Flávio Dino nomeia 30 novos procuradores de Estado…

Governador Flávio Dino

O governador do Estado, Flávio Dino, nomeou 30 novos procuradores de Estado. O ato segue de acordo com a lei nº 6.107/1994 (formação do quadro da Procuradoria Geral do Estado) e o edital 001/2016 (de realização do concurso).

A nomeação foi assinada pelo governador e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares. De acordo com Flávio Dino, a nomeação se dá pelo reforço necessário ao órgão que defende o Estado. “Fiz a nomeação agora de 30 novos Procuradores do Estado, que irão defender o patrimônio e o interesse público. Parabéns.”, declarou o governador.

Os novos procuradores foram aprovados e classificados após participarem de concurso público, com mais de uma etapa, que incluíram provas objetivas, oral e análise de currículo.

O procurador geral do Estado, Rodrigo Maia, agradeceu a importância com que o governador tratou as nomeações e parabenizou os novos procuradores. “Esse é um dia histórico. Depois de 13 anos, a PGE se renova. Em nome da carreira, deixo nosso agradecimento ao governador Flávio Dino. Parabéns aos 30 novos colegas que cerrarão fileiras na defesa do erário”, disse.

Veja a lista dos procuradores nomeados:

01. ANA CLEIA CLIMACO RODRIGUES DA SILVA
02. CLARA GONÇALVES DO LAGO ROCHA
03. FRANCISCO BEOLANDIO DOS SANTOS SILVA
04. RENAN SALES DE MEIRA
05. LUCAS ALVES DE MORAIS FERREIRA
06. GIORGIA KRISTINY DOS SANTOS ADAD
07. GABRIEL MEIRA NOBREGA DE LIMA
08. ROMÁRIO JOSÉ LIMA ESCÓRCIO
09. BRUNO MENEZES SOUTINHO
10. EDUARDO LUIZ DE PAULA LEITE
11. LUCÉLIO MAGALHÃES SILVA
12. MILLA PAIXÃO PAIVA
13. JOÃO BATISTA DO REGO JUNIOR
14. ANGELUS EMÍLIO MEDEIROS DE AZEVEDO MAIA
15. PABLO FREIRE ROMÃO
16. LUÍS FELIPE FONTES RODRIGUES DE SOUZA
17. MATEUS SILVA LIMA
18. EDUARDO PHILIPE MAGALHÃES DA SILVA
19. MARTHA JACKSON FRANCO DE SÁ MONTEIRO
20. RODRIGO AUGUSTO PINTO MACIEL
21. THAÍS ILUMINATA CESAR CAVALCANTE
22. DAVI MAIA CASTELO BRANCO FERREIRA
23. MIZAEL COELHO DE SOUSA E SILVA
24. ARTHUR REGIS FROTA CARNEIRO ARAÚJO
25. OSCAR LAFAIETE DE ALBUQUERQUE LIMA FILHO
26. IGOR DE ARAÚJO VILELLA
27. LUCAS SOUZA PEREIRA
28. DENILSON SOUZA DOS REIS ALMEIDA
29. GIVANILDO FÉLIX DE ARAÚJO JÚNIOR
30. AMANDA PINTO NEVES

Eleições 2018: Márcio Jerry confirma pré-candidatura a deputado federal

Jerry afirma que o PCdoB incluiu seu nome ao projeto eleitoral para a Câmara dos Deputados.

Durante entrevista à rádio Difusora, o secretário de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry (PCdoB), confirmou estar mesmo disposto a se lançar pré-candidato a deputado federal em 2018.

Segundo ele, o PCdoB incluiu seu nome no “projeto eleitoral” para a Câmara dos Deputados.

O deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB), durante entrevista à rádio Educadora, também informou sobre a pré-candidatura de Jerry pelo partido e destacou, ainda, que o projeto do PCdoB no Maranhão inclui a eleição de Márcio Jerry e do secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, como novos deputados federais do partido.

