Flávio Dino domina debate da Mirante

O governador Flávio Dino (PCdoB) se sobressaiu em todas as perguntas e mostrou com tranquilidade as obras e ações de seu governo. Foto: TV Mirante

A TV Mirante promoveu, na noite de terça-feira (2), o primeiro debate televisivo das eleições do Maranhão. Estiveram presentes os candidatos Flávio Dino (PCdoB), que dominou o embate com os adversários, Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (PSOL), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB). Apenas Ramon Zapata não participou, pois o PSTU não tem representação na Câmara Federal.

Dividido em quatro blocos, o debate teve tema livre no 1º e 3º bloco, enquanto o 2º e 4º bloco foram com temas determinados, além das considerações finais dos candidatos, no 4º e último bloco.

O governador Flávio Dino (PCdoB) se sobressaiu em todas as perguntas e mostrou com tranquilidade as obras e ações de seu governo. Líder em todas as pesquisas, ele pediu aos espectadores, mais uma oportunidade para continuar com as políticas sociais implantadas por sua gestão. Pelo seu status de governador, Flávio Dino não deixou de receber críticas da maioria dos candidatos.

A candidata Roseana preferiu dirigir suas perguntas na maioria das vezes à ex-prefeita Maura Jorge. Ela teve que responder perguntas polêmicas sobre a Casa de Veraneio, por exemplo. Roberto Rocha se mostrou aparentemente nervoso e exaltado, o candidato citou alguns dos suas propostas como os investimentos na área do meio ambiente. Odívio Neto do PSOL mostrou nervosismo ao gaguejar por diversas vezes e esquecer os temas selecionados das perguntas, mas reforçou que se eleito, investirá na valorização dos servidores públicos.

Maura Jorge por sua vez partiu várias vezes com críticas ácidas ao governador Flávio Dino. A candidata não deixou de exaltar por várias vezes a aliança com o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Os maranhenses irão às ruas no próximo domingo (7), e escolherão o gestor para os próximos quatro anos.

Flávio Dino sobe, chega a 64% e vence no 1º turno, diz nova pesquisa Econométrica

A Econométrica ouviu 1.437 de 48 municípios do Maranhão entre os dias 15 a 19 de setembro de 2018

Nova pesquisa realizada pelo Instituto Econométrica, divulgada neste sábado (22) pela rádio FC FM, confirma que se as eleições fossem hoje o governador Flávio Dino (PCdoB) seria reeleito logo no primeiro turno.

Na comparação com o último levantamento produzido pela Econométrica, Flávio apresenta uma evolução nas intenções de votos válidos, subindo de 60% para 64,4%, mais que o dobro à frente de Roseana Sarney (MDB), que caiu de 32,5% no início de setembro para 29,9%.

Ainda segundo a amostragem, a candidata do PSL, Maura Jorge, aparece com 2,5%, tecnicamente empatada com Roberto Rocha (PSDB), que obteve 2,4% dos votos. Em seguida, aparecem Ramon Zapata (PSTU), com 0,6% e Odívio Neto (PSOL), com 0,2%.

Na votação nominal, quando são considerados os votos brancos, nulos e o número de indecisos, Flávio também lidera, com 58,8%, seguido por Roseana Sarney, com 27,3%; Maura Jorge, com 2,3%; Roberto Rocha, com 2,2%; Ramon Zapata, com 0,6% e Odívio Neto, com 0,1%. Brancos e nulos somaram 4,5%; e 4,2% não responderam ou disseram não saber em quem votar.

Rejeição

No quesito rejeição, Roseana Sarney encabeça a lista e 43,6% dos entrevistados disseram não votar de jeito nenhum na candidata do MDB. Nesse cenário, quem aparece como o segundo mais rejeitado entre os maranhenses é Roberto Rocha, com 18,1%, seguido de Flávio Dino, com 17,8%; Maura Jorge, com 12,9%; Ramon Zapata, com 9,5% e Odívio Neto, com 6,7%. Não sabe ou não opinaram 24,2%.

