Prefeito Edivaldo amplia frota de ônibus com ar-condicionado em São Luís

Os dez novos ônibus integram um lote de 40 veículos que serão disponibilizados à população até o final deste ano, como parte das comemorações pelo aniversário de 406 anos da capital

Como parte do programa macro de reestruturação do Sistema de Transporte Público da Capital, colocado em prática na gestão do prefeito Edivaldo, novos ônibus com ar-condicionado foram incorporados ao sistema municipal de transporte público de São Luís. Os novos veículos, que também contam com elevadores de acessibilidade, foram apresentados nesta terça-feira (28), em ato realizado na Praça Aragão, com a presença do prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e do secretário municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Canindé Barros. Os novos ônibus vão atender as linhas do Consórcio Upaon-Açu, que servem a bairros na área da Cidade Operária; e do Consórcio Primor, que fazem rotas para bairros da região Turu/Divineia.

Os dez novos ônibus integram um lote de 40 veículos que serão disponibilizados à população até o final deste ano, como parte das comemorações pelo aniversário de 406 anos da capital. Como melhoria no sistema de transporte público da capital a gestão do prefeito Edivaldo já contabiliza uma renovação de 73% da frota e redução da idade média de acima de 10 anos para 4,5 anos, só para citar algumas.

No ato, o prefeito Edivaldo destacou os avanços conquistados no setor. “A melhoria do transporte público é, sem dúvida alguma, um dos maiores legados que a nossa gestão deixa para a cidade, o que só foi possível com a realização da licitação do setor, outro grande marco da nossa administração. Os avanços são muitos e significativos. A população já sente a mudança e usufrui das melhorias proporcionadas ao setor”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Os dez novos ônibus integram um lote de 40 veículos que serão disponibilizados à população até o final deste ano, como parte das comemorações pelo aniversário de 406 anos da capital

Na ocasião, o prefeito anunciou ainda a implantação do sistema Wifi nos ônibus da capital, ainda nesse semestre. “O serviço já foi licitado e nos próximos dias a população contará também com mais este benefício importante, concretizando mais um compromisso da nossa gestão firmado com o povo”, frisou Edivaldo.

Segundo o titular da SMTT, Canindé Barros, com a ampliação da frota de veículos novos circulando na capital, São Luís avança ainda mais na melhoria do sistema de transporte público como um todo. A ação se soma a outras ações importantes executadas na cidade para chegar o mais próximo possível da excelência no setor. O secretário informou ainda que dos veículos novos inseridos no sistema, 240 são com ar-condicionado, sendo 20 articulados, que possuem uma capacidade maior de transporte de passageiros e atendem principalmente as linhas consideradas de maior demanda. Os modelos articulados têm capacidade para transportar cerca de 200 passageiros por viagem.

Um dos primeiros passos para atingir as melhorias do serviço de transporte na capital foi a modernização do sistema de bilhetagem eletrônica, que permitiu a instalação da biometria facial, equipamento que reconhece a fisionomia do usuário, impedindo que pessoas utilizem indevidamente o cartão de outros passageiros; a recarga embarcada, o Bilhete Único, o Cartão Criança e a instalação de GPS em 100% da frota de ônibus, permitindo ao passageiro acompanhar melhor a localização dos veículos em seus trajetos e o tempo de espera nos pontos de ônibus por meio de aplicativo para celular.

Além disso, outros instrumentos também ajudaram a modernizar o sistema como um todo, a exemplo da Central de Controle Operacional por Videomonitoramento do Trânsito (CCO), que possibilita o acompanhamento direto e em tempo real de todo o sistema de trânsito e transporte da cidade.

TRE classifica como propaganda antecipada “Gabinete Móvel” de Roberto Rocha e manda retirar veículo de circulação

Intitulado de “Gabinete Móvel”, o veículo foi apresentado pelo senador no último dia 07 de julho, faltando apenas três meses para o pleito de outubro

O desembargador Tyrone José Silva, do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, atendeu representação formulada pelo Diretório Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e determinou liminarmente, na terça-feira (17), que o senador Roberto Rocha (PSDB) retire de um ônibus o que classificou de propaganda eleitoral antecipada idealizada com o objetivo de promover a sua pré-candidatura ao Governo do Estado.

Intitulado de “Gabinete Móvel”, o veículo foi apresentado pelo senador no último dia 07 de julho, faltando apenas três meses para o pleito de outubro.

Leia mais: Ricardo Murad desiste da candidatura ao Governo do Maranhão e declara apoio a Roseana Sarney

O ônibus, plotado com o nome do senador, suas redes sociais, hashtags de pré-campanha e que faz, inclusive, referência ao ex-governador Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, está sendo usado como ferramenta para que Rocha mantenha um contato mais “direto” com o cidadão maranhense.