De olho na rápida ascensão de Flávio Dino, PCdoB mira presidência em 2018

El País

Na entrevista, o governador Flávio Dino negou intenção de se candidatar à Presidência

O Estado do Maranhão ganhou 2.000 quilômetros de rodovias desde que o governador Flávio Dino (PCdoB) foi empossado, em 1º de janeiro de 2015. Dois desses quilômetros levam ao pequeno município de Paço do Lumiar, na região metropolitana da capital São Luís, onde Domingos Dutra, petista histórico que migrou no ano passado para o PCdoB, foi eleito prefeito neste ano. Embalado pelos bons resultados da gestão Dino, o PCdoB elevou de 14 para 46 o número de prefeituras no Maranhão, onde a coligação do governo venceu 150 das 217 disputas na eleição municipal.

Os resultados são tão bons que animam os admiradores de Dino a pensar em destinos mais distantes. Os 2.000 quilômetros novos de rodovias, comenta-se em São Luís, equivalem à distância entre a capital maranhense e Brasília. Teria o comunista pavimentado em apenas dois anos de Governo seu caminho para uma candidatura ao Palácio do Planalto?
O próprio Flávio Dino espanta a possibilidade de se candidatar à presidência em 2018. “Sou candidato à reeleição se Deus me der vida e saúde. Porque nós temos uma tarefa inconclusa no Estado”, disse o governador em entrevista ao EL PAÍS. Mas a presidenta nacional do partido, a deputada federal Luciana Santos (PE), diz que o governador ainda ficou de se posicionar sobre o assunto perante o partido.

“Neste ambiente de falta de perspectiva, o PCdoB tomou uma definição: lança em março seu candidato à presidência. Ele [Dino] ficou de refletir”, diz a deputada, que comanda um partido obrigado a se reposicionar com a saída do PT do poder, de quem foi o mais leal parceiro em quase 14 anos, e com a perspectiva de uma pulverizada disputa presidencial.
Santos pondera sobre o planos: entende que Dino tem suas responsabilidades no Maranhão e diz que ele vem se dedicando para que a gestão dê certo, mas destaca a rápida projeção alcançada pelo governador em um curto período — os 46 prefeitos eleitos pelo PCdoB neste ano representam mais da metade das 80 vitórias do partido nas eleições municipais. A outra grande vitória da legenda foi em Aracaju, com a eleição do ex-prefeito Edvaldo Nogueira, o único de oposição a Michel Temer a emplacar numa capital do Nordeste ao lado de Roberto Cláudio (PDT), um aliado do também presidenciável Ciro Gomes.

Caso Dino não aceite ser candidato, quais seriam as alternativas? Segundo Luciana Santos, entre os nomes estão a senadora Vanessa Grazziotin (AM), o ex-ministro Aldo Rebelo e a deputada Jandira Feghali, derrotada neste ano na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro. Nenhum parece se comparar ao do governador maranhense.

Em um momento de crise na esquerda brasileira, com seu principal partido, o PT, atravessando o pior momento de sua história, o nome de Flávio Dino, um ex-juiz federal que vai passando ileso pela apocalíptica Operação Lava Jato e ostenta 61% de aprovação popular, parece se apresentar naturalmente ao posto de liderança nacional. O governador destaca que, desde o impeachment de Dilma Rousseff — contra o qual atuou —, vem tentando se manter longe do debate político nacional. Mas todas as suas manifestações sobre o assunto, em entrevistas ou por meio de redes sociais, parecem carregar o tom da liderança esquerdista que ele, segundo suas próprias palavras, tenta evitar.

Não faltam números para explicar o sucesso do governador comunista — e seu Governo faz questão de expô-los constantemente, em reação a uma oposição que governou o Maranhão por mais de 50 anos e que tem apontado os limites da atual gestão por meio de grandes veículos de imprensa e de numerosos blogs que alimentam a luta política nas redes sociais. Neste fim de ano, Flávio Dino celebrou uma redução de 47,5% da mortalidade infantil em 30 cidades atendidas pelo programa Força Estadual de Saúde (Fesma). Além disso, a capital São Luís se aproxima de atingir o tratamento de 40% de seu esgoto — até o meio do ano, tratava apenas 4%, e a meta é atingir 70% até o meio de 2018.