Registrada no TSE sob o nº MA-04166/2018, a pesquisa Econométrica ouviu 1.437 de 48 municípios do Maranhão entre os dias 15 a 19 de setembro de 2018. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 2,6 pontos para mais ou para menos.

Mais um instituto de pesquisa aponta o crescimento de Flávio Dino e queda de Roseana Sarney

A Pesquisa Interpreta ouviu 1.524 pessoas em 53 municípios

A nova pesquisa Interpreta, divulgada nesta segunda-feira (17), pelo jornal Correio, mostra o aumento da vantagem do governador Flávio Dino (PCdoB) sobre a candidata Roseana Sarney (MDB).

A pesquisa realizada em todas as regiões do Maranhão apontou o crescimento de Flávio Dino, que subiu de 60,2% para 61,82% dos votos válidos, confirmando a vitória no primeiro turno.

Já Roseana Sarney, que aparecia em segundo lugar, caiu quase quatro pontos percentuais, saindo de 33% das intenções de voto para 29,57%.

Maura Jorge (PSL) aparece no terceiro lugar com 4,18%, seguida de Roberto Rocha (PSDB) com 4,01%; Ramon Zapata (PSTU), com 0,25% e Odívio Neto (PSOL), com 0,17%.

Rejeição

Segundo a Interpreta, Roseana Sarney é a mais rejeitada entre os eleitores. Exatos 29,4% dos entrevistados afirmaram não votar na candidata do MDB de jeito nenhum. Flávio Dino aparece com 14%; Roberto Rocha aparece com 10,1%; Maura Jorge, com 7,8%; Ramon Zapata, com 5,4%; Odívio Neto, com 5,3%. Para 21,3% dos eleitores, todos os candidatos merecem votos e 6,7% disseram não votar em nenhum deles.

A Pesquisa Interpreta ouviu 1.524 pessoas em 53 municípios do Maranhão entre os dias 8 e 10 de setembro. Registrada no TSE sob o nº MA-01920/2018, a margem de erro do levantamento é de 3 pontos para mais ou para menos.

Exata: Após início da campanha na TV e da declaração de apoio de Lula, Flávio Dino amplia vantagem

O Instituto Exata projeta hoje uma vitória de Flávio Dino no primeiro turno com 64% dos votos válidos

O Jornal Pequeno divulgou, na manhã desta sexta-feira (14), mais uma pesquisa do Instituto Exata que aponta o crescimento das intenções de voto do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Flávio Dino ampliou de 61% para 64% suas intenções na contagem de votos válidos em comparação com a última pesquisa do instituto. Por outro lado, a segunda colocada, Roseana Sarney, quatro vezes ex-governadora, teve uma ligeira queda de dois pontos, de 31% para 29%

O Instituto Exata projeta hoje uma vitória de Flávio Dino no primeiro turno com 64% dos votos válidos, mais que o dobro de votos de Roseana, que aparece com 29%.

No estudo divulgado hoje, Maura Jorge (PSL) aparece em terceiro lugar com 4%, seguida de Roberto Rocha (PSDB), com 3%. Os candidatos Ramon Zapata (PSTU) e Odívio Neto (PSOL) não pontuaram.

Pesquisa Exata/JP publicada no dia 24 de agosto já apontava vitória do comunista. A novidade é que a diferença que já era de 30 pontos ampliou-se para 35 pontos percentuais.

Entre uma pesquisa e outra, teve início a campanha eleitoral na TV e rádio. E foi declarado o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao atual governador.

Na votação nominal, que considerada os números de indecisos, brancos e nulos, Flávio Dino também aparece na frente, com 56% das intenções de votos. Em segundo lugar está Roseana Sarney, com 25%, seguida de Maura Jorge, com 3% e Roberto Rocha, que aparece com 2%. Ramon Zapata e Odívio Neto não pontuaram. Nenhum, brancos e nulos somaram 8%; e 6% dos entrevistados disseram não saber em quem votar.

Registrada no TSE sob o nº MA-09907/2018, a pesquisa Exata/JP realizou 1.400 questionários na Grande São Luís e nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Central do Maranhão, entre os dias 10 e 13 de setembro. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiabilidade é de 95%.

