço para os candidatos postulantes à presidência da OAB-MA. “Queria parabenizar a direção da TV Assembleia, que teve essa iniciativa de abrir as portas, para que nós pudéssemos falar para parte do Maranhão sobre nossas propostas”, disse.

Sabatina

O candidato teve 15 minutos (13 minutos de entrevista e mais dois minutos para as considerações finais) para responder a temas sugeridos e livres, entre eles, o seu posicionamento quanto à recente decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que transforma a OAB em órgão da administração indireta. “Tenho certeza que lei é para se cumprir. Se o posicionamento do TCU tiver respaldo legal, a OAB terá que cumprir. Se não foi legal, ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer aquilo que não esteja prescrito em lei”, afirmou Mozart Baldez.

O candidato também respondeu a perguntas sobre os desafios da OAB-MA para garantir a transparência da gestão, bem como a estruturação da Ordem na capital e no interior do estado. “Passamos oito meses estudando os problemas, crises e soluções da advocacia do Maranhão. Chegamos à conclusão que o problema da Ordem é estrutural. Temos que começar do zero, pois até as regras do Conselho Federal são retrógadas. Uma entidade que se propõe a tomar a frente de todas crises políticas e que estão judicializadas no Brasil, ela precisa de uma reciclagem”, assinalou.

“Nós temos que ter cuidado com essa transparência. Nós vamos ter uma administração transparente, com um orçamento participativo, chamando as assembleias para colocar aos associados o que a Ordem tem de patrimônio e onde os seus recursos devem ser investidos”, completou.

Outro tema abordado foi em relação ao posicionamento da OAB-MA no relacionamento com o Poder Judiciário, para a garantia das prerrogativas da advocacia e do primado da lei. Mozart Baldez também apresentou suas propostas para inserir os jovens advogados no mercado de trabalho, entre elas, as incubadoras da advocacia.

Por fim, o candidato ressaltou a sua trajetória pessoal e profissional, bem como sua vasta experiência que, segundo ele, o gabaritam para assumir a presidência da OAB-MA. “Eu e minha equipe somos preparados para comandar a Ordem. Tenho excelentes serviços prestados para a nação brasileira e, agora, quero prestar para a minha terra. Eu quero que todos olhem nossas propostas, nosso currículo e o serviço que nós prestamos”, finalizou.

TV Assembleia fará rodada de entrevistas com candidatos à presidência da OAB-MA

Pela primeira vez, a TV Assembleia (canal aberto 51.2/17 TVN) fará uma rodada de entrevistas com os candidatos à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão (OAB-MA). A iniciativa da Diretoria de Comunicação tem como objetivo promover o debate e a apresentação de propostas e ideias, uma vez que a atuação da OAB é de interesse não só da advocacia, mas de toda a sociedade. As entrevistas serão mediadas pela jornalista Natália Macedo e por Tarcísio Araújo, procurador-geral da Assembleia Legislativa, a partir da próxima segunda-feira (12).

A reunião entre a Diretoria de Comunicação e os representantes das chapas concorrentes, para a definição de todos os detalhes, aconteceu na manhã de quarta-feira (7), no Complexo de Comunicação. Na ocasião, foram acordadas as regras, definida a ordem dos entrevistados (por sorteio), horários, esclarecidas as dúvidas e apresentadas sugestões.

As entrevistas serão veiculadas no quadro “Sala de Entrevista”, do telejornal Portal da Assembleia, às 13h, com duração de 13 minutos e mais dois minutos para as considerações finais. Os candidatos responderão a temas sugeridos e livres. O primeiro entrevistado será o advogado Mozart Baldez, na segunda-feira (12), seguido da advogada Sâmara Braúna, na terça-feira (13). Já na quarta-feira (14) é a vez do advogado Aldenor Rebouças. Na quinta-feira (15), o entrevistado será o advogado Thiago Diaz. E no dia 16, Carlos Brissac.

“A OAB é uma entidade de grande representatividade perante a nossa sociedade. Diante desse cenário, da importância de todo o trabalho que é desenvolvido pela Ordem dos Advogados do Brasil, nós decidimos, junto à equipe da Diretoria de Comunicação, fazer a proposta para a realização de entrevistas com os candidatos. Foi uma proposta muito bem recebida pelos representantes da chapa”, destacou o jornalista Edwin Jinkings, diretor de Comunicação da Alema.

Adriano Araújo, representante do candidato Mozart Baldez, da Chapa 1, parabenizou a Diretoria de Comunicação pela iniciativa. “É importante esse espaço que está sendo oportunizado pela Assembleia, por meio do seu departamento de Comunicação, de trazer as propostas que são aventadas por todos os candidatos, não somente para os advogados, mas também para toda a população maranhense, tendo em vista o que essa instituição representa e traz um leque de serviços para a população maranhense”, afirmou.