As políticas bem sucedidas — entre elas estão a proeza de não ter atrasado salários em um ano em que quase todo mundo atrasou e a melhoria das condições em um sistema prisional que ficou marcado pelas barbaridades do Complexo de Pedrinhas — atraíram para a órbita de Dino uma série de políticos, que renderam ao PCdoB um número de candidaturas (103) recorde neste ano. “O PCdoB é um partido forte, que reúne todas as condições para fazermos um grande trabalho em prol da cidade de Barão de Grajaú”, discursou em outubro de 2015 o prefeito Gleydson Resende, ao trocar o PR pelo partido comunista. Um ano depois, Resende seria reeleito como um dos 46 comunistas vitoriosos no Estado.

O resultado eleitoral deste ano animou o governador maranhense a antever um 2017 ainda melhor para o Estado, apesar da esperada intensificação no aperto financeiro, como consequência da crise econômica nacional. “Nós teremos em 2017 um cenário de trabalho com as prefeituras num clima melhor. Não que a gente não trabalhe com prefeituras que não são da nossa posição política, mas há uma identidade programática melhor, o que facilita o diálogo”, diz Flávio Dino, que completa: “Isso autoriza que a gente imagine o nosso fortalecimento político em 2018, com a reeleição no Governo e a eleição de deputados que consolidem a transição maranhense”. Ou brasileira.

PSOL protocola pedido de impeachment de Temer; Grupo do PT e PCdoB entra com representação na PGR

Globo.com

Michel Temer enfrentará processo de impeachment também

Michel Temer enfrentará processo de impeachment também

(Reuters) – O PSOL protocolou nesta segunda-feira na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer, após as acusações de que ele teria pressionado o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero a atender interesses pessoais do então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima.

Também nesta segunda-feira, parlamentares do PT e do PCdoB entregaram representação contra Temer na Procuradoria-Geral da República pedindo que o órgão investigue a conduta do presidente da República.

No pedido de impeachment, o PSOL afirma que Temer cometeu crime de responsabilidade ao pressionar Calero para que levasse à Advocacia-Geral da União uma decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) de barrar as obras de um empreendimento imobiliário em Geddel havia comprado um apartamento.

A acusação foi feita pelo ex-titular da Cultura em depoimento à Polícia Federal na semana passada. Temer nega as declarações de Calero e afirma que apenas tentou mediar o conflito entre dois ministros e dois órgãos do governo com o envio do caso à AGU.

“Nós entendemos que não há nenhum tipo de conflito de decisões, não há conflitos administrativos nessa questão. A entrevista do presidente Michel Temer ontem cometeu novamente o erro de dizer que ele estava arbitrando conflitos”, disse em entrevista coletiva o líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente (SP), pouco antes de protocolar o pedido de impeachment.

“Não havia conflito entre um parecer de um órgão técnico próprio, o Iphan, e outro órgão público”, acrescentou.

“O que eles estavam advogando por uma causa privada do ministro Geddel Vieira Lima”, afirmou. No pedido, o PSOL acusa Temer de ter praticado o crime de advocacia administrativa ao defender os interesses pessoais de Geddel dentro do governo.

O pedido protocolado pelo PSOL terá agora de ser analisado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a quem cabe decidir se dá seguimento ao pedido ou se o arquiva. Maia, que é um aliado de primeira hora de Temer, afirmou na sexta não ver bases para o pedido de impedimento de Temer.

Apesar disso, Valente afirmou não acreditar que o presidente da Câmara vá arquivar de imediato o pedido protocolado pelo PSOL nesta segunda.

“Arquivar imediatamente uma proposta como essa, que tem base jurídica, vai demonstrar que há um conluio aqui nessa Casa. Vai mostrar para a sociedade que, ou eles respondem juridicamente por que não foi praticado tráfico de influência, advocacia administrativa e crime de responsabilidade, ou a simples canetada do presidente da Câmara vai mostrar uma outra questão, que ele também está comprometido com tudo isso”, disse.

“Nós acreditamos que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não fará de imediato, de maneira ostensiva, a desqualificação dessa peça jurídica.”