Pesquisa Interpreta: Flávio Dino consolida vantagem, tem 60% e vence no 1º turno

A nova pesquisa Interpreta, feita em todas as regiões do Estado, mostra que o governador Flávio Dino está consolidado na liderança pela reeleição e tem 60,2% dos votos válidos no Maranhão, o que garantiria hoje a vitória no primeiro turno. O levantamento, publicado nesta sexta-feira (7) pelo jornal Correio, de Imperatriz, confirma o que outras pesquisas têm mostrado sucessivamente.

De acordo com a Interpreta, Roseana Sarney tem 33% das intenções de votos válidos, seguida por Maura Jorge (3,3%) e Roberto Rocha (2,9%). Ramon Zapata tem 0,4%; e Odívio Neto aparecem com 0,2%.

Foram feitas 1.500 entrevistas entre os dias 27 e 29 de agosto. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais.

A pesquisa está registrada no TSE sob o número MA-07731/2018.

Estamos a um mês das eleições…

Estão aptos a votar 4.537.237 eleitores em todo o Maranhão

No dia sete de outubro, maranhenses escolherão o governador ou governadora que irá administrar o Estado até 2022. A data de hoje marca o mês que resta para as eleições de 2018, onde serão escolhidos, além do governador, um novo presidente, dois senadores, deputados federais e estaduais.

O governador Flávio Dino (PCdoB), candidato à reeleição, é o favorito na disputa. Em todas as pesquisas eleitorais, Flávio varia entre 51% a 61% dos votos válidos, o que define a disputa logo no primeiro turno.

Concorrem ainda a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que já governou o Estado por 14 anos. Roberto Rocha (PSDB), senador e filho do ex-governador Luiz Rocha. Maura Jorge, ex-prefeita de Lago da Pedra. Ramon Zapata representante do PSTU e o engenheiro e professor Odívio Neto (PSOL).

Estão aptos a votar 4.537.237 eleitores em todo o Maranhão, um número quase 40 mil a mais do que em 2014.

Instituto DataIlha reafirma vitória de Flávio Dino no primeiro turno

O levantamento aponta que, se as eleições fossem hoje, Flávio venceria com quase o dobro de votos de Roseana Sarney

O candidato à reeleição Flávio Dino (PCdoB), lidera a corrida pelo governo do Maranhão e deve vencer as eleições no primeiro turno com 60,47% dos votos válidos. É o que aponta nova pesquisa DataIlha encomendada pela TV Difusora e divulgada nesta segunda-feira (3).

O levantamento aponta que, se as eleições fossem hoje, Flávio venceria com quase o dobro de votos de Roseana Sarney (MDB), que aparece com 31,08%.

Em seguida, estão os candidatos Roberto Rocha (PSDB), com 4,4%; Maura Jorge (PSL), com 3,56%; Ramon Zapata (PSTU), com 0,6%; e Odívio Neto (PSOL), com 0,25% das intenções de voto.

Na votação nominal, quando são considerados os indecisos, brancos e nulos, Dino também segue na frente, com 49,19% dos votos. Em seguida aparecem Roseana Sarney, com 25,28%; Roberto Rocha, com 3,29%; Maura Jorge, com 2,90%, Ramon Zapata, com 0,5%; e Odívio Neto, com 0,20%. Brancos e nulos somaram 8,20%. Não sabem ou não responderam totalizaram 10,45%.

A pesquisa DataIlha/Difusora projetou ainda cenário onde há confronto direto entre Flávio Dino e Roseana Sarney. Aqui a vantagem de Dino é ainda maior, com 66,69% dos votos válidos contra 33,31% de Roseana.

Pesquisa Econométrica/TV Guará também mostra vitória de Flávio Dino no primeiro turno

A Econométrica ouviu 1.407 pessoas de todas as seis regiões do Maranhão

Mais um instituto de pesquisas divulgou seus números, na manhã deste sábado (1°), para a disputa ao Governo do Maranhão. Encomendado pela TV Guará, o Instituto Econométrica também aponta a vitória do governador Flávio Dino (PCdoB), no primeiro turno.