“Quero parabenizar a Diretoria de Comunicação da Assembleia por essa iniciativa, porque é muito importante que a população se aproxime desse debate, para que ela comece a voltar os seus olhos a uma entidade tão importante, que tem um papel singular para a sociedade maranhense. Teremos o maior prazer de estarmos presentes”, completou Wal Oliveira, representante do candidato Carlos Brissac, da Chapa 2.

A eleição da diretoria do Conselho Seccional da OAB-MA, para o triênio 2019/2021, será no dia 23 de novembro. Além de defender as prerrogativas dos profissionais da advocacia, a instituição tem papel de destaque ao se posicionar diante de questões sociais importantes, especialmente nos momentos de crise.

“O papel da Assembleia Legislativa, por meio da TV Assembleia, que é uma TV pública, é justamente esse, prestar serviço à sociedade, trazer informações, transparência e, nesse caso específico da Ordem dos Advogados do Brasil, nós estamos abrindo espaço para que os candidatos possam vir apresentar suas propostas para os mais de 10 mil advogados, que estão aptos para votar na próxima eleição, bem como para toda a população maranhense”, finalizou o diretor Edwin Jinkings.

Eleição para a OAB-MA terá cinco candidatos

Os advogados Thiago Diaz, Sâmara Braúna e Aldenor Rebouças confirmaram quarta-feira (24) suas candidaturas. Mozart Baldez e Carlos Brissac já estavam oficializados na disputa

Os advogados Thiago Diaz, Sâmara Braúna e Aldenor Rebouças confirmaram quarta-feira (24) suas candidaturas à presidência da OAB-MA. Os registros foram feitos no último dia de prazo.

Thiago Diaz é candidato à reeleição, tem o apoio do Movimento “A Renovação Continua”, e concorrerá pela a Chapa 4 denominada “Vamos Fazer Muito Mais”. O atual presidente terá como vice, o advogado Heleno Mota, de Imperatriz.

A advogada criminalista Sâmara Braúna também registrou sua candidatura e concorrerá pela Chapa 3, com o nome “Força na Inclusão”. Sâmara teve uma baixa no fim de semana, quando o conselheiro federal Charles Dias retirou seu apoio. Logo após, os dois advogados protagonizaram um bate-boca nas redes sociais.

O último a registrar sua candidatura foi o advogado Aldenor Rebouças, ele representa o movimento “iNOVAR” e concorre pela Chapa 5. Rebouças afirma que está sofrendo investidas de outras candidaturas e acha que sua chapa pode sofrer impugnação.

Duas chapas já haviam sido registradas. A Chapa 1 é representada pelo advogado Mozart Baldez e a Chapa 2 é liderada por Carlos Brissac.

Eleição para a OAB-MA vai ganhando forma

A eleição da OAB-MA acontece dia 23 de novembro

Marcada para acontecer em 23 de novembro, a eleição para a diretoria do Conselho Seccional da Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB), no estado do Maranhão, vai ganhando forma e oficializando os nomes na disputa.

O advogado criminalista Mozart Baldez foi o primeiro a registrar seu nome na disputa, o advogado representa o movimento “Reconstruir é a Ordem” e teve seu nome registrado na manhã de segunda-feira (22). Para a secretaria adjunta da chapa, foi inscrito a advogada Ionara Pinheiro Bispo.

Pré-candidato à reeleição, o atual presidente Thiago Diaz lidera o movimento chamado “A Renovação Continua”. A chapa já indicou o nome do advogado Heleno Mota da seccional de Imperatriz como candidato a vice, mas ainda não foi registrada oficialmente.

Outro nome praticamente certo na disputa é o do advogado Carlos Brissac, nome indicado do ex-presidente da OAB-MA, Mário Macieira e tem a simpatia de vários secretários estaduais. Carlos Brissac é o candidato de oposição que mais aglutinou apoios que discordam da atual gestão do presidente Thiago Diaz. Nos últimos dias, Brissac recebeu apoio de Pedro Alencar, vice-presidente da OAB-MA e representante do movimento “União & Força” e de Roberto Feitosa, representante do “Repense OAB”, que declinaram de suas candidaturas para fortalecer o nome de Carlos Brissac.

A advogada Sâmara Braúna segue com sua pré-campanha para disputar a presidência da OAB-MA. Nos últimos dias, a advogada se envolveu em uma polêmica, ao perder o apoio do conselheiro federal da OAB, Charles Dias. Sâmara respondeu e afirmou que foi o próprio grupo que dispensou o apoio de Charles. Mesmo com a baixa, Sâmara continua na disputa.

Aldenor Rebouças é outro nome que já lançou sua pré-candidatura e disse seguir firme na disputa. Aldenor já afirmou que tem números suficientes de apoios e que não possibilidades de declinar de sua campanha para apoiar um outro candidato.