REPRESENTAÇÃO À PGR

Também nesta segunda deputados e senadores do PT e do PCdoB protolocaram junto à Procuradoria-Geral da República uma representação que solicita que o órgão abra investigação contra Temer para apurar a prática dos crimes pelo presidente no caso

“Ao nossa ver, ele cometeu ao menos dois crimes no caso Geddel: concussão (exigir vantagem indevida em razão da função pública que ocupa) e advocacia administrativa. Queremos que seja investigado por isso”, disse o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE).

O líder petista chegou, inclusive, a pedir a renúncia de Temer para que sejam convocadas eleições diretas para a Presidência.

A possibilidade de antecipação da eleição direta só ocorre se a Presidência ficar vaga até o fim deste ano. Caso isso ocorra a partir do ano que vem, a eleição seria indireta.

A PGR solicitou os áudios de Calero à Polícia Federal.

Othelino reconhece trabalho de Sérgio Frota à frente da presidência do Sampaio

 

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) reconheceu, na sessão desta quinta-feira (10), os esforços e o trabalho do presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota (PSDB), à frente da equipe de futebol maranhense. O parlamentar disse que este foi um ano difícil para o time  que, infelizmente, caiu para a série C, mas, segundo ele, não se pode deixar de  destacar o papel fundamental do deputado e dirigente da “Bolívia Querida”.

Segundo Othelino Neto, nesses dez anos em que o deputado Sérgio Frota é dirigente do Sampaio Corrêa, o time melhorou, teve um momento em que voltou a disputar o campeonato nacional na série C, chegou a cair para a série D, foi campeão, subiu novamente e chegou à série B, onde fez uma brilhante campanha, faltando detalhes para que tivesse conseguido ficar entre os quatro melhores.

“Nós que gostamos de futebol, precisamos entender que qualquer time passa por esses momentos de subida. Atravessa uma fase boa e, às vezes, tem as suas crises. Grandes times nacionais, por exemplo, que estão sempre na elite do futebol, passaram pela série B. Cito o Vasco da Gama, o Palmeiras, que já esteve lá e agora está na iminência de ser campeão da série A do Campeonato Brasileiro”, afirmou.

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota pela condução do clube, que agora passa por um momento de dificuldade. “Mas não podemos, sob pena de cometer injustiça, de deixar de reconhecer o trabalho do presidente do Sampaio, durante todos esses anos, dedicação de forma apaixonada”, frisou.

Othelino disse que, embora todos estejam, e não só os torcedores do Sampaio, mas aqueles que gostam do futebol, tristes com o rebaixamento, ele renova a confiança na equipe, no presidente Sérgio Frota. “Temos esperança de que, no ano que vem, faremos uma excelente campanha na série C. Voltaremos para a B. E, mesmo assim, com essa dificuldade momentânea, a equipe consegue estar acima da média dos mais de mil times regularizados, oficializados no futebol brasileiro profissional”, afirmou.

Othelino disse esperar que, no ano que vem, os torcedores tenham muitas alegrias com o Sampaio. “Não adianta agora virar as costas para o clube ou querer escolher culpados. O que precisamos é renovar o nosso amor pelo Sampaio Corrêa e pelo futebol maranhense e ajudar para que nós tenhamos um ano melhor a partir de janeiro”, finalizou.

Humberto Coutinho assume governo do Estado a partir desta quinta

Humberto Coutinho assume o governo por três dias

Humberto Coutinho assume o governo por três dias

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), tomará posse, interinamente, nesta quinta-feira (3), a partir das 9h, no Palácio dos Leões, do Governo do Estado do Maranhão.

Humberto Coutinho substituirá o governador Flávio Dino (PC do B) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que estarão em viagem para tratar de assuntos particulares, até o próximo sábado (5).

A Solenidade contará com a presença de diversas autoridades políticas, entre deputados e secretários.