Na representação apresentada ao TRE-MA, o PDT alegou que, apesar de estar há quase quatro anos no exercício do mandato, Roberto Rocha, somente agora, resolveu lançar um “Gabinete Móvel” que mais parece um outdoor ambulante.

Leia mais: Te cuida, Waldir! Zé Reinaldo volta atrás e declara que estará com Roberto Rocha

De acordo com o desembargador Tyrone José, a permanência da referida propaganda afeta a isonomia entre os candidatos, com propensão até de repercutir no resultado do pleito, se caracterizando como perigo de dano.

Caso a decisão não seja cumprida pelo senador em 48 horas, o tucano terá que arcar com uma multa diária no valor de R$ 5 mil.

 

Leia mais: Dois partidos não participarão das eleições de 2018 no Maranhão

Ocorrências em coletivos na Região Metropolitana de São Luís reduziram 25% em fevereiro deste ano…

Policiais continuam megaoperação deflagrada na região metropolitana de São Luís. Foto: Karlos Geromy/Secap

A Polícia Militar realizou mais de 2,2 mil abordagens a ônibus, em fevereiro deste ano. O número é 55% maior, se comparado ao mesmo período de 2017. A produtividade resultou na diminuição das ocorrências a coletivos em 25%, segundo dados do Sistema de Informação (Sigo), que tem base em estatísticas do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA). As ações integram a operação Busca Implacável, realizada pelo Batalhão Tiradentes.

No comparativo entre os anos 2015 e 2017, coletados com o STTREMA, também houve queda nos assaltos a ônibus. Foram 662 ocorrências em 2015, que no ano seguinte, diminuíram em 9%, quando 603 casos foram registrados. A queda se manteve em 2017, com 580 registros, representando 3,8% menos casos, em comparação a 2016. “Os números mostram a importância das ações especializadas e ostensivas do Batalhão no controle a este crime”, reiterou o tenente-coronel Raimundo Andrade.

“O objetivo da operação é impedir assaltos a ônibus e garantir a segurança de quem utiliza o serviço público”, destaca o comandante geral do Batalhão Tiradentes. A ação consiste na presença do policial nos coletivos para vistoria e monitoramento, priorizando pontos com maior demanda de ocorrências. Além das abordagens a pessoas, a polícia realiza condução, prisão de suspeitos e apreensões de drogas e armas, se for o caso. No período somaram 2.223 abordagens a ônibus.

O aumento nas abordagens vem ocorrendo gradativamente, após novo planejamento das atividades que tem como foco o alcance de demanda estipulada pelo comando da operação. Cada equipe de policiais realiza 10 abordagens a coletivos diariamente e são premiados pela meta concluída a cada trimestre. “Uma medida de estímulo ao trabalho e empenho dos nossos policiais, merecidamente”, reforça o tenente-coronel Andrade.

O comandante geral do Batalhão Tiradentes enfatizou ainda o “apoio irrestrito do governador ao grupamento, aumentando o número de veículos e dotando a unidade de equipamentos para combate a este crime”. São 170 policiais, 30 motos e cinco viaturas que atuam como apoio. O Batalhão está localizado na Rua 7 de Setembro, Centro, e atende ao bairro e demais regiões do entorno.

Divulgada lista dos sorteados do Cartão Transporte Universitário

O programa Cartão Transporte Universitário beneficia, com bolsas de auxílio semestral de R$ 800, estudantes de instituições de curso superior pública ou privada no Maranhão.

Nesta quinta-feira (8), foi divulgada a lista com os candidatos sorteados no programa Cartão Transporte Universitário para o semestre 2018.1, bem como a lista de excedentes, levando em consideração aqueles regularmente inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O sorteio consistiu na composição de uma ordem de classificação, gerada de forma randômica. O primeiro sorteio aconteceu entre os 1.359 candidatos com inscrições válidas no CadÚnico, sendo sorteados 950 universitários selecionados para a próxima etapa do programa.

Os 409 candidatos com CadÚnico não sorteados iniciam a lista de excedentes. O segundo sorteio envolveu os candidatos sem Cadùnico e selecionou mais 2012 universitários que completam a lista de candidatos excedentes.

Após a divulgação das listas será feita a análise da documentação fornecida pelos candidatos no ato da inscrição. A Comissão de Seleção terá o período de 9 a 19 de março para analisar a documentação dos sorteados. A lista dos candidatos com inscrições deferidas, será publicada no site, no dia 21 de março.

Os estudantes selecionados e que tiverem suas inscrições deferidas deverão receber o benefício, a partir do dia 20 de abril, nas agências do Banco do Brasil, que estarão descritas em na lista que será disponibilizada.