No cenário que é apresentado todos os candidato ao pesquisado, o atual governador tem 53,1% das intenções de voto, seguido por Roseana Sarney (MDB), com 28,8%. Em terceiro lugar vem o senador Roberto Rocha (PSDB), com 3,7% e Maura Jorge (PSL), tem 2,1%. Os candidatos Ramon Zapata (PSTU) e Odívio Neto (PSOL) não somaram um por cento dos entrevistados.

Os brancos e nulos somam 6,6%, os que não sabem ou não responderam 4,9%.

Quando analisados apenas os votos válidos, o governador Flávio Dino pontua 60% das intenções de voto, contra 32,5% da ex-governadora Roseana Sarney. O senador Roberto Rocha aparece com 4,2%, enquanto Maura Jorge soma 2,4%. Ramon Zapata e Odívio Neto não ultrapassaram 1%.

Segundo turno

A pesquisa também ouviu os eleitores sobre um possível segundo turno, nos dois cenários o governador Flávio Dino venceria a eleição em ambos.

Caso enfrentasse a ex-governadora Roseana Sarney, Flávio Dino teria 56,3% contra 30,8% da candidata. Brancos e nulos somam 8,2% e não sabem ou não responderam 4,7%.

Com Roberto Rocha no Cenário, Dino foi citado por 63,3% dos entrevistados enquanto o senador teria 17,3%. Brancos e nulos somam 13,1% enquanto os que não sabem ou não responderam chegam a 6,3%.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, onde os entrevistados citam livremente os candidatos em que votam, Flávio Dino foi o mais bem colocado com 37% das citações seguido por Roseana Sarney com 16,1%. Roberto Rocha fica em terceiro com 1%.

Maura Jorge e Ramón Zapata aparecem com menos de 1%, já Odívio Neto não foi citado por nenhum dos entrevistados. Bancos e nulos somaram 4%, já o número de que não sabem ou não responderam chegou a 40%.

Rejeição

A ex-governadora Roseana Sarney lidera com 47,1% no quesito rejeição, seguida por Roberto Rocha com 26,3% e Flávio Dino com 23,4%.

Maura Jorge foi citada por 19,5%, Ramon Zapata por 17,3% e Odívio Neto por 12,7%. Os entrevistados que não sabem ou não responderam chegam a 12,1%.

Aprovação

O Governo de Flávio Dino foi aprovado por 65,2% dos entrevistados contra 31,1% dos que não aprovam a sua gestão. Apenas 3,7% não sabem ou não responderam sobre a aprovação do governo.

Ao todo, a Econométrica ouviu 1.407 pessoas de todas as seis regiões do Maranhão. A pesquisa foi realizada no período entre 21 e 25 de agosto e foi registrada no TSE sob o número MA-08877/2018. O intervalo de confiança é de 95% com uma margem de erro de 2,61%.

Resumo do primeiro dia de campanha para o Governo do Maranhão

O governador Flávio Dino (PCdoB) mostrou algumas de suas obras com foco nas políticas públicas

O primeiro bloco televisivo da campanha eleitoral, iniciado na manhã desta sexta-feira (31), para a campanha de governador, trouxe alguns detalhes.

As propagandas políticas dos candidatos Roberto Rocha (PSDB) e Odívio Neto (PSOL) não foram veiculadas. O PSTU usou uma imagem com o endereço de suas redes sociais.

Maura Jorge (PSL), numa tentativa de sair do mesmo discurso político dos demais candidatos, deu “banana” no horário gratuito e comparou a campanha na TV e no Rádio como uma feira.

O governador Flávio Dino (PCdoB) mostrou algumas de suas obras com foco nas políticas públicas. O povo ganhou vez na propaganda e foi vista a participação de vários cidadãos que foram beneficiados pelas ações do governo do Estado. A mensagem de um governo mais humano e de todos foi muito bem abordada na propaganda e evidenciou que, além do discurso, os maranhenses estão vendo, na prática, a mudança do governo Flávio Dino.

Já Roseana Sarney (MDB) preferiu falar sozinha em seu primeiro discurso, não citou seu pai, o ex-presidente José Sarney, e abusou no uso de fotos antigas.