Segue agenda de trabalho do presidente, enquanto governador do Maranhão:

AGENDA DE HUMBERTO COUTINHO
 
03 de Novembro – Quinta
9h30 – Reunião com a Sec. Flávia Alexandrina – SECID

Local: Palácio dos Leões – Sala de Reunião

 

10h30 – Reunião com o Sec. Carlos Lula – SES

Local: Palácio dos Leões – Sala de Reunião

 

11h30 – Reunião com o Sec. Marcelo Tavares – CASA CIVIL

Local: Palácio dos Leões – Sala de Reunião

 

12h15 – Reunião com o Presidente em exercício da Assembleia Legislativa – Deputado Othelino Neto

Local: Palácio dos Leões – Sala de Reunião

 

12h30 – Almoço com Deputados Estaduais – (Cerimonial)

Local: Palácio dos Leões – Salão Verde

 

Participantes:

Deputada Andrea Murad

Deputado Cabo Campos

Deputado César Pires

Deputado Levi Pontes

Deputado Edilázio Júnior

Deputado Edson Araújo

Deputado Fábio Braga

Deputado Bira do Pindaré

Deputado Josimar do Maranhãozinho

Deputado Júnior Verde

Deputado Léo Cunha

Deputado Max Barros

Deputado Othelino Neto

Deputado Rigo Teles

Deputado Rogério Cafeteira

Deputado Sérgio Frota

Deputado Stênio Rezende

Deputado Valéria Macedo

Deputado Vinicius Louro

Deputado Wellington Do Curso

Deputado Eduardo Braide

Deputado Sousa Neto

Secretário Neto Evangelista

Secretário Marcelo Tavares

Secretário Adelmo Soares

Secretário Márcio Jerry

Secretário Carlos Lula

Secretário Antonio Nunes

Dra Cleide Coutinho (esposa)

Carlos Alberto (Diretor de Comunicação Assembleia Legislativa)

 

14h – Deslocamento São Luís/São Mateus – (Cerimonial)

Local: Saída do CTA (Comando Geral da PMMA)

TV: 48 min

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Davi Telles – CAEMA

Clayton Noleto – Sinfra

Marcelo Tavares – Casa Civil

 

15h – Agenda em São Mateus – (Cerimonial)

 

Inauguração de 02 poços na sede do município nos bairros Vila Barreto e Airton Sena

Vistoriar asfaltamento no bairro Piqui (4km)

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Prefeito Miltinho Aragão

 

17h – Deslocamento São Mateus/São Luís – (Cerimonial)

TV: 48 min

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Davi Telles – CAEMA

Clayton Noleto – SINFRA

Marcelo Tavares – CASA CIVIL

 

 
04 de Novembro – Sexta
 

10h – Sessão Solene Comemorativa aos 203 anos de Instalação do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (Cerimonial)

Local: Palácio Clóvis Beviláqua – Tribunal de Justiça (Av. D. Pedro II, s/n. Centro)

 

Contato: Márcia Banhos (98) 98818-7917

 

Participantes:

Marcelo Tavares – Casa Civil

Rodrigo Lago – STC

Rodrigo Maia – PGE

Antonio Nunes – SEGOV

 

13h30 – Deslocamento São Luís/Timon

Local: Hangar da Cururupu (acesso pela avenida dos Libaneses, próximo ao Terminal Tam Cargo)

TV: 1h20

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Neto Evangelista – SEDES

Adelmo Soares – SAF

14h50 – Deslocamento Timon/Caxias

Local: Aeródromo Domingos Rêgo, Timon

TV: 17 min

 

Participantes:

Dep. Humberto Coutinho

 

15h30 – Agenda em Caxias – (Cerimonial)

 

16h – CREAS – Secretaria de Assistência Social

Endereço: Praça da rodoviária velha, s/nº.

16h30 – Sistema de Abastecimento de Água SAAE

Endereço: Avenida Pirajá, KM 550 – DNER/Pirajá.

17h – Sistema de Abastecimento de Água SAAE

Endereço: Avenida Pedreira, s/nº – Residencial Eugênio Coutinho

17h30 – Quadra Poliesportiva da U.I.M Paulo Freire

Endereço: Rua da Marinha, s/nº – Campo de Belém

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Prefeito Léo Coutinho

Vereadores

Lideranças políticas

 

Pernoite em Caxias
 
05 de Novembro – Sábado
8h – Deslocamento Caxias/Tuntum

Local: a definir

TV: 45min

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

 

9h – Agenda em Tuntum – Cerimonial

 

Visita à ponte que liga a sede do município ao bairro Campo Velho

Visita à escola Gilsa Leda no bairro Desembargador Cleones Cunha

Visita à Praça São Francisco de Assis no centro da cidade (discurso)