O programa Cartão Transporte Universitário beneficia, com bolsas de auxílio semestral de R$ 800 em parcela única, estudantes matriculados em cursos presenciais e com regime diário de aulas em Instituições de Ensino Superior públicas ou privadas situadas no Maranhão e em estados circunvizinhos, e alunos do IEMA, que precisam percorrer diariamente, distâncias de mais de 100 km (somadas ida e volta) entre a cidade onde reside e o município onde estudam, amenizando assim o impacto econômico e incentivando a permanência e a continuidade dos estudos.

Em São Luís, ônibus terão trajeto alterado e frota ampliada durante o carnaval

Durante o período de carnaval, as equipes de plantão de trânsito e transportes estarão trabalhando 24hs por dia e as solicitações de apoio podem ser realizadas por meio dos telefones 32141123/3214-1149.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) irá realizar alteração na frota, em horários específicos, e nos trajetos dos ônibus que circulam pelo Centro da cidade com o objetivo de manter a organização do trânsito e a oferta do transporte coletivo urbano durante o Carnaval 2018. As mudanças ocorrem das 14h do dia 11 de fevereiro até as 14h do dia 14. O transporte coletivo opera com o total da frota que circula normalmente aos sábados.

Os trajetos serão alterados por conta do fechamento parcial da Avenida Beira-Mar e do Anel Viário. As linhas que operam pela Ponte do São Francisco, por exemplo, com destino ao Terminal da Praia Grande e Centro, devem desviar pela Rua das Paparaúbas e seguir pela Ponte Bandeira Tribuzzi, em direção à Camboa, Avenida Venceslau Brás, Deodoro, Rua da Paz, Avenida Magalhães de Almeida e Anel Viário, para, então, seguir o itinerário normal.

As Linhas que operam pela Avenida Getúlio Vargas (Monte Castelo) com destino ao Terminal da Praia Grande, via Rua Rio Branco, devem passar pela Deodoro, Rua da Paz, Avenida Magalhães de Almeida, Anel Viário e segue itinerário normal. Já as linhas que operam pela Ponte Bandeira Tribuzzi, devem desviar Camboa, Avenida Venceslau Brás, Deodoro, Rua da Paz, Avenida Magalhães de Almeida e Anel Viário. Por conta do desfile de passarela, antes de seguir o itinerário normal, as linhas que operam pela Avenida Beira Mar sentido Bacanga/Areinha/Avenida dos Africanos, devem desviar na Fonte do Bispo, Rua das Cajazeiras, Avenida Guaxenduba e Areinha.

A SMTT informa, ainda, que durante o período de carnaval as equipes de plantão de trânsito e transportes estarão trabalhando 24hs por dia, e as solicitações de apoio podem ser realizadas por meio dos telefones 3214-1123/3214-1149.

Em nota, SMTT anuncia reajuste de passagens de ônibus em São Luís

Valor das passagens vai subir na capital maranhense

Em nota disparada à Imprensa, neste sábado (20), a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informou o reajuste na tarifa de prestação do serviço de transporte público de São Luís.

Ovalor da passagem das linhas integradas passa de R$ 2,90 para R$ 3,10 e o das não integradas – atualmente de R$ 2,20 e R$ 2,50 – passa a ter preço único de R$ 2,70. Os novos valores tarifários fixados por Decreto Municipal entram em vigor a partir da 0h desta segunda-feira, dia 22 de janeiro de 2018.

Na nota, a SMTT justificou que o reajuste tarifário atende às regras do contrato de concessão do serviço.

O último reajuste concedido às empresas que operam o sistema de transporte público da capital maranhense tinha ocorrido em março de 2016, há quase dois anos.

São Luís – Suspensa a greve de ônibus; Justiça decidirá percentual de reajuste para rodoviários

A paralisação, marcada para São Luís, foi suspenso por enquanto

A greve dos rodoviários, que iniciaria nesta terça-feira (13), foi suspensa. A mediação aconteceu há poucas horas da anunciada paralisação dos trabalhadores do transporte público. O Sindicato dos Rodoviários exige que os itens da nova Convenção Coletiva de Trabalho sejam, de uma vez por todas, definidos.

A audiência foi conduzida pela desembargadora Márcia Andréa Farias da Silva, do Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão. Estiveram presentes representantes do Sindicato dos Rodoviários, do sindicato patronal, além da Prefeitura de São Luís. A Agência de Mobilidade Urbana (MOB) também foi convocada, mas nenhum representante compareceu.

Os rodoviários mantiveram o posicionamento de reajuste salarial de 13% e aumento no valor do ticket alimentação, dos atuais 490 reais, para 650 reais. Os empresários, novamente, foram para o encontro não dispostos a negociar. O percentual oferecido foi o mesmo já apresentado em outras reuniões, de apenas 2%.