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Prefeito Dr. Tema

 

11h – Deslocamento Tuntum/São Domingos

Local: a definir

TV: 14min

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

 

11h30 – Agenda em São Domingos – Cerimonial

 

Local: Inauguração Agroindústria – Bairro Cibrazen

 

Participantes:

Dr. Humberto Coutinho

Prefeito Tratorzão

 

 

Othelino destina emenda para o Sistema de Abastecimento de Água de Vargem Grande

Foto-legenda - O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado

O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado

vargem-grandedois2510

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), garantiu, nesta terça-feira (25), a obra de ampliação e recuperação do Sistema de Abastecimento de Água e construção de nova adutora  para o município de Vargem Grande. Ele fez o anúncio durante reunião com o prefeito eleito Carlinhos Barros (PCdoB), acompanhado de comitiva, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) e o secretário estadual de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, no Palácio dos Leões.

A obra do governo do Estado contará com emenda parlamentar, no valor de R$ 1 milhão, destinada ao município por Othelino Neto. Na próxima semana, uma equipe da Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (Caema) já irá a Vargem Grande para as primeiras providências.

Durante a reunião, o prefeito e Othelino fizeram uma exposição de motivos sobre o grave problema de falta de água em Vargem Grande. Sensível à causa, o governador autorizou a obra e discutiu com a comitiva outras necessidades da população de Vargem Grande.

“O problema número um de Vargem Grande é, justamente, a falta de água que prejudica a população do município. É com muita satisfação que estou destinando R$ 1 milhão de emenda parlamentar para essa obra de ampliação do sistema de abastecimento de água, ajudando a acabar com esse sofrimento”, disse.

Participaram da reunião, além do governador, do prefeito, de Othelino e de Márcio Jerry, o vice-prefeito eleito, Jorge Fortes, o vereador Germano Barros (PSD) e a equipe de transição da nova administração. O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado para a construção de parcerias, sobretudo nas áreas de abastecimento de água, saúde e infraestrutura.

Reunião proveitosa

De acordo com Carlinhos Barros, a conversa foi bastante proveitosa e, com certeza, levará muitos benefícios para uma cidade que está há mais de 30 anos atrasada em relação às outras circunvizinhas.

“Trouxe um relato da situação em que se encontra a nossa cidade e vim pedir ajuda para que a gente faça as parcerias necessárias. E o governador se comprometeu a nos ajudar. Espero para que a gente dê passos bem largos”, ressaltou o prefeito eleito.

Eleito com 65% dos votos em Vargem Grande, Carlinhos Barros listou algumas prioridades durante a conversa com o governador e disse que a maior delas será ampliar o sistema de abastecimento de água no município, que supre também Nina Rodrigues e só tem capacidade para atender dez mil pessoas quando a cidade já tem uma população de mais de 60 mil habitantes.

O encontro com o  prefeito eleito de Vargem Grande é mais uma das dezenas de reuniões que o governador Flávio Dino está tendo com os prefeitos eleitos no pleito de 2016 para iniciar a discussão das parcerias que visam à elaboração de políticas públicas e à melhoria da qualidade de vida dos maranhenses.

PARCERIA GARANTIDA! Flávio Dino declara voto em Edivaldo Jr…

flavioe12

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), declarou, por meio de sua conta no Twitter, nesta segunda-feira (24), voto no candidato à reeleição pela Prefeitura de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PDT). O anúncio foi adiantado nas redes sociais e confirmado no programa eleitoral do  pedetista desta noite.

No horário eleitoral, Flávio Dino gravou uma mensagem onde reforçou a importância da parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. Assim que assumiu o governo, foram várias intervenções realizadas em conjunto com Edivaldo Holanda Jr na capital maranhense, entre elas as obras do programa “Mais Asfalto”, reforma de praças, et.

No primeiro turno, Flávio Dino se manteve neutro em respeito aos candidatos que faziam parte da base governista, como a deputada federal Eliziane Gama (PPS), e não declarou voto.

No segundo turno, ele não se manifestou no início, pois o outro candidato, deputado Eduardo Braide (PMN), é também considerado da base de apoio ao governo. Porém, o mesmo, estranhamente, passou a fazer alguns ataques ao governo do Estado de leve, como no programa eleitoral, que abordou a questão dos incêndios a ônibus, e em entrevistas, rodas de conversa, eventos, etc.

O apoio de Flávio Dino a Edivaldo Holanda Jr é natural, pois o seu partido, o PCdoB, está na chapa e indicou o candidato a vice-prefeito, Júlio Pinheiro.

Edivaldo ganha reforço de 18 vereadores eleitos em São Luís…

 

Edivaldo Jr vem intensificando caminhadas neste segundo turno

Edivaldo Jr vem intensificando caminhadas neste segundo turno

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, candidato à reeleição pela coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS, PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL), terá em sua base política – caso reeleito no próximo dia 30 – mais de 50% dos vereadores na Câmara Municipal de São Luís (CMSL). Dos 32 eleitos na capital, 18 vereadores  já estão nas ruas fazendo campanha neste segundo turno.

Na avaliação do prefeito Edivaldo, a vitória nas urnas nestas eleições, de grande parte dos vereadores dos 12 partidos que compõem a coligação “Pra Seguir em Frente”, comprova o trabalho realizado nos diversos bairros da cidade, nos três anos e meio, pela atual Prefeitura de São Luís. Apenas uma legenda (PRB) deixou de incluir um candidato a lista dos eleitos. (veja quadro)

“São várias ações espalhadas por toda a cidade. Isso permitiu que nossas lideranças políticas pudessem mostrar os avanços que fizemos ao longo de nossa gestão. Em 2012, elegemos oito vereadores. Portanto, tivemos uma votação e um crescimento na Câmara expressivos. Estamos todos de parabéns”, lembrou Edivaldo, ao se referir a coligação “Muda São Luís” (PTC, PDT, PCdoB, PTC e PRTB) que o elegeu prefeito.

Para o líder do governo na Câmara de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT) – que se reelegeu com a maior votação da cidade (9.809) – a votação obtida pelos candidatos da coligação “Pra Seguir em Frente”, reforça a importância da permanência de Edivaldo à frente da Prefeitura de São Luís. Ele ressalta que o momento é o das lideranças políticas retribuir indo às ruas para reeleger o prefeito.

“Seremos a maioria no Poder Legislativo Municipal que ajudará o prefeito Edivaldo a continuar o seu projeto de oferecer mais qualidade de vida aos ludovicenses. Já estamos nas ruas neste segundo turno junto com Edivaldo. E, com certeza, sairemos vitoriosos no dia 30 de outubro, porque a população quer e merece o melhor para São Luís”, afirmou Osmar Filho.

Segundo o vereador reeleito Pedro Lucas (PTB), a votação do prefeito Edivaldo no primeiro turno com 45,66% dos votos do eleitorado, quase 240 mil votos, demonstra a confiança na população na sua administração. “A reeleição de Edivaldo foi apenas prorrogada para o segundo turno. Ele mostrou na sua gestão ser competente, honesto e de ser um excelente gestor público. Vamos todos à vitória!”, enfatizou.

 

CANDIDATOS ELEITOS DA COLIGAÇÃO “PRA SEGUIR EM FRENTE”

(PDT, PCdoB, DEM, PROS, PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL)

PDT

Osmar Filho  – 9.809 votos

Pavão Filho  – 8.511 votos

Raimundo Penha  – 8.068 votos

Ivaldo Rodrigues  – 5.115 votos

PCdoB

Marcelo Poeta – 4.920 votos

Fátima Araújo – 4.892 votos

Ricardo Diniz – 4.205 votos

PR

Astro de Ogum – 9.703 votos

Aldir Junior – 6.392 votos

PEN

Marcial Lima – 5.207 votos

Concita Pinto – 4.426 votos

PSL

Chico Carvalho – 5.748 votos

Pereirinha – 4.943 votos

PTB   

Pedro Lucas – 9.049 votos

DEM

Marquinhos – 7.489 votos

PTC

Edmilson Jansen – 4.108 votos

PT

Honorato Fernandes – 4.609 votos

PROS

Beto Carvalho – 6.663 votos

PSC

Bárbara Soeiro – 4.420 votos