A Prefeitura de São Luís descartou qualquer possibilidade de aumento nas tarifas e afirmou que o reajuste salarial dos rodoviários é uma competência dos empresários.

Diante da permanência deste impasse, o Tribunal Regional do Trabalho solicitou a suspensão do movimento grevista. Já o Ministério Público do Trabalho deverá ajuizar ação de dissídio coletivo, com pedido de tutela antecipada, que decidirá as cláusulas econômicas da nova Convenção Coletiva de Trabalho referentes a reajuste salarial, ticket alimentação e o plano de saúde. O Sindicato dos Rodoviários, tendo em vista essa garantia, concordou em suspender a greve.

Sem acordo com patrões, rodoviários de São Luís vão cruzar os braços novamente dia cinco…

ônibus decidiram por paralisação na próxima segunda-feira

Reunidos em assembleia nesta segunda-feira (29), os rodoviários, trabalhadores que atuam no transporte público de São Luís, decidiram paralisar as atividades na próxima segunda-feira, dia 05 de junho. A medida foi definida assim, já que não conseguiram nenhum acordo com a classe patronal.

O Sindicato dos Rodoviários comunicará, oficialmente, a Justiça, nesta terça-feira (30), sobre a decisão, com o respaldo do posicionamento da categoria, que votou igualmente nas duas assembleias. A partir de então, começará a contar o prazo de 72 horas, que termina na sexta-feira (2).
Levando em consideração que a paralisação está marcada para a próxima segunda-feira, os empresários ganharão mais dois dias, no caso o sábado e domingo, para apresentar novas contrapropostas. Segundo os rodoviários, se mesmo assim as negociações não avançarem, não resta alternativa, que não seja partir para a greve.
O Sindicato dos Rodoviários exige, entre outros itens, reajuste salarial de 13% e aumento do ticket alimentação dos atuais R$ 490,00 para R$ 650,00 aos trabalhadores que atuam no setor urbano. Até agora, a única contraproposta oferecida pelos patrões é de reajustar o salário dos trabalhadores em 2,5%.
A entidade representativa dos rodoviários entende que essa oferta dos empresários é vergonhosa e não cobre nem as perdas inflacionárias, no decorrer do último ano.

 

Rodoviários aprovam estado de greve em São Luís

Com a decisão, será concedido prazo aos empresários para que as negociações ocorram entre as partes.

ônibus podem decretar greve em São Luís

As duas assembleias do dia, na sede do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, foram marcadas por ânimos exaltados, discussões calorosas e muitas reivindicações por parte da categoria. As assembleias foram conduzidas pelo presidente, Isaias Castelo Branco, e demais diretores da entidade.

Nas duas ocasiões, os rodoviários, entre eles, motoristas, cobradores e fiscais, demonstraram indignação, diante dos vários direitos, até hoje desrespeitados pelos empresários. Quanto às questões salariais, existem empresas ou consórcios, que atuam no transporte público de São Luís, que até não efetuaram o pagamento do 13º salário dos funcionários. Em relação às condições de trabalho, os pontos finais também entraram nas discussões. Quase todos na capital, estão em situação precária, sem o mínimo de infra-estrutura, como por exemplo, a ausência de banheiros para atender as necessidades de trabalhadores e usuários do sistema.

Outros pontos também foram incluídos na pauta. Com a licitação, muitas empresas, que antes prestavam serviço, deixaram de atuar no transporte público. Com isso, muitos trabalhadores foram dispensados, mas alguns empresários não cumpriram com a obrigação de pagar as verbas rescisórias.

A demissão dos rodoviários foi outra questão discutida. Pelo acordo feito entre Ministério Público, Prefeitura de São Luís, Sindicato dos Rodoviários e Sindicato Patronal – SET, os funcionários deveriam ser remanejados para outras empresas ou consórcios, medida que não está sendo tomada pelos empresários.

Itens que integram a Convenção Coletiva de Trabalho e que ainda não foram implementados foram questionados nos encontros, como atraso de salário e o não repasse do tiquet alimentação, pagamento dos trabalhadores por meio de contas em bancos, além do descanso estabelecido nesta convenção que o rodoviário tem direito entre uma viagem e outra.

Durante as assembléias foi aprovado, por unanimidade, a partir de agora, o rstado de greve. É importante ressaltar que isso significa dizer que os trabalhadores ainda não vão parar. Por enquanto, não haverá paralisação do sistema em São Luís. Com o estado de greve, o Sindicato dos Rodoviários está concedendo um prazo aos empresários, até a metade da próxima semana, para que as negociações entre as partes, possam acontecer.

Se nenhum acordo for firmado durante esse período, aí sim será deflagrado o movimento de greve na